HomeDESTAQUES GERAIS (MENORES) Cultura + NotíciasMuseu da Língua Portuguesa seleciona artistas e educadores para programação cultural

Museu da Língua Portuguesa seleciona artistas e educadores para programação cultural

Edital vai definir atrações e atividades do Dia Internacional da Língua Portuguesa, que se realiza em maio. Inscrições podem ser feitas até 10 de abril

O Museu da Língua Portuguesa está abrindo edital para selecionar artistas, educadores, escritores e coletivos para compor a programação do Dia Internacional da Língua Portuguesa, que será realizado em maio na Estação da Luz. O Museu busca propostas de linguagens como literatura, teatro, música, performance, contação de histórias ou artes integradas, que celebrem ou reflitam sobre a pluralidade do idioma e as formas que ele assume na arte ou no cotidiano. As inscrições, gratuitas, vão até 10 de abril no site do museu: http://museudalinguaportuguesa.org.br. Esta é a terceira edição da celebração do Dia Internacional da Língua Portuguesa promovida pelo Museu – que está em reconstrução em São Paulo – e este ano terá como tema “Escola, Museu e Território”.

O Dia Internacional da Língua Portuguesa, comemorado em 5 de maio pelos integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), será celebrado com três dias de educação e cultura na Estação da Luz, em São Paulo: a programação, gratuita e aberta ao público, será realizada de 5 a 7 de maio. No ano que antecede a retomada das atividades do Museu da Língua Portuguesa em sua sede, a programação terá como tema “Escola, Museu e Território”. Assim, o Museu se propõe a restabelecer novas maneiras de comunicação com a vizinhança, a partir da valorização da pluralidade cultural do idioma; do papel da escola dentro do território e das relações simbólicas da região.

A celebração do Dia Internacional da Língua Portuguesa é uma realização do Museu da Língua Portuguesa, da Fundação Roberto Marinho e do Governo do Estado de São Paulo, com apoio da EDP, Grupo Globo e Itaú Cultural.

A programação buscará mostrar a multiplicidade da Língua Portuguesa nas mais diversas formas e linguagens e tem como público principal as pessoas que vivem e frequentam a região da Luz e que contribuem para criar um dos espaços de maior diversidade da cidade de São Paulo – os quase 300 mil usuários diários da Estação, moradores da vizinhança, professores e estudantes de escolas da região, profissionais da cultura que atuam nas instituições deste território, funcionários e comerciantes da região, imigrantes, pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Museu está em reconstrução

O Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz, em São Paulo, foi atingido por um incêndio em dezembro de 2015 e está em reconstrução. Foram concluídas as primeiras duas etapas da obra: restauração das fachadas e esquadrias e reconstrução da cobertura do edifício. Atualmente, está sendo realizada a reconstrução dos espaços internos. Durante a reconstrução, a língua portuguesa continua sendo celebrada como patrimônio imaterial e tema do Museu, por meio de atividades culturais e educativas, como as realizadas em 2017 e 2018 no Dia Internacional da Língua Portuguesa, na Estação da Luz; na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip); nas bienais do livro do Rio de Janeiro e de São Paulo; e na Festa Literária das Periferias (Flup).

A reconstrução do Museu da Língua Portuguesa é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Fundação Roberto Marinho e tem como patrocinador máster a EDP, como patrocinadores Grupo Globo, Grupo Itaú, Sabesp e apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e do Governo Federal por meio da lei federal de incentivo à cultura. O IDBrasil é a organização social responsável pela gestão do museu.

Compartilhe!