HomeAssessoria ReleasesVirada da Consciência: São Paulo tem programação em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Virada da Consciência: São Paulo tem programação em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Contações de histórias sobre a cultura afro-brasileira, bate-papo sobre Jorge Ben Jor e oficina de turbantes são destaques da programação do mês de novembro  

São Paulo vai homenagear o Dia da Consciência Negra com uma vasta programação de atividades culturais gratuitas. Em parceria com a Faculdade Zumbi dos Palmares, as instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa realizam, durante o mês de novembro, a Virada da Consciência, série de atividades sobre o tema  na capital e no interior do Estado. 

Confira a programação:

A Biblioteca de São Paulo promove, nas quartas (6 e 13), e no domingo (17), às 15h, a ação “Brincando e Aprendendo”, que reúne jogos teatrais, atividades rítmicas e brincadeiras educativas a partir do livro “Kakopi, Kakopi” de Rogério Andrade Barbosa: dia 6, brincadeira Chukulu, tradicional da Namíbia; dia 13, jogo Nngapi, popular da Tanzânia; e dia 17, Kakopi, Kakopi, brincadeira tradicional de Uganda. No domingo (17), e na sexta (22), o programa “Hora do Conto” aborda a cultura afro-brasileira em contações de histórias: dia 17, às 16h, “Zum ZumZumbiiiiiiii – História de Zumbi dos Palmares”, de Sônia Rosa; e dia 22, às 15h, “O Brasil que veio da África”, de Arlene Holanda.  Na quinta (28), às 15h, a ação “Pintando o 7” promove oficina de máscaras africanas. Na sexta (15), às 16h30, o “Leitura ao Pé do Ouvido” oferece uma experiência de escuta literária da obra “Quarto de despejo – Diário de uma favelada”, de Carolina Maria de Jesus. Na quarta (20), às 14h30,  a “Roda de Conversa” promove discussão sobre o livro “Eu também chorei na escola”, de Alcidéia Miguel.   

Na Fábrica de Cultura Vila Curuçá, quinta (14), às 15h, e sexta (22), às 10h30, a intervenção artística “Jorge Ben Jor, o Papa do Ritmo”, homenageia o cantor com um bate-papo sobre sua biografia no livro “Tem Mais Samba das Raízes à Eletrônica“, de Tárik de Souza. Na terça (19), às 11h, a “Contação de histórias: Griôs do Quênia” convida o público a conhecer os contos “Lila e o Segredo da Chuva”, de David Conway, e “Os Gêmeos do Tambor”, de Rogério Andrade Barbosa, a partir da tradição Griô, com todos sentados em círculo em volta da fogueira. Na quarta (20), às 10h30, a ação “Curta com Bate-Papo: Kiriku”, exibe o filme “Kiriku e a Feiticeira”, que mostra a pluralidade da cultura africana através da música, das vestimentas e da relação com a natureza.

A Fábrica de Cultura Sapopemba promove, na sexta (15), às 15h, a “Oficina de criação: Tons de nossas peles”, que aborda o giz como um material voltado à educação das relações étnico-raciais no ambiente escolar no Brasil. Na sexta (22), às 10h, o “Curta com Bate-Papo: Wilson Simonal”, exibe o trailer do filme “Simonal”, dirigido por Leonardo Domingues e convida o público para uma roda de conversa sobre a vida do artista, trazendo também como referência o livro “A Vida e o Veneno de Wilson Simonal”, de Ricardo Alexandre.  

Na Fábrica de Cultura Itaim Paulista, terça (19), às 9h e às 14h, a intervenção artística “Ubuntu” propicia um espaço colaborativo de encontros com música, dança, poesia e reflexão sobre a situação dos negros no Brasil. Também no dia 19, às 19h, a “Intervenção Artística – Palco Aberto: Entre letras, tretas e peles pretas”, convida o público a participar do Palco Aberto apresentando performances que resgatam sua ancestralidade. Na quarta (20), às 15h, a “Roda de Conversa: Quando me descobri negra”, denuncia o racismo velado de cada dia, partindo do livro “Quando me descobri negra”, de Bianca Santana.

A Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes realiza, no sábado (23), às 14h, a “Roda de Conversa: Mulheres Negras na Dança”, que apresenta aos participantes histórias de mulheres negras que enfrentaram o preconceito para dançar, em especial a bailarina Mercedes Batista, bailarina e coreógrafa, considerada a maior precursora do Balé e da Dança Afro no Brasil.  Na quarta (20), às 11h, a “Contação de História: Aminata a Menina Tagarela”, traz a narrativa da filha de um tecelão, que quer saber por que não pode aprender a tecer e descobre a resposta nas lendas e provérbios de seu povo.

