@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

SP Cultura no Metrô: últimas semanas de música, dança e visitas orientadas a obras de arte!

Publicado em 11 de novembro de 2018

 A parceria da Secretaria de Cultura do Estado e Metrô de São Paulo no Projeto SP Cultura no Metrô entra em suas últimas semanas e oferece apresentações musicais, dança, contação de histórias e visitas orientadas a obras de arte. Tudo gratuito e dentro das estações do Metrô!

Durante alguns dias da semana, às 10h, 12h e 17h, até o início de dezembro, música, dança e entretenimento…. aos sábados e domingos, até 16 de dezembro, visitas orientadas a obras de arte espalhadas pelas estações.

Desde o dia 28 de junho, quem passa por estações do Metrô da capital paulista se surpreende com a programação cultural especial que leva música, teatro e dança para estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô, agitando o cotidiano da cidade mais populosa do Brasil com apresentações musicais

E, nos finais de semana, desde 29 de setembro, os usuários também podem optar por uma viagem cultural com as visitas orientadas a obras de arte espalhadas pelas estações, em quatro roteiros que compõem o programa Museu Subterrâneo  Levando cultura, transportando emoções.

O Metrô de São Paulo foi pioneiro em estimular diferentes tipos de projetos na área cultural. Tudo começou com a escultura “Garatuja”, do artista Marcelo Nitsche, que está na estação Sé desde 1978. Atualmente, o acervo do Metrô conta com 91 obras de arte dispostas em 37 estações do sistema. O programa Linha da Cultura, a partir de 1986, passou a disponibilizar gratuitamente espaços para manifestações artísticas das mais variadas formas – artes visuais, exposições fotográficas, performances, apresentações musicais e teatrais – nas estações.

Música e dança: é só chegar e aproveitar o espetáculo! Veja a programação das próximas duas semanas de novembro:

Dia 12 (segunda-feira)

10h: República – Pagode da Geral

12h às 14h: Paraíso – Músicos de Rua (Negro Bira, Repentistas Amigos de SP e Addelmo Santtana)

17h: Luz – Grupo de Câmara da Jazz Sinfônica

Dia 13 (terça-feira)

10h: São Judas – Waghner Sanco MPB

12h: Tatuapé – Big Band Jazz Sinfônica

17h: Ana Rosa – Quarteto de Cordas da Academia da OSESP

Dia 14 (quarta-feira)

10h: Brás – Rubem Carvalho MPB

12h: Mal. Deodoro – Quarteto do Conservatório de Tatuí

17h: Luz – Lia Paris MPB

Dia 21 (quarta-feira)

10h: Luz – Coral Santília

12h: Tatuapé – Quarteto de Metais da Academia OSESP

17h: Marechal Deodoro – Lia Paris MPB

Dia 22 (quinta-feira)

10h: Choro e Tango – Flautista

12h: Conservatório de Tatuí

17h: Luz – Grupo de Percussão do Projeto Guri de Jundiaí

Dia 23 (sexta-feira)

10h: São Judas – Cia. FB de Dança

12h às 14h: Tatuapé – Músicos de Rua (Banda União Rasta, Dois de Nós e Marcos Manrai e Banda)

17h: Paraíso – Olhares dos Sapatos (Cia Dança Sem Fronteiras)

(as programações da última semana de novembro e primeira de dezembro serão divulgadas oportunamente)

Visitas orientadas a obras de arte: quatro roteiros, a escolher – mas é preciso inscrição antecipada!

Semanalmente, são quatro roteiros diferentes, sendo dois no sábado e dois no domingo, com saída às 10h. As inscrições se iniciam sempre às 8h das segundas-feiras para as visitas do próximo final de semana e se encerram às 15h da sexta-feira ou quando já houver 15 inscritos.  Crianças abaixo de 14 anos somente poderão participar das visitas se estiverem inscritas e acompanhadas pelos pais ou responsáveis, também inscritos.

