secretaria da cultura do estado de são paulo

Oficina Cultural Alfredo Volpi realiza festa do Marabaixo

Publicado em 21 de março de 2018

O projeto Amazonizando Sampa estreita as relações de Amazônia e São Paulo a partir do Marabaixo, tradição dos povos quilombolas do Amapá

Principal manifestação cultural do Amapá realizada há mais de 200 anos, a Festa do Marabaixo reúne música, dança, gastronomia e religiosidade, louvando o Divino Espírito Santo e a Santíssima Trindade ao longo de 61 dias: do sábado de Aleluia ao domingo pós Corpus Christi. Para estreitar as relações culturais entre Amazônia e São Paulo, a Oficina Cultural Alfredo Volpi realiza o projeto Amazonizando Sampa

As atividades tiveram início em janeiro e serão realizadas durante todo o ano de 2018, por meio de oficinas que trabalham a poesia das cantigas da festa. Em abril o foco será o ritmo que embala a tradição amapaense, bem como a forte presença feminina na realização da manifestação cultural. Em Percussão: o toque do marabaixo, Ivamar dos Santos apresentará o ritmo e o toque das caixas da festa, contando um pouco da história da manifestação cultural. A oficina acontecerá entre os dias 18 de abril e 20 de junho, sempre às quartas-feiras, a partir das 19h00. As oficinas são gratuitas e as inscrições podem ser feitas na secretaria da instituição. As vagas são limitadas.

Em Corporeidade e gênero, as participantes descobrirão a história e a relação do marabaixo com as comunidades quilombolas, passando por suas origens, tradições africanas e indígenas, sincretismos culturais e a importância das mulheres quilombolas para a perpetuação desse costume. Os encontros com Suane Brasão acontecerão entre 12 de abril de 24 de maio, quintas-feiras, às 14h00.

Na IV Roda de Marabaixo, que acontece dia 27 de junho, quarta-feira às 19h00, os participantes da oficina de percussão apresentarão os resultados dos encontros em uma festa com muita música e dança. A participação será aberta ao público.

Compartilhe!