HomeDESTAQUES GERAIS (MAIORES) Cultura + Notícias#SPGastronomia: museus, bibliotecas e Fábricas de Cultura têm programação relacionada ao tema em outubro

#SPGastronomia: museus, bibliotecas e Fábricas de Cultura têm programação relacionada ao tema em outubro

Oficinas que unem literatura e culinária, jogos sobre alimentação, oficinas de empreendedorismo no setor e exibições de filmes que abordam a gastronomia integram o calendário

O SP Gastronomia, maior programa de ações e eventos gastronômicos do Brasil realizado pelo Governo do Estado, inicia as atividades de sua primeira edição no dia 1º de outubro, com programação em todas as regiões de São Paulo. Do primeiro ao último dia do mês, serão mais de 200 atividades relacionadas ao setor, em um calendário que institui outubro como o Mês da Gastronomia e estimula, além do segmento, a economia criativa e o turismo.

Os museus, bibliotecas e Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado terão programação cultural especialmente dedicada ao tema. Nas bibliotecas, oficinas que unem literatura e culinária, jogos que abordam a alimentação, leitura de livros que fazem referência a gastronomia e oficinas de empreendedorismo no setor serão oferecidas para crianças e adultos. Os museus vão promover palestras, oficinas gastronômicas, exibição de filmes icônicos sobre o tema e festivais. As Fábricas de Cultura terão rodas de conversa e brincadeiras que estimulam as memórias afetivas relacionadas a alimentos, atividades literárias, contação de histórias e intervenções artísticas. 

MUSEUS

Na Casa das Rosas, sexta (11), às 15h, a oficina “Mãos na massa e punhados e prosa” convida os participantes a prepararem uma receita e dividirem memórias sobre os costumes culinários de seus lares. Para crianças entre 7 e 10 anos, no sábado (12), às 15h, o conto “Os músicos de Bremen”, dos irmãos Grimm, será apresentado por meio de leitura audiovisual, acompanhado de bolo temático. No sábado (19), às 15h, o sarau “Expresso Poesia especial: café paulista”  aborda as temáticas do café e da culinária com a intervenção artística de poetas contemporâneos convidados, que irão recitar poemas de autoria própria e de autores como Mário de Andrade e Guilherme de Almeida. Às 19h, o recital “Literatura e gastronomia” traz roteiro poético e musical sobre os afetos envolvidos no ato de cozinhar. Na quinta (24), às 19h, o “Jardim Paradiso” irá exibir Estômago, filme nacional dirigido por Marcos Jorge,sobre a história de Raimundo Nonato, personagem que vai para a cidade grande e arruma emprego como faxineiro de um bar, onde descobre o talento para a gastronomia.

O Caffè Ristoro, no quintal da Casa das Rosas, terá menu especial durante todo o mês de outubro. Pratos populares da culinária de São Paulo, como galinhada, virado à paulista, manjar de coco com calda de ameixa e pudim de leite estarão no cardápio. O custo das refeições varia entre R$ 42,00 e R$ 44,00, enquanto que as sobremesas saem por R$ 11,00 na média.  

Na Casa Mário de Andrade, terça (1), às 19h, a roda de conversa “Virado à Paulista: de indigesto feijão com toucinho a patrimônio imaterial”, apresenta as transformações do virado à paulista de prato feito de boteco ao reconhecimento como patrimônio imaterial do Estado de São Paulo pelo Condephaat.  Na quinta (10), às 15h, a “Cozinha de memórias”, convida os participantes para um café da tarde na cozinha do museu e bate-papo sobre as relações entre memória e culinária.

A Casa Guilherme de Almeida, no sábado (5), às 14h30, promove chá da tarde ao ar livre durante apresentação da palestra “Chá & Porcelana”, que abordará da história da porcelana e sua influência no consumo do chá, desde as origens na China até o atual cotidiano. No sábado (12), às 15h, o filme “Tampopo – Os brutos também comem spaghetti”, que conta a história de Tampopo, uma dona de restaurante em busca de destaque na arte de cozinhar o tradicional macarrão chinês lamen, será exibido na Sala Cinematographos. No sábado seguinte (19), às 15h, a atividade “Cafezinho” promove leitura de textos de Guilherme de Almeida relacionados à bebida e sua importância para a economia e política de São Paulo. 

