@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

EXPOSIÇÃO

Museu do Futebol e Metrô de SP em clima de Mundial!

Publicado em 26 de junho de 2018

Os usuários do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) têm mais uma razão para entrar no clima da Copa de 2018. A agência Lew’Lara/TBWA criou para o Museu do Futebol, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, uma campanha que leva ao transporte público a memória do futebol brasileiro. Trata-se da Seleção no metrô”,  uma coleção de 56 pôsteres exclusivos, alusivos aos maiores nomes do país em Mundiais, colocados nas linhas de 1 a 11 para criar uma conexão entre passado e presente do esporte mais popular do país.

O material faz um paralelo entre o número da linha do metrô e as camisas usadas por grandes jogadores brasileiros em Copas. Nesse contexto, por exemplo, a linha 1 terá pôsteres sobre os grandes goleiros; a linha 9, imagens de grandes centroavantes. Cada peça tem texto explicativo sobre o que o público vai encontrar naquele percurso: “aproveite que você está na linha 10 e conheça todos os craques que já vestiram a camisa 10 da seleção”, por exemplo.

“O amor pelo futebol se manifesta nos espaços públicos: nas avenidas fechadas para as comemorações e nas calçadas tomadas de gente em frente aos bares com televisão nos dias de jogos. Usar o metrô para homenagear os grandes jogadores que foram da seleção é transformar esse comportamento em campanha e em design. Quem passar pelo metrô passará também pela história do nosso futebol e será convidado a ir ao Museu, que é a maior manifestação de amor ao futebol”, comenta Felipe Luchi, CCO e sócio da Lew’Lara\TBWA.

Os pôsteres foram criados por 19 diretores de arte e retratam nomes como Leônidas da Silva, Nilton Santos, Garrincha, Zico e Taffarel. As peças serão expostas nas plataformas, dentro dos vagões e em filmetes animados de mídia interna. A campanha será veiculada até 18 de julho e as artes também serão expostas no Museu do Futebol.

A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958

 

Com esse apelo histórico, a campanha “Seleção no metrô” conecta os usuários do transporte público ao sentido de memória do Museu do Futebol, que tem uma exposição temporária em cartaz sobre a Copa de 1958, ano em que o Brasil conquistou o primeiro título mundial de sua história.

Aberta ao público até 09 de setembro, a mostra “A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958” é uma exposição audiovisual com conteúdo inédito sobre o Mundial que revelou ao mundo craques como a dupla Pelé e Garrincha, o uniforme azul da seleção e a própria imagem de um país vencedor no futebol.

“A Copa de 1958 não foi transmitida pela televisão no Brasil. Então, esta exposição é uma chance de as pessoas verem o que o país só ouviu pelo rádio. É uma chance de conectar passado, presente e futuro, tendo como elos a beleza e a emoção que o futebol proporciona”, explica Eric Klug, diretor-executivo do IDBrasil, organização social responsável pela gestão do Museu.

O clima de Copa no Museu do Futebol ainda conta com um espaço para transmissão dos jogos de 2018. A sala Jogo de Corpo, que tem atrações como o Futebol Virtual e o Chute a Gol, recebeu novos aparatos interativos, que oferecem ao visitante a chance de criar sua própria figurinha ou tirar uma foto segurando uma versão virtual da taça. No centro, uma arquibancada acomoda o público para ver as partidas em um telão.

Compartilhe!