@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

Governo do Estado vai apoiar nove projetos da Grande São Paulo por meio do ProAC Editais

Publicado em 10 de outubro de 2017

Em Guarulhos, foram contemplados dois projetos. O primeiro é “Mulher, Yabas Bailam em Ti – 2ª Edição” no edital de Proteção e Promoção das Culturas Negras, que receberá R$ 40 mil para a realização de 12 encontros com oficinas, rodas de conversa, coreografias e outras atividades. O projeto é  baseado na educação, cultura e arte negra e busca inspiração na força das Yabás (divindades femininas africanas) para mostrar a força de luta da mulher brasileira. O segundo é “Organicidade”, que foi aprovado no edital de Economia Criativa e oferecerá formações teóricas e práticas que abordam a temática da alimentação e gastronomia, além da relação rural e urbana. O grupo receberá R$ 30 mil para a promoção de cinco encontros que serão transformados em um documentário e uma exposição fotográfica.

Também no edital de Economia Criativa, o projeto “N’GOMA”, de Taboão da Serra, receberá R$ 30.000,00 para a criação de uma linha de roupas personalizadas, customizadas e estilizadas. O propósito é fortalecer a economia na região do Rio Pequeno, zona leste de São Paulo. Já a “Batalha das Fábricas” foi aprovada no edital de apoio a projetos de Hip Hop e propõe um ponto de encontro para rimadores amadores e profissionais do extremo da zona sul de São Paulo. O grupo receberá R$ 40 mil para  a realização mensal do evento, que será na Fábrica de Cultura do Jardim São Luis.

O edital de Hip Hop apoiará dois projetos em Diadema: “Jam Art’culando – Maria Bonita e Lampião”  que por meio de workshops, saraus e rodas de conversa irá promover o movimento Hip Hop em prol da igualdade social e de gêneros. Também foi contemplado o “Resistência Artística”, um web programa de entrevista e produção musical, comandado pelo DJ Preto El, que entrevistará um  convidado por semana para falar sobre sua arte, trajetória e desafios. O valor do prêmio será destinado para a gravação da 2ª temporada. Em Santo André, foi contemplado o projeto “Recipro-cidades”, um intercâmbio cultural de cidades que tem o Hip Hop como protagonista. Os encontros serão realizados em Santo André, Campinas, Mogi das Cruzes e Piracicaba. Os projetos receberão R$ 40 mil cada.

Por fim, o edital de proteção e promoção das culturas negras selecionou o “Faz a Roda Grande Mulher”, do Grupo Samba de Bumbo de Dandara, em Santana do Parnaíba. O projeto visa difundir a tradição do samba de bumbo e será realizado nas cinco unidades do Centro de Cidadania da Mulher (Itaquera, Perus, Capela do Socorro, Parelheiros e Santo Amaro). Em Mairiporã, o “Orgulho Negro Mairiporã” é um projeto de valorização, resgate e conscientização sobre a importância e a história dos negros no país e na cidade, que abrigou quilombos. Serão realizadas oficinas, palestras e atividades culturais com a temática afro. Os projetos receberão R$ 40 mil cada.

Compartilhe!