secretaria da cultura do estado de são paulo

Museu do Café

Programação de sexta-feira (6) do Festival Santos Café sofre alteração

Em função do jogo da seleção brasileira na próxima sexta-feira, dia 6, a programação do Museu do Café para o Festival Santos Café será alterada. Dentre as atividades planejadas para a data, permanecerá na agenda apenas a visitação noturna, que acontece das 18h00 às 21h00. O show musical de Tite Franco e Denis Carvalho, que também ocorreria no dia, será transferido para sábado, às 13h00. Logo após a apresentação, às 14h00, o público poderá conhecer diferentes métodos de preparo de café com harmonização.

O restante das atividades do dia 7, bem como as ações idealizadas para o domingo e segunda-feira (8 e 9), continuam as mesmas. As atrações infantis, que integram a programação do Festival este ano, também não sofrem alterações no período. No sábado, a agenda ainda inclui degustações de café gourmet no Centro de Preparação de Café, que ocorrem às 10h30, 12h00, 15h00 e 17h00, ao valor de R$10,00, e a apresentação do Coro Cênico Céu da Boca, que trará o espetáculo “Raça”, às 17h00.

Já no domingo, no mesmo horário, o barista do Museu do Café dará dicas na Cafeteria do Museu de como se extrair o melhor da bebida em casa. A ação “Dica do Barista” acontece novamente no dia seguinte (9), ocasião em que o Museu abrirá excepcionalmente em uma segunda-feira. Completando a agenda estão as degustações de café, que ocorrem, mais uma vez, na data.

Durante o festival, o valor do ingresso será diferenciado. Na sexta-feira, o público poderá participar da visitação noturna gratuitamente. Como de costume, a isenção é completa no sábado, em horário integral. Nos últimos dois dias, domingo e segunda-feira, será cobrado o valor de meia-entrada para todos os visitantes.

 

 

Serviço:

 

Festival Santos Café

Data: 6 a 9 de julho (sexta a segunda)

Local: Museu do Café

Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico – Santos/SP

Telefone: (13) 3213-1750

 

Agenda

 

Café com Música | Tite Tite Franco e Denis Carvalho

Grátis

7/07 | SÁB | 13h00

 

Apresentação de métodos de preparo de café com harmonização

Grátis

7/07 | SÁB | 14h00

 

Visitação noturna

Sexta-feira e sábado: grátis

Domingo: meia-entrada

6, 7 e 8/07 | SEX, SÁB e DOM | 18h00 às 21h00

 

Degustação de café

Ingresso: R$ 10,00

7 e 8/07 | SÁB e DOM | 10h30, 12h00, 15h00 e 17h00

 

Apresentação do Coro Cênico Céu da Boca – Espetáculo “Raça”

Grátis

7/07 | SÁB | 17h00

 

Dica do Barista

Grátis

8 e 9/07 | DOM e SEG | 17h00

 

Atividades infantis

As inscrições para todas as atividades são gratuitas e as vagas limitadas. Serão distribuídas senhas na bilheteria do Museu do Café uma hora antes do início da ação.

 

Mediação de Leitura

7/07 | SÁB | 15h00

Roteiro Lúdico “Viva o Café”

7 e 9/07 | SÁB e SEG | 16h00

Cine Café com Leite

8/07 | DOM | 15h00

 

Informações Imprensa

Museu do Café

Assessoria de Comunicação Institucional

(13) 3213-1751 / 98153-1666

Caroline Nóbrega / Karina Frey / Barbara Perez

comunicacao@museudocafe.org.br / museudocafe@museudocafe.org.br / barbara@museudocafe.org.br

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – Assessoria de Imprensa

Stephanie Gomes (11) 3339-8243 | stgomes@sp.gov.br

Bete Alina Skwara | (11) 3339-8064 | betealina.culturasp@gmail.com

Dia do Turismo: Conheça alguns destinos cheios de cultura!

Hoje é celebrado o Dia Nacional do Turismo! A data é uma homenagem ao dia 8 de maio de 1916, quando o Estado do Paraná oficializou um pedido para que as terras próximas às Cataratas do Iguaçu fossem desapropriadas para criação de uma zona turística.

