HomeAssessoria ReleasesPratique em casa: Fábricas de Cultura promovem exercícios para o corpo e a mente

Pratique em casa: Fábricas de Cultura promovem exercícios para o corpo e a mente

Sem necessidade de inscrição, atividades são transmitidas pelas redes sociais do programa

É possível praticar exercícios como a dança, capoeira e yoga sem sair de casa. Para atender essas demandas, as Fábricas de Cultura oferecem uma programação on-line para incentivar o público a movimentar o corpo e exercitar a concentração. Confira algumas dessas atividades ao longo do release. Fábricas de Cultura é um programa da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, sendo as unidades da zona norte e sul de São Paulo, inclusive Diadema, gerenciadas pela Poiesis.

A Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha realiza aula de Yoga nos dias 14, 21 e 28 de junho, domingos, às 10h. Yoga ou Ioga significa controlar e unir, sendo um termo de origem sânscrita, língua presente na Índia. Yoga é um conceito e uma filosofia que trabalha o corpo e a mente. Como exercício colabora na concentração mental, respiração e equilíbrio corporal.

Lembrando que 21 de junho é o Dia Internacional da Yoga, a prática ajuda a reduzir problemas como ansiedade e insônia. A aula de Dani Mesquita ocorrerá pelo YouTube do programa Fábricas de Cultura.

A Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha também realiza aulas de Dança Cigana a partir das 15h, nos dias 14, 21 e 28/06 com Esmeralda Morais. Com origem entre os povos ciganos, essa dança apresenta elementos de diversos países. Além de proporcionar o bom condicionamento físico, a atividade busca proporcionar o bem-estar emocional e espiritual, relaxando cabeça, ombros, braços, pernas, pés e mantendo a postura alongada. Via fanpage do programa.

Pela Fábrica de Cultura Jaçanã ocorrem três encontros virtuais direcionados a diversos exercícios para o corpo. Inicia com a Zumba coordenada por Ana Paula Bombom no dias 14, 21 e 28/06, às 14h. Por misturar ritmos, movimentos de danças latinas e exercícios aeróbicos, a Zumba auxilia no bem-estar e se tornou conhecida em diversos países. As aulas irão ocorrer pelo IGTV do instagram @fabricasdeculturasn.

Em 16 de junho, terça-feira, às 14h, o espaço será para o ateliê de Dança de Salão com Vilson Malaquias. Movimentos básicos da salsa serão demonstrados pelo YouTube. Para dançar a dois, a Dança de Salão costuma integrar diversos ritmos, como o samba de gafieira, forró e bolero.

O ateliê de Capoeira chega no dia 23 de junho, terça-feira, às 14h, também pelo YouTube. A arte-educadora Roseane da Silva, também conhecida como contramestre Nega Tana, ensinará sequências de aquecimento e movimentações básicas da capoeira, prática que une dança, jogo, luta, música e cultura popular aos movimentos corporais e acrobáticos. Para quem busca melhorar a coordenação motora, flexibilidade e equilíbrio, é uma atividade que atende todas essas necessidades. Originada no continente africano, a Capoeira chegou ao Brasil por meio das pessoas negras escravizadas.

Ainda em 23/06, mas às 13h, ocorrerá o ateliê de Dança Afro com Janete Santiago via YouTube. O público será orientado sobre aquecimentos das articulações do pescoço, dos braços e pernas, com base em dois elementos da natureza: terra e água. Ao estabelecer relação com a terra/chão onde pisa e perceber a temperatura do próprio corpo, os passos desse estilo de dança vão surgindo. Importante estar de pés descalços.

Separe roupas confortáveis e participe dessas atividades. Inscrições não são necessárias. Para ficar por dentro de toda a programação, acesse http://poiesis.org.br/maiscultura/.

SERVIÇO

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575

Telefone: (11) 2233-9270

Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e finais de semana e feriados das 12h às 17h

Yoga

14, 21 e 28 de junho, domingo, às 10h. Via YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCSRGwG1IwHMZAi9XV-rxa2w/videos

Classificação indicativa: livre

Dança Cigana

14, 21 e 28 de junho, domingo, às 15h Via fanpage: https://www.facebook.com/fabricasdecultura/

Classificação indicativa: livre

Fábrica de Cultura Jaçanã

Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138

Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360

Telefone: (11) 2249-8010

Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e finais de semana e feriados das 12h às 17h

Zumba

14, 21 e 28 de junho, domingo, às 14h Via IGTV do instagram @fabricasdeculturasn: https://www.instagram.com/fabricasdeculturasn/ Classificação indicativa: livre

Dança de Salão

16 de junho, terça-feira, às 14h Via YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCSRGwG1IwHMZAi9XV-rxa2w/videos

Classificação indicativa: 14 anos

Capoeira

23 de junho, terça-feira, às 14h Via YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCSRGwG1IwHMZAi9XV-rxa2w/videos

Classificação indicativa: livre

Dança Afro

23 de junho, terça-feira, às 13h Via YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCSRGwG1IwHMZAi9XV-rxa2w/videos

Classificação indicativa: 14 anos

http://www.fabricasdecultura.org.br/index.php?t=i

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2020, o Programa Fábricas de Cultura – instituições da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis – conta com o patrocínio do Instituto Center Norte por meio da Lei Rouanet. O apoio contribui para a realização de atividades de formação e difusão cultural.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Compartilhe!