HomeAssessoria ReleasesFábricas de Cultura, Oficinas Culturais Maestro Juan Serrano e Alfredo Volpi incentivam práticas sustentáveis em programação

Fábricas de Cultura, Oficinas Culturais Maestro Juan Serrano e Alfredo Volpi incentivam práticas sustentáveis em programação

Sustentabilidade em espaços urbanos e na alimentação será o lema de atividades gratuitas e disponíveis em canais virtuais

A inspiração da culinária indígena, práticas artístico-ambientais, possibilidades das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) e contações de histórias lúdicas sobre o meio ambiente estão na agenda da Oficina Cultural Maestro Juan Serrano, Oficina Cultural Alfredo Volpi e Bibliotecas de Fábricas de Cultura, programas da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciados pela Poiesis. Gratuitas e no formato virtual, as atividades buscam incentivar costumes saudáveis e sustentáveis.
Oficinas Culturais

Em homenagem ao Dia Internacional dos Povos Indígenas (9 de agosto), a Oficina Cultural Maestro Juan Serrano viabiliza a atividade Culinária Indígena: inspirações brasileiras – gastronomia interativa em tempos de pandemia. As pessoas interessadas em aprender e identificar a influência da culinária nativa poderão participar via plataforma Zoom no sábado, dia 8 de agosto, das 15h às 17h. A mediação será feita pela culinarista Isis Appes, da Menina Brasileira-Cozinha Ecogastronômica, que irá destacar a questão saudável dos pratos a serem preparados, um salgado e outro doce: pirão de abóbora com palmito, seguido de beiju de milho com purê de banana da terra e amendoim. A inscrição é on-line e está aberta neste link: https://bit.ly/2OLmm8c.

O público participante precisa possuir os ingredientes próprios ou retirar o kit grátis de ingredientes. As pessoas selecionadas serão contatadas diretamente pela equipe da Oficina para combinar a retirada dos kits. Os ingredientes necessários são: farinha de mandioca, farinha de milho, abóbora, palmito, alho, cebola, cheiro verde, pimenta, sal, urucum, chimichurri, tapioca, banana da terra e amendoim.

Quem ainda acredita que não é possível cultivar horta em espaço urbano? A Oficina Cultural Alfredo Volpi mostrará que esse ato se torna um hábito saudável e sustentável, ambiental e economicamente, a partir da atividade Ocupação Sustentável: Práticas Artístico-Ambientais. Entre os dias 21 e 24 de setembro, segunda a quinta-feira, às 10h, as exibições estarão disponíveis no canal de Youtube do programa (https://bit.ly/32L0li3). A inscrição já está aberta por aqui: https://bit.ly/32HY6Mk.
Com coordenação da artista-educadora Natali Santos, a iniciativa trará quatro vídeos filmados direto da horta da Oficina Cultural Alfredo Volpi, por onde será abordado o estudo de canteiro, horta vertical, Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) e alimentação a partir de hortas urbanas.
Bibliotecas – Fábricas de Cultura
Com programação integrada, as Bibliotecas das Fábricas de Cultura Brasilândia, Capão Redondo, Diadema, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoerinha oferecem interações on-line também no âmbito da sustentabilidade ambiental e alimentação saudável. Não é necessária inscrição para as atividades pontuadas a seguir e todas serão apresentadas pelo canal de Youtube do programa Fábricas de Cultura (https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos).
Em 10 de agosto, segunda-feira, das 15h às 16h, a bióloga pela FMU e educadora social Natália Leite, da Broto Marginal – iniciativa voltada à adaptação de técnicas de agroecologia em espaços urbanos, resgate da sabedoria popular, dos costumes ancestrais e da agricultura familiar – irá coordenar o encontro O mato que alimenta. O foco será as PANCs, plantas com potencial nutritivo, mas ainda pouco consumidas no dia a dia das áreas urbanas.
O mato que alimenta apontará opções de plantas que podem ser cultivadas em casa e consumidas, além de oferecer suportes para a reflexão sobre os hábitos alimentares saudáveis e a busca por maior variedade nutricional no cardápio com baixo impacto no meio ambiente.
Já em Histórias do Meio Ambiente, a Cia. Costurando Letras apresentará contações de histórias lúdicas e educativas sobre o meio ambiente no dia 11 de agosto, terça-feira, a partir das 11h. O objetivo é divertir e, ao mesmo tempo, instruir o público sobre as questões ambientais, como elas impactam no dia a dia e como a mudança de pequenos gestos colabora na manutenção e cuidado do espaço micro para o alcance macro do planeta.