Durante todo o mês de outubro, o Museu da Casa Brasileira terá em cartaz as exposições  “Utensílios da cozinha brasileira”, com acervo de utensílios utilizados na cozinha brasileira desde o século 19, e “Chaísmo”, exposição de um jogo composto por 60 xícaras e pires modelados organicamente, com formatos e pinturas particulares. 

O Museu de Arte Sacra, leva para os jardins do museu a galinhada da Chef Kátia Barbosa, no sábado (5), a partir das 12h. Na atividade “Comidas Típicas nos Jardins do Museu – São Paulo com bom gosto”, o público poderá saborear o prato e vivenciar uma experiência completa com música e comidas típicas paulistas, além de palestras, exposição e práticas lúdicas na culinária. 

No dia 15, às 18h, o Museu da Imagem e do Som – MIS abre a exposição “Café no Acervo MIS”, que resgata as origens e aspectos que tornaram o café tão importante no desenvolvimento social e cultural da cidade e do Estado de São Paulo, com seleção de registros do fotógrafo suíço-brasileiro Guilherme Gaensly. 

O Museu do Futebol promove, no sábado (12), a partir das 10h, o “Festival de comida de estádio”, com expositores comercializando produtos inspirados nos quitutes encontrados em campos de futebol de vários estados brasileiros.

No Museu Catavento, quarta (16), às 12h, o espetáculo teatral “Para crescer, temos que saber comer” mostra às crianças e adultos como uma rotina de boa alimentação e a prática de exercícios físicos contribuem para a prevenção de doenças. 

Em Campos do Jordão, o Museu Felícia Leirner, realiza, no sábado (19), às 10h, a oficina “Encontros com Arte: Gastronomia da Mantiqueira”, que apresenta aos participantes as peculiaridades da gastronomia de Campos do Jordão, discutindo tradições e inovações.

No Museu Índia Vanuíre, em Tupã, sexta (4), às 10h, a “Oficina de Culinária Indígena – Hihi” será ministrada pela indígena Deolinda Pedro, que apresentará ao público um prato tradicional de sua cultura, o Hihi, feito à base de mandioca e folha de bananeira. 

Em Brodowski, o Museu Casa de Portinari realiza, na quarta (16), às 16h, a “Oficina de Culinária: Sabor da História”, em que os participantes serão convidados a preparar polenta seguindo a receita tradicional da família Portinari.   

BIBLIOTECAS 

A Biblioteca Parque Villa-Lobos, promove, no sábado (5), o “Viagem Gastronômica”, oficina que convida o público a conhecer as receitas e degustar pratos presentes em obras literárias; nesta edição, o livro escolhido é “Hibisco roxo”, da nigeriana Chimamanda Ngozi Andichie. No domingo (13),  às 11h30, a “Oficina Minichef: A Cozinha Encantada dos Contos de Fada – João & Maria” apresenta às crianças de 7 a 12 anos uma contação de histórias que servirá de inspiração para a receita que os pequenos executarão em seguida. Em todas as quartas do mês, às 16h30, o “Leitura ao Pé do Ouvido” convida os frequentadores da biblioteca a ouvirem trechos de livros com referências à gastronomia: dia 2, “A hora da estrela”, de Clarice Lispector; dia 9, “Sagarana”, de João Guimarães Rosa; dia 16, “Humana festa”, de Regina Rheda; dia 23, “Gabriela, cravo e canela”, de Jorge Amado; e dia 30, “Alice no país das maravilhas”, de Lewis Carroll. Às sextas (11 e 18), às 15h, e no sábado (12), às 16h, a “Hora do Conto” aborda a gastronomia em contações de histórias: dia 11,Cuidado com o menino”, de Tony Blundell; dia 12, “Saladinha de queixas”, de Tatiana Belinky; e dia 18, “Flávia e o bolo de chocolate”, de Miriam Leitão. Às terças (22 e 29), às 16h30, os “Jogos Sensoriais”, oferecem experiências lúdicas com temas ligados  à gastronomia. Fechando o mês, na sexta (25), às 15h, o “Clube de Leitura” tem como pano de fundo a gastronomia em bate-papo sobre a obra “A mulher de pés descalços”, de Scholastique Mukasonga.  

