@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

Você sabia? Cemitério Da Colônia Japonesa em Álvares Machado é tombado pelo Condephaat

Publicado em 22 de novembro de 2017

Em 1918, os primeiros colonos japoneses que chegaram em Álvares Machado enfrentaram muitas dificuldades de adaptação. Uma delas dizia respeito ao sepultamento de seus mortos, devido à mudança do ritual fúnebre e à distância entre as suas residências e o cemitério. Para resolver a questão, em 1919, a Associação Japonesa de Álvares Machado construiu um novo cemitério denominado “Shokonsai”, onde encontram-se sepultados cerca de 784 pioneiros da colonização japonesa do município. Os túmulos traduzem os costumes orientais e são feitos em alvenaria de tijolos, com base quadrada sobre a qual se apóia um elemento vertical, às vezes em pedra, com inscrições em ideogramas japoneses.

Cemitério da Colônia Japonesa (crédito: Divulgação)

Compartilhe!