@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

São Paulo Companhia de Dança inicia a comemoração de seus dez anos em Ilhabela (SP)

Publicado em 4 de dezembro de 2017

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), retorna ao Teatro de Vermelhos em Ilhabela (SP), no dia 27 de janeiro de 2018, às 20h30, para um espetáculo especial para comemorar os dez anos da Companhia

O repertório será formado pelo II Ato de O Lago dos Cisnes (2017), de Mario Galizzi a partir do original de 1895 de Lev Ivanov (1834-1901), sucesso de público na Sala São Paulo, com ingressos esgotados em apenas um final de semana, e Melhor Único Dia (2018), criação de Henrique Rodovalho para a Companhia. Após o espetáculo, o público poderá dançar com os bailarinos da SPCD, em um baile regido pela Orquestra Popular de Ilhabela. Próximo à meia-noite haverá um brinde, que abre oficialmente as comemorações do aniversário de dez anos da São Paulo Companhia de Dança.

Os ingressos estão disponíveis para compra no site https://www.ingressorapido.com.br/venda/?id=4122#!/tickets e custam R$ 30 (inteira passarela (em pé) e R$ 120 (inteira para plateias 1, 2 e 3). O ingresso dá direito a assistir ao Espetáculo e participar do Baile.

MAIS SOBRE AS OBRAS

II Ato de O Lago dos Cisnes (2017)
Coreografia: Mario Galizzi, a partir do original de 1895 de Lev Ivanov (1834-1901)
Figurino: Tânia Agra
Perucas: Emi Perucas
Adereços: Robson Rui
Iluminação: Wagner Freire
Estreia pela SPCD: 9 de novembro de 2017, Sala São Paulo, São Paulo, Brasil

O segundo ato do icônico balé mostra o encontro do príncipe Siegfried e da princesa Odete, na floresta. Da meia noite ao amanhecer, ela é a princesa da noite, uma criatura mágica e delicada, que o príncipe deseja amar e proteger. Durante o dia, a rainha dos cisnes: frágil, amedrontada e, ao mesmo tempo, corajosa e protetora do seu grupo. O feiticeiro Rothbart é um nobre e um pássaro. O príncipe que sai para caçar com seus amigos tem a elegância da nobreza. A obra obteve grande sucesso, com ingressos esgotados em apenas um final de semana, durante sua apresentação na Sala São Paulo. Evidenciados pela luz de Wagner Freire, que traz para a cena a atmosfera da noite do encontro entre Odete e Siegfried, os figurinos elaborados por Tânia Agra mostram a magia desta obra, que tem na roupa feminina os icônicos tutus, que marcam a história da dança como o figurino essencial da bailarina.

Mario Galizzi é um dos mais importantes remontadores de obras clássicas da atualidade. Criou para a SPCD as coreografias La Sylphide (2014), Grand Pas de Deux de O Cisne Negro (2014) e Le Spectre de La Rose (2014). É diretor artístico da Compañia Nacional de Danza, do México. Foi diretor do Ballet del Teatro Argentino de La Plata.

ESTREIA Melhor Único Dia (2017)
Coreografia e iluminação: Henrique Rodovalho
Música: Criação original de Pupilo com voz de Céu
Figurino: Cássio Brasil

Rodovalho comenta que neste trabalho experimenta movimentos expandidos e continuados a partir da relação dos bailarinos que permanecem todo o tempo em cena. “As referências sobre esta característica vieram de grandes grupos de animais em movimento e como se desenvolvem e se relacionam”, diz o coreógrafo. A obra trata sobre ‘o que tem de acontecer’, neste breve espaço de tempo de existência deste grande grupo, relacionado principalmente a algum tipo de prazer. Por isso, o nome Melhor Único Dia. “Para tentar traduzir, de alguma forma, a curta existência que se expressa através do movimento em grupo”, completa Rodovalho.

Henrique Rodovalho é diretor artístico e coreógrafo residente da Quasar Cia. de Dança, uma das mais importantes do Brasil. Sua linha de pesquisa é baseada na complexidade existencial do corpo e da alma. Ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais como o Prêmio Mambembe e XXI Prêmio de Composição Coreográfica no México. Em 2011, Rodovalho criou Inquieto para a SPCD.

SERVIÇO

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA | ILHABELA (SP)

II Ato de O Lago dos Cisnes, de Mario Galizzi; Melhor Único Dia, de Henrique Rodovalho

Dia 27 de janeiro| sábado, às 20h30

Local: Teatro de Vermelhos – Centro Cultural Baía dos Vermelhos

Endereço: Av. Governador Mário Covas Jr., 11.474 – Ponta da Sela

Ingressos: pelo site https://www.ingressorapido.com.br/venda/?id=4122#!/tickets

Valores: R$ 30 (inteira passarela (em pé)) e R$ 120 (inteira para plateias 1, 2 e 3). O ingresso dá direito a assistir ao espetáculo e participar do baile.

Indicação Classificativa: Livre

Compartilhe!