Na Biblioteca de São Paulo, no sábado (12),  às 11h30, a “Oficina Minichef  – A Cozinha Encantada dos Contos de Fadas” apresenta às crianças de 7 a 12 anos uma contação de histórias que servirá de inspiração para a receita que os pequenos executarão em seguida. Às terças (8 e 15), às 15h, os “Jogos Sensoriais” estimulam experiências lúdicas com temas ligados  à gastronomia. No sábado (26), às 15h30, o “Viagem Gastronômica”, oficina que convida o público a conhecer as receitas e degustar pratos presentes em obras literárias, aborda o livro “O frango ensopado da minha mãe”, de Nina Horta, e as receitas presentes na obra, como lombo gordo, bolinho de arroz e torta de banana. Às sextas, às 16h, o “Leitura ao Pé do Ouvido” convida os frequentadores a ouvirem trechos de livros com referências à gastronomia: dia 4, “Cem anos de solidão”, de Gabriel García Márquez; dia 11, “Írisz: as orquídeas”, de Noemi Jaffe; dia 18, “Como água para chocolate”, de Laura Esquivel; e dia 25, “Dona Flor e seus dois maridos”, de Jorge Amado. Nas sextas (18 e 25) e no domingo (13), o programa “Hora do Conto” aborda a gastronomia em contações de histórias: dia 13, às 16h, “Papagaio de limo verde”, de Silvio Romero; dia 18, às 15h; “A sopa de pedra”, de Bia Bedran, e dia 25, às 15h, “Chapeuzinho Vermelho”, de Sonia Junqueira. Nos dias 29 e 30 (terça e quarta), às 13h, na “Oficina de Doces Natalinos”, os alunos aprendem a preparar sobremesas para serem comercializadas. No dia 31, o “Clube de Leitura” fecha o mês com discussão sobre o livro “A festa de Babette”, de Karen Blixen.

FÁBRICAS DE CULTURA

Na Fábrica de Cultura Parque Belém, sexta (4), às 15h, a leitura mediada “Rota da pizza” conta o percurso que a pizza percorreu até chegar nos cardápios paulistanos, desde seu surgimento no Antigo Egito até a imigração italiana nos bairros de São Paulo. Na terça (8), às 10h, a contação de histórias “Mexido à Paulista” apresenta a história da gastronomia local, mostrando as grandes misturas e influências que fizeram com que fosse considerada a capital mundial da gastronomia. Na quarta (23), às 15h, a atividade “Desafio de Criar e Cozinhar” propõe um reality show de Gastronomia Paulista com uma série de desafios a serem cumpridos e jurados que decidirão quem é o melhor cozinheiro. 

A Fábrica de Cultura Vila Curuçá, sábado (5), às 10h30 e às 15h30, apresenta o “Curta com Bate Papo: Gastronomia na Capital”, bate-papo sobre o documentário “Festival da Cultura Paulista Tradicional – Revelando São Paulo” e curiosidades sobre o preparo de pratos típicos de cada região. Para comemorar o Dia do Nordestino, nas terças (8 e 22), às 11h, a atividade “Encontro de Leitores: Minhas Memórias Gustativas” convida o público a compartilhar memórias afetivas com o Nordeste por meio do livro “Brasil Gastronomia, cultura e turismo”, de Eva Ribenboim Steinbruch. Nos dias 17 e 25, o jogo sensorial  “Pátria das Panelas” apresenta aromas de pratos paulistas que devem ser adivinhados pelos participantes.   

A Fábrica de Cultura Itaim Paulista, na sexta (4), às 11h, promove a oficina “Montando o seu Virado à Paulista”, que convida o público a participar de um jogo de montar imagens com novas combinações do prato típico.  Na quinta (10), às 15h, a atividade “Dize-me o que comes e te direi quem és” apresenta os principais lanches paulistanos e suas curiosidades. 

