Newsletters

“Estação da Língua” chega a Taubaté no dia 5 de julho

Após atingir a marca de mais de 24 mil visitantes nas primeiras paradas (Tatuí, Santos e Rio Claro), a mostra itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que apresenta acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), segue viagem pelo estado de São Paulo e chegará em Taubaté no dia 5 de julho, onde ficará em cartaz até 5 de agosto no Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato (Avenida Monteiro Lobato, s/nº – Chácara do Visconde). A visitação é  gratuita, de terça a domingo, das 9h00 às 17h00.

“A itinerância desta exposição permite que um público ainda maior viva a experiência do Museu da Língua Portuguesa e conheça um pouco mais do idioma português, um patrimônio riquíssimo e em constante transformação”, declara o Secretário da Cultura do Estado, Romildo Campello.

A itinerância traz na bagagem conteúdos inéditos, que conversam com a museologia contemporânea e com a rica expografia de sons e imagens do Museu da Língua Portuguesa, instituição que apresenta a Língua Portuguesa como patrimônio imaterial, viva e dinâmica, além de conteúdos já conhecidos pelo público.

Na área externa, a Torre Estação da Língua Portuguesa dá boas-vindas aos visitantes. Em As Origens, uma instalação cenográfica remete à ideia de estação ferroviária e de viagem de trem. Versos de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Arnaldo Antunes, iluminados com LED em um painel metálico, convidam o público a entrar na exposição.

A viagem do idioma começa com um vídeo animação que mostra a formação da língua portuguesa e as rotas marítimas dos portugueses, que levaram o idioma para outras terras. Animação, narração e trilha sonora foram criadas especialmente para essa mostra.

O vídeo Sotaques, com texto “O paraíso são os outros”, de Valter Hugo Mãe, realizado pela Porto Editora e Miguel Gonçalves Mendes, com diferentes sotaques da língua portuguesa no mundo, abre o módulo O que nos une – ala composta por um painel interativo giratório, que apresenta dados dos países que fazem parte da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). São eles Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

O Desembarque reproduz a Linha do Tempo do Museu da Língua Portuguesa com a construção do idioma no Brasil, desde a chegada dos portugueses e o primeiro contato com as línguas indígenas, até os dias de hoje. Essa parte da viagem está atualizada com mais uma década em que relembra o novo acordo ortográfico e destaca novas palavras e expressões que surgiram com a influência da internet e das redes sociais.

Na ala Os trilhos, três monitores touchscreen mostram palavras que vieram de outros povos e foram incorporadas ao português brasileiro. Espaço Lusófono, especialmente dedicado aos professores, é composto pelo vídeo “Raiz Lusa”, no qual especialistas falam sobre a construção da Língua Portuguesa.

O módulo Falares Paulista mostra em uma montagem lúdica um diálogo hipotético e poético entre pessoas com sotaques característicos de cinco cidades paulistas. Trechos de 12 poemas são projetados e os versos ganham vida em um trabalho gráfico desenvolvido especialmente para a mostra.

Vídeos que compõem o acervo da Grande Galeria do Museu da Língua Portuguesa são apresentados no módulo O Mundo da Língua. Nele, o visitante termina sua viagem assistindo aos vídeos “Culinária” e “Danças”, que mostram a relação entre língua e cultura.

A realização é do Ministério da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura do Estado, e da Arquiprom, proponente e produtora do projeto. O patrocínio máster é da Sabesp. Instituto CCR, Vivo, EDENRED Brasil e Ticket marca do Grupo, também patrocinam a iniciativa, todos por meio da Lei Rouanet. O apoio nesta quarta cidade da itinerância é da Prefeitura de Taubaté.

Exposição Itinerante “Estação da Língua Portuguesa”

Data: 5 de julho a 5 de agosto

Local: Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato – Avenida Monteiro Lobato, s/nº – Chácara do Visconde – Taubaté

Horário: terça a domingo, das 9h00 às 17h00

Entrada gratuita

Agendamentos: de terça a sexta, das 9h00 às 12h00, pelo telefone (12) 3625-5062 ou pelo e-mail: mlobato.agendamento@gmail.com

Mostra itinerante “Estação da Língua” (Foto: Divulgação)

10º EPM reúne instituições museológicas paulistas em julho – confira a programação

O principal evento que reúne as instituições museológicas do estado de São Paulo, realizado pelo SISEM-SP em parceria com a ACAM Portinari, retorna ao Memorial da América Latina entre os dias 18 e 20 de julho com três dias de programação e muitas novidades. A programação completa do Encontro Paulista de Museus está disponível no site www.sisemsp.org.br/epm/programacao. Confira os destaques:

Encontro Paulista de Museus – Divulgação

Na manhã do primeiro dia de evento,  será entregue a medalha Waldisa Rússio Camargo Guarnieri, que homenageia uma das principais personalidades da Museologia Brasileira, no pensamento crítico e teórico do setor. Quem receberá a condecoração será o professor Ulpiano Bezerra de Meneses – especialista em História Antiga e Social, Letras Clássicas e Arqueologia, organizador (1963-8) e diretor (1968-78) do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e diretor do Museu Paulista/USP (1989-1994).

No mesmo dia, ocorre a conferência internacional de Luigi Di Coratto, diretor da Fondazione Brescia Musei, e em seguida o painel “Desafios éticos contemporâneos para museus” com a doutora Débora Duprat, procuradora federal dos Direitos do Cidadão, e Christian Dunker, professor do Instituto de Psicologia da USP e um dos criadores do Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise da USP. Também neste dia, o encontro das regionais do SISEM-SP discutirá a eleição das novas representações de cada região.

A programação do segundo dia contempla uma sessão ao vivo sobre “Democratização de processos museológicos: participação das comunidades e públicos” e cinco mesas de debates consecutivas com temas variados. A programação do dia será finalizada com a Reunião da Rede de Educadores de Museus de São Paulo (REM-SP) que contará com o lançamento do e-book “Rede de Redes – Diálogos e Perspectivas das Redes de Educadores de Museus no Brasil”, da REM-SP em conjunto com o SISEM-SP e ACAM Portinari, bem como o lançamento da versão digital da publicação “Como gerir um museu”, em parceria com a Pinacoteca de São Paulo, o ICOM e a Unesco.

O último dia do EPM começa com sessão ao vivo sobre “Ações de fomento à participação”. Na sequência, será apresentado o “Balanço e as Perspectivas” do SISEM-SP e em seguida anunciado o resultado das eleições para o Conselho de Orientação do SISEM-SP (COSISEM) e também os nomes dos novos representantes regionais eleitos. O destaque desta manhã fica por conta da entrega dos certificados às instituições cadastradas no Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP). No período da tarde, acontece a programação integrada com Oficinas no Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc-SP sobre “Museus em transformação – participações e autonarrativas” e “Processos participativos na elaboração de Planos Museológicos: potências e desafios”. Paralelamente, no Auditório Simón Bolívar, será realizado o seminário “O Legado de Waldisa Rússio: liderança, formação, ética profissional e pesquisa em museologia”.

Para conhecer a programação completa, acesse www.sisemsp.org.br/epm/programacao. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sisemsp.org.br.  

10º Encontro Paulista de Museus (10EPM)

Data: 18 a 20 de julho

Local: Memorial da América Latina – Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – São Paulo/SP

Programação:  www.sisemsp.org.br/epm/programacao

Informações: (11) 3339-8208 / www.sisemsp.org.br

Araçatuba e Ilha Solteira recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva teatro e circo para a região em junho. Confira a programação:

No dia 16 (sábado), às 20h00, a peça “Pequenas Certezas” será encenada em Araçatuba, no Teatro Paulo Alcides Jorge (Rua Armando Salles de Oliveira, s/n). O espetáculo mescla humor e suspense, com a história de uma mulher que decide viajar para a cidade natal do marido depois de seu desaparecimento misterioso.

Pequenas Certezas – Crédito: Edson Kumasaka

Ilha Solteira recebe o grupo “Cia Festa de Rei”, na quinta-feira, 21, às 20h00, na Praça dos Paiaguás. O propósito da apresentação é resgatar a cultura popular e tradicional com atividades lúdicas para crianças e adultos.

Araçatuba recebe apresentação do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará teatro infantil para Araçatuba.

Cuidado com a Cuca (Crédito: Divulgação)

No sábado, 28 de abril, às 18h00, Araçatuba recebe o espetáculo “Cuidado com a Cuca”, na Praça do Pinheiros. A peça mostra como o jeito de viver dos seres da floresta mudaram com o avanço da modernidade.

Araçatuba recebe apresentação do Projeto Guri em maio

O Projeto Guri convida a população de Araçatuba para conferir o EmCena 2018, com os Grupos de sopro e percussão da região. Dia 30 (quarta-feira), às 15h30 no EMEB Profª Camila de Mello Fonseca (Rua Guatemala, 740). No repertório, músicas como Game of Thrones, Pirates of The Caribbean e Mission: impossible theme.

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

Areias e São José dos Campos recebem apresentações do Projeto Guri em abril

Em abril, o Projeto Guri participa de dois eventos na região de São José dos Campos.

Projeto Guri (crédito: JC Curtis Fundacc)

Areias comemora o Dia do Índio no dia 18, às 14h30, com os alunos do Coro Infantil apresentando “Pindorama”, do Palavra Cantada, na EMEF Profº Júlio César da C. S Filho (Av. Siqueira Campos).

Já em São José dos Campos, durante o III Festival Pixinguinha no Vale, no dia 27, às 18h00, a música ficará por conta do Grupo de Choro do Polo, no Teatro Municipal São José dos Campos (Shopping Centro – R. Rubião Júnior, 84).

Atenção, produtores culturais! o Programa de Ação Cultural – ProAC – está cheio de novidades. Confira!

PRIMEIROS EDITAIS PUBLICADOS

Os primeiros editais do ano do Programa de Ação Cultural (ProAC) já foram publicados! Neste primeiro grupo, serão contemplados 144 projetos de Pessoas Físicas e Jurídicas, em 14 concursos nas áreas de música, teatro, dança, artes cênicas e festivais. Os prêmios variam entre R$ 25 mil e R$ 160 mil cada. Além disso, no mínimo 50% dos selecionados serão de proponentes da Grande São Paulo, interior e litoral. As inscrições devem ser feitas pelo site (www.proac.sp.gov.br), onde também podem ser encontrados os editais.

Entre as novidades, destacam-se os editais de apoio a Festivais de Música para Novos Talentos, Gravação de Álbum Inédito com Apresentação de Espetáculos de Música Alternativa ou Eletrônica e Fomento e Difusão de Bandas Marciais e Fanfarras, destinados a Pessoas Físicas. Além destes, outros cinco concursos nas áreas de música, dança e teatro também oferecem oportunidades para Pessoas Físicas.

Teatro

O edital de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de Teatro é destinado a Pessoas Jurídicas e premiará 20 projetos em dois módulos: o módulo 1 selecionará 14 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada, enquanto o módulo 2 premiará seis projetos no valor de R$ 160 mil cada. Já o concurso voltado para Circulação de Espetáculo de Teatro, premiará 14 projetos de Pessoas Jurídicas, com prêmios de R$ 105 mil cada. Por fim, o concurso Jovens Artistas para Produção de Primeiras Obras de Espetáculo e Temporada de Teatro, destinado a Pessoas Físicas, selecionará 10 proponentes com idade entre 18 e 29 anos. Cada um receberá R$ 35 mil para a execução do projeto.

Dança

Na área da dança, serão 24 projetos selecionados. Destinados a Pessoas Jurídicas, os editais de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de DançaCirculação de Espetáculo de Dança irão contemplar oito projetos cada, com prêmios de 105 mil para cada um dos selecionados. Proponentes que sejam Pessoas Físicas poderão enviar seus projetos para o concurso deJovens Artistas para Produção de Primeiras Obras de Espetáculos e Temporada de Dança. Os oito selecionados receberão R$ 35 mil cada.

Artes Cênicas

Voltados para Pessoas Jurídicas, os concursos de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de Artes Cênicas para o Público Infantil e/ou Juvenil e Circulação de Espetáculo de Artes Cênicas para o Público Infantil e/ou Juvenil irão contemplar 12 proponentes cada, com prêmios de R$ 85 mil.

Festivais

O edital de apoio a Festivais de Música para Novos Talentos visa a consolidação de artistas e/ou grupos musicais, que tenham no máximo cinco anos de carreira, nunca tenham lançado álbum físico (CD, LP, DVD) e que não possuam vínculos contratuais vigentes com gravadoras, selos ou agências que administram carreiras. Serão selecionados quatro projetos de Pessoas Físicas, que receberão R$ 150 mil cada para a realização dos festivais.

Música

Os editais da área de música serão todos voltados para Pessoas Físicas. O concurso de apoio à Gravação de Álbum Inédito com Apresentação de Espetáculos de Música Alternativa ou Eletrônica, selecionará 12 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada. Para este edital, podem participar artistas e/ou grupos que não possuam vínculos contratuais vigentes ou já tenham lançado álbum físico (CD, LP, DVD) com gravadoras, selos ou agências que administram carreiras. Os gêneros preferencialmente apoiados serão rock (incluindo indie, pop rock, heavy metal e punk rock), reggae,blues e música eletrônica (incluindo techno, house e dance music).

Fomento e Difusão de Bandas Marciais e Fanfarras irá premiar 10 projetos com R$ 40 mil cada. O concurso permite intercâmbio com outras bandas e fanfarras por meio de campeonatos ou eventos, além da atualização, preservação e manutenção dos instrumentos musicais, uniformes e demais aparatos utilizados.

Há outros três editais voltados à música: Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Popular, que irá premiar 12 projetos com R$ 80 mil cada; Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Popular Instrumental, que selecionará 10 projetos, com prêmios de R$ 80 mil cada; e, por fim, o edital de apoio à Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Erudita, que premiará quatro proponentes com R$ 80 mil cada.