São Paulo é repleto de destinos turísticos para todos os gostos, e muitos deles contam com espaços da Secretaria da Cultura do Estado. Está pensando em viajar nos próximos dias? Então confira as dicas:

Santos

Santos é a maior cidade do litoral de São Paulo, com 7km de praias. O jardim da orla santista é o maior desse tipo em extensão do mundo, de acordo com o Livro dos Recordes. Além da flora, Santos também possui diversos pontos turísticos super conhecidos, entre eles, o Museu do Café!

Inaugurado em 1922, o espaço funcionava como Bolsa Oficial do Café, onde eram negociadas riquezas do mercado cafeeiro para o país. O Museu promove exposições e atividades sobre a história do produto ao longo dos anos, além de abrigar lindas obras do artista Benedito Calixto.

O Museu do Café fica no Centro Histórico de Santos e é parada obrigatória para quem quer conhecer a essência da cidade! Fica na Rua XV de Novembro e funciona de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos, das 10h às 17h.

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Brodowski

Brodowski é uma das cidades que surgiram com a expansão da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro no século XIX. Seu nome é uma homenagem ao engenheiro polonês Alexandre Brodowski, responsável pelo encaminhamento do pedido e pela construção da estação que deu início ao município.

Apesar disso, Brodowski é conhecida como “Terra de Portinari” por ser o local de nascimento do famoso pintor Cândido Portinari. A casa do artista é um dos maiores pontos turísticos da cidade. Preserva em seu interior diversas obras, incluindo murais nas parede e em uma capela nos jardins da residência, além de toda a história de Cândido. 

Vai passar por Brodowski? Não deixe de visitar a Casa de Portinari! O Museu fica na Praça que também leva o nome do pintor, e funciona de terça a domingo, das 9h às 18h, inclusive em feriados. O ingresso é voluntário, ou seja, pague o quanto – e se – puder.

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Campos do Jordão

Com o inverno e o friozinho se aproximando, Campos do Jordão se torna destino certo de muitas famílias! A subida da Serra da Mantiqueira e as baixas temperaturas características do município tem suas vantagens: além da gastronomia, as paisagens são de tirar o fôlego. E o céu de Campos do Jordão? Eternizado por muitos fotógrafos e apaixonados em cartões postais, é show garantido!

Entre os encantos da cidade, uma das quinze consideradas estâncias climáticas pelo Governo do Estado, está o Museu Felícia Leirner! Mesclando natureza e arte, o espaço abriga um conjunto de 85 obras de Felícia Leirner, de bronze, cimento branco e granito, está distribuído ao ar livre. Esse conjunto revela a paixão da artista pela natureza e pelo local, que foi considerado um dos mais importantes do gênero no mundo pela Revista Sculpture, do International Sculpture Center, de Washington D.C. (EUA), em 1987.

O Museu Felícia Leirner fica na Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1880, e funciona de terça a domingo, das 9h às 18h. Visite!

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Tupã

De origem indígena, o nome Tupã –  do Tupi-Guarani, Deus – faz uma homenagem aos nativos locais, os índios, que ainda hoje, habitam reservas na cidade. A cidade, fundada em 1929, atualmente é considerada estância turística. Seu crescimento se deve ao avanço da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que durante muitos anos levou a produção de café para outras partes do Brasil.

Para preservar e propagar a cultura indígena, tão forte na região, foi criado o Museu Índia Vanuíre. Seu nome é uma homenagem à Índia, considerada uma heroína pelo povo Kaingang, que ainda abriga a região. De acordo com a lenda, Vanuíre subia em um jequitibá de dez metros de altura, onde permanecia do nascer do dia ao cair da tarde entoando cânticos de paz.

Além das exposições permanentes e temporárias, o Museu Índia Vanuíre promove atividades de conscientização para aproximar o público das tradições indígenas de diversas tribos que ainda habitam o interior paulista. O espaço fica na Rua Coroados, 521, no centro da cidade, e funciona de terça a domingo, das 9h às 17h, inclusive em feriados. Assim como o Museu Casa de Portinari, também trabalha com o sistema de ingresso voluntário.

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Araras

Fundada pelo Barão de Araras e seu irmão, Barão de Itatiba, na década de 1860, fazia parte da Fazenda São Joaquim (no Município de Limeira) – propriedade que pertence até hoje a seus descendentes. Seu nome foi escolhido em referência ao nome do rio que corta a cidade, e também devido ao grande número dessa ave que havia na região. Assim como aconteceu com tantos outros municípios paulistas, Arara se expandiu por causa do cultivo do café e pela grande chegada de imigrantes italianos.

