secretaria da cultura do estado de são paulo

Jurassic Park ganha trilha sonora ao vivo no Cinematographo de janeiro do MIS

Publicado em 18 de dezembro de 2017

O evento acontece no dia 7/1, domingo, e os ingressos começam a ser vendidos no dia 22 de dezembro

O MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, inicia sua agenda 2018 com uma programação especial para os fãs da Sétima Arte. O já tradicional Cinematographo, que busca resgatar a atmosfera das primeiras sessões de cinema com projeção de filmes sonorizados por músicos ao vivo, ganha uma dose extra de ação com o filme Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros (EUA, 1993, 120′, dir. Steven Spielberg). O longa, vencedor de três prêmios Oscar e aclamado pela crítica e público ao redor do mundo, ganha trilha sonora ao vivo com os músicos Thiago Duar (guitarra e eletrônicos) e Eder Rocha (bateria e percussão).

O Cinematographo acontece no dia 7 de janeiro, domingo, às 15h00, no Auditório MIS (172 lugares). Os ingressos (R$ 12,00 inteira e R$ 6,00 meia) começam a ser vendidos no dia 22 de dezembro – tanto na bilheteira do Museu quanto no site da Ingresso Rápido – www.ingressorapido.com.br.

Sobre o filme

Jurassic Park é um filme de 1993, dirigido por Steven Spielberg e baseado no livro homônimo escrito por Michael Crichton. É estrelado por Sam Neill, Laura Dern, Jeff Goldblum, Richard Attenborough, Ariana Richards, Joseph Mazzello, Samuel L. Jackson e Bob Peck. O filme é centrado na fictícia Isla Nublar, onde um filantropo bilionário e uma pequena equipe de geneticistas criam um parque temático em uma ilha, onde as principais atrações são variadas espécies de dinossauros recriados através da engenharia genética. Mas, o que parecia ser um sonho, se torna um pesadelo quando a experiência sai do controle de seus criadores.

Sobre os músicos

Thiago Duar está a frente do selo independente PIPA Music como produtor musical, compositor e sound designer para cinema, publicidade, teatro e mídias digitais. Além de engenheiro de som, é também multi-instrumentista, somando, em seus trabalhos, timbres acústicos e texturas eletrônicas.  Duar já trabalhou em diversas trilhas sonoras, com destaque para sua participação como músico convidado para a trilha sonora do espetáculo de dança “Cão sem Plumas”, da companhia de dança Deborah Colker, com direção musical de Jorge Du Peixe e Berna Cepas, para a trilha do documentário “Um lugar para beijar”, dirigido por Neide Duarte, premiado como Melhor Filme Nacional e Melhor Documentário no Festival de Cinema de Guarnicê, no Maranhão. Em 2013, Thiago Duar trabalhou como diretor musical ao lado de Eder “O” Rocha no espetáculo “Cidade”, da companhia de dança contemporânea OMSTRAB, com direção de Fernando Lee, indicado ao Prêmio Bravo. Como músico e produtor musical, se apresentou e gravou ao lado de artistas como Mad Professor, Jorge Du Peixe, Bocato, Claudya, Guizado, Araruna, Vinicius Chagas, Tibless, David Hubbard, entre outros. Atualmente, trabalha nos grupos Afrobombas, Lavoura, Mental Abstrato e Neguedmundo e nas performances sonoras das companhias de dança Omstrab e Cia Corpos Nômades.

Eder Rocha dos Santos (ou Eder,”O” Rocha) é conhecido como percussionista do grupo Mestre Ambrósio. Na década de 80, dividia-se entre a música erudita e o metal: tocava na Orquestra Sinfônica do Recife, tinha uma banda de trash metal e ainda integrava o Maracatu Nação Estrela Brilhante, de Recife. Em 2003, lançou o disco O Circo do Rocha! O circo dO Rocha – e, no ano seguinte, escreveu o seu método sobre o instrumento zabumba. Em seu tempo de estrada, já tocou com bandas e grupos como: Instituto, DJ Dolores, Estuário, Maquinado, Di Freitas, dentre outros. Firmou a sua metodologia nas oficinas de percussão – mais especificamente de zabumba e baque virado – ministradas no Brasil, Bélgica, França e Canadá, tendo a oportunidade também de compor trilhas sonoras para espetáculos de dança e teatro. Atualmente, além de seus solos EderBaque (maracatu), Live PE  e “O” Trio, Rocha trabalha com os grupos Ponto BR, Mutrib, Sebastião Biano e seu Terno Esquenta Muié, Terno Quente e Dounuoutro & Nunquerotroco.

CINEMATOGRAPHO | JURASSIC PARK

 

Data: 07.01.2017 (domingo)
Horário: 15h00
Local: Auditório MIS (172 lugares)
Ingressos: R$12,00 (inteira), R$6,00 (meia). Menores de 5 anos não pagam. À venda na Recepção MIS (terças a sextas, das 12h às 21h30h; sábados, domingos e feriados, das 11h00 às 20h30) e no site www.ingressorapido.com.br
Classificação: 10 anos

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento [Conveniado]: R$ 18,00
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Compartilhe!