Confira o detalhamento e o período de inscrição de cada edital:

 

TEATRO

·        Produção de espetáculo inédito e temporada de teatro

Pessoa Jurídica

20 projetos, sendo 14 com prêmios de R$ 85 mil (módulo 1) e 06 com prêmios de R$ 160 mil (módulo 2)

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

·        Circulação de espetáculo de teatro

Pessoa Jurídica

14 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

·        Jovens artistas para produção de primeiras obras de espetáculo e temporada de teatro

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 35 mil cada.

Destinado a jovens artistas com idade entre 18 e 29 anos.

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

 

DANÇA

·        Produção de espetáculo inédito e temporada de dança

Pessoa Jurídica

08 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

·        Circulação de espetáculo de dança

Pessoa Jurídica

08 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

Jovens artistas para produção de primeiras obras de espetáculo e temporada de dança

Pessoa Física

08 projetos com prêmios de R$ 35 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

 

ARTES CÊNICAS

·        Produção de espetáculo inédito e temporada de artes cênicas para o público infantil e/ou juvenil

Pessoa Jurídica

12 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

·        Circulação de espetáculo de artes cênicas para o público infantil e/ou juvenil

Pessoa Jurídica

12 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

 

FESTIVAIS

·        Festivais de música para novos talentos

Pessoa Física

04 projetos com prêmios de R$ 150 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

 

MÚSICA

·        Gravação de álbum inédito com apresentação de espetáculos de música alternativa ou eletrônica no Estado de São Paulo

Pessoa Física

12 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

·        Apoio a projetos de fomento e difusão de bandas marciais e fanfarras

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 40 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

·        Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música popular

Pessoa Física

12 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

·        Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música popular instrumental

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

·        Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música erudita

Pessoa Física

04 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

Vale recordar que, desde a sua criação, em 2006, o Programa de Ação Cultural (ProAC) já contemplou mais de 5.400 projetos artísticos apoiados financeiramente, em 394 editais, fomentando e difundindo a produção artística em todas as regiões do estado.

Governo do Estado garante R$ 100 milhões para o ProAC ICMS em 2018

O ProAC ICMS – uma das vertentes do programa de incentivo à cultura do Governo do Estado de São Paulo – terá R$ 100 milhões assegurados em 2018 para o apoio a projetos culturais paulistas. A Resolução da Secretaria da Fazenda, formalizando a liberação, foi publicada no dia 6 de abril, no Diário Oficial do Estado. O valor é o mesmo dos dois anos anteriores – uma boa notícia, diante da queda da arrecadação de impostos provocada pela crise econômica nacional.

Esta vertente do programa funciona por meio de patrocínios incentivados: os artistas e produtores apresentam projetos para a Secretaria da Cultura e passam pela avaliação da Comissão de Análise de Projetos (CAP), que é autônoma. Caso sejam aprovados, recebem autorização para captar patrocínio junto a empresas que recolhem ICMS no território paulista. Além de poder associar suas marcas aos projetos culturais, as empresas patrocinadoras recebem de volta o valor investido na forma de descontos no ICMS devido.

Desde que foi criado, em 2006, o ProAC ICMS já acumula mais de R$ 1,28 bilhão repassados a projetos culturais paulistas. Só no ano passado, teve 1.446 projetos aprovados para captação de recursos e, ao longo de sua história, já são mais de 8.600.

ProAC Municípios: R$ 3 milhões para editais municipais

A nova modalidade ProAC Municípios foi anunciada no dia 05 de abril pela Secretaria da Cultura do Estado e está voltada aos Municípios interessados em apoiar iniciativas de artistas ou agentes culturais locais. Os projetos deverão, obrigatoriamente, estar previstos na legislação municipal, ter a forma de concursos/editais e oferecer contrapartidas mínimas. Os escolhidos receberão premiações de até R$ 25 mil e os municípios terão repasses de R$ 100 mil a R$ 300 mil, de acordo com o tamanho da cidade.

O edital será disponibilizado em breve tanto no site do ProAC quanto no da Secretaria da Cultura – http://www.cultura.sp.gov.br, onde as prefeituras interessadas poderão inscrever seus projetos, no período de 20 de abril a 20 de maio.

Atibaia recebe oficina e espetáculo da São Paulo Companhia de Dança

No dia 22 de outubro, Atibaia recebe a oficina de expressão corporal com a professora ensaiadora Daphne Chequer, às 17h00, no Centro de Convenções e Eventos Victor Brecheret (Alameda Lucas Nogueira Garcez, 511).  Serão 25 vagas e os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Cultura para se inscrever. (mais…)

Atriz de Santos recebe Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou, em cerimônia realizada no Teatro Sérgio Cardoso no dia 26 de março, os vencedores do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2018. Criada como uma forma de valorizar e incentivar a produção cultural paulista, a iniciativa do Governo do Estado premiou artistas, companhias e instituições em nove categorias: arte para crianças, artes visuais, cinema, circo, dança, música, teatro, territórios culturais e instituições culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”, que homenageou o gestor cultural Eduardo Saron.

Lizette Negreiros (crédito: Joca Duarte)

Natural de Santos, a atriz Lizette Negreiros foi escolhida pelo júri especializado na categoria Arte para Crianças. Lizette é responsável pela programação infantojuvenil de teatro do Centro Cultural São Paulo, foi presidente da Associação Paulista de Teatro para a Infância e Juventude (APTIJ) e jurada de vários festivais de teatro e do Prêmio Femsa.

Os vencedores escolhidos pelo júri especializado receberam, no total, R$ 580 mil em prêmios, o que faz da premiação uma das maiores do país no segmento cultural. Além da premiação em dinheiro, no valor individual de R$ 60 mil, os vencedores escolhidos tanto pelo júri quanto pelo voto popular receberam um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

A votação popular foi realizada no site www.premiogovernador.sp.gov.br   e contou com mais de 95,5 mil votos (a edição anterior contabilizou 71,3 mil).

VENCEDORES

Conheça os contemplados da edição 2018 do Prêmio Governador do Estado para a Cultura:

Escolhidos pelo júri especializado

Arte para Crianças: Lizette Negreiros

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Cinemateca Brasileira

Circo: Grupo La Mínima

Dança: Companhia de Danças de Diadema – “EU por detrás de MIM”

Música: Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Teatro: Lenise Pinheiro

Territórios Culturais: Coletivo Cultural Cenário Urbano

Escolhidos pelo voto popular

Arte para Crianças: Trupe Banana’s

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Circo: Circo Escola de Diadema

Dança: Cia. Discípulos do Ritmo

Música: Thereza Alves

Teatro: Grupo Caixa Preta de Teatro

Territórios Culturais: Hangar 110

Instituição Cultural (categoria eleita apenas por voto popular): Instituto Alfa de Cultura – Teatro Alfa

Baixada Santista recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva música e teatro para cidades da região no mês de junho. Confira a programação:  

A Cia República Ativa de Teatro apresenta a peça infantil “O Inimigo” em Registro no dia 7 (quinta-feira), às 14h00, no Céu da Vila Nova (Rua Guaracuí, s/n), em Iguape no dia 8 (sexta-feira), às 15h00, na Rua Celso Ramos, s/n, e Miracatu, no dia 9 (sábado), às 16h00, no Auditório da Diretoria de Ensino (Av. Dona Evarista de Castro Ferreira, s/nº). O espetáculo conta a história de dois soldados inimigos dentro de dois buracos durante uma guerra.

O Inimigo – Crédito: Fernanda Oliveira

Na quinta-feira, dia 7, apresenta-se na Praia Grande a banda de rock alternativo “‘Maglore”, às 20h00, no Teatro Municipal Serafim Gonzalez (Av. Costa e Silva, 1.600). Formada em meados de 2009 em Salvador (BA), a banda também toca MPB.

No dia 8 (sexta-feira), às 20h00, Juliana D’Agostini toca piano solo em Bertioga, no Fundo Social de Solidariedade (Rua Walter Pereira Prado, 77 – Vila Itapanhaú). Juliana é uma das mais importantes pianistas brasileira da atualidade e em 2014 ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro, entre outras importantes premiações.  

Em Cubatão, no dia 10 de junho (domingo), às 20h00, apresenta-se no Bloco Cultural José Edgard da Silva (Praça dos Emancipadores , s/n – Centro) a atriz e humorista “Marlei Cevada”, que interpreta Nina (a mesma de A Praça é Nossa) num espetáculo que mistura humor, música e brincadeiras no palco. Marlei já participou do Risadaria, Nunca se Sábado e Humor da Caneca, de Jô Soares.

Por fim, na sexta-feira, dia 15 às 15h00, a criançada de Itanhaém se diverte com a peça “O Mundo Imaginário” da CIA Balaio D’Arte, na EM Prof ª Ignez Martins (Av. Marginal s/n – Balneário Jequitibá). O espetáculo busca sensibilizar para a conservação do meio-ambiente.

 

O Mundo Imaginário – Crédito: Danielle Ferreira

Banco de Exposições: museus do estado podem disponibilizar seus acervos online e solicitar itinerâncias

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria da Cultura do Estado, disponibiliza em seu site um Banco de Exposições, cujo objetivo é difundir acervos e ampliar o repertório cultural da população. Atualmente, estão disponíveis seis exposições, oferecidas por quatro museus.

O Banco de Exposições do SISEM-SP permite que instituições de qualquer região do Estado tenham acesso a mostras elaboradas por diferentes museus, solicitando-lhes sua itinerância por meio da formalização de parcerias. Qualquer instituição museológica ou mesmo pessoas físicas podem disponibilizar exposições para itinerância. A intermediação é feita por meio do site: sisemsp.org.br.

Para cadastrar uma exposição, é necessário preencher o formulário de inscrição de proponência disponível no portal – informando os dados de contato e descrevendo, brevemente, a temática, o tipo de acervo a ser exposto e as necessidades técnicas para a montagem, incluindo custos, se houver. A descrição do conteúdo da exposição é de total responsabilidade dos proponentes, sendo o site do SISEM-SP apenas um veículo de divulgação das mostras.

Os museus que ainda não possuem procedimentos institucionalizados para empréstimos de obras ou exposições podem também realizar o download de um modelo de termo de empréstimo – a ser preenchido diretamente entre as partes envolvidas, uma vez que o SISEM-SP atua apenas como articulador das parcerias, e não como responsável institucional.

Informações complementares podem ser obtidas pelo e-mail sisem@sp.gov.br ou pelo telefone (11) 3339-8111.

Bauru recebe oficinas da São Paulo Companhia de Dança em outubro

No dia 10 de outubro, a cidade de Bauru vai receber duas oficinas ministradas pela bailarina e assistente de ensaio da São Paulo Companhia de Dança Beatriz Hack. A oficina de balé clássico será às 14h00 e os participantes terão a oportunidade de conhecer um panorama da técnica usada em uma companhia profissional. (mais…)

Bloco do Guri passará por Espírito Santo do Pinhal

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – convida a população de Espírito Santo do Pinhal para conferir a folia do Bloco do Guri, que acontece no dia 7 de fevereiro, às 15h00, na Praça da Independência. Alunos de percussão, coral, violão e sopro do Polo Espírito Santo do Pinhal apresentarão “Samba do Guri” e marchinhas de Carnaval.

Bloco do Guri passará por Jaú em fevereiro

Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – convida a população de Jaú para conferir a folia do Bloco do Guri, que acontece no dia 8 de fevereiro, às 16h00, na Praça da República (Rua Major Prado – Centro). Alunos de percussão, coral, violão e sopro do Polo Jaú apresentarão “Zé Pereira”, “Mamãe eu quero”, “Colombina”, “Bandeira Branca”, “Vassourinha”, entre outras.

Bloco do Guri passará por Palmital em fevereiro

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – convida a população de Palmital para conferir a folia do Bloco do Guri, que acontece no dia 7 de fevereiro, às 17h30, na Praça da Matriz São Sebastião. Alunos de percussão, coral, violão e sopro do Polo Palmital apresentarão “Mamãe eu quero”, “Me dá um dinheiro aí”, “A bruxa vem aí”, “Cabeleira do Zezé”, entre outras.  

Bloco do Guri passará por Presidente Prudente

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – convida a população de Presidente Prudente para conferir a folia do Bloco do Guri, que acontece no dia 9 de fevereiro, às 14h00, no Centro Cultural Matarazzo (Rua Quintino Bocaiúva, 749 – Vila Marcondes). Alunos de percussão, coral, violão e sopro do Polo Jaú apresentarão o “Hino oficial do Bloco do Guri” e marchinhas de carnaval.

Bloco do Guri passará por São Miguel Arcanjo

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – convida a população de São Miguel Arcanjo para conferir a folia do Bloco do Guri, que acontece no dia 11 de fevereiro, às 16h00, no Clube Recreativo Bernardes Júnior (Rua Siqueira Campos, 718 – Centro). Alunos de percussão, coral, violão e sopro do Polo Jaú apresentarão sambas enredos ao público.

Campinas recebe espetáculo apoiado pelo ProAC em fevereiro

Contempladas pelo edital de Circulação de Espetáculo do ProAC, As Inigualáveis Irmãs Cola apresentam o espetáculo “As Inigualáveis Descendo do Salto” em Campinas no dia 21 de fevereiro, às 16h00, no CIS Guanabara (Rua Mário Siqueira, 820 – Botafogo), com entrada gratuita.

Na apresentação, as duas irmãs contam sua jornada como malabaristas abordando o universo feminino a partir de suas histórias, destruindo padrões estéticos e sociais – inclusive os do circo -, de forma poética, cômica e ácida.

Campos do Jordão recebe palestra com o diretor do Museu da Diversidade Sexual

O Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão, promovem curso para guias de turismo e interessados, em parceria com o Museu da Diversidade. A atividade é gratuita e acontece no dia 19 de junho (terça-feira), às 15h00. O encontro terá duração de três horas e disponibilizará certificado online de participação. Os interessados devem se inscrever pelo e-mail contato@museufelicialeirner.org.br.

