secretaria da cultura do estado de são paulo

Espetáculo narra a história da escritora Conceição Evaristo na Oficina Cultural Alfredo Volpi

Publicado em 17 de novembro de 2017

O trabalho tem trilha sonora ao vivo, unindo literatura e música

Uma das principais escritoras da literatura brasileira, Conceição Evaristo é homenageada no espetáculo Canto de vida e obra: Conceição Evaristo, que acontece no dia 30 de novembro, quinta-feira às 20h na Oficina Cultural Alfredo Volpi, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciada pela Poiesis.  O trabalho do Coletivo Morabeza transforma a história da escritora em uma narrativa literária e musical. Encenado desde agosto de 2016, já foi apresentado em espaços como Sesc Santos, Itaú Cultural, Sesc 24 de Maio, entre outros.

Nascida em Belo Horizonte em 1946, Conceição Evaristo conciliou os estudos com o trabalho como empregada doméstica até concluir o curso Normal – habilitado para lecionar no ensino fundamental, em 1971, aos 25 anos. Mudou-se então para o Rio de Janeiro, onde passou em um concurso público para o magistério e estudou Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Também é mestra em Literatura Brasileira pela PUC-Rio e doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense.

Na década de 1980, Conceição entrou em contato com o Grupo Quilombhoje. A estreia dela na literatura foi em 1990, com lançamentos na série “Cadernos Negros”. A poeta traz em sua literatura profundas reflexões acerca das questões de raça e de gênero, com o objetivo de revelar a desigualdade velada em nossa sociedade e resgatar a memória da diáspora africana. Seu livro “Ponciá Vicêncio” (2003) foi traduzido para o inglês e publicado nos Estados Unidos em 2007.

SERVIÇO: Canto de vida e obra: Conceição Evaristo

30/11, quinta-feira, 20h

Recomendação etária: livre

Duração 60 min.

Atividade gratuita sem necessidade de inscrição prévia. Chegar com 30 minutos de antecedência. 40 lugares.

Compartilhe!