Para promover a cultura na cidade, o Governo do Estado possui o Teatro Estadual de Araras. Ao longo do ano, o espaço realiza programação diversificada, recebendo diversos espetáculos de dança, música, circo e muito mais. Inaugurado em 1991, o teatro foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e leva o nome do maestro italiano Francisco Paulo Russo, que escolheu Araras para residir e lá inaugurou cursos, dirigiu corporações musicais, e muito mais.

O Teatro Estadual de Araras fica na Av. Dona Renata, 401, e a programação pode ser acessada aqui. Vai passar pela cidade? Adquira seu ingresso na bilheteria e aproveite o espetáculo!

Estação da Língua Portuguesa em Santos até maio!

Atenção, santistas e visitantes: a Estação da Língua Portuguesa fica no Museu do Café somente até o dia 6/5!

A exposição itinerante leva para cidades de todo o Estado parte do acervo do Museu da Língua Portuguesa, que atualmente está em reconstrução. “Ter acesso ao museu sem precisar ir até São Paulo é bem melhor e mais acessível”, declara Letícia Pinheiro, uma das visitantes que passava pelo espaço.

A itinerância traz na bagagem conteúdos inéditos, que conversam com a museologia contemporânea e com a rica expografia de sons e imagens do Museu da Língua Portuguesa, que apresenta a língua portuguesa como patrimônios imaterial, viva e dinâmica, além de conteúdos já conhecidos pelo público. “O português é uma língua bem difícil de aprender, e isso o torna muito interessante”, afirma Lucas de Oliveira, estudante.

“O Totem, com painéis que apresentam uma prévia do conteúdo, o segmento O que nos une e o espaço Mundo Lusófono foram especialmente pensados e produzidos para a itinerância”, explica o arquiteto e sócio da Arquiprom, Fernando Arouca. A exposição também conta com recursos de acessibilidade. “Temos aqui um mapa de países que falam a língua portuguesa em braille, para pessoas com deficiência visual, e também um painel em LIBRAS para quem tem limitações auditivas”, complementa Marina Sartori de Toledo, coordenadora da Estação da Língua Portuguesa.

A realização é do Ministério da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, e da Arquiprom, proponente e produtora do projeto. O patrocínio é da CCR, Instituto CCR, Vivo, Sabesp, EDENRED Brasil e Ticket marca do Grupo, todos por meio da Lei Rouanet. O apoio na segunda cidade da itinerância é da Prefeitura de Santos.

Entenda a exposição

 

Na área externa, a Torre Estação da Língua Portuguesa dá boas-vindas aos visitantes. Em As Origens, uma instalação cenográfica remete à ideia de estação ferroviária e de viagem de trem. Versos de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Arnaldo Antunes, iluminados com LED em um painel metálico, convidam o público a entrar na exposição.

A viagem do idioma começa com um vídeo animação que mostra a formação da língua portuguesa e as rotas marítimas dos portugueses, que levaram o idioma para outras terras. Animação, narração e trilha sonora foram criadas especialmente para a mostra Estação da Língua Portuguesa. 

O vídeo “Sotaques”, com texto “O Paraíso são os outros”, de Valter Hugo Mãe, realizado pela Porto Editora e Miguel Gonçalves Mendes, com diferentes sotaques da língua portuguesa no mundo, abre o módulo O que nos une – ala composta por um painel interativo giratório, que apresenta dados dos países que fazem parte da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). São eles Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

O Desembarque reproduz a Linha do Tempo do Museu da Língua Portuguesa com a construção do idioma no Brasil, desde a chegada dos portugueses e o primeiro contato com as línguas indígenas, até os dias de hoje. Como novidade apresentada nessa viagem, ela está atualizada trazendo mais uma década em que relembra o novo acordo ortográfico e destaca novas palavras e expressões que surgiram com a influência da internet e das redes sociais.

Na ala Os trilhos três monitores touchscreen mostram palavras que vieram de outros povos e foram incorporadas ao português brasileiro. Espaço Lusófono, especialmente dedicado aos professores, é composto pelo vídeo “Raiz Lusa”, no qual especialistas falam sobre a construção da língua portuguesa.

O módulo Falares Paulista mostra em uma montagem lúdica um diálogo hipotético e poético entre pessoas com sotaques característicos de cinco cidades paulistas.

Trechos de 12 poemas são projetados e os versos ganham vida em um trabalho gráfico desenvolvido especialmente para a mostra.