Museu da Diversidade Sexual – Crédito: Divulgação

A ação “Sensibilizando para a Diversidade”, ministrada por Franco Reinaudo,  diretor do Museu da Diversidade Sexual, apresentará as minorias sexuais, os conceitos sobre diversidade sexual e sexualidade, como orientação sexual, identidade de gênero, papel de gênero, entre outros.  Os objetivos da palestra são esclarecer mitos e verdades sobre lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e demonstrar como acolher as pessoas tal como são, contribuindo para uma sociedade mais justa e inclusiva.

Franco Reinaudo é diretor do Museu da Diversidade Sexual e instrutor, consultor e palestrante em políticas para a inclusão da diversidade sexual no setor público e privado. É formado em Gestão de Empresa Turística pelo “Istituto delle Scienze Turistiche”, em Florença (Itália), com especialização em Marketing e Comunicação. Dentre muitas atividades, foi presidente e fundador da Abrat GLS (Associação Brasileira de Turismo GLS) e da AEG do Brasil (Associação dos Empresários GLS do Brasil).

O encontro terá duração de três horas e disponibilizará certificado online de participação.

Palestra Sensibilizando para a Diversidade

Data: 19/06/2018 (terça-feira)

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880, Alto da Boa Vista – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 15h00

Entrada: gratuita

Informações: (12) 3662-6000

Campos do Jordão: inscrições abertas para a Masterclass de Regência Coral do Festival

As inscrições para a Masterclass de Regência Coral com o Coro da Osesp e a regente Valentina Peleggi estão abertas até às 18h00 do dia 14 de junho de 2018. A Master é aberta a executantes e ouvintes e ocorrerá no dia 12 de julho, às 9h00, na Sala São Paulo. Para se inscrever, o candidato deve acessar o edital disponível no endereço www.festivalcamposdojordao.org.br e enviar o material solicitado para o email pedagogico@festivalcamposdojordao.art.br. Os resultados serão divulgados no dia 21 de junho no site.

Valentina Peleggi – Crédito: Fábio Furtado

Cantora de Piracicaba concorre ao Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A cantora Thereza Alves, que cresceu no bairro Vila Rezende, em Piracicaba, está concorrendo na categoria “Música” ao Prêmio Governador do Estado para a Cultura de 2018, da Secretaria da Cultura do Estado. A votação popular está aberta e o público pode escolher seus grupos, artistas e instituições favoritos até o dia 18 de março, domingo, no site www.premiogovernador.sp.gov.br. A lista e os perfis dos finalistas também estão disponíveis no portal. Os vencedores serão anunciados em cerimônia oficial, no Teatro Sérgio Cardoso, no dia 26 de março, às 20h00.

Foto: Thereza Alves (crédito: Lucas Mercadante)

Criado para valorizar e incentivar a produção cultural paulista, o Prêmio Governador do Estado para a Cultura conta com nove categorias: Arte para Crianças, Artes Visuais, Cinema, Circo, Dança, Música, Teatro, Territórios Culturais e Instituições Culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”. As comissões que escolheram os finalistas buscaram valorizar artistas, coletivos e iniciativas não apenas de São Paulo, mas também da Grande São Paulo e do interior do estado.

Cantora de Piracicaba vence votação popular do Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou, em cerimônia realizada no Teatro Sérgio Cardoso no dia 26 de março, os vencedores do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2018. Criada como uma forma de valorizar e incentivar a produção cultural paulista, a iniciativa do Governo do Estado premiou artistas, companhias e instituições em nove categorias: arte para crianças, artes visuais, cinema, circo, dança, música, teatro, territórios culturais e instituições culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”, que homenageou o gestor cultural Eduardo Saron.

Thereza Alves (Crédito: Lucas Mercadante)

Thereza Alves, cantora que cresceu no bairro Vila Rezende, em Piracicaba, venceu a votação popular com 88,1% dos votos na categoria “Música”. A artista recebeu um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

Os vencedores escolhidos pelo júri especializado receberam, no total, R$ 580 mil em prêmios, o que faz da premiação uma das maiores do país no segmento cultural. Além da premiação em dinheiro, no valor individual de R$ 60 mil, os vencedores escolhidos tanto pelo júri quanto pelo voto popular receberam um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

A votação popular foi realizada no site www.premiogovernador.sp.gov.br e contou com mais de 95,5 mil votos (a edição anterior contabilizou 71,3 mil).

VENCEDORES

Conheça os contemplados da edição 2018 do Prêmio Governador do Estado para a Cultura:

Escolhidos pelo júri especializado

Arte para Crianças: Lizette Negreiros

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Cinemateca Brasileira

Circo: Grupo La Mínima

Dança: Companhia de Danças de Diadema – “EU por detrás de MIM”

Música: Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Teatro: Lenise Pinheiro

Territórios Culturais: Coletivo Cultural Cenário Urbano

Escolhidos pelo voto popular

Arte para Crianças: Trupe Banana’s

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Circo: Circo Escola de Diadema

Dança: Cia. Discípulos do Ritmo

Música: Thereza Alves

Teatro: Grupo Caixa Preta de Teatro

Territórios Culturais: Hangar 110

Instituição Cultural (categoria eleita apenas por voto popular): Instituto Alfa de Cultura – Teatro Alfa

Caraguatatuba recebe apresentação do Projeto Guri no Dia Internacional da Mulher

No dia 29 de março, às 18h00, o Coro do Projeto Guri de Caraguatatuba realiza apresentação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher no Centro Integrado De Ações Sociais (CIASC – Av. José da Costa Pinheiro Jr., 2161 – Perequê Mirim). Os alunos apresentarão “Minha Felicidade”, “Minha flor” e “Clariana” para homenagear as mulheres atendidas pelo CIASC.

Casa de Portinari celebra o carnaval com atividades especiais

Durante todo o mês de fevereiro, o Museu Casa de Portinari, em Brodowski, promove diversas atividades para as famílias. Aos sábados e domingos, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h00, os educadores propõem jogos de perguntas e respostas, quebra-cabeça, jogo da memória, entre outras atividades. No dia 11, das 10h00 às 16h00, acontece o “Domingo com Arte”, atividade que permite aos visitantes o contato com a pintura, músicas, performances, esculturas e trabalhos manuais produzidos em tempo real por artistas regionais. Nos dias 11 e 13, das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00, acontecem as “Oficinas de Máscaras de Carnaval”, para as crianças criarem seus adereços inspirados em espécies da fauna que frequentam o local. Por fim, no dia 24, das 10h00 às 15h00, o museu leva as “Oficinas Andantes”, com brincadeiras infantis, pinturas, teatro e desenho para o bairro Luiza Grandizolli Girardi. Toda a programação é gratuita.

Circo Escola e Companhia de Danças de Diadema concorrem ao Prêmio Governador do Estado

O Circo Escola de Diadema e a Companhia da Danças de Diadema estão concorrendo nas categorias “Circo” e “Dança” ao Prêmio Governador do Estado para a Cultura de 2018, da Secretaria da Cultura do Estado. A votação popular está aberta e o público pode escolher seus grupos, artistas e instituições favoritos até o dia 18 de março, domingo, no site www.premiogovernador.sp.gov.br. A lista e os perfis dos finalistas também estão disponíveis no portal. Os vencedores serão anunciados em cerimônia oficial, no Teatro Sérgio Cardoso, no dia 26 de março, às 20h00.

Criado para valorizar e incentivar a produção cultural paulista, o Prêmio Governador do Estado para a Cultura conta com nove categorias: Arte para Crianças, Artes Visuais, Cinema, Circo, Dança, Música, Teatro, Territórios Culturais e Instituições Culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”. As comissões que escolheram os finalistas buscaram valorizar artistas, coletivos e iniciativas não apenas de São Paulo, mas também da Grande São Paulo e do interior do estado.

Circuito Cultural Paulista leva espetáculo “Pés na Estrada” para Botucatu

No dia 16 de dezembro, às 16h00, Botucatu recebe o espetáculo teatral “Pés na Estrada”. A peça conta a história dos palhaços Casimira, Bob e Bu, que viajam levando alegria e diversão por onde passam. Com objetos inusitados e brincadeiras que instigam a imaginação do espectador, os personagens vivem confusões e peripécias que levam o público para o universo circense. A apresentação acontece na Praça Rubião Júnior, s/nº.

Comunidade japonesa de Bastos e Paraguaçu Paulista estão em livro sobre imigração japonesa no Brasil

Contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, o projeto “Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil” resultou em um livro ilustrado dos autores Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, que será lançado no próximo dia 3 de março, em São Paulo, no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (Rua São Joaquim, 381 – 9º andar). A obra abrange todo o estado, incluindo imagens e informações sobre municípios que receberam imigrantes japoneses e comunidades nipo-brasileiras, como Bastos, Cotia, Lins, Avaré, Mogi das Cruzes, Paraguaçu Paulista, Birigui e Santos.

Com seleção de fotografias e imagens de objetos, livros e outros itens, o livro é uma amostra do extenso acervo do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil – que contém, além dos itens expostos de forma permanente em seus três andares, um extenso arquivo histórico, uma biblioteca e uma reserva técnica.

Foto: Crianças participam de apresentação durante a longa travessia de navio até o Brasil (crédito: Acervo MHIJB)

Foram selecionadas 250 fotografias e imagens de brinquedos, kimonos, livros escolares e de ficção, quadros e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958. Com base na pesquisa, foram definidos capítulos sobre a emigração e a viagem no navio, o trabalho nas fazendas e colônias agrícolas, a escola, os livros, brinquedos e brincadeiras, festas e celebrações, esportes, passeios, lazer, o cotidiano da casa e os anos do pós-guerra. Ao lado das imagens, uma pesquisa e seleção de textos de memória, de literatura e de história compõem uma narrativa que complementa e procura uma aproximação com o universo da infância imigrante.

Comunidade japonesa de Birigui é assunto de livro sobre a imigração japonesa no Brasil

Foto: Escola nipo-brasileira em Birigui (crédito: Acervo MHIJB)

Contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, o projeto “Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil” resultou em um livro ilustrado dos autores Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, que será lançado no próximo dia 3 de março, em São Paulo, no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (Rua São Joaquim, 381 – 9º andar). A obra abrange todo o estado, incluindo imagens e informações sobre municípios que receberam imigrantes japoneses e comunidades nipo-brasileiras, como Bastos, Cotia, Lins, Avaré, Mogi das Cruzes, Paraguaçu Paulista, Birigui e Santos.

Com seleção de fotografias e imagens de objetos, livros e outros itens, o livro é uma amostra do extenso acervo do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil – que contém, além dos itens expostos de forma permanente em seus três andares, um extenso arquivo histórico, uma biblioteca e uma reserva técnica.

Foram selecionadas 250 fotografias e imagens de brinquedos, kimonos, livros escolares e de ficção, quadros e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958. Com base na pesquisa, foram definidos capítulos sobre a emigração e a viagem no navio, o trabalho nas fazendas e colônias agrícolas, a escola, os livros, brinquedos e brincadeiras, festas e celebrações, esportes, passeios, lazer, o cotidiano da casa e os anos do pós-guerra. Ao lado das imagens, uma pesquisa e seleção de textos de memória, de literatura e de história compõem uma narrativa que complementa e procura uma aproximação com o universo da infância imigrante.

Comunidade japonesa de Santos é assunto de livro sobre a imigração japonesa no Brasil

Foto: Crianças no navio Santos Maru (livro: Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil)

Contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, o projeto “Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil” resultou em um livro ilustrado dos autores Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, que será lançado no próximo dia 3 de março, em São Paulo, no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (Rua São Joaquim, 381 – 9º andar). A obra abrange todo o estado, incluindo imagens e informações sobre municípios que receberam imigrantes japoneses e comunidades nipo-brasileiras, como Bastos, Cotia, Lins, Avaré, Mogi das Cruzes, Paraguaçu Paulista, Birigui e Santos.

Com seleção de fotografias e imagens de objetos, livros e outros itens, o livro é uma amostra do extenso acervo do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil – que contém, além dos itens expostos de forma permanente em seus três andares, um extenso arquivo histórico, uma biblioteca e uma reserva técnica.

Foram selecionadas 250 fotografias e imagens de brinquedos, kimonos, livros escolares e de ficção, quadros e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958. Com base na pesquisa, foram definidos capítulos sobre a emigração e a viagem no navio, o trabalho nas fazendas e colônias agrícolas, a escola, os livros, brinquedos e brincadeiras, festas e celebrações, esportes, passeios, lazer, o cotidiano da casa e os anos do pós-guerra. Ao lado das imagens, uma pesquisa e seleção de textos de memória, de literatura e de história compõem uma narrativa que complementa e procura uma aproximação com o universo da infância imigrante.

Comunidades japonesas de Lins e Avaré são assunto de livro sobre a imigração japonesa no Brasil

Contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, o projeto “Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil” resultou em um livro ilustrado dos autores Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, que será lançado no próximo dia 3 de março, em São Paulo, no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (Rua São Joaquim, 381 – 9º andar). A obra abrange todo o estado, incluindo imagens e informações sobre municípios que receberam imigrantes japoneses e comunidades nipo-brasileiras, como Bastos, Cotia, Lins, Avaré, Mogi das Cruzes, Paraguaçu Paulista, Birigui e Santos.

Foto: Crianças participam de apresentação durante a longa travessia de navio até o Brasil (crédito: Acervo MHIJB)

Com seleção de fotografias e imagens de objetos, livros e outros itens, o livro é uma amostra do extenso acervo do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil – que contém, além dos itens expostos de forma permanente em seus três andares, um extenso arquivo histórico, uma biblioteca e uma reserva técnica.