SERVIÇO
Oficina Cultural Maestro Juan Serrano

Culinária Indígena: inspirações brasileiras – gastronomia interativa em tempos de pandemia
Coordenação: Menina Brasileira – Cozinha Ecogastronômica
8/08 – sábado – 15h às 17h
Inscrição aberta até 30 de julho: https://bit.ly/2OLmm8c
12 vagas | Classificação indicativa: 18 anos
Plataforma de exibição: Zoom – público inscrito receberá o link ao concluir inscrição.
*OBS: pessoas interessadas precisam ter os ingredientes listados abaixo ou providenciar, por delivery, a retirada do kit gratuito. Os selecionados serão contatados diretamente pela equipe da Oficina para combinar a retirada do material.
•Farinha de mandioca •Farinha de milho •Abóbora •Palmito •Alho •Cebola •Cheiro verde •Pimenta •Sal •Especiarias: urucum e chimichurri •Tapioca •Banana da Terra •Amendoim *Ingredientes somente para estudo, para consumo adquira a gosto.

Rua Joaquim Pimentel, 200 – Cohab Taipas – São Paulo
Telefone: (11) 3994-3362 | 3971-3640 || E-mail: juanserrano@oficinasculturais.org.br
Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 13h
Acessibilidade: rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida e sanitário com barras de segurança
Programação gratuita
Oficina Cultural Alfredo Volpi
Ocupação Sustentável: Práticas Artístico-Ambientais
Coordenação: Natali Santos
21 a 24/09 – segunda a quinta-feira – 10h
Inscrição até 20 de agosto: https://bit.ly/32HY6Mk
Classificação indicativa: livre
Plataforma de exibição: Youtube do Programa Oficinas Culturais – https://www.youtube.com/c/OFICINASCULTURAISDOESTADODES%C3%83OPAULO/videos

Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera – São Paulo
Telefone: (11) 2205-5180 | 2056-5028 || E-mail: alfredovolpi@oficinasculturais.org.br Funcionamento: de terça a sexta-feira das 10h às 22h, e aos sábados das 10h às 18h
Acessibilidade: rampa de acesso e elevador para pessoas com mobilidade reduzida, além de banheiro acessível para cadeirantes
Programação gratuita
Durante o distanciamento social devido à Covid-19, todas as atividades do programa Oficinas Culturais estão sendo realizadas de forma virtual. Confira em http://poiesis.org.br/maiscultura/ e www.oficinasculturais.org.br

Bibliotecas das Fábricas de Cultura – unidades Brasilândia, Capão Redondo, Diadema, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoerinha

O mato que alimenta – com Broto Marginal
Com Natália Leite, da Broto Marginal
10/08 – segunda-feira – 15h às 16h
Classificação indicativa: 10 anos
Via Youtube: https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos
Não é necessária inscrição
Histórias do Meio Ambiente – com Cia. Costurando Letras
11/08 – terça-feira – 11h às 12h
Classificação indicativa: livre
Via Youtube: https://www.youtube.com/c/fabricasdeculturavideos/videos
Não é necessária inscrição

Fábrica de Cultura Brasilândia
Avenida General Penha Brasil, 2508 | Telefone: (11) 3859-2300
Fábrica de Cultura Capão Redondo
Rua Bacia de São Francisco, s/n | Telefone: (11) 5822-5240
Fábrica de Cultura Diadema
Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP | Telefone: (11) 4061-3180
Fábrica de Cultura Jaçanã
Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 | Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360 | Telefone: (11) 2249-8010
Fábrica de Cultura Jardim São Luís
Rua Antônio Ramos Rosa, 651 | Telefone: (11) 5510-5530
Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoerinha
Rua Franklin do Amaral, 1575 | Telefone: (11) 2233-9270
Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso táctil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braile, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e áudio-books).
Programação gratuita.
www.fabricasdecultura.org.br | E-mail: contato@fabricasdecultura.org.br
Funcionamento das unidades: de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e finais de semana e feriados das 12h às 17h
Devido à pandemia da Covid-19, toda a programação vem ocorrendo de forma on-line/ à distância. Toda a programação é gratuita e pode ser conferida em http://poiesis.org.br/maiscultura/.
SOBRE A OFICINA CULTURAL ALFREDO VOLPI
Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, desde 1986 a Oficina Cultural trabalha com a formação de jovens profissionais em diversas áreas como: artes plásticas, dança, fotografia, moda, performance, processos gráficos e teatro.
SOBRE A OFICINA CULTURAL MAESTRO JUAN SERRANO
A Oficina Cultural Juan Serrano realiza atividades voltadas para a formação e difusão cultural em diferentes linguagens artísticas. As atividades são gratuitas e abrangem diversas áreas como tecnologia, artes plásticas, teatro, literatura, música, fotografia, dança e circo, entre outros. Oficinas Culturais é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, que atua, desde 1986, na formação e na vivência da população no campo de cultura. O Programa é administrado pela organização social Poiesis.

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA
As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2020, o Programa Fábricas de Cultura – instituições da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis – conta com o patrocínio do Instituto Center Norte por meio da Lei Rouanet. O apoio contribui para a realização de atividades de formação e difusão cultural.
SOBRE A POIESIS
A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Compartilhe!