Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional
Governo do Estado de São Paulo
Secretaria da Cultura
Home
A Secretaria
Assessoria de Gêneros e Etnias
Bibliotecas e Leitura
Canal de Atendimento
Centros Culturais
Comunicação
Condephaat
Corpos Artísticos
Festivais, Mostras e Eventos
Formação Cultural
Incentivo à Cultura e Prêmios
Museus
Programas e Projetos
Programas em Rede
Sistemas Estaduais
Teatros, Auditórios e Salas de Espetáculo
Coordenadoria de Comunicação e Imprensa

Renata Maria Beltrão
Email: rmbeltrao@sp.gov.br

Assessoria de Comunicação

Gestor: Helio Levenstein
Equipe: Julie Nakayama, Patrícia Carvalho e Talma Ribeiro
Estagiários: Fernando Boscolo, Kaique de Souza
Fone: 11 3339-8064 / 8165
E-mail: comcultura@sp.gov.br
Rua Mauá, 51 - 1º andar - Luz - São Paulo-SP
 

O Departamento de Comunicação desenvolve ações e estratégias para reforçar a imagem da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo junto aos seus diversos públicos (cidadãos, colaboradores, formadores de opinião, classe política ou empresarial, comunidades etc.).

Assessoria de Imprensa

Gestor: Gisele Turteltaub (gisele@sp.gov.br)
Equipe: Damaris Rota (drota@sp.gov.br), Gabriela Carvalho (gabrielacarvalho@sp.gov.br), Kati Dias (kdias@sp.gov.br) e Viviane Ferreira (viferreira@sp.gov.br)
Fone: 11 3339-8162
Rua Mauá, 51 - 1º andar - Luz - São Paulo-SP


A área de Assessoria de Imprensa auxilia a Secretaria da Cultura em seu relacionamento com os profissionais que trabalham para veículos de comunicação como jornais, revistas, TV, rádios, internet, entre outros. Tem o objetivo principal de divulgar ações e políticas culturais da Secretaria em forma de material escrito (press-releases) e contatos diretos com jornalistas.

Unidade de Formação Cultural (UFC)

Coordenação: Dennis Alexandre Rodrigues de Oliveira  
Fone: (11) 3339-8152
Email:
ufc@cultura.sp.gov.br
Rua Mauá, 51 - 2° andar - Luz - São Paulo-SP
 

A Unidade de Formação Cultural (UFC) tem como atribuição central a formação e administração de políticas públicas voltadas para a formação cultural em suas várias manifestações artísticas como a música, vídeo, circo, multimídia, literatura, entre outros.

A Tom Jobim Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP) – unidades Luz e Brooklin – e o Conservatório de Tatuí – Tatuí e Rio Pardo – compõem o arco formatório profissionalizante da música no Estado. Já o Projeto Guri, programa sociocultural considerado o maior do país, atende crianças, adolescentes e jovens em municípios paulistas, além de pólos localizadas na Fundação CASA. Em busca da excelência e do aprimoramento qualitativo, o Festival Internacional de Inverno de Campos de Jordão é estratégico para a Secretaria de Estado da Cultura e tem como foco a formação pedagógica, a troca de experiência e difusão cultural naquele que é considerado o maior Festival de Música Clássica da América Latina.

A UFC também acompanha o programa Fábricas de Cultura – desenvolvido na capital, nas regiões com pior Índice de Vulnerabilidade Juvenil, que envolve a operação de prédios multifuncionais e multiculturais – e as Oficinas Culturais presentes em todas as regiões do estado, ambos dedicados à formação nas múltiplas manifestações culturais. 

Em apoio ao teatro, a UFC mantém o programa SP Escola de Teatro, instituição que oferece cursos regulares, de difusão cultural, além do programa social Kairós. A SP Escola de Teatro está orientada à formação em palco e dramaturgia, além de fomentar na Internet uma Enciclopédia Virtual do Teatro Brasileiro (wiki) sobre os profissionais, agentes e atores do teatro.

Formação cultural é sinônimo de cidadania.
 

Unidade de Fomento e Economia Criativa (UF)

Coordenação: Aldo Valentim
Fone: (11) 3339-8172
Rua Mauá, 51 - 2° andar - Luz - São Paulo-SP


As políticas de fomento e incentivo à economia criativa implementadas pela Secretaria da Cultura redefinem o papel do Estado na Cultura em São Paulo. Com o Programa de Ação Cultural (ProAC), a Secretaria estimula a criação artística nas mais diversas áreas, sempre por meio de editais públicos, dando oportunidade para novos talentos ao lado dos já estabelecidos. O ProAC possui recursos orçamentários da Secretaria de Cultura e os recursos obtidos como patrocínio de contribuintes do ICMS, por meio de incentivo fiscal. Outras ações incluem projetos incentivados como Prêmio Estímulo e Programas de Fomento e Incentivo Paulista.

Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico (UPPH)

Coordenação: Valéria Rossi Domingos
Fone: 11 3339-8044
Rua Mauá, 51 - 3º andar - Luz - São Paulo-SP
 

Executa as atividades relativas ao tombamento, restauro e cadastramento do patrimônio histórico, arqueológico, artístico e turístico do Estado de São Paulo. Presta, também, serviços administrativos de apoio, necessários à atuação do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado - CONDEPHAAT, que tem a  finalidade de proteger, valorizar e divulgar o patrimônio cultural no Estado de São Paulo.

Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM)

Coordenação: Regina Célia Pousa Ponte
Fone: (11) 3339-8135
E-mail: museus@sp.gov.br
Rua Mauá, 51 - 2° andar - Luz - São Paulo-SP
 

A Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) foi instituída pelo Decreto Estadual nº 50.941/2006 e é responsável pela elaboração, desenvolvimento e avaliação de diretrizes e políticas públicas relacionadas ao patrimônio museológico do estado de São Paulo. Mantém uma rede composta por 18 equipamentos culturais - geridos em parceria com Organizações Sociais de Cultura - que fazem parte do Grupo de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria da Cultura.

Constituem esse conjunto, 14 equipamentos culturais na capital paulista (Casa Guilherme de Almeida; Casa das Rosas; Museu Afro Brasil; Museu Catavento; Museu da Casa Brasileira; Museu da Imagem e do Som; Museu da Imigração; Museu da Língua Portuguesa; Museu de Arte Sacra; Museu do Futebol; Paço das Artes; Pinacoteca; Estação Pinacoteca; Memorial da Resistência); 3 museus no interior (Museu Casa de Portinari, em Brodowsky; o  Museu Felícia Leirner, em Campos do Jordão; e o Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, em Tupã); e 1 no litoral (Museu do Café, em Santos).

A UPPM mantém, ainda, o Sistema de Museus do Estado de São Paulo (Sisem-SP), que tem suas atribuições previstas no Decreto nº 24.634/1986 com alterações dadas pelo Decreto nº 57.035/2011. O Sisem-SP tem o objetivo de congregar e articular os museus do estado de São Paulo, promovendo a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do patrimônio museológico paulista. Em mapeamento realizado em 2010, foram listadas 415 instituições museológicas, públicas e privadas em 190 municípios paulistas.

É missão da UPPM, em sua política relativa ao patrimônio museológico, e em parceria com outros agentes – municípios, instituições e sociedade civil organizada – promover a preservação, a pesquisa e a comunicação do patrimônio cultural dos museus paulistas em favor do direito dos cidadãos à participação ampla, à memória e à diversidade cultural, por meio da formulação e implementação de políticas públicas para a área museológica e da articulação desses museus.

Como visão de futuro, a UPPM pretende ser referência no campo museal por meio das ações decorrentes das políticas públicas voltadas aos museus paulistas, promovendo a apropriação do patrimônio cultural pela sociedade e garantindo o direito à cultura e à memória.

Unidade de Difusão, Bibliotecas e Leitura (UDBL)

Coordenação: Sílvia Antibas
Fone: (11) 3339-8233
Rua Mauá, 51 - 1° andar - Luz - São Paulo - SP


A Unidade de Difusão, Bibliotecas e Leitura da Secretaria promove e incentiva projetos que combinam qualidade dos produtos ofertados e a ampliação de acesso do público, criando um novo padrão de circulação de espetáculos e atividades artísticas no Estado. Na área de leitura, o objetivo é formular, planejar, implementar e avaliar a política cultural para as bibliotecas públicas do Estado de São Paulo; as políticas de incentivo e promoção à leitura, em conformidade com as diretrizes gerais da política cultural paulista.

Coordenadoria de Controladoria e Monitoramento

Unidade de Monitoramento (UM)
Coordenação: Claudinéli Moreira Ramos
Fone: (11) 3339-8129
Email: monitoramento.cultura@sp.gov.br
Rua Mauá, 51 - 3° andar - Luz - São Paulo - SP

A Unidade de Monitoramento foi criada pelo Decreto nº 59.046/2013, com o objetivo de elaborar diretrizes e procedimentos para acompanhamento, monitoramento e avaliação das parcerias firmadas entre o Estado de São Paulo e as Organizações Sociais de Cultura, além de promover capacitação interna e apoiar o desenvolvimento de indicadores culturais.

Missão
Fomentar as melhores práticas de gestão na parceria da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo com as Organizações Sociais de Cultura, atuando na elaboração de normas e procedimentos, na orientação interna e externa, no monitoramento e avaliação dos contratos de gestão, com transparência, clareza e lisura.

Visão
Ser uma referência na execução de suas atribuições, atuando com excelência na gestão e disponibilização de informações culturais, com compromisso público de defesa dos direitos e deveres humanos, da qualidade de vida e da cidadania no Estado de São Paulo.

A Secretaria Localização | Créditos | Página Inicial | Ouvidoria | Fale Conosco | Mapa do Site

Telefone: 11 3339-8000 - www.cultura.sp.gov.br
© 2006 - 2014. Secretaria de Estado da Cultura. Todos os direitos reservados.