Foram selecionadas 250 fotografias e imagens de brinquedos, kimonos, livros escolares e de ficção, quadros e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958. Com base na pesquisa, foram definidos capítulos sobre a emigração e a viagem no navio, o trabalho nas fazendas e colônias agrícolas, a escola, os livros, brinquedos e brincadeiras, festas e celebrações, esportes, passeios, lazer, o cotidiano da casa e os anos do pós-guerra. Ao lado das imagens, uma pesquisa e seleção de textos de memória, de literatura e de história compõem uma narrativa que complementa e procura uma aproximação com o universo da infância imigrante.

Condephaat aprova tombamento da Estação Ferroviária de Águas da Prata e do Palácio da Mogiana

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) aprovou o tombamento da Estação Ferroviária de Águas da Prata e do Palácio da Mogiana, em Campinas. Os tombamentos fazem parte da iniciativa do conselho de preservar remanescentes da antiga Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, que desempenharam papel relevante em processos históricos, sociais e econômicos, seja de caráter regional, estadual ou nacional.

Palácio da Mogiana (crédito: José Antônio Chinelato Zagato)

A Estação Ferroviária de Águas da Prata, inaugurada em 1886, permitiu a exploração turística após a descoberta de fontes de águas minerais na região. No início do século XX, ao redor da estação, surgiram casas e hotéis, entre eles o pioneiro Hotel Glória, também tombado pelo Condephaat. Em 1913, com a divulgação da análise sobre as riquezas das águas e o início da exploração comercial da fonte, Águas da Prata inaugurou nova etapa histórica, social e econômica. A partir de então, novos moradores foram atraídos pelas possibilidades hidroterapêuticas locais, cujas propriedades se alegavam equivalentes às de Vichy, na França.

Já o Palácio da Mogiana, erguido no estilo eclético, representa o auge de Campinas como um dos principais pólos de expansão do café. O palácio serviu como sede para a Companhia Mogiana de Estradas de Ferro de 1910 a 1926, mas permaneceu sediando atividades da companhia até 1972. Ele teve de ser alterado em sua forma original em 1953, quando uma das alas teve de ser demolida para alargamento de uma avenida, mas passou por uma minuciosa restauração em 2014 e hoje é sede de diferentes equipamentos públicos nos vários prédios do lote. 

Condephaat aprova tombamento das Estações Ferroviárias de Bento Quirino e Brodowski

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) aprovou o tombamento da Estação Ferroviária de Bento Quirino, em São Simão, e da Estação Ferroviária de Brodowski. Os tombamentos fazem parte da iniciativa do conselho de preservar remanescentes da antiga Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, que desempenharam papel relevante em processos históricos, sociais e econômicos, seja de caráter regional, estadual ou nacional.

Estação Ferroviária de Brodowski (crédito: José Antônio Chinelato Zagato)

O principal objetivo da construção das ferrovias foi o de agilizar o escoamento da produção de café, diminuindo o tempo de transporte entre os locais de produção e os portos de onde a mercadoria era exportada. Nesse sentido, a Estação Ferroviária de Bento Quirino, que hoje abriga o Museu Municipal Ferroviário de São Simão, foi de extrema relevância. No final do século XIX, era a passagem estratégica entre o município de Casa Branca e Cravinhos, na Região Metropolitana de Ribeirão Preto.

A Estação Ferroviária de Brodowski possui inegável valor cultural local, pois foi a partir dela que se formou o núcleo urbano de Brodowski, além de ser um elemento presente na produção do artista plástico Candido Portinari. A ferrovia figurou imaginário do pintor e esteve presente em diversos quadros e em croquis.

Condephaat aprova tombamento do complexo ferroviário de Campinas

O Complexo das Oficinas Ferroviárias da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, no Jardim Guanabara, em Campinas, agora é patrimônio histórico de São Paulo. O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat) aprovou a preservação do conjunto que hoje abriga o Centro Cultural de Inclusão e Integração Social CIS-Guanabara. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado em 2 de fevereiro de 2018.

Reformas já foram realizadas no prédio, e o atual, em estilo neo-renascentista simplificado, é resultado da reforma feita nos anos 1920, quando o espaço passou a abrigar escritórios da administração da empresa.

Condephaat tomba Antigo Fórum e Cadeia de Mogi-Mirim

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) aprovou o tombamento do Antigo Fórum e Cadeia de Mogi-Mirim. O tombamento faz parte da iniciativa de preservar edifícios que representam a materialização das políticas de Segurança Pública e Justiça no Estado de São Paulo até meados do século XIX.

Antigo Fórum e Cadeia de Mogi-Mirim (crédito: José Antônio Chinelato Zagato)

O reconhecimento do patrimônio foi resultado do “Estudo Temático de Casas de Câmara e Cadeia e Fóruns do Estado de São Paulo”, por meio do qual o Conselho reuniu e organizou o conhecimento a respeito deste tipo de imóvel. Neste contexto, já foram tombados 15 edifícios do tipo em cidades do interior, litoral e Região Metropolitana de São Paulo.

O tombamento das Casas de Câmara, Cadeias e Fóruns traz os patrimônios para a esfera de valorização pública e busca garantir a orientação de futuras intervenções, de modo a assegurar preservação destes locais pela comunidade.

Condephaat tomba Antigo Fórum São Pedro

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) aprovou o tombamento do Antigo Fórum São Pedro. O tombamento faz parte da iniciativa de preservar edifícios que representam a materialização das políticas de Segurança Pública e Justiça no Estado de São Paulo até meados do século XIX.

Antigo Fórum São Pedro (crédito: José Antônio Chinelato Zagato)

O reconhecimento do patrimônio foi resultado do “Estudo Temático de Casas de Câmara e Cadeia e Fóruns do Estado de São Paulo”, por meio do qual o Conselho reuniu e organizou o conhecimento a respeito deste tipo de imóvel. Neste contexto, já foram tombados 15 edifícios do tipo em cidades do interior, litoral e Região Metropolitana de São Paulo.

O tombamento das Casas de Câmara, Cadeias e Fóruns traz os patrimônios para a esfera de valorização pública e busca garantir a orientação de futuras intervenções, de modo a assegurar preservação destes locais pela comunidade.

Conheça imóveis tombados que guardam a memória de personalidades femininas históricas

No Dia Internacional da Mulher, imóveis reconhecidos como patrimônio pelo Condephaat são destaque por preservarem a história de figuras femininas   (mais…)

Conheça os curadores e o  júri inicial, anunciados no início de julho de 2018

São dez os integrantes do Júri Inicial, que escolherá os candidatos finalistas:

André Luiz Ponce Leones

Nascido em Goiânia em 1980,  é autor dos romances “Abaixo do Paraíso” (Rocco, 2016), “Terra de casas vazias” (Rocco, 2013) e “Hoje está um dia morto” (Record, 2006 – vencedor do Prêmio SESC de Literatura), entre outros. É colaborador do jornal “O Estado de São Paulo”.

Camilla Fernanda Dias Domingues

Assistente Social de formação, leitora assídua, mediadora de leitura e influenciadora digital. Residente na cidade de Santo André/SP desde o nascimento.

Denilson Soares Cordeiro

Professor de Filosofia na Unifesp. Graduado e doutor em Filosofia, ambos pela FFLCH-USP, com pós-doutorado pela Universidad de Buenos Aires.

Juliana Gomes

Formada em Marketing e especialista em negócios editoriais. Trabalhou em empresas como Livrarias Curitiba, Livraria da Vila e Cosac Naify. Criadora e uma das coordenadoras do Projeto Leia Mulheres no Brasil.

Maria da Aparecida Saldanha

Graduada em Ciências Sociais, atua como vendedora na Livraria da Vila desde 1990. Trabalha com livros desde 1983 e atuou como jurada do Prêmio São Paulo em edições anteriores.

Mariana Ianelli Aquino

Mestre em Literatura e Crítica Literária, é autora de livros de poesia e de crônicas. Recebeu o prêmio Fundação Bunge de Literatura na categoria Juventude, foi quatro vezes finalista do Jabuti. Escreve para a revista digital de crônicas Rubem e no blog da editora Olho de Vidro.

Rafael Eduardo Gallo

Graduado em Música e mestre em Meios e Processos Audiovisuais. É autor de “Rebentar”, romance vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2016, e de “Réveillon e outros dias”, livro de contos vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2011/2012.  

Ricardo de Medeiros Ramos Filho

Mestre e doutorando em Letras , é professor de literatura, roteirista de cinema, coach literário, cronista e atua como produtor cultural. Foi jurado de vários concursos literários e curador do 1º Prêmio Nelly Novaes Coelho UBE de Literatura Infantil.

Tiago Pedro Ferro Espilotro

Editor e escritor, é um dos fundadores da editora de e-books e-galáxia e da revista de ensaios Peixe Elétrico. Colaborador das revistas Piauí, Cult e Suplemento Pernambuco. Mestre e doutorando em história social pela USP.

Wilson Alves-Bezerra

Doutor em literatura comparada e mestre em literatura hispanoamericana, é professor do Departamento de Letras da UFSCar e foi coordenador de cultura dessa universidade de 2013 a 2016. Poeta, ensaísta, crítico e tradutor literário, é resenhista de O Estado de S. Paulo, O Globo, A União e El Universal (México).

Crédito: Divulgação

E os curadores são cinco:

Antonio Alcir Bernárdez Pecora

Professor titular de Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas e membro da Academia Ambrosiana de Milão, junto à Seção Borromaica. Organizador de obras como A Arte de Morrer, Escritos Históricos e Políticos do Padre Vieira, Sermões I e Sermões II, Índice das Coisas Mais Notáveis, editou as obras completas de Hilda Hilst, Roberto Piva e Plínio Marcos.

Isabel Aparecida dos Santos Mayer

Educadora social, é mestranda em Lazer e Turismo. Empreendedora social da Ashoka, coordena o Programa de Direitos Humanos do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário (IBEAC), integra os grupos gestores da Rede LiteraSampa e do programa de formação de adolescentes e jovens mediadores e gestores da Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura.

Jorge Saraiva Neto

É diretor presidente e diretor de relações com investidores da Editora Saraiva desde abril de 2013. Atua diretamente no comando das ações institucionais e dos negócios da companhia. É líder do Comitê Executivo, sendo responsável pela gestão da superintendência da empresa.

Maria Fernanda Rodrigues

Pós-graduada em Semiótica e Psicanálise pela PUC , é jornalista, repórter de literatura e mercado editorial do Caderno 2, do jornal O Estado de S.Paulo, além de colunista da coluna Babel, publicada aos sábados no jornal, Sócia fundadora da startup Book4you, foi editora e assessora de imprensa.

Rogério Pereira

É jornalista, editor e escritor. Fundador do jornal Rascunho, em Curitiba, desde 2011 é diretor da Biblioteca Pública do Paraná, onde coordena o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura, o Sistema de Bibliotecas Públicas Municipais do Paraná e o Núcleo de Edições da Secretaria da

Conservatório de Tatuí tem vagas abertas para cursos de música e teatro

O Conservatório de Tatuí está com inscrições abertas para cursos nas áreas de MPB e Jazz, Choro, Artes Cênicas, Musicografia Braille, Musicalização para Educadores, Musicalização Infantil e Iniciação Musical. Os interessados podem se inscrever até o dia 12 de janeiro. Há vagas para os seguintes cursos:

MPB e Jazz – baixo elétrico, violão, guitarra, piano, canto, flauta transversal, clarinete, saxofone, trompete, trombone, bateria e percussão.

Choro – violão, percussão, bandolim e cavaquinho.

Cursos infantis – musicalização infantil 1 (para crianças de quatro anos), musicalização infantil 2 (para crianças de cinco anos).

Outros – Musicografia Braille e Musicalização para Educadores.

Para os cursos de artes cênicas, as inscrições vão até 19 de janeiro. Há vagas para teatro juvenil (13 a 15 anos de idade) e teatro adulto (a partir de 16 anos).

As inscrições podem ser feitas pelo site www.conservatoriodetatui.org.br/vagas. É necessário ler o regulamento completo, preencher a ficha de inscrição corretamente e pagar uma taxa no valor de R$ 60,00. Cada candidato só poderá ser inscrito para um único curso.

Conservatório de Tatuí (crédito: Joca Duarte)

Contação de histórias, músicas e teatro agitam Campos do Jordão este mês

O Museu Felícia Leirner, em Campos do Jordão, preparou uma programação especial para o mês do carnaval. As atividades começam com a oficina “Máscaras Carnavalescas: histórias e confecção”, que acontece nos dias 3 e 10 de fevereiro, às 11h00, e no dia 13, às 15h00, e ensinará os participantes a criarem seus próprios adereços coloridos.

No dia 3, às 15h00, e no dia 12, às 11h00, as famílias poderão se divertir na contação de história interativa “Pierrot, Colombina e Arlequim”, sobre um triângulo amoroso contado de maneira interativa e acompanhada de adereços e marchinhas de carnaval.

No dia 4, às 11h00 e às 15h00, no dia 11 e 24, às 11h00 e no dia 25, às 15h00, todos poderão participar da atividade “Festas Populares e a História da Arte”, que mostrará festas relacionadas a diferentes escolas e estilos artísticos e convidará o público a escolher aquela que mais gostou para inspirar a produção de uma pintura.

Já nos dias 10 e 12, às 15h00, acontece a “Oficina de Marchinhas de Carnaval”, conduzida pelo percussionista Moringa Ray, que apresentará a história do Carnaval por meio dos ritmos musicais e orientará os participantes na criação de marchinhas.

No dia 11, às 15h00, e no dia 13, às 11h00, o museu convida o público para assistir o teatro de mamulengo (fantoche típico do nordeste) “A Fabulosa Caravana do Seu Malaquias”, com o Grupo Boneco Vivo apresentando histórias do circo antigo com humor, alegria e muitas cores e  mistérios.

