secretaria da cultura do estado de são paulo

Sonhar o Mundo

Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro realizam programações para debater os direitos humanos

Campanhas de doação de brinquedos e envio de fotos, além de oficina, roda de conversa e apresentação de dança fazem parte da agenda Sonhar o Mundo

(mais…)

Museu Casa de Portinari participa da ação Sonhar o Mundo

Atividades serão de 6 a 9 de dezembro com entrada gratuita
(mais…)

Museus do Governo de São Paulo anunciam programação da ação “Sonhar o Mundo”

De 4 a 10 de dezembro, instituições promovem debates, oficinas, palestras e apresentações sobre o tema “Solidariedade Derrubando Muros” (mais…)

“Sonhar o Mundo”: museus do estado participam de campanha em defesa dos direitos humanos

De 4 a 10 de dezembro, os Museus da Secretaria da Cultura do Estado realizam a terceira edição da campanha “Sonhar o Mundo”, em celebração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de dezembro). Com o tema “Solidariedade derrubando muros”, a iniciativa tem por objetivo unir os museus em torno de práticas em defesa dos direitos humanos, contra o preconceito e a favor da igualdade. Este ano, museus do interior e litoral também podem participar.

(crédito: Divulgação)

Para saber como inscrever sua instituição na ação, acesse o site do SISEM: www.sisemsp.org.br. Confira a programação completa do “Sonhar o Mundo” no site www.cultura.sp.gov.sp/sonharomundo.

Campanha Sonhar o Mundo leva os direitos humanos à Casa das Rosas

A programação visa discutir e refletir sobre o direito à cultura e conta com oficinas, saraus, debates e show

A Casa das Rosas, que integra a Rede de Museus-Casa Literários da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciados pela Poiesis, se mobilizará em torno de temas relacionados aos direitos humanos durante a Campanha Sonhar o Mundo, que acontece de 7 a 10 de dezembro.

Abrindo o evento no dia 7, quinta-feira, às 14h, acontecerá a oficina “Uma história nossa história”, ministrada pela equipe do núcleo educativo da Casa das Rosas, que trabalhará a memória dos participantes. A proposta é que os registros de vida de cada um despertem uma reflexão a respeito da memória coletiva para que, ao final da atividade, todos produzam um livro cartonado com seus escritos. São oferecidas 20 vagas e as inscrições devem ser feitas a partir do dia 15 de novembro na recepção do Museu-Casa.

Na sexta-feira, dia 8, às 19h, será a mesa redonda “Corpos Incorretos”, com mediação de Lucimara Amorim, que buscará refletir sobre as práticas poéticas. Artistas e pensadores que trabalham a questão de gênero discutirão os modos de compreensão acerca da concretude e inconcretude dos vários corpos. A atividade tem 40 vagas e não é necessário fazer inscrição.

A “Paulista Poética” acontecerá no dia 9, sábado, a partir das 10h, com uma programação dedicada à criação poética. Durante o evento, que irá comemorar os 13 anos de reinauguração da Casa das Rosas, acontecerão oficinas, saraus e show para abordar o exercício poético em suas diversas formas – desde a teoria até a prática. Abrindo o dia, acontecerá a oficina “Escrita: Exercícios e Ferramentas”, seguida pela distribuição gratuita de livros e a oficina-sarau “Fusões: Poesia e Música”. Depois será a vez do sarau “CLIPE Jovem” e, fechando o dia, o show “Emily Dickinson traduzida por Augusto de Campos”, por Cid Campos, e a apresentação do Coral da Casa das Rosas.

No domingo, dia 10, às 14, acontecerá a mesa redonda “Poética da Resistência”, mediada por Daniel Moreira e com a participação de Marco Pezão e Carolina Peixoto. Os dois importantes representantes de diferentes gerações do movimento de saraus em São Paulo discutem o panorama pulsante do cenário.

SERVIÇO:

Oficina “Uma história nossa história”

Quinta-feira, 7/12 – das 14h às 16h

Mesa redonda “Corpos Incorretos”

Sexta-feira, 8/12 – das 19h às 21h

Paulista Poética

Sábado, 9/12 – a partir das 10h

Mesa redonda “Poética da Resistência”

Domingo, 10/12 – às 14h

Museus do Governo do Estado promovem ação “Sonhar o Mundo” com programação especial

Com o tema Solidariedade derrubando muros, iniciativa contará com atividades sobre direitos humanos nos museus da Secretaria da Cultura

Os museus da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo realizam, de 4 a 10 de dezembro, a terceira edição da ação “Sonhar o Mundo”.  Com o tema “Solidariedade derrubando muros”, a iniciativa tem programação que une diversos museus em torno de assuntos relacionados aos direitos humanos e incentiva o combate ao preconceito e à discriminação.

O tema deste ano foi escolhido para fortalecer o conceito de um mundo onde diversos territórios possam se unir para criar relações de empatia e solidariedade. A ideia é que esses laços entre museus e entre o público eliminem barreiras e incentivem o combate a desigualdades e preconceitos. “A solidariedade tem papel fundamental para criar um senso de coletividade e acolher a diversidade entre os seres humanos como algo a ser celebrado. Não poderia haver tema mais oportuno em uma ação que celebra os direitos humanos”, afirma José Luiz Penna, secretário da Cultura do Estado. (mais…)