@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

Exposição aborda a relação entre acessórios de vestuário e o tema das migrações

Publicado em 28 de novembro de 2017

“Da cabeça aos pés” propõe uma reflexão sobre objetos utilizados por homens e mulheres migrantes de diversas culturas

Quando uma pessoa migra, ela carrega junto a si seus costumes, sua cultura e também objetos. Seja um chapéu, uma bolsa ou um colar, essas peças podem ser mais do que apenas acessórios, elas também representam uma identidade, práticas sociais e afetos que dizem muito sobre qualquer um. A exposição “Da Cabeça aos Pés”, que será inaugurada no dia 2 de dezembro, às 11h00, no Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, reúne adereços utilizados por homens e mulheres e propõe uma reflexão sobre seus múltiplos significados.

Dividida em três sessões, a exposição traz os “Acessórios de Corpo”, como chapéus e luvas, os “Acessórios de Roupa”, como gravatas e cintos, e também “Acessórios Portáveis”, como leques e bengalas. A partir dessa segmentação, os objetos foram simbolicamente categorizados em três usos: o primeiro trata da construção de uma identidade tanto individual quanto coletiva, o segundo uso aborda a questão de guardar lembranças de um local ou um período e, por último, a ligação desses objetos ao ato de construir-se socialmente.

A intenção é convidar o visitante a conhecer e pensar sobre o que tais itens significam, o que representam e como eles ajudam a construir e afirmar identidades e memórias. Para a montagem da exposição, foram utilizados objetos pertencentes ao acervo do Museu e também artigos emprestados por migrantes e descendentes após uma chamada realizada pelas redes sociais. A exposição também visa representar movimentos migratórios recentes, como os sul-americanos, conectando o passado e o presente.

Serviço

Inauguração da exposição “Da cabeça aos pés”

Data: 2 de dezembro

Hora: 11h00

Entrada: Gratuito dia 2/12 (e aos sábados) – Demais dias R$ 10 (estudantes e maiores de 60 anos pagam meia-entrada).

Local: Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca – SP.

www.museudaimigracao.org.br

Compartilhe!