Na Fábrica de Cultura Parque Belém, terça (5) e quarta (20), às 15h, a “Contação de Histórias: Histórias de Princesas”, apresenta contos da tradição africana que costumava-se contar com a família reunida em volta da fogueira, como “Onyia“, a “Lenda da Sabiá“, “Apun’Anwu“, e “Longe do Sol”, que fazem parte do livro “Contos da Lua e da Beleza Perdida”, de Sunny.  Na quinta (7), às 10h, e no sábado (22), às 15h, a “Roda de Conversa: Raízes Musicais” aborda a contribuição da cultura africana para a música brasileira e convida o público a relembrar grandes artistas e conhecer novos representantes dos ritmos afro-brasileiros.   

A Fábrica de Cultura Jaçanã promove, na terça (19), às 10h, a roda de conversa “O que nos toca a pele não é dissabor, é o racismo! Sexualidade e a solidão da mulher negra”, uma reflexão sobre estereótipos associados às mulheres negras. 

Na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, quinta (21), às 14h30, as crianças poderão conhecer jogos tradicionais de Moçambique, Zimbábue e Uganda na ação “Brincadeiras africanas”. 

A Fábrica de Cultura Capão Redondo, na terça (19), às 10h, realiza “O que acontece antes do 20 de novembro”, um debate sobre a negritude e suas contribuições. 

Na Fábrica de Cultura Diadema, terça (19), às 15h, a performance “Sagacidade Quilombola: Zumbi e Dandara são História” incentiva a reflexão e o compartilhamento de avanços e desafios na busca pelo fim da discriminação racial. 

A Fábrica de Cultura Brasilândia, na terça (19), às 15h, realiza “Turbante como resistência e a instalação Sankofa”, uma roda de conversa seguida de oficina de turbantes que vai falar sobre o significado desse adereço para as mulheres negras. 

Na Fábrica de Cultura Jardim São Luís, quinta (21), às 14h30, o encontro “Afro-brincadeiras” oferece jogos e brincadeiras de diferentes países africanos e da cultura afro-brasileira. 

O Polo CEU Parque Veredas do Projeto Guri, no bairro Itaim Paulista, exibe, na quarta (13), às 10h e às 14h, o filme “Quanto Vale ou é por quilo”, uma analogia entre o antigo comércio de escravos e a atual exploração da miséria. Em seguida, o público é convidado para uma roda de conversa sobre o Dia da Consciência Negra. 

O Polo Amácio Mazzaropi do Projeto Guri, no bairro da Liberdade, promove, no sábado (23), às 14h, ação socioeducativa, em parceria com o coletivo Espelho Espelho Meu, com atividades lúdicas que buscam refletir sobre o enfrentamento do racismo no Brasil. 

No interior do Estado, o Conservatório de Tatuí realiza, na segunda (18), às 19h, concerto de obras do repertório “Negro Spiritual”. Na quarta (20), às 19h, acontece o recital de canto e fortepiano “Modinhas e Lundus”, feito por autores negros. 

SERVIÇO 

Biblioteca de São Paulo

Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 – São Paulo – SP

Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul

Tel.: (11) 2089-0800

Funcionamento: de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30

Gratuito

https://bsp.org.br/

Fábrica de Cultura Vila Curuçá

Rua Pedra Dourada, 65

(11) 2016-3316

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

 

Fábrica de Cultura Sapopemba

Rua Augustin Luberti, 300

(11) 2012-5803

Funcionamento: De terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br  

Fábrica de Cultura Itaim Paulista

Rua Estudantes da China, 500

(11) 2025-1991

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

 

Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes

Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281

(11) 2556-3624

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br   

Fábrica de Cultura Parque Belém

Complexo do Parque Belém – Av. Celso Garcia, 2231 (Entrada 1) / Rua Nelson Cruz nº 140 (Entrada 2)

(11) 2618-3447

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Jaçanã

Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138

(11) 2249-8010

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 17h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575

(11) 2233-9270

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Rua Bacia de São Francisco, S/N (Entrada 1) / Rua Algard, 82 (Entrada 2)

(11) 5822-5240

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Diadema

  1. Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema SP

Tel.: (11) 4061-3180

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Brasilândia

Avenida General Penha Brasil, 2508 (Entrada 1) / Avenida Inajar de Souza, 7001(Entrada 2)

(11) 3859-2300

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Rua Antônio Ramos Rosa, 651

(11) 5510-5530

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Projeto Guri – Polo CEU Parque Veredas

Rua Daniel Muller, 347

Chácara Dona Oliva

(11) 2692-2080

http://gurisantamarcelina.org.br 

Projeto Guri – Polo Amácio Mazzaropi 

Rua da Glória, 900, Liberdade  

(11) 2692-2080 

http://gurisantamarcelina.org.br 

Conservatório de Tatuí

Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP

Telefone: (15) 3205-8444

Funcionamento: segunda a sexta, das 08h00 às 17h00 e das 18h00 às 22h00

Entrada gratuita 

www.conservatoriodetatui.org.br

Compartilhe!