HomeAssessoria ReleasesFaça você mesmo: agenda das Fábricas de Cultura incentiva a autonomia dos participantes

Faça você mesmo: agenda das Fábricas de Cultura incentiva a autonomia dos participantes

Programação é gratuita e ocorre pelas redes sociais do programa

As Fábricas de Cultura Brasilândia, Capão Redondo, Diadema, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha vêm realizando a programação gratuita de forma virtual e integrada desde as necessidades de distanciamento social por conta da pandemia da Covid-19. Em setembro e pelas redes sociais, diferentes atividades visam impulsionar a criatividade, responsabilidade e autonomia dos participantes. Não é necessária inscrição para participar. Fábricas de Cultura é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, com gerenciamento da Poiesis. 

Já imaginou o quanto as redes sociais, o humor e os memes são utilizados como ferramentas de comunicação? Durante o workshop Redes sociais como ferramentas de comunicação nos bairros periféricos, Aline Kátia Melo, jornalista (Centro Universitário Sant’ Anna) e especialista em Mídia, informação e cultura (CELACC/USP), demonstra como as redes sociais estimulam a conscientização dos moradores sobre problemas e situações diárias dos bairros periféricos. A atividade ocorre no dia 9 de setembro, quarta-feira, a partir das 16h. O público também conhece exemplos de páginas que atuam com essa finalidade, como a página Jova Rural no Facebook e o perfil Jova York no Instagram, ambos administrados por Aline Kátia, canais que acompanham e registram as transformações do bairro Jova Rural, localizado no extremo da zona norte de São Paulo.

Para desvendar a importância do patuá, chamado também de amuleto ou balangandã, e a relação que o mesmo tem com a construção histórica do Brasil, a equipe das bibliotecas das Fábricas de Cultura apresenta a atividade Quem não pode com mandinga não carrega patuá. No dia 14 de setembro, segunda-feira, das 11h às 12h, os participantes ainda aprendem a fazer o próprio amuleto.

No dia seguinte, 15/09, às 11h, a equipe das bibliotecas das Fábricas de Cultura ensina o preparo de pão de queijo rápido e fácil para crianças realizarem com os familiares.

Já Wanderley Montanholi, ator e dramaturgo no grupo Grito de Teatro, poeta no projeto “Poeta do Cotidiano” e advogado especializado em direitos da população LGBTQI+, aplica a atividade 10 Frases homofóbicas que você deve parar de dizer. Em 17 de setembro, quinta-feira, às 18h, o profissional apresenta frases presentes no cotidiano que carregam a homofobia e demonstra de maneira descomplicada o porquê da necessidade de parar de repetir esses padrões.

Em Uma conversa sobre cosmética natural, a equipe das bibliotecas ensina o público a fazer os próprios produtos de higiene, de cuidados com a pele e com o cabelo. A atividade ocorre no dia 22 de setembro, terça-feira, às 11h, e aborda os cosméticos naturais a partir de receitas simples de hidratantes e desodorantes. 

A pedagoga Maria Cristina, mais conhecida como Maria Flor, conta histórias da infância, de quando brincava com bonecas de fuxico, técnica artesanal de reaproveitamento de retalhos de tecido, durante a atividade Boneca Terapia de Fuxico, no dia 25/09, sexta-feira, às 16h. Como nas práticas ancestrais, ou seja, enquanto a turma ouve as narrativas, também pratica o exercício artístico de confeccionar a própria boneca com materiais que tem em casa, como retalhos, linhas, agulha e tesoura. Maria Flor mostra como essa prática colabora de forma terapêutica e para a autoestima. 

Todas as atividades das Fábricas de Cultura são gratuitas. A programação completa está disponível em http://poiesis.org.br/maiscultura/, hotsite voltado à agenda virtual dos espaços culturais gerenciados pela Poiesis. 

A seguir, links das plataformas por onde é apresentada cada atividade destacada no texto.

SERVIÇO

WORKSHOP: REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO NOS BAIRROS PERIFÉRICOS – COM ALINE KÁTIA
Com Aline Kátia Melo
09/09 – quarta-feira – 16h às 17h
Faixa etária: livre
Plataforma: Youtube – https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos 

QUEM NÃO PODE COM A MANDINGA NÃO CARREGA PATUÁ – COM EQUIPE DE BIBLIOTECA
14/09 – segunda-feira – 11h às 12h
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube – https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos

PÃO DE QUEIJO RÁPIDO E FÁCIL – COM EQUIPE DE BIBLIOTECA
15/9 – terça-feira – 11h às 12h
Faixa etária: livre
Plataforma: Youtube – https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos

10 FRASES HOMOFÓBICAS QUE VOCÊ DEVE PARAR DE DIZER
Com Wanderley Montanholi
17/09 – quinta-feira – 18h às 19h
Faixa etária: 12 anos
Plataforma: Youtube – https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos

UMA CONVERSA SOBRE COSMÉTICA NATURAL – COM EQUIPE BIBLIOTECA
22/09 – terça-feira – 11h às 12h
Faixa etária: 12 anos 

Plataforma: Youtube – https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos

BONECA TERAPIA DE FUXICO
Com Maria Flor
25/09 – sexta-feira – 16h às 17h
Faixa etária: livre
Plataforma: Facebook – https://www.facebook.com/fabricasdecultura/ 

—-

Fábrica de Cultura Brasilândia

Avenida General Penha Brasil, 2508  | Telefone: (11) 3859-2300

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Rua Bacia de São Francisco, s/n | Telefone: (11) 5822-5240

Fábrica de Cultura Diadema 

Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP | Telefone: (11) 4061-3180

Fábrica de Cultura Jaçanã

Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 | Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360 | Telefone: (11) 2249-8010

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Rua Antônio Ramos Rosa, 651 | Telefone: (11) 5510-5530

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575 | Telefone: (11) 2233-9270

Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso táctil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braile, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e áudio-books). 

www.fabricasdecultura.org.br | E-mail: contato@fabricasdecultura.org.br 

Funcionamento das unidades: de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e finais de semana e feriados das 12h às 17h

Devido à pandemia da Covid-19, toda a programação vem ocorrendo de forma on-line/ à distância.
Toda a programação é gratuita e pode ser conferida em http://poiesis.org.br/maiscultura/.

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2020, o Programa Fábricas de Cultura – instituições da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis – conta com o patrocínio do Instituto Center Norte por meio da Lei Rouanet. O apoio contribui para a realização de atividades de formação e difusão cultural.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Compartilhe!