Na Fábrica de Cultura Sapopemba, quarta (2), às 15h, e terça (15), às 10h, o encontro de leitores “História da Gastronomia Paulista” apresenta a origem dos pratos típicos paulistas e suas receitas mais antigas, como Tutu de Feijão, Polenta, Caldeirada e Bolo de São João, retiradas do livro “A Pátria nas Panelas”, do jornalista Pedro Cavalcanti. No sábado (5), às 15h, a atividade “Pizza de Mozzarella” aborda a chegada da pizza na cidade de São Paulo e convida os participantes a construir uma pizza gigante com seus recheios prediletos em forma de poesia. Na quinta (10), às 10h e às 15h, a ação “Curta com Bate-Papo – Comida de Rua” exibe o curta-metragem “Comida de Rua – São Paulo”, que mostra a pluralidade dessa culinária. 

Na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, terça (15), às 11h, o encontro de leitores “Do Padre Anchieta ao Sushi – Um Olhar Gastronômico pela História de São Paulo”, apresenta a história da comida paulista com base no livro da autora Karina Gentile. Nos dias 15 e 16 (terça e quarta), às 16h,  a intervenção artística “Feira de SP”, vai homenagear os feirantes por meio da linguagem artística teatral, com uma encenação que conta curiosidades a respeito dos alimentos típicos das feiras de São Paulo. 

Na Fábrica de Cultura Brasilândia, terça (29), às 14h30, a atividade “Ôôô trem bão!” convida os participantes a aguçar os sentidos numa experimentação  de ervas e especiarias da culinária mineira.

A Fábrica de Cultura Jaçanã, na quarta (9), às 14h30, promove “Falando e saboreando banto”, atividade que apresenta a origem de palavras presentes na cozinha brasileira, como canjica, acarajé, inhame, mugunzá, fubá e farofa.

Na Fábrica de Cultura Diadema, na quinta (17), às 15h, a atividade “Paçoca – paçoquinha, de onde vem o amendoim?” apresenta a origem da paçoca com contação de histórias seguida de degustação.

Na Fábrica de Cultura Capão Redondo, na quinta (17), às 14h30, a atividade “Mani – Nossa Raiz” leva ao público histórias que contam a origem da mandioca e os convida a degustar diferentes formas de consumi-la.

A Fábrica de Cultura Jardim São Luis, na sexta (11), às 10h, realiza a atividade “Sabores Incríveis”, contação de histórias do livro “Primeiras Histórias – Sabores Incríveis”, seguida de degustação de uma Banana Split.

A Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha promove, no domingo (20), às 13h, a “Feira de Comidas Brasileiras”, com quitutes como feijoada, carne de sol,  acarajé e tacacá. Na sexta (25), às 10h, os visitantes poderão conhecer mais sobre o veganismo em um café da manhã baseado nessa filosofia.

SERVIÇO 

MUSEUS

Casa das Rosas

Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)

Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447

Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada: gratuita

Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)

Acessibilidade no local

http://www.casadasrosas.org.br/

Casa Mário de Andrade

Av. Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda – São Paulo-SP

Telefone: (11)  3666-5803 | 3826-4085

Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 18h

Entrada: gratuita

Acessibilidade no local

http://www.casamariodeandrade.org.br/

Casa Guilherme de Almeida

Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Perdizes – São Paulo

Museu: Rua Macapá, 187 – Perdizes

Telefone: (11) 3673-1883 | 3672-1391

Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Entrada: gratuita

Acessibilidade no local

http://www.casaguilhermedealmeida.org.br/ 

Museu da Casa Brasileira

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 Jardim Paulistano São Paulo-SP

CPTM Cidade Jardim (850m)

Telefone: (11) 3032-3727

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 10h00 às 18h00

Entrada: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia-entrada)| Grátis aos sábados e domingos 

Estacionamento pago no local

Acessibilidade no local

http://www.mcb.org.br/pt/

Museu de Arte Sacra de São Paulo

Avenida Tiradentes, 676 – Luz – São Paulo 

Telefone: (11) 3326-3336

Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h

Entrada: R$ 6,00 (inteira), R$ 3,00 (meia-entrada)

