HomeAssessoria ReleasesTeca Alencar de Brito, Marisa Fonterrada e Claudia Freixedas conversam sobre educação musical no século XXI

Teca Alencar de Brito, Marisa Fonterrada e Claudia Freixedas conversam sobre educação musical no século XXI

Encontro será promovido pela Sustenidos Organização Social de Cultura, dia 22 de julho, às 15h

Na próxima quarta-feira (22/7), às 15h, as educadoras Marisa Trench Fonterrada e Teca Alencar de Brito conversarão sobre os desafios da Educação Musical no Século XXI, sob a mediação de Claudia Freixedas, Superintendente Educacional da Sustenidos Organização Social de Cultura. O encontro será transmitido pelo Facebook da Sustenidos, instituição responsável pela gestão do Projeto Guri no interior, litoral e Fundação CASA. O Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

O papo abordará os diferentes aspectos da educação musical. Entre eles, a música a serviço da formação integral do ser humano e da promoção de um fazer musical expressivo, criativo e reflexivo; o foco nas aprendizagens dialógicas, atentas às necessidades e às relações entre os elementos dos grupos; e uma educação musical que favorece a participação de todos na construção do fazer musical coletivo, baseado na cooperação e na solidariedade, desenvolvendo a autonomia, o respeito e a cidadania.

Teca Alencar de Brito é doutora e mestre em comunicação e semiótica pela PUC/SP, bacharel em piano e licenciada em educação artística, com habilitação em música. É professora e pesquisadora aposentada no Departamento de Música da USP – Universidade de São Paulo. E criou, há trinta e cinco anos, a Teca Oficina de Música, núcleo de educação musical, em São Paulo, voltado à formação de crianças, adolescentes, adultos e educadores. Já Marisa Fonterrada tem graduação em música pela Universidade São Judas Tadeu, mestrado em psicologia da educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, doutorado em antropologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é professora livre-docente em técnicas de musicalização pelo Instituto de Artes, da UNESP.

Claudia Freixedas é superintendente educacional da Sustenidos Organização Social de Cultura, educadora musical e flautista doce. Mestre em música pela Escola de Comunicações e Artes da USP e especialista em capacitação docente em música brasileira pela Universidade Anhembi Morumbi. Graduada em educação artística com habilitação em música pela USP. Atua em redes municipais e particulares na formação de professores de música do ensino fundamental e infantil, além de ministrar oficinas sobre a prática da flauta doce e sua didática. Atua como flautista doce em grupos de Música de Câmara. Professora na Faculdade Integral Cantareira-SP, desde 2013. Foi professora na Escola Municipal de Iniciação Artística (EMIA-SP) e da Faculdade de Música FAAM-SP. Trabalha também na formação de professores de música do ensino fundamental e infantil, além de ministrar oficinas sobre a prática da flauta doce e sua didática. Atua como flautista doce em grupos de Música de Câmara.

A live integra a ação “#VamosDeMúsica”, uma campanha realizada pela Sustenidos que tem como intuito trazer conteúdos culturais diversificados e, com isso, promover, com excelência, o desenvolvimento humano de gerações em formação. Com a iniciativa, a organização pretende, ainda, mostrar o resultado dos programas que administra, como Projeto Guri, Festivais Imagine Brazil e Ethno Brazil e o MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange).

Além da participação de alunos e ex-alunos do Projeto Guri, e profissionais da Sustenidos, também há participação de diversos artistas. As lives acontecem todas as quartas e sextas-feiras, às 15h, na página do Facebook da Sustenidos.

Para conferir as exibições anteriores ou ficar por dentro das próximas acesse:
http://www.sustenidos.org.br/vamosdemusica/

Serviço: Live Conversas sobre a educação musical no século XXI”, com Marisa Trench Fonterrada, Teca Alencar de Brito e Claudia Freixedas.
Quando: 22 de julho
Horário: 15h
Página: https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/

Patrocinadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; CCR AutoBAn; Instituto CCR; VISA; Bayer; WestRock; Microsoft; Supermercados Tauste; banco BV; Novelis; Arteris; EMS; Capuani do Brasil; Faber-Castell; Pinheiro Neto; Santander; VALGROUP; Raízen; BTP; Distribuidora Ikeda; Grupo Maringá; Instituto 3M; Supermercados Rondon; Frigol; Mercedes-Benz; Castelo Alimentos; ENEL; GRUPO GR; Cipatex; Grupo Herval, Pirelli.
Patrocinadores Sustenidos: CTG Brasil; Visa; SulAmérica e Microsoft.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 810 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.
Sobre a Sustenidos: Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização gestora do Festival Ethno Brazil, Som Na Estrada, Festival Imagine Brazil, MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange) e Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa de ensino musical no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: http://www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/

Compartilhe!