No dia 17, às 11h00, e no dia 18, às 10h00 e às 15h00, acontece a reflexão “A Influência de uma Época: Semana de Arte Moderna”, que voltará no tempo para abordar a história da Semana de Arte Moderna de 1922 e a ousada produção artística desse período.

Dia 18, às 11h00, é a vez da apresentação musical do dueto formado pela soprano Flavia Albano e pelo tenor Thiago Soares, acompanhados pelo pianista Antonio Luiz Barker, que levará ao público canções do gênero erudito e clássicos do cinema internacional.

De 20 a 23 de fevereiro, das 9h30 às 11h00 e das 14h30 às 16h00, acontece a “Semana Escola Vem ao Museu”, em que os estudantes serão convidados a participar da reflexão “A Influência de uma Época: Semana de Arte Moderna” e da atividade “Festas Populares e a História da Arte”.  Para participar, é necessário realizar agendamento prévio.

No dia 24, às 15h00, a cantora Cecília Valentim e o músico Jean-François Daniel conduzirão uma vivência que integra a arte dos cantos e danças circulares sagradas de diferentes tradições do planeta, além de prática meditativa.

Encerrando a programação do mês, no dia 25, às 11h00, o músico Jean-François Daniel convidará o público a experimentar a improvisação artística coletiva e se entregar em uma experiência que mistura som e silêncio.

Entrada do museu: inteira R$10,00 e meia R$5,00 (estudante e idoso) – gratuita aos domingos

É Carnaval no Museu Índia Vanuíre!

Entre os dias 7 e 9 de fevereiro, o Museu Índia Vanuíre, em Tupã, comemora o carnaval com uma programação especial. A festa começa no dia 7, às 19h30, com o “Espetáculo de Danças Carnavalescas”, do Bloco Abanaê, apresentando um show com influência do Carnaval paulista e dos blocos afro da Bahia. A partir das 20h00, o público poderá se divertir no “Museu Folia na Rua”, ao som de marchinhas que marcaram a cidade de Tupã executadas pela Orquestra Municipal Maestro Júlio de Castro.

No dia 8, das 9h00 às 11h00, acontece a “Contação de Histórias de Carnaval”, com confecção de fantoches e apresentação de narrativas, fábulas e lendas sobre a cultura negra. Já no dia 9, das 9h00 às 11h00, os visitantes poderão treinar a coordenação motora na “Oficina de Samba no Pé” e, das 13h00 às 16h30, o “Baile da Inclusão” promoverá a interação entre pessoas com deficiência e idosos dos projetos inclusivos “O Olhar é Sentir pelas Mãos”, “Aguçando as Memórias” e “Museu e Cidadania”. Toda a programação é gratuita.

Em 2017, a décima edição do prêmio

Na décima edição do prêmio foram inscritas 201 obras, de autores de 22 estados brasileiros, do Distrito Federal e naturais ou residentes na Alemanha, Argentina, Estados Unidos, Moçambique e Portugal. Foram 98 livros classificados na categoria principal – “Melhor Livro do Ano”, 48 obras na submodalidade “Autor Estreante de Até 40 anos”, e 55 concorrentes na submodalidade “Autor Estreante com Mais de 40 anos”.

Nessas dez edições, o prêmio teve participação de 2.041 livros e premiou 25 romances, com distribuição de R$ 4.000.000,00 em prêmios. Foram 191 finalistas – sendo seis estrangeiros. Os autores das obras vencedoras são de 17 cidades, de 10 estados brasileiros, e um de Portugal. 49 editoras foram finalistas e 10 premiadas.

Em 2017, foram vencedores:

Melhor Livro do Ano de 2016 – Outros Cantos, Maria Valéria Rezende – editora Alfaguarda.

Melhor Livro do Ano de 2016 – estreante com mais de 40 anos – Céus e Terra, Franklin Carvalho – editora Record

Melhor Livro do Ano de 2016 – estreante com menos de 40 anos – A Instrução da Noite, Maurício de Almeida – editora Rocco.

Vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2017- Foto: Joca Duarte

Em Araraquara, curso sobre gestão orçamentária e financeira do SisEB

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Araraquara, no dia 18 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Mário de Andrade (Rua Carlos Gomes, 1.729), o curso gratuito “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”, com Valdemir Pires, professor de Finanças Públicas e de Administração Financeira e Orçamentária Pública do curso de Administração Pública da Unesp-Araraquara.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o objetivo do curso é introduzir ao conhecimento prático do orçamento público como instrumento viabilizador das políticas públicas, de modo a facilitar a interação das áreas-fins, como Cultura, Educação e Saúde, com a área financeira. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br.

Curso “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo” – Araraquara

Data: 18 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Mário de Andrade – Rua Carlos Gomes, 1.729 – Centro

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

Em cartaz: Mostra itinerante do Museu da Língua Portuguesa em Rio Claro até 23 de junho

Após atingir a marca de mais de 10 mil visitantes em Tatuí e Santos, a exposição itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), seguiu viagem por São Paulo e parou em Rio Claro, onde ficará em cartaz até 23 de junho, na Filarmônica Rio Clarense (Rua 5, 914 – Centro). A mostra gratuita está aberta às segundas, quartas, sextas e sábados, das 8h00 às 17h00; e às terças e quintas-feiras, com horário estendido, das 8h00 às 21h00.

A itinerância traz na bagagem conteúdos inéditos, que conversam com a museologia contemporânea e com a rica expografia de sons e imagens do Museu da Língua Portuguesa, instituição que apresenta a Língua Portuguesa como patrimônio imaterial, viva e dinâmica, além de conteúdos já conhecidos pelo público.

Na área externa, a Torre Estação da Língua Portuguesa dá boas-vindas aos visitantes. Em As Origens, uma instalação cenográfica remete à ideia de estação ferroviária e de viagem de trem. Versos de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Arnaldo Antunes, iluminados com LED em um painel metálico, convidam o público a entrar na exposição.

A viagem do idioma começa com um vídeo animação que mostra a formação da língua portuguesa e as rotas marítimas dos portugueses, que levaram o idioma para outras terras. Animação, narração e trilha sonora foram criadas especialmente para a mostra Estação da Língua Portuguesa.

O vídeo Sotaques, com texto “O paraíso são os outros”, de Valter Hugo Mãe, realizado pela Porto Editora e Miguel Gonçalves Mendes, com diferentes sotaques da língua portuguesa no mundo, abre o módulo O que nos une – ala composta por um painel interativo giratório, que apresenta dados dos países que fazem parte da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). São eles Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

O Desembarque reproduz a Linha do Tempo do Museu da Língua Portuguesa com a construção do idioma no Brasil, desde a chegada dos portugueses e o primeiro contato com as línguas indígenas, até os dias de hoje. Essa parte da viagem está atualizada com mais uma década em que relembra o novo acordo ortográfico e destaca novas palavras e expressões que surgiram com a influência da internet e das redes sociais.

Na ala Os trilhos, três monitores touchscreen mostram palavras que vieram de outros povos e foram incorporadas ao português brasileiro. Espaço Lusófono, especialmente dedicado aos professores, é composto pelo vídeo “Raiz Lusa”, no qual especialistas falam sobre a construção da Língua Portuguesa.

O módulo Falares Paulista mostra, em uma montagem lúdica, um diálogo hipotético e poético entre pessoas com sotaques característicos de cinco cidades paulistas. Trechos de 12 poemas são projetados e os versos ganham vida em um trabalho gráfico desenvolvido especialmente para a mostra.

Vídeos que compõem o acervo da Grande Galeria do Museu da Língua Portuguesa são apresentados no módulo O Mundo da Língua. Nele, o visitante termina sua viagem assistindo aos vídeos “Culinária” e “Danças”, que mostram a relação entre língua e cultura.

A realização é do Ministério da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura do Estado, e da Arquiprom, proponente e produtora do projeto. O patrocínio é do Instituto CCR, Vivo, Sabesp, EDENRED Brasil e Ticket marca do Grupo, todos por meio da Lei Rouanet. O apoio na terceira cidade da itinerância é da Prefeitura de Rio Claro.

Mostra itinerante “Estação da Língua” – Foto: Divulgação

Em Limeira, curso sobre gestão orçamentária e financeira do SisEB

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Limeira, no dia 19 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Prof. João de Sousa Ferraz (Rua Dr. José Botelho Veloso, s/nº – Vila São João) o curso gratuito “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”, com Valdemir Pires, professor de Finanças Públicas e de Administração Financeira e Orçamentária Pública do curso de Administração Pública da Unesp-Araraquara.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o objetivo do curso é introduzir o conhecimento prático do orçamento público como instrumento viabilizador das políticas públicas, de modo a facilitar a interação das áreas-fins, como Cultura, Educação e Saúde, com a área financeira. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br.

Curso “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”

Data: 19 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Prof. João de Sousa Ferraz (Rua Dr. José Botelho Veloso s/nº – Vila São João)

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas: inscrições gratuitas até o preenchimento total

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

Entrevista com o novo secretário da Cultura do Estado, Romildo Campello

1) Durante a gestão de José Luiz Penna, falou-se muito na secretaria da Cultura “aberta para todos”. Como você pretende dar continuidade a essa diretriz?

A gestão ampliará uma política pública cultural diversificada e capilarizada, por meio da difusão, fomento, formação, salvaguarda e sustentabilidade das ações voltadas à valorização do diálogo com os municípios, da inovação e da descentralização da cultura, dos programas de formação musical (Projeto Guri e EMESP) e de formação cultural a distância, do ProAC Municípios e das ações de incentivo à economia criativa e aos projetos audiovisuais (Cine Câmara e Filma São Paulo).  

Romildo Campello, Secretário da Cultura do Estado – foto: Joca Duarte

2) Enquanto estava no cargo de Ouvidor Geral de Mogi das Cruzes, você recebeu o Prêmio Mário Covas por inovação em Gestão Municipal. Pretende trazer essa expertise na área de tecnologia para a cultura? De que forma?

Vamos investir na inovação para aproximar, ainda mais, a população da produção cultural do Estado com ferramentas gratuitas e  modernas, como um aplicativo para telefonia móvel e formação cultural a distância. Também vamos buscar a integração digital dos museus paulistas e a consolidação das informações geradas pelo poder público estadual e pela produção privada e independente por meio de um grande mapa cultural paulista, voltado para artistas e consumidores de cultura.  

3) Quais são as prioridades da sua gestão quando falamos de capilaridade? Muitas cidades do interior têm poucos equipamentos culturais, em muitas há somente biblioteca. Como fomentar a cultura em municípios com esse perfil e que não contam com uma secretaria ou diretoria dedicada à cultura?

Com diálogo permanente, ouvindo os representantes dos municípios e apoiando a produção cultural local. Ampliaremos também programas de incentivo, como o ProAC Municípios, com destinação de R$ 3 milhões municípios para o lançamento de editais que contemplem artistas locais. Investiremos em programas de apoio ao audiovisual como o Filma São Paulo, que possibilita a indicação das cidades paulistas para locação de cenários das mais diversas produções audiovisuais patrocinadas pelas Leis de Incentivo Paulistas e o Cine Câmara, que promove a distribuição gratuita da produção brasileira de cinema nas câmaras municipais, patrocinadas pelas  Leis de Incentivo Paulistas. Seguiremos realizando encontros com dirigentes municipais e também com projetos já consagrados, como a Virada Cultural Paulista, o Circuito Cultural Paulista, os Pontos de Cultura e atendimento técnico aos municípios.

4) Muitos equipamentos presentes na capital paulista, como a Sala São Paulo, Pinacoteca e Museu do Futebol, são referências para o resto do Brasil e até mesmo para o exterior, como é o caso da Biblioteca de São Paulo, que concorreu a um prêmio em Londres. A Secretaria procura reproduzir essas experiências em outros municípios? De que maneira?

Sim. Reproduzir as boas experiências é a finalidade do SisEB – Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo. Ele integra as bibliotecas públicas municipais e comunitárias vinculadas existentes no Estado. Hoje, a rede é composta por mais de 800 unidades, incluindo a Biblioteca de São Paulo (BSP) e a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), que servem como laboratório do conceito Biblioteca Viva. O SisEB é coordenado pela Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura (UDBL), da Secretaria da Cultura do Estado São Paulo, e tem a organização social de cultura SP Leituras como parceira em sua operação. O sistema tem como objetivo estimular e apoiar as bibliotecas de acesso público do Estado na democratização da informação, do livro e da leitura. O SisEB direciona suas ações para que todas as bibliotecas públicas sejam bibliotecas vivas, isto é, espaços de leitura e pontos de encontro de pessoas e de cultura, para formar cidadãos e estimular a relação com a comunidade do entorno por meio da leitura e do acesso à informação.

Como atividades principais, destacam-se:

  • Promover a plena integração das bibliotecas;
  • Prestar assistência técnica aos municípios para implantação e modernização das bibliotecas;
  • Realizar ações de capacitação para as equipes das bibliotecas;
  • Sistematizar informações e produzir publicações que estimulem o desenvolvimento pessoal e profissional das equipes;
  • Apoiar a atualização dos acervos;
  • Publicar materiais dirigidos aos usuários das bibliotecas;
  • Organizar anualmente o Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Seminário Biblioteca Viva);
  • Promover anualmente o programa Viagem Literária;
  • Estimular a criação de projetos de ação cultural e incentivo à leitura nas bibliotecas;
  • Difundir ações de promoção da biblioteca e da leitura para secretários, diretores de cultura e educação e prefeitos dos municípios do Estado.

5) Qual a importância do sistema de gestão por Organizações Sociais, adotado pela pasta há mais de dez anos? Quais são seus pontos fortes e o que pode ser melhorado?

