@culturasp - secretaria da cultura do estado de são paulo

Concrescer: poesia concreta de Augusto de Campos e Décio Pignatari inspiram instalações

Publicado em 26 de outubro de 2017

Trabalhos transformam poemas em instalações

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos apresenta, a partir do dia 15 de novembro, sua nova exposição de curta duração.

Intitulada Concrescer, a mostra apresenta nove trabalhos realizados pelos artistas Francisco Zorzete e Jorge Bassani, criados a partir de poemas emblemáticos da poesia concreta realizados pelos poetas Augusto de Campos, Décio Pignatari, Pedro Xisto e José Lino Grünewald. Concrescer é uma série de trabalhos que propõe libertar a poesia da impressão enclausurada em livros e revistas e capturar a experiência urbana por meio da linguagem.

Entre os destaques da exposição encontram-se “A Rosa Doente”, uma instalação criada a partir de um poema de W. Blake traduzido por Augusto de Campos, em forma de espiral, e “Concretus”, instalação em tubos de PVC, inspirado no poema Concretus, do poeta pernambucano Pedro Xisto.

“Propomos ao leitor perceber o poema no espaço e interagir com ele, explicam os artistas Francisco Zorzete e Jorge Bassani. A dupla fez parte do Grupo Manga Rosa, coletivo de intervenção artística que atuou entre 1979 e 1982, na capital paulista.

“A exposição Concrescer redimensiona poemas concretos no espaço da Casa das Rosas, de modo a permitir que visitantes de diferentes perfis possam usufruir de uma intensa experiência poética e sensorial. Nada mais pertinente, no museu da Avenida Paulista dedicado às transformações e à pluralidade de vozes na literatura e na cidade”, conta Marcelo Tápia, diretor do Museu.

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos integra a Rede de Museus-Casa Literários da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

SOBRE OS ARTISTAS

Francisco Zorzete

Artista plástico e restaurador, iniciou suas atividades nos anos 1970, no coletivo artístico Grupo Manga Rosa, atuando especialmente com arte ao ar livre. Participou também da criação de obras visuais inspiradas em poemas concretos e de diversas exposições com outros artistas durante a década de 1980, passando a dedicar-se à preservação do patrimônio histórico a partir dos anos 1990.

Jorge Bassani

Desde 1980 desenvolve trabalhos na área de Arte & Cidade, autor de esculturas e intervenções temporárias, principalmente em São Paulo. Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Braz Cubas, mestrado e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Tem especialidade em História da Cidade e do Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: arte e cidade, arte urbana, a cidade contemporânea, arte e ambiente e arquitetura e cultura.

SERVIÇO: Exposição Concrescer

Abertura: 15/11, quarta-feira às xxh.

15/11/2017 a 31/03/2018. De terça a sábado, das 10h00 às 22h00. Domingo e feriados, das 10h00 às 18h00.

Atividade gratuita, sem necessidade de inscrição prévia.

Compartilhe!