HomeAssessoria ReleasesProjeto Guri oferece aula gratuita de dança africana em Marília

Projeto Guri oferece aula gratuita de dança africana em Marília

Curso é aberto ao público em geral e tem duração de três meses

A dança e a música são ferramentas importantes para aprendizado da cultura e história de diferentes países. Focando nesses aspectos, o Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, está com 30 vagas disponíveis para o curso gratuito de dança africana, no Polo Regional Marília. As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de fevereiro.

As vagas estão abertas para a população em geral e alunos do Projeto Guri, na faixa etária acima de 15 anos. O curso será ministrado pelos jovens participantes do MOVE(Musicians and Organizers Volunteer Exchange), programa de intercâmbio e voluntariado entre as organizações musicais JM Norway, Music Crossroads Malawi, Music Crossroads Moçambique e Sustenidos, membros da Jeunesses Musicales International (associação sediada na Bélgica que reúne diversas organizações musicais em cerca de 70 países).

Interessados devem comparecer diretamente ao Polo Regional Marília acompanhado pelo responsável (caso seja menor de idade), portando os seguintes documentos: certidão de nascimento ou RG (original e cópia); comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar; RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta.

O curso tem duração de três meses. As aulas iniciarão no dia 10 de fevereiro e encerrarão no dia 12 de maio.

Serviço: Inscrição para curso de dança africana no Polo Regional Marília

Quando: até 27 de fevereiro

Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h30 às 18h30

Local: Polo Regional Marília

Endereço: Avenida Santo Antônio, 136, Boa Vista – Marília/SP

Telefone: (14) 3422-4123

Curso gratuito e aberto ao público.
Projeto Guriwww.projetoguri.org.br

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; VISA; Bayer; WestRock; Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; Distribuidora Ikeda, ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Pirelli; Tereos.

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Sustenidos

Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: http://www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/.

Sobre o MOVE

O MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchage) é um programa de intercâmbio e voluntariado criado pela JM Norway, membro da JMI – Jeunesses Musicales International (associação sediada na Bélgica que reúne diversas organizações musicais em cerca de 70 países), em parceria com a instituição musical Music Crossroads, do Malawi e de Moçambique. O programa visa o desenvolvimento da prática musical internacional e troca de experiências.

Compartilhe!