O sistema de gestão por Organizações Sociais vem possibilitando, desde sua adoção, resultados bastante expressivos com relação à ampliação e descentralização do acesso a bens culturais de qualidade. Em pouco mais de 13 anos, mais de 60 milhões de pessoas foram atendidas diretamente em ações viabilizadas por meio da parceria Governo do Estado/Organizações Sociais.

Se em 2005 o conjunto dos museus sob administração da Secretaria teve um público de 820 mil pessoas, em 2017 foram mais de  2,7 milhões. Foi possível, por exemplo, o restauro da Pinacoteca e a criação de novas instituições museológicas, a exemplo do Museu da Língua Portuguesa e do Museu do Futebol. Este modelo permitiu que a Osesp passasse a figurar na lista das orquestras mais importantes do mundo, assim como a Sala São Paulo é hoje tida com uma das melhores salas de concerto.

Num ano em que a crise econômica nacional reduz a arrecadação e orçamento dos governos, a parceria com as Organizações Sociais nos permite realizar ações patrocinadas pela iniciativa privada – algo que a administração direta é impedida de fazer.

O modelo deve seguir sendo aperfeiçoado, em constante aprimoramento, mas o acerto da escolha tem inspirado e vem sendo adotada em outras cidade e estados.  

6) Para finalizar, conte as novidades que vêm por aí para a Cultura do estado

Ampliação do diálogo com municípios com encontros regionais e programas de repasse de recursos, ferramentas de inovação para aproximar e dialogar com a população e os produtores culturais – pública e privada -, a volta dos Pontos de Cultura (com mais de 500 prêmios), festivais de circo e de teatro, programas de apoio ao audiovisual voltados aos municípios, produção de três óperas, veiculação de programa na TV Cultura destinado à divulgação da produção cultural do Estado, digitalização e integração do acervo museológico, realização do Revelando São Paulo na capital e edições regionais, além do apoio fundamental à formação musical de excelência (EMESP e Guri).

Entrevista com o novo secretário da Cultura do Estado, Romildo Campello

1) Durante a gestão de José Luiz Penna, falou-se muito na secretaria da Cultura “aberta para todos”. Como você pretende dar continuidade a essa diretriz?

A gestão ampliará uma política pública cultural diversificada e capilarizada, por meio da difusão, fomento, formação, salvaguarda e sustentabilidade das ações voltadas à valorização do diálogo com os municípios, da inovação e da descentralização da cultura, dos programas de formação musical (Projeto Guri e EMESP) e de formação cultural a distância, do ProAC Municípios e das ações de incentivo à economia criativa e aos projetos audiovisuais (Cine Câmara e Filma São Paulo).  

Romildo Campello, Secretário da Cultura do Estado

foto: Joca Duarte

2) Enquanto estava no cargo de Ouvidor Geral de Mogi das Cruzes, você recebeu o Prêmio Mário Covas por inovação em Gestão Municipal. Pretende trazer essa expertise na área de tecnologia para a cultura? De que forma?

Vamos investir na inovação para aproximar, ainda mais, a população da produção cultural do Estado com ferramentas gratuitas e  modernas, como um aplicativo para telefonia móvel e formação cultural a distância. Também vamos buscar a integração digital dos museus paulistas e a consolidação das informações geradas pelo poder público estadual e pela produção privada e independente por meio de um grande mapa cultural paulista, voltado para artistas e consumidores de cultura.  

3) Quais são as prioridades da sua gestão quando falamos de capilaridade? Muitas cidades do interior têm poucos equipamentos culturais, em muitas há somente biblioteca. Como fomentar a cultura em municípios com esse perfil e que não contam com uma secretaria ou diretoria dedicada à cultura?

Com diálogo permanente, ouvindo os representantes dos municípios e apoiando a produção cultural local. Ampliaremos também programas de incentivo, como o ProAC Municípios, com destinação de R$ 3 milhões aos municípios para o lançamento de editais que contemplem artistas locais. Investiremos em programas de apoio ao audiovisual como o Filma São Paulo, que possibilita a indicação das cidades paulistas para locação de cenários das mais diversas produções audiovisuais patrocinadas pelas Leis de Incentivo Paulistas e o Cine Câmara, que promove a distribuição gratuita da produção brasileira de cinema nas câmaras municipais, patrocinadas pelas  Leis de Incentivo Paulistas. Seguiremos realizando encontros com dirigentes municipais e também com projetos já consagrados, como a Virada Cultural Paulista, o Circuito Cultural Paulista, os Pontos de Cultura e atendimento técnico aos municípios.

4) Muitos equipamentos presentes na capital paulista, como a Sala São Paulo, Pinacoteca e Museu do Futebol, são referências para o resto do Brasil e até mesmo para o exterior, como é o caso da Biblioteca de São Paulo, que concorreu a um prêmio em Londres. A Secretaria procura reproduzir essas experiências em outros municípios? De que maneira?

Sim. Reproduzir as boas experiências é a finalidade do SisEB – Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo. Ele integra as bibliotecas públicas municipais e comunitárias vinculadas existentes no Estado. Hoje, a rede é composta por mais de 800 unidades, incluindo a Biblioteca de São Paulo (BSP) e a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), que servem como laboratório do conceito Biblioteca Viva. O SisEB é coordenado pela Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura (UDBL), da Secretaria da Cultura do Estado São Paulo, e tem a organização social de cultura SP Leituras como parceira em sua operação. O sistema tem como objetivo estimular e apoiar as bibliotecas de acesso público do Estado na democratização da informação, do livro e da leitura. O SisEB direciona suas ações para que todas as bibliotecas públicas sejam bibliotecas vivas, isto é, espaços de leitura e pontos de encontro de pessoas e de cultura, para formar cidadãos e estimular a relação com a comunidade do entorno por meio da leitura e do acesso à informação.

Como atividades principais, destacam-se:

  • Promover a plena integração das bibliotecas;
  • Prestar assistência técnica aos municípios para implantação e modernização das bibliotecas;
  • Realizar ações de capacitação para as equipes das bibliotecas;
  • Sistematizar informações e produzir publicações que estimulem o desenvolvimento pessoal e profissional das equipes;
  • Apoiar a atualização dos acervos;
  • Publicar materiais dirigidos aos usuários das bibliotecas;
  • Organizar anualmente o Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Seminário Biblioteca Viva);
  • Promover anualmente o programa Viagem Literária;
  • Estimular a criação de projetos de ação cultural e incentivo à leitura nas bibliotecas;
  • Difundir ações de promoção da biblioteca e da leitura para secretários, diretores de cultura e educação e prefeitos dos municípios do Estado.

5) Qual a importância do sistema de gestão por Organizações Sociais, adotado pela pasta há mais de dez anos? Quais são seus pontos fortes e o que pode ser melhorado?

O sistema de gestão por Organizações Sociais vem possibilitando, desde sua adoção, resultados bastante expressivos com relação à ampliação e descentralização do acesso a bens culturais de qualidade. Em pouco mais de 13 anos, mais de 60 milhões de pessoas foram atendidas diretamente em ações viabilizadas por meio da parceria Governo do Estado/Organizações Sociais.

Se em 2005 o conjunto dos museus sob administração da Secretaria teve um público de 820 mil pessoas, em 2017 foram mais de  2,7 milhões. Foi possível, por exemplo, o restauro da Pinacoteca e a criação de novas instituições museológicas, a exemplo do Museu da Língua Portuguesa e do Museu do Futebol. Este modelo permitiu que a Osesp passasse a figurar na lista das orquestras mais importantes do mundo, assim como a Sala São Paulo é hoje tida com uma das melhores salas de concerto.

Num ano em que a crise econômica nacional reduz a arrecadação e orçamento dos governos, a parceria com as Organizações Sociais nos permite realizar ações patrocinadas pela iniciativa privada – algo que a administração direta é impedida de fazer. O modelo deve seguir sendo aperfeiçoado, em constante aprimoramento, mas o acerto da escolha tem inspirado e vem sendo adotada em outras cidade e estados.  

6) Para finalizar, conte as novidades que vêm por aí para a Cultura do estado

Ampliação do diálogo com municípios com encontros regionais e programas de repasse de recursos, ferramentas de inovação para aproximar e dialogar com a população e os produtores culturais – pública e privada -, a volta dos Pontos de Cultura (com mais de 500 prêmios), festivais de circo e de teatro, programas de apoio ao audiovisual voltados aos municípios, produção de três óperas, veiculação de programa na TV Cultura destinado à divulgação da produção cultural do Estado, digitalização e integração do acervo museológico, realização do Revelando São Paulo na capital e edições regionais, além do apoio fundamental à formação musical de excelência (EMESP e Guri). 

Estação da Língua desembarca em Tatuí!

27.02_MCW_GOVSP-CULT_INSTA_LINGUA

A exposição itinerante Estação da Língua Portuguesa, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), retoma sua viagem pelo interior de São Paulo e faz sua primeira parada em Tatuí, no dia 23/2, a partir das 9h, no Centro Cultural de Tatuí (Praça Martinho Guedes, 12), onde ficará em cartaz de segunda a sábado, das 9h às 17h, até 24/3.

A itinerância traz na bagagem conteúdos inéditos, que conversam com a museologia contemporânea e com a rica expografia de sons e imagens do Museu da Língua Portuguesa, que apresenta a língua portuguesa como patrimônios imaterial, viva e dinâmica, além de conteúdos já conhecidos pelo público.

Na área externa, a Torre Estação da Língua Portuguesa dá boas-vindas aos visitantes. Em As Origens, uma instalação cenográfica remete à ideia de estação ferroviária e de viagem de trem. Versos de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Arnaldo Antunes, iluminados com LED em um painel metálico, convidam o público a entrar na exposição.

A viagem do idioma começa com um vídeo animação que mostra a formação da língua portuguesa e as rotas marítimas dos portugueses, que levaram o idioma para outras terras. Animação, narração e trilha sonora foram criadas especialmente para a mostra Estação da Língua Portuguesa. 

O vídeo “Sotaques”, com texto “O Paraíso são os outros”, de Valter Hugo Mãe, realizado pela Porto Editora e Miguel Gonçalves Mendes, com diferentes sotaques da língua portuguesa no mundo, abre o módulo O que nos une – ala composta por um painel interativo giratório, que apresenta dados dos países que fazem parte da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). São eles Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Desembarque reproduz a Linha do Tempo do Museu da Língua Portuguesa com a construção do idioma no Brasil, desde a chegada dos portugueses e o primeiro contato com as línguas indígenas, até os dias de hoje. Como novidade apresentada nessa viagem, ela está atualizada trazendo mais uma década em que relembra o novo acordo ortográfico e destaca novas palavras e expressões que surgiram com a influência da internet e das redes sociais.

Na ala Os trilhos três monitores touchscreen mostram palavras que vieram de outros povos e foram incorporadas ao português brasileiro. Espaço Lusófono, especialmente dedicado aos professores, é composto pelo vídeo “Raiz Lusa”, no qual especialistas falam sobre a construção da língua portuguesa.

O módulo Falares Paulista mostra em uma montagem lúdica um diálogo hipotético e poético entre pessoas com sotaques característicos de cinco cidades paulistas.

Trechos de 12 poemas são projetados e os versos ganham vida em um trabalho gráfico desenvolvido especialmente para a mostra.

Vídeos que compõem o acervo da Grande Galeria do Museu da Língua Portuguesa são apresentados no módulo O Mundo da Língua. Nele o visitante termina sua viagem assistindo aos vídeos “Culinária” e “Danças”, que mostram a relação entre língua e cultura. 

“A presença da Estação da Língua aqui vem somar a todas essas ações desenvolvidas pela Cultura de Tatuí”, declarou Davidson Kaseker, diretor do SISEM – Sistema Estadual de Museus.

José Salim, presidente da CCR/SPVias, falou sobre a importância da itinerância: “É uma honra, um orgulho muito grande. Estamos falando de um museu que já foi visitado por 4 milhões de pessoas em São Paulo, e que já foi escolhido o melhor museu do Brasil. A população vai se beneficiar muito com isso”.

Erik Klug, diretor da ID-Brasil, organização responsável pelo Museu, fala um pouco sobre a exposição: “Essas experiências dentro do Museu da Língua, com vídeos, fotos, imagens, recursos táteis, o público vai poder ter aqui, em Tatuí”.

Maria José Vieira de Carvalho, prefeita de Tatuí, finaliza: “Quero agradecer publicamente esta oportunidade, onde o nosso município abre a Temporada 2018 no interior paulista”.

Estrela do Norte e Santo Expedito comemoram aniversário com apresentações do Projeto Guri

O Projeto Guri participa, em abril, de festividades em comemoração ao aniversário dos municípios de Estrela do Norte e Santo Expedito.

Projeto Guri (crédito: JC Curtis Fundacc)

Em Estrela do Norte, o Coro do Guri se apresenta no dia 21 de abril, sábado, às 8h30 na Praça Ernesto Gentil (Rua Prefeito José Carlos) interpretando músicas como “Trem da Serra”, “A Casa”, “Aquarela” e “Trevo”.

No dia seguinte, em Santo Expedito, os alunos dos Cursos de Violão e Percussão realizam apresentação na Praça Municipal da Cidade (Av. Barão do Rio Branco), às 18h00.

Exposição do Museu da Diversidade Sexual chega a Olímpia e Araraquara

Em julho, a exposição do Museu da Diversidade Sexual “Homofobia Fora de Moda” estará em cartaz na região. De 18 a 20 de julho, a Casa de Cultura de Olímpia (Rua São João, 942) recebe a mostra, e de 1º a 29 de julho, ela estará em Araraquara, na Casa da Cultura de Araraquara (Rua São Bento, 909).

A mostra teve origem em um concurso idealizado pela Casa de Criadores, com o objetivo de estabelecer uma cooperação entre o poder público e a indústria da moda, com a intenção de promover a cidadania da população LGBT e enfrentar a discriminação sofrida por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O tema inicial, “Homofobia Fora de Moda” deu nome ao projeto. Em seguida, “Laços Afetivos” e “Cartão Vermelho Para a Homofobia” serviram de inspiração para que pessoas do Brasil inteiro criassem ilustrações que, posteriormente, seriam estampadas em camisetas.

