HomeAssessoria ReleasesFilme “Barba, Cabelo & Bigode” nas redes sociais do Museu do Futebol

Filme “Barba, Cabelo & Bigode” nas redes sociais do Museu do Futebol

A exibição do filme sobre os jogadores Afonsinho, Paulo Cézar Caju e Nei Conceição tem exibição neste sábado (16/5) às 21h, no Facebook e YouTube

Em meados dos anos 1960, num momento histórico de forte repressão política no Brasil, os jogadores Afonsinho, Paulo Cézar Caju e Nei Conceição iniciaram suas carreiras. A história desses craques do Botafogo de Futebol e Regatas retratada no filme Barba, Cabelo & Bigode, será exibida neste sábado (16/5) às 21h nas redes sociais do Museu do Futebol, CINEfoot e Botafogo, como parte do programa Cinema na Rede.

 

O documentário de 120 minutos do diretor Lucio Branco narra a liberdade desse trio que enfrentou a imposição das cartilhas de comportamento nos clubes, a lei do passe, o regime de concentração, o controle sobre as condutas extracampo, entre outros temas da época. 

A exibição também está inserida na campanha #CulturaEmCasa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, que proporciona alternativas de lazer para a população durante o período de distanciamento social em vigor para o combate ao coronavírus. 

O trailer do filme está disponível aqui https://vimeo.com/173816025.

A exibição será feita nas seguintes redes: 

No Youtube: https://www.youtube.com/user/museudofutebolspaulo/

No Facebook:

https://pt-br.facebook.com/museudofutebol/ 

https://pt-br.facebook.com/CINEfoot/

https://pt-br.facebook.com/Botafogo/

Sobre o filme Barba, Cabelo & Bigode: Afonsinho, Paulo Cézar Caju e Nei Conceição iniciaram as suas carreiras num momento de forte repressão política no país. Originalmente companheiros de uma consagrada geração de craques do Botafogo, nunca abriram mão da liberdade. Sob o projeto desenhado pela ditadura civil-militar para o futebol, a rotina dos clubes passou a ser regida pelos mesmos códigos que já vinham condenando a sociedade civil ao arbítrio. Desde o período militar, os três praticam conscientemente a desobediência civil.

Sobre o Museu do Futebol – O Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país.

O Museu do Futebol é uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

 

#culturaemcasa – A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, a que pertence o Museu do Futebol, lançou a campanha #culturaemcasa para que todos os seus equipamentos culturais disponibilizem atividades online no período que durar a pandemia. Museus, bibliotecas, teatros e centros culturais estão temporariamente fechados como parte do enfrentamento à doença.

O Museu do Futebol tem 15 exposições virtuais disponíveis na plataforma Google Art&Culture, o banco de dados online do Centro de Referência do Futebol Brasileiro (CRFB) e continuará com novas iniciativas nas redes sociais.

MUSEU DO FUTEBOL NA INTERNET

Jogos e conteúdo educativo: educar.museudofutebol.org.br

Visita virtual Google Street View:  https://url.gratis/Is0pb

Google Art & Culture –

https://www.museudofutebol.org.br/pagina/exposicoes-virtuais

Banco de dados do Centro de Referência do Futebol Brasileiro: 

http://dados.museudofutebol.org.br/

Medium: https://medium.com/museu-do-futebol

YouTube: https://www.youtube.com/user/museudofutebolspaulo/

Compartilhe!