@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

“VIVA! Sabores da África” leva gastronomia de três países ao Museu da Imigração

Publicado em 13 de novembro de 2017

Edição do projeto apresenta comidas típicas do Marrocos, Congo e Moçambique e ainda oferece ao público uma oficina de culinária e atração musical

A cultura africana está profundamente ligada à construção da identidade brasileira e, para celebrá-la, o Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – reunirá representantes de três países em uma viagem de sabor e música. A próxima edição do projeto VIVA!, que acontece no dia 19 de novembro, a partir das 12h00, terá como tema a gastronomia de países africanos, reunindo as diferenças e riquezas dos pratos tradicionais do Congo, Moçambique e Marrocos. A entrada é gratuita.

Antecipando as comemorações ao Dia da Consciência Negra, a festa terá também a apresentação do grupo de imigrantes senegaleses Senegal Sunugal, às 15h00. Na sequência, às 16h00, haverá oficina de culinária com Bantu Tabasisa, representando o Congo, que trará para o evento pratos como o Makondo Na Soso Na Loso, feito com banana-da-terra, frango e arroz. Representando o Marrocos, pratos como o falafel – com grão-de-bico, alho e coentro – farão parte do cardápio. O delicioso Badjia, um bolinho de feijão, acrescenta um pouco dos sabores de Moçambique à festa.

Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra ressalta as dificuldades e lutas vividas pela população negra no Brasil. A data, que foi escolhida como uma forma de homenagear Zumbi dos Palmares, o último líder do Quilombo dos Palmares, morto no dia 20 de novembro, é também utilizada para debater questões atuais como o preconceito racial e a discriminação, além de celebrar conquistas.

Serviço

VIVA! Sabores da África
Data: 19 de novembro
Hora: das 12h00 às 18h00 (bilheteria até as 17h00).
Entrada: Gratuita
Local: Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca – SP.
*Local com capacidade limitada. Programação sujeita à alteração.
www.museudaimigracao.org.br

Compartilhe!