HomeAssessoria ReleasesPrograma Oficinas Culturais continua em ambiente on-line com programação de julho voltada ao universo teatral

Programa Oficinas Culturais continua em ambiente on-line com programação de julho voltada ao universo teatral

Julho chega com mais novidades na programação, que já desenvolveu 75 atividades virtuais nas Oficinas Culturais da cidade de São Paulo desde o início da pandemia

O Programa Oficinas Culturais, da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, está presente no ambiente on-line desde que teve suas atividades presenciais paralisadas com o início da pandemia Covid-19. O programa, que compreende na cidade de São Paulo as Oficinas Culturais Oswald de Andrade, Alfredo Volpi e Maestro Juan Serrano, viu neste período uma oportunidade de expandir seu público para além da capital paulista.

Apesar do cenário ser crítico para a economia e, em especial, para o setor cultural, o Programa Oficinas Culturais manteve uma programação diversificada, com qualidade e gratuita para o seu público. Artistas, curadores e produtores de todo o país, em parceria com os profissionais da POIESIS, Organização Social de Cultura que gerencia o Programa, dedicaram-se para que fosse possível levar arte, cultura e informação para diversas partes do Brasil. “Nesse momento, a internet possibilita que a nossa programação chegue a lugares que antes não tínhamos acesso. Conseguimos levar as atividades das Oficinas Culturais para a casa de pessoas que nunca estiveram em uma de nossas unidades” aponta Thiago Saraiva, superintendente do Programa Oficinas Culturais.

Além das ações da capital, o programa possui projetos no interior e litoral de São Paulo, que também seguem com suas atividades em uma nova programação virtual. Foram mais de 9.500 pessoas atendidas no ambiente on-line em todo o programa e o mês de julho chega com uma programação dedicada ao teatro. As atividades promovidas pelo Programa são gratuitas e podem ser consultadas em www.poiesis.org.br/maiscultura.

Confira a programação do mês de julho

Na oficina Você escrevendo a história – passado- Módulo 1 – Processos de criação no teatro contemporâneo, Erica Montanheiro e Eric Lenate irão coordenar o grupo de estudos, leitura e discussão de textos teóricos, sendo a obra Ler o teatro contemporâneo, de Jean-Pierre, Ryngaert, o principal norteador do trabalho. A escolha dos textos de referência será feita de acordo com as necessidades que surgirão no coletivo. A atividade acontecerá segundas e quartas-feiras, de 6 a 29 de julho, das 18h às 21h pela plataforma Google Meet. Os interessados em participar deverão ter um texto dramatúrgico pronto para o início do processo criativo de montagem para os módulos seguintes. As inscrições podem ser feitas neste link, até o dia 4 de julho.

Em Retangu[lar]: Experimentos sobre teatralidade entre telas, a performer Beatriz Cruz propõe um laboratório de criação para investigar os elementos do teatro em relação às possibilidades de interface com os ambientes virtuais de encontro. Em seis encontros, os participantes irão criar cenas curtas para serem assistidas virtualmente em tempo real. A oficina acontecerá na plataforma Google Meet de 8 a 24 de julho, quartas e sextas-feiras, das 15 às 17. As inscrições podem ser feitas aqui, até o dia 2 de julho.

No dia 8 de julho, quarta-feira, às 14h, será feita a exibição de Rapunzel: Experimentação em teleteatro ao vivo. Durante a apresentação, o público poderá interagir, participar e escolher um final surpreendente para a história. O responsável ou a escola que quiser participar deverá entrar em contato antecipadamente pelo WhatsApp (11) 3971-3640 para solicitar a inclusão na plataforma on-line que a atividade será realizada.

A Oficina de Cenopoesia tem o intuito de aprimorar a escrita, o corpo e a oralidade no espaço em que se vive, utilizando a criação de vídeos poemas, um grande aliado para buscar narrativas poéticas na casa de cada participante, buscando uma outra relação da escrita e o momento atual. Os encontros on-line serão às terças e quintas-feiras, de 14 a 30 de julho, das 11 às 13h. As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

Sexta-feira, dia 17 de julho às 21h, terá a exibição on-line do espetáculo de dança Esquina. O trabalho dirigido por Douglas Iesus questiona os caminhos das masculinidades negras e traz os ritos de passagem e iniciação dos homens pretos de periferias. A exibição será feita no canal do YouTube das Oficinas Culturais e tem duração de 56 minutos.

No dia 22 de julho, quarta-feira das 14 às 15h, será feita a apresentação de João e o Pé de Feijão: Experimentação em teleteatro ao vivo. Nesta apresentação, os participantes também poderão interagir e escolher um final para a história. O responsável ou a escola que quiser participar deverá entrar em contato antecipadamente pelo WhatsApp (11) 3971-3640 para solicitar a inclusão na plataforma on-line Zoom, onde a atividade será realizada. A retransmissão será feita no Facebook, mas sem interação com o público.

Para assistir as atividades on-line anteriores, basta acessar o canal de YouTube do Programa Oficinas Culturais, elas estão disponíveis aqui:https://www.youtube.com/channel/UCx4ySlsHp1HfVZcwbvulpAQ/videos. Acompanhe a programação pelo site http://poiesis.org.br/maiscultura e pelas redes sociais https://www.instagram.com/oficinasculturaise https://www.facebook.com/OficinasCulturais/.

SOBRE O PROGRAMA OFICINAS CULTURAIS

Como uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela POIESIS – Organização Social de Cultura, o Programa Oficinas Culturais dialoga com o interior por meio de dois festivais (FLI – Festival Literário e MIA – Festival de Música Instrumental), Jornadas de Gestão Cultural, Ciclos de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, Programa de Qualificação em Artes que dá orientação artística a grupos, companhias ou coletivos de dança e teatro no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, e o Programa de Formação no Interior que oferece atividades formativas.

Além disso, na cidade de São Paulo, o programa realiza atividades de formação e difusão em três espaços: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Bom Retiro), Oficina Cultural Alfredo Volpi (Itaquera) e Oficina Cultural Maestro Juan Serrano (Taipas).

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Compartilhe!