Exposição Homofobia Fora de Moda (Foto: Murillo Chibana) 

Exposição“Homofobia Fora de Moda” – Olímpia

Data: 18 a 20 de julho

Local:  Casa de Cultura de Olímpia – Rua São João, 942

Horário: segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00

Evento gratuito

– Araraquara 

Data: 1º a 29 de julho

Local: Casa da Cultura de Araraquara – Rua São Bento, 909

Horário: segunda a sexta das 09h15 às 20h45 e sábados das 09h15 às 12h45

Evento gratuito

Exposições do Museu da Diversidade Sexual chegam a Araras e Piracicaba

Em julho, duas exposições do Museu da Diversidade Sexual estarão em cartaz na região.

Piracicaba está com a exposição “Todos Podem ser Frida”, de Camila Fontenele de Miranda, em cartaz até o dia 21 de julho, no Museu Prudente de Moraes (R. Santo Antônio, 641). A mexicana Frida Kahlo, uma das principais pintoras do século XX, foi a artista escolhida para compor o projeto realizado pela fotógrafa. O trabalho ganha forma por meio de ensaios fotográficos e da desintegração da imagem dessa personagem, que marcou o mundo com sua arte, suas cores, seus traços e sua própria história.

Já em Araras, no Teatro Estadual de Araras (Av. Dona Renata, 401), a exposição “Diversidade Futebol Clube – No nosso time joga todo mundo” conta com curadoria de Diógenes Moura e apresenta imagens do fotógrafo Roberto Setton, que registrou – entre 2008 e 2012 – o “Futebol das Drags”, evento que comemora o aniversário da boate Blue Space, com um jogo de futebol na rua entre transformistas e funcionários, no bairro da Barra Funda, em São Paulo (SP).  A mostra ficará em cartaz de 12 a 31 de julho.

Exposição Todos Podem ser Frida (Foto: Divulgação) 

Exposição “Todos Podem ser Frida” 

Data: 1º a 21 de julho

Local: Museu Prudente de Moraes – R. Santo Antônio, 641 – Piracicaba (SP)

Horário: terça a sexta das 09h00 às 17h00 e sábados das 10h00 às 14h00  

Exposição “Diversidade Futebol Clube – No nosso time joga todo mundo”

Data: 12 a 31 de julho

Local: Teatro Estadual de Araras – Av. Dona Renata, 401 – Araras (SP)

Horário: das 9h00 às 12h00 e das 13h00 às 19h00 – todos os dias da semana

Exposição Diversidade Futebol Clube (Foto: Divulgação)

Festival de Bauru concorre ao Prêmio Governador do Estado para a Cultura

Foto: Boneco Gira Boneco (crédito: Emerson Gomes Vanderlei)

 

O Festival Boneco Gira Boneco, de Bauru, está entre os finalistas da categoria “Arte para Crianças” do Prêmio Governador do Estado para a Cultura de 2018, da Secretaria da Cultura do Estado. A votação popular está aberta e o público pode escolher seus grupos, artistas e instituições favoritos até o dia 18 de março, domingo, no site www.premiogovernador.sp.gov.br. A lista e os perfis dos finalistas também estão disponíveis no portal. Os vencedores serão anunciados em cerimônia oficial, no Teatro Sérgio Cardoso, no dia 26 de março, às 20h00.

Criado para valorizar e incentivar a produção cultural paulista, o Prêmio Governador do Estado para a Cultura conta com nove categorias: Arte para Crianças, Artes Visuais, Cinema, Circo, Dança, Música, Teatro, Territórios Culturais e Instituições Culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”. As comissões que escolheram os finalistas buscaram valorizar artistas, coletivos e iniciativas não apenas de São Paulo, mas também da Grande São Paulo e do interior do estado.

Fevereiro não tem só Carnaval: tem teatro, oficinas, exposições e concertos também!

PARA FUGIR DO CARNAVAL

(mais…)

Foco é a produção literária de 2017

O Prêmio São Paulo de Literatura é realizado anualmente e cada edição tem como foco a produção literária do ano anterior:

  • Podem concorrer romances escritos originalmente em língua portuguesa e cuja primeira edição mundial tenha sido lançada no Brasil, obrigatoriamente em modelo impresso.
  • Concorrem à categoria Melhor Livro do Ano os autores que já tenham publicado romances anteriormente.
  • A categoria Melhor Livro do Ano – Autor Estreante é destinada a escritores novatos no gênero romance, mesmo que já tenham publicado livros de contos, poesia, reportagens etc.
  • Um júri inicial composto por 10 especialistas do meio literário faz a seleção de 10 finalistas em cada categoria.
  • Ao júri final, com cinco integrantes, cabe a escolha de um vencedor para cada categoria.
  • O vencedor de cada categoria recebe o valor de R$ 200 mil.
  • Os autores finalistas ministram palestras gratuitas organizadas pelo Prêmio.

Garça recebeu encontro do SISEM-SP sobre o Cadastro Estadual de Museus

No último dia 21 de fevereiro, a Biblioteca Municipal de Garça sediou o Encontro Regional de Museus, do SISEM-SP. O diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP, Davidson Kaseker, esclareceu pontos sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP), principal assunto da reunião. Além de Garça, estiveram presentes representantes de Tupã e Marília. Confira mais detalhes sobre os próximos encontros do SISEM-SP: www.sisemsp.org.br

Garça: exposição do Museu da Diversidade Sexual homenageia Frida Kahlo

Dando continuidade ao seu programa de itinerância, o Museu da Diversidade Sexual chega à cidade de Garça com a exposição Todos Podem Ser Frida, coletânea de imagens de visitantes de outras edições da mostra caracterizados como Frida Kahlo, uma das principais pintoras do século XX. O ensaio fotográfico, produzido pela fotógrafa Camila Fontenele de Miranda, busca mostrar as conexões existentes entre arte, identidade de gênero e comportamento social. O Museu da Diversidade Sexual promove a itinerância de exposições com o objetivo de valorizar cada vez mais a diversidade sexual por meio da arte em diferentes espaços e para diferentes públicos. A exposição pode ser visitada de 1º. a 18 de maio, na Galeria Municipal de Artes Edith Nogueira Santos (Rua Minas Gerais, 80)

Obra de Frida Kahlo (Museu da Diversidade Sexual – Crédito: Divulgação)

Governo do Estado de São Paulo garante R$ 100 milhões para ProAC ICMS em 2018

O ProAC ICMS – uma das vertentes do programa de incentivo à cultura do Governo do Estado de São Paulo – terá R$ 100 milhões assegurados em 2018 para o apoio a projetos culturais paulistas. A Resolução da Secretaria da Fazenda, formalizando a liberação, foi publicada no dia 6 de abril, no Diário Oficial do Estado. O valor é o mesmo dos dois anos anteriores – uma boa notícia, diante da queda da arrecadação de impostos provocada pela crise econômica nacional.

Esta vertente do programa funciona por meio de patrocínios incentivados: os artistas e produtores apresentam projetos para a Secretaria da Cultura e passam pela avaliação da Comissão de Análise de Projetos (CAP), que é autônoma. Caso sejam aprovados, recebem autorização para captar patrocínio junto a empresas que recolhem ICMS no território paulista. Além de poder associar suas marcas aos projetos culturais, as empresas patrocinadoras recebem de volta o valor investido na forma de descontos no ICMS devido.

Desde que foi criado, em 2006, o ProAC ICMS já acumula mais de R$ 1,28 bilhão repassados a projetos culturais paulistas. Só no ano passado, o ProAC ICMS teve 1.446 projetos aprovados para captação de recursos; ao longo de sua história, já são mais de 8.600.

Governo do Estado vai apoiar nove projetos da Grande São Paulo por meio do ProAC Editais

Em Guarulhos, foram contemplados dois projetos. O primeiro é “Mulher, Yabas Bailam em Ti – 2ª Edição” no edital de Proteção e Promoção das Culturas Negras, que receberá R$ 40 mil para a realização de 12 encontros com oficinas, rodas de conversa, coreografias e outras atividades. O projeto é  baseado na educação, cultura e arte negra e busca inspiração na força das Yabás (divindades femininas africanas) para mostrar a força de luta da mulher brasileira. O segundo é “Organicidade”, que foi aprovado no edital de Economia Criativa e oferecerá formações teóricas e práticas que abordam a temática da alimentação e gastronomia, além da relação rural e urbana. O grupo receberá R$ 30 mil para a promoção de cinco encontros que serão transformados em um documentário e uma exposição fotográfica. (mais…)

Grupo de Atibaia concorre ao Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Trupe Banana’s, de Atibaia, está entre os finalistas da categoria “Arte para Crianças” do Prêmio Governador do Estado para a Cultura de 2018, da Secretaria da Cultura do Estado. A votação popular está aberta e o público pode escolher seus grupos, artistas e instituições favoritos até o dia 18 de março, domingo, no site www.premiogovernador.sp.gov.br. A lista e os perfis dos finalistas também estão disponíveis no portal. Os vencedores serão anunciados em cerimônia oficial, no Teatro Sérgio Cardoso, no dia 26 de março, às 20h00.

Criado para valorizar e incentivar a produção cultural paulista, o Prêmio Governador do Estado para a Cultura conta com nove categorias: Arte para Crianças, Artes Visuais, Cinema, Circo, Dança, Música, Teatro, Territórios Culturais e Instituições Culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”. As comissões que escolheram os finalistas buscaram valorizar artistas, coletivos e iniciativas não apenas de São Paulo, mas também da Grande São Paulo e do interior do estado.

Grupo de Atibaia vence votação popular do Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou, em cerimônia realizada no Teatro Sérgio Cardoso no dia 26 de março, os vencedores do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2018. Criada como uma forma de valorizar e incentivar a produção cultural paulista, a iniciativa do Governo do Estado premiou artistas, companhias e instituições em nove categorias: arte para crianças, artes visuais, cinema, circo, dança, música, teatro, territórios culturais e instituições culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”, que homenageou o gestor cultural Eduardo Saron.

Trupe Banana’s (Crédito: Divulgação)

Escolhida na categoria Arte para Crianças por votação popular (44,4%), a Trupe Banana’s  foi fundada em 2010 na cidade de Atibaia. Com foco no público infantil, os espetáculos do grupo são interativos, dinâmicos e levam diversão e reflexão para crianças e os adultos que as acompanham.

Os vencedores escolhidos pelo júri especializado receberam, no total, R$ 580 mil em prêmios, o que faz da premiação uma das maiores do país no segmento cultural. Além da premiação em dinheiro, no valor individual de R$ 60 mil, os vencedores escolhidos tanto pelo júri quanto pelo voto popular receberam um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

A votação popular foi realizada no site www.premiogovernador.sp.gov.br e contou com mais de 95,5 mil votos (a edição anterior contabilizou 71,3 mil).

VENCEDORES

Conheça os contemplados da edição 2018 do Prêmio Governador do Estado para a Cultura:

Escolhidos pelo júri especializado

Arte para Crianças: Lizette Negreiros

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Cinemateca Brasileira

Circo: Grupo La Mínima

Dança: Companhia de Danças de Diadema – “EU por detrás de MIM”

Música: Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Teatro: Lenise Pinheiro

Territórios Culturais: Coletivo Cultural Cenário Urbano

Escolhidos pelo voto popular

Arte para Crianças: Trupe Banana’s

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Circo: Circo Escola de Diadema

Dança: Cia. Discípulos do Ritmo

Música: Thereza Alves

Teatro: Grupo Caixa Preta de Teatro

Territórios Culturais: Hangar 110

Instituição Cultural (categoria eleita apenas por voto popular): Instituto Alfa de Cultura – Teatro Alfa

Grupo de Registro vence votação popular do Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou, em cerimônia realizada no Teatro Sérgio Cardoso no dia 26 de março, os vencedores do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2018. Criada como uma forma de valorizar e incentivar a produção cultural paulista, a iniciativa do Governo do Estado premiou artistas, companhias e instituições em nove categorias: arte para crianças, artes visuais, cinema, circo, dança, música, teatro, territórios culturais e instituições culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”, que homenageou o gestor cultural Eduardo Saron.

Grupo Caixa Preta de Teatro (Crédito: Fabiano Muniz)

Estabelecido em Registro, o Grupo Caixa Preta de Teatro foi o vencedor da votação popular da categoria Teatro, com 86,2% dos votos. Com 24 anos de existência, o grupo produz atividades que potencializam e desenvolvem a educação e a cultura na Região do Vale do Ribeira, se destacando pelo trabalho de inserção artística  e o reconhecimento nacional e internacional.

Os vencedores escolhidos pelo júri especializado receberam, no total, R$ 580 mil em prêmios, o que faz da premiação uma das maiores do país no segmento cultural. Além da premiação em dinheiro, no valor individual de R$ 60 mil, os vencedores escolhidos tanto pelo júri quanto pelo voto popular receberam um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

A votação popular foi realizada no site www.premiogovernador.sp.gov.br e contou com mais de 95,5 mil votos (a edição anterior contabilizou 71,3 mil).