Vídeos que compõem o acervo da Grande Galeria do Museu da Língua Portuguesa são apresentados no módulo O Mundo da Língua. Nele o visitante termina sua viagem assistindo aos vídeos “Culinária” e “Danças”, que mostram a relação entre língua e cultura.  

Visite!

Museu do Café estende horário de funcionamento e oferece gratuidade no Dia Internacional da Mulher

Foto: Exposição “Vai um café? Cafeteiras e Modos de Preparo” / crédito Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

 

Com o objetivo de receber os turistas das mais variadas regiões do Brasil e de outras nacionalidades que passeiam por Santos devido a temporada de cruzeiros, o Museu do Café ampliará o seu funcionamento, abrindo também às segundas-feiras entre os dias 5 de março e 2 de abril. Além disso, no dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a instituição terá entrada gratuita para as mulheres.

Na instituição, os visitantes poderão conhecer a exposição de longa duração “Café, patrimônio cultural do Brasil: ciência, história e arte”, que contextualiza as particularidades da produção e comércio do grão ao longo da história até os dias atuais, e também as mostras temporárias “Desconstruindo uma Epopeia” e “Vai um Café? Cafeteiras e Modos de Preparo”, nas quais o público compreenderá o processo de concepção por trás da obra “A epopeia dos Bandeirantes”, de Benedicto Calixto, e descobrirá diferentes métodos utilizados na extração da bebida.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Entre março e abril, o seu horário de funcionamento é de segunda a sábado das 9h00 às 17h00, e aos domingos entre 10h00 e 17h00. Os ingressos para visitação custam R$ 10, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h00 às 18h00, e aos domingos entre 10h00 e 18h00. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br

Museu do Café: Expediente – Carnaval

 

O Museu do Café, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, funcionará normalmente na segunda-feira da semana do Carnaval, 12 de fevereiro, e na terça-feira (feriado), 13 de fevereiro. O equipamento cultural não terá expediente na quarta-feira de cinzas, 14 de fevereiro, assim como a Cafeteria do Museu.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h00 às 17h00, e aos domingos entre 10h00 e 17h00. Os ingressos para visitação custam R$ 10, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h00 às 18h00, e aos domingos entre 10h00 e 18h00. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br.

Museu do Café tem programação especial de férias para as crianças

Até 28 de janeiro, as crianças que passarem pelo Museu do Café poderão se divertir no espaço “Café com Leite” que conta com piscina de bolinhas, pula-pula, fantasias e jogos educativos, além de atividades sobre o dia a dia de uma fazenda de café, no “Cafezalzinho”. No dia 13, às 15h00, crianças de cinco a dez anos poderão participar da oficina “Minibarista”, e no dia 21, os pequenos a partir de cinco anos poderão participar do “Musicando com Café”.

 

Espaço Café com Leite: brincadeiras e descobertas em janeiro no Museu do Café

Atividades para a criançada, de 3 a 28, animam as férias e promovem aprendizados (mais…)

Museu do Café promove brincadeiras e atividades para as crianças nas férias

No Museu do Café, em Santos, de 3 a 28 de janeiro, as crianças poderão se divertir com a piscina de bolinhas, o pula-pula, as fantasias e os jogos educativos do “Espaço Café com Leite”, além de aprender sobre o dia a dia de uma fazenda de forma lúdica com o “Cafezalzinho”. Nos dias 6 e 13, às 15h00, crianças de cinco a dez anos poderão participar da oficina “Minibarista”. No dia 7, às 15h30, o público poderá assistir ao teatro de fantoches e participar do “Atelier Calixto”, às 10h30. Por fim, no dia 21, crianças a partir de cinco anos poderão participar do “Musicando com Café”.

No Museu do Café, Natal é celebrado com música e workshop gastronômico

Programação gratuita para toda a família acontece nos dias 9 e 14 de dezembro (mais…)

Espaço Café com Leite: brincadeiras e descobertas em janeiro no Museu do Café

Atividades para a criançada, de 3 a 28, animam as férias e promovem aprendizados (mais…)

Museu do Café inaugura exposição sobre modos de preparo da bebida

A partir do dia 30 de novembro, visitantes poderão conhecer diversas maneiras de fazer café (mais…)

Museu do Café inaugura exposição sobre modos de preparo da bebida

A partir do dia 30 de novembro, visitantes poderão conhecer diversas maneiras de fazer café (mais…)