Para saber a data de cada roteiro e se inscrever, basta acessar http://www.cultura.sp.gov.br/spculturanometro/

Roteiro Ana Rosa, Brigadeiro, Clínicas e Sumaré

● Glauco Pinto de Moraes (Engates Laterais) – painel – óleo sobre tela

● Luiz Gonzaga Mello Gomes (A Sagração da Primavera) – painel escultórico –

chapa de aço, resina sintética e pigmentos

Estação Brigadeiro

● Cícero Dias (Cores e Formas) – painel – lajotas de cerâmica pintadas a revolver

● Fernando Lemos (Des-aceleração) – painel – lajotas de cerâmica pintadas a

revolver

Estação Clínicas

● Geraldo de Barros (Jogo de Dados) – painel – laminado plástico sobre madeira

Estação Sumaré

● Alex Flemming (Estação Sumaré) – instalação – fotografias ensolarizadas e

textos impressos com tinta vinílica sobre vidro

Roteiro Sé, Tatuapé e Anhangabaú

Tempo de visita: 1h22 | 5 obras de arte a serem visitadas Saída: às 10h00, na Estação Sé, Nível B – Mezanino, após as escadas

Estação Sé

● Alfredo Ceschiatti (Sem Título) – escultura em bronze

● Mário Gruber Correia (Como Sempre Esteve, o Amanhã está em Nossas Mãos) – mural – acrílica e vinílica sobre concreto

● Waldemar Zaidler (Fiesta) – painel – acrílica sobre madeira

Estação Tatuapé

● Aldemir Martins (Inter-relação entre o Campo e a Cidade) – mural – cerâmica

vitrificada e pintada, da alta temperatura

Estação Palmeiras-Barra Funda

● Mário Fraga (In Vitro) – instalação – pintura sobre polivinil butiral, vidro

laminado e espelho

Roteiro Sé, Paraíso, Chácara Klabin e Trianon-Masp

Tempo de visita: 1h42 | 8 obras de arte a serem visitadas  Saída: às 10h00, na Estação Sé, Nível B – Mezanino, após as escadas

Estação Sé

● Alfredo Ceschiatti (Sem Título) – escultura em bronze

● Mário Gruber Correia (Como Sempre Esteve o Amanhã está em Nossas Mãos) – mural – acrílica e vinílica sobre concreto

● Waldemar Zaidler (Fiesta) – painel – acrílica sobre madeira

Estação Paraíso

● Renato Brunello (Equilíbrio) – escultura – mármore

● Odiléa Toscano (Raios de Sol) – mural – acrílica sobre concreto

Estação Chácara Klabin

● Marcos Lopes (Tótem Flora Fauna) – painel – chapas de alumínio pintadas

Estação Trianon-Masp

● Francisco Brennand (Pássaro Rocca) – escultura

● Wesley Duke Lee (Um Espelho Mágico da Pintura no Brasil) – E-print sobre lona vinílica

Roteiro República, Marechal Deodoro, Palmeiras-Barra Funda

Tempo de visita: 1h22 | 13 obras de arte a serem visitadas  Saída: às 10h00, na Estação República, Nível B – Mezanino, em frente à Linha de Bloqueios

Estação República

● Bené Fonteles (Século XXI – Resíduos e Vestígios – Vitrine / Cápsulas) –

instalação – vitrine com elementos naturais, artesanais, tais como seixos rolados, corais marinhos, cocho de madeira, hastes de madeira e cerâmica

● Luiz Hermano (Século XXI – Resíduos e Vestígios) – duas obras – instalação – estrutura em ferro soldado, vergalhões e tela de ferro

● Roberto Mícoli (Século XXI – Resíduos e Vestígios – Grande Cocar) – instalação – alumínio, fibra de vidro, madeira, tinta e resina acrílica

● Xico Chaves (Século XXI – Resíduos e Vestígios – Luz da Matéria) – mural – pintura e aplicação de materiais diversos sobre fibra de vidro e sobre concreto

Estação Marechal Deodoro

● Gontran Guanaes Netto (Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão) – painel 4 – óleo sobre compensado naval

● Gontran Guanaes Netto (Traços das Populações Brasileiras – painel 5 – óleo sobre compensado naval

● Gontran Guanaes Netto (Marianne) – painel 6 – óleo sobre compensado naval

● Gontran Guanaes Netto (Marianne) – painel 7 – óleo sobre compensado naval

Estação Palmeiras-Barra Funda

● Cláudio Tozzi (Movimento) – painel – acrílica sobre tela

● Emanoel Araújo (A Roda) – escultura – aço carbono

● José Roberto Aguilar (Senhores do Movimento) – painel – acrílica sobre tela

● Valdir Sarubbi (Meditação Labiríntica) – painel – acrílica sobre tela e madeira

Informações para Imprensa

Secretaria da Cultura do Estado / Assessoria de imprensa

Elisabete Alina Skwara – (11) 3339-8164 – betealina.culturasp@gmail.com

Monique Rodrigues – (11) 3339-8308 | monique.culturasp@gmail.com

Stephanie Gomes – (11) 3339-8243 – stgomes@sp.gov.br

Compartilhe!