Estacionamento gratuito no local

Acessibilidade no local

http://museuartesacra.org.br/

Museu da Imagem e Som – MIS 

Av. Europa, 158 – Jardim Europa São Paulo-SP

Telefone: (11) 2117-4777

Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 10h00 às 20h00 | domingos e feriados, das 9h00 às 18h00

Estacionamento pago no local

Entrada gratuita às terças-feiras. Todas as exposições do térreo têm gratuidade na entrada. Consulte os valores dos ingressos das exposições e eventos

Acessibilidade no local

https://www.mis-sp.org.br/

Museu do Futebol

Praça Charles Miller, s/nº – São Paulo – SP

Telefone: (11) 3664-3848

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 09h00 às 17h00

Horários diferenciados de funcionamento  em dias de jogos no Estádio do Pacaembu. Consulte o site museudofutebol.org.br.

Entrada: R$15,00 (inteira), R$7,50 (meia-entrada)

Entrada gratuita às terças

Estacionamento com Zona Azul | R$ 5,00

Acessibilidade no local

https://www.museudofutebol.org.br

Museu Catavento

Avenida Mercúrio, s/n – Parque D. Pedro II São Paulo- SP

Telefone: (11) 3315-0051

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 09h00 às 17h00

Entrada: R$10,00 (inteira), R$ 5,00 (meia-entrada)

Entrada gratuita às terças

Estacionamento pago no local | R$ 15,00

Acessibilidade no local

http://www.cataventocultural.org.br/

Museu Felícia Leirner

Av. Dr. Luis Arroba Martins, 1880 – Alto da Boa Vista – Campos do Jordão

SP

Telefone: (12) 3662-6000

Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 18h

Entrada: R$ 10,00 (inteira), R$ 5,00 (meia-entrada)

Acessibilidade no local

https://museufelicialeirner.org.br/

Museu Índia Vanuíre

Rua Coroados, 521 – Tupã – SP

Telefone: (14) 3491-2333

Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h

Entrada: gratuita

https://www.museuindiavanuire.org.br/

Museu Casa de Portinari

Praça Candido Portinari, nº298 – Centro – Brodowski – SP

Telefone: (16) 3664-4284

Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 18h

Entrada: gratuita

Acessibilidade no local

https://www.museucasadeportinari.org.br/

BIBLIOTECAS

Biblioteca Parque Villa-Lobos

Av. Queiroz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros – São Paulo – SP

Tel.: (11) 3024-2500

Funcionamento: de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30.

Acessibilidade no local

Gratuito

www.bvl.org.br

Biblioteca de São Paulo

Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 – São Paulo – SP

Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul

Tel.: (11) 2089-0800

Funcionamento: de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30

Gratuito

https://bsp.org.br/

FÁBRICAS DE CULTURA 

Fábrica de Cultura Parque Belém

Complexo do Parque Belém – Av. Celso Garcia, 2231 (Entrada 1) / Rua Nelson Cruz nº 140 (Entrada 2)

(11) 2618-3447

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Vila Curuçá

Rua Pedra Dourada, 65

(11) 2016-3316

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Itaim Paulista

Rua Estudantes da China, 500

(11) 2025-1991

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura de Sapopemba

Rua Augustin Luberti, 300

(11) 2012-5803

Funcionamento: De terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br   

Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes

Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281

(11) 2556-3624

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br   

Fábrica de Cultura Brasilândia

Avenida General Penha Brasil, 2508 (Entrada 1) / Avenida Inajar de Souza, 7001(Entrada 2)

(11) 3859-2300

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Jaçanã

Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138

(11) 2249-8010

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 17h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Diadema

  1. Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema SP

Tel.: (11) 4061-3180

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Rua Bacia de São Francisco, S/N (Entrada 1) / Rua Algard, 82 (Entrada 2)

(11) 5822-5240

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Rua Antônio Ramos Rosa, 651

(11) 5510-5530

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575

(11) 2233-9270

Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Compartilhe!