VENCEDORES

Conheça os contemplados da edição 2018 do Prêmio Governador do Estado para a Cultura:

Escolhidos pelo júri especializado

Arte para Crianças: Lizette Negreiros

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Cinemateca Brasileira

Circo: Grupo La Mínima

Dança: Companhia de Danças de Diadema – “EU por detrás de MIM”

Música: Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Teatro: Lenise Pinheiro

Territórios Culturais: Coletivo Cultural Cenário Urbano

Escolhidos pelo voto popular

Arte para Crianças: Trupe Banana’s

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Circo: Circo Escola de Diadema

Dança: Cia. Discípulos do Ritmo

Música: Thereza Alves

Teatro: Grupo Caixa Preta de Teatro

Territórios Culturais: Hangar 110

Instituição Cultural (categoria eleita apenas por voto popular): Instituto Alfa de Cultura – Teatro Alfa 

Grupos de Cotia e Diadema recebem Prêmio Governador do Estado para a Cultura

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou, em cerimônia realizada no Teatro Sérgio Cardoso no dia 26 de março, os vencedores do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2018. Criada como uma forma de valorizar e incentivar a produção cultural paulista, a iniciativa do Governo do Estado premiou artistas, companhias e instituições em nove categorias: arte para crianças, artes visuais, cinema, circo, dança, música, teatro, territórios culturais e instituições culturais, além do “Destaque Cultural do Ano”, que homenageou o gestor cultural Eduardo Saron.

Circo Escola de Diadema (crédito: R Thiago Benedeti)

O Circo Escola de Diadema foi escolhido por votação popular, com 36,8% dos votos, na categoria Circo. Fundado em 2008, atualmente é o carro chefe da Associação Cultural e Educacional Circense Tápias Voadores e atende alunos dos três aos 80 anos.

O Grupo La Mínima, de Cotia, foi escolhido pelo júri especializado na categoria Circo. A companhia de circo e teatro completou 20 anos em 2017 e foi fundada por Domingos Montagner e Fernando Sampaio em 1997. Ao longo de sua trajetória já passou pelos mais renomados festivais nacionais e internacionais, como o Festival Paulista de Circo, o Festival Mundial de Circo de Demain, e o Festclown.

Na categoria Dança, a Companhia de Danças de Diadema foi a escolhida pelo júri especializado. Criada em 1995, a companhia hoje oferece acesso à dança e artes em geral, especialmente para a comunidade local, valorizando a inclusão cultural.  

Os vencedores escolhidos pelo júri especializado receberam, no total, R$ 580 mil em prêmios, o que faz da premiação uma das maiores do país no segmento cultural. Além da premiação em dinheiro, no valor individual de R$ 60 mil, os vencedores escolhidos tanto pelo júri quanto pelo voto popular receberam um troféu exclusivo confeccionado pela artista Edith Derdyk.

A votação popular foi realizada no site www.premiogovernador.sp.gov.br e contou com mais de 95,5 mil votos (a edição anterior contabilizou 71,3 mil).

VENCEDORES

Conheça os contemplados da edição 2018 do Prêmio Governador do Estado para a Cultura:

Escolhidos pelo júri especializado

Arte para Crianças: Lizette Negreiros

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Cinemateca Brasileira

Circo: Grupo La Mínima

Dança: Companhia de Danças de Diadema – “EU por detrás de MIM”

Música: Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Teatro: Lenise Pinheiro

Territórios Culturais: Coletivo Cultural Cenário Urbano

Escolhidos pelo voto popular

Arte para Crianças: Trupe Banana’s

Artes Visuais: Tomoshige Kusuno

Cinema: Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Circo: Circo Escola de Diadema

Dança: Cia. Discípulos do Ritmo

Música: Thereza Alves

Teatro: Grupo Caixa Preta de Teatro

Territórios Culturais: Hangar 110

Instituição Cultural (categoria eleita apenas por voto popular): Instituto Alfa de Cultura – Teatro Alfa

Guaíra recebe apresentação musical do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música para a região de Barretos.

Guto Hueb (Crédito: Divulgação)

Na sexta-feira, dia 13, às 20h00, Guaíra recebe o cantor e compositor “Guto Hueb”, com seu violão e banda fortemente influenciados pela música mineira, apresentando clássicos do Clube da Esquina e de Milton Nascimento, na Casa da Cultura (Parque Maracá, s/nº). 

Horários de funcionamento dos espaços da #CulturaSP durante o Carnaval

Atenção! Durante o feriado, alguns espaços terão mudanças em seus horários de funcionamento

(mais…)

Indaiatuba recebe a Orquestra Jovem do Estado para concerto dedicado a compositores do século XX

A Orquestra Jovem do Estado de São Paulo segue com sua temporada de concertos, apresentando-se em Indaiatuba no dia 5 (sábado), às 20h00, na Sala Acrísio de Camargo (Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 3665 – Jardim Regina). O repertório é dedicado a grandes compositores do século XX, com peças de Stravinsky (Sinfonias para instrumentos de sopros), Barber (Adágio para cordas) e Ravel (Daphnis et Chloé – Suítes nº 1 e 2).

Orquestra Jovem do Estado – Crédito: Heloisa Bortz

Ligada à EMESP Tom Jobim – escola de música do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura do Estado e gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura – a orquestra foi toda reestruturada em 2012 com a chegada de Cláudio Cruz para a regência titular e direção musical e é formada atualmente por 90 bolsistas de 13 a 25 anos de idade.

Neste concerto de Indaiatuba, sob a batuta de Cláudio Cruz a Orquestra Jovem recebe um de seus ex-integrantes, agora como solista, que é o percussionista Rubens Lopes. Vencedor da edição 2012 do Prêmio Ernani de Almeida Machado, Lopes foi o primeiro percussionista brasileiro aceito para o mestrado no Conservatório de Paris (FRA) e está de volta ao Brasil após quatro anos de estudos na Europa.

Inédito: Brasil e Coreia sobem ao palco juntos para apresentação de artes marciais

Imagine a brasileiríssima capoeira e o milenar taekgyeon  coreano unidos no mesmo palco, em uma apresentação conjunta na capital paulista. Este é o resultado da iniciativa inédita da Secretaria da Cultura com o Centro Cultural Coreano no Brasil e o Capoeira Show, que proporcionará à plateia da Virada Cultural da capital a oportunidade de apreciar as duas modalidades de artes marciais expressando os seus movimentos, ao mesmo tempo, no mesmo palco. Será no final de semana de 19 e 20 de maio.

Muito mais do que modalidades de artes marciais, a capoeira e o taekkyeon traduzem relevantes expressões culturais de seus respectivos povos, tanto que ambas são reconhecidas como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

As semelhanças, porém, não param por aí. Uma das principais características do taekgyeon  – que influenciou o desenvolvimento do taekwondo – é a fluidez de movimentos, aproximando-o de uma dança, algo que também se vê na capoeira, que tem na musicalidade um de seus elementos centrais.

“As apresentações conjuntas servem como homenagem à rica bagagem cultural dos cerca de 50 mil coreanos que chamam São Paulo de lar”, afirma Romildo Campello, Secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Os eventos ocorrem na região central de São Paulo (R. Dom José de Barros, 235 – República), no dia 19, às 19h30, e no Museu Afro Brasil (Parque Ibirapuera – Portão 10) no dia 20, às 15h00.

Inédito: Brasil e Coreia sobem ao palco juntos para apresentação de artes marciais

Imagine a brasileiríssima capoeira e o milenar  taekgyeon coreano unidos no mesmo palco, em uma apresentação conjunta na capital paulista. Este é o resultado da iniciativa inédita da Secretaria da Cultura com o Centro Cultural Coreano no Brasil e o Capoeira Show, que proporcionará à plateia da Virada Cultural da capital a oportunidade de apreciar as duas modalidades de artes marciais expressando os seus movimentos, ao mesmo tempo, no mesmo palco. Será no final de semana de 19 e 20 de maio.

 taekgyeon e capoeira (ilustração de Gustavo Fernochi)

Muito mais do que modalidades de artes marciais, a capoeira e o  taekgyeon traduzem relevantes expressões culturais de seus respectivos povos, tanto que ambas são reconhecidas como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

As semelhanças, porém, não param por aí. Uma das principais características do  taekgyeon – que influenciou o desenvolvimento do taekwondo – é a fluidez de movimentos, aproximando-o de uma dança, algo que também se vê na capoeira, que tem na musicalidade um de seus elementos centrais.

“As apresentações conjuntas servem como homenagem à rica bagagem cultural dos cerca de 50 mil coreanos que chamam São Paulo de lar”, afirma Romildo Campello, Secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Os eventos ocorrem na região central de São Paulo (R. Dom José de Barros, 235 – República), no dia 19, às 19h30, e no Museu Afro Brasil (Parque Ibirapuera – Portão 10) no dia 20, às 15h00.

Inscrições abertas para a 49ª edição do Festival de Inverno de Campos do Jordão

Estão abertas as inscrições para interessados em bolsas de estudo do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão para aulas de instrumentos, regência, prática de orquestra e música de câmara. As inscrições podem ser realizadas até o dia 16 de fevereiro e a lista de aprovados será publicada até o dia 5 de março no site e nas redes sociais do Festival. Serão oferecidas bolsas de estudo integrais ou parciais para até 200 alunos brasileiros e estrangeiros.

As vagas deste ano compreendem os seguintes instrumentos: violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone, tuba, percussão, harpa, piano e violão.

Para os cursos de instrumentos, prática de orquestra, música de câmara e música antiga, podem se inscrever pessoas com idade entre 14 e 30 anos; já para o curso de regência orquestral, podem se inscrever alunos com 14 a 35 anos.

O edital completo e o repertório de admissão estão disponíveis no site: http://www.festivalcamposdojordao.org.br/inscricoes-festival-de-inverno/

Inscrições abertas para o 10º Encontro Paulista de Museus

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria da Cultura do Estado, abriu as inscrições para o 10º Encontro Paulista de Museus (10EPM). O evento, principal reunião das instituições museológicas paulistas, será realizado de 18 a 20 de julho, em parceria com a ACAM Portinari, no Memorial da América Latina, com o tema “Gestão e Governança”. Interessados em participar do Encontro devem se inscrever no endereço www.sisemsp.org.br/epm. No portal, também é possível consultar a programação completa, conhecer edições anteriores do EPM e informar-se sobre hospedagem, alimentação e estacionamento para os dias do evento.

Programação

Um dos destaques é a entrega da medalha Waldisa Rússio Camargo Guarnieri, que homenageia uma das principais personalidades da Museologia brasileira, no pensamento crítico e teórico do setor. A condecoração será entregue na manhã do primeiro dia do encontro a outro pilar da disciplina no Brasil: o professor Ulpiano Bezerra de Meneses – especialista em História Antiga e Social, Letras Clássicas e Arqueologia, organizador (1963-8) e diretor (1968-78) do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e diretor do Museu Paulista/USP (1989-1994).

Logo após, neste mesmo dia, outro destaque é a conferência internacional de Luigi Di Coratto, diretor da Fondazione Brescia Musei e em seguida o painel “Desafios éticos contemporâneos para museus” com a doutora Débora Duprat, procuradora federal dos Direitos do Cidadão, e Christian Dunker, professor do Instituto de Psicologia da USP e um dos criadores do Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise da USP. Vários eventos paralelos também foram programados para esta data. Entre eles, o encontro das regionais do SISEM-SP para a eleição das novas representações de cada região, a reunião da Rede SIMUS – Sistema de Museus – e da Rede de Coleções e Museus Universitários.

No segundo dia do evento, estão programadas uma sessão ao vivo sobre “Democratização de processos museológicos: participação das comunidades e públicos” e cinco mesas de debates consecutivas com temas variados. A programação do dia será finalizada com a Reunião da Rede de Educadores de Museus de São Paulo (REM-SP), que contará com o lançamento do e-book “Rede de Redes – Diálogos e Perspectivas das Redes de Educadores de Museus no Brasil”, da REM-SP em conjunto com o SISEM-SP e ACAM Portinari, bem como o lançamento da versão digital da publicação “Como gerir um museu”, em parceria com a Pinacoteca de São Paulo, o ICOM e a Unesco.

O último dia do EPM começa com sessão ao vivo sobre “Ações de fomento à participação”. Na sequência, será apresentado o “Balanço e as Perspectivas” do SISEM-SP e em seguida anunciado o resultado das eleições para o Conselho de Orientação do SISEM-SP (COSISEM) e também os nomes dos novos representantes regionais eleitos. O destaque desta manhã fica por conta da entrega dos certificados às instituições cadastradas no Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP). No período da tarde, acontece a programação integrada com Oficinas no Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc-SP sobre “Museus em transformação – participações e autonarrativas” e “Processos participativos na elaboração de Planos Museológicos: potências e desafios”. Paralelamente, no auditório do IEB-USP, será realizado o seminário “O Legado de Waldisa Rússio: liderança, formação, ética profissional e pesquisa em museologia”.

Para conhecer a programação completa, acesse https://www.sisemsp.org.br/epm/programacao/

Encontro Paulista de Museus – Crédito: Divulgação

Inscrições para Painéis Digitais do 10º Encontro Paulista de Museus vão até 20 de abril

Estão abertas aos museus de todo Estado as inscrições para a participação nos Painéis Digitais do 10º Encontro Paulista de Museus (10EPM) – principal evento das instituições museológicas paulistas, organizado pelo Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria da Cultura do Estado, com apoio da ACAM Portinari –, que será realizado de 18 a 20 de julho, no Memorial da América Latina.

Os Painéis Digitais são apresentações em formato digital exibidas em televisores espalhados pelo local do evento. Dois temas foram abertos para o recebimento de inscrições: “Democratização de processos museológicos” e “Ações de fomento à participação”. Para participar, os museus devem encaminhar a apresentação por meio da ficha de inscrição disponível no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScd4iW9Czusiet7DmCNCfXyUHL6-sX2KN3SBZhogH7n3rTq_Q/viewform  

Os selecionados serão divulgados em 27 de abril. Entre as apresentações selecionadas, até quatro de cada tema podem ser escolhidas para uma apresentação ao vivo no segundo e terceiro dias do encontro.

Os detalhes para a elaboração dos Painéis Digitais estão disponíveis no link: https://www.sisemsp.org.br/epm/paineis-tematicos/.

Após o 10EPM, todos serão disponibilizados no site do SISEM-SP (www.sisemsp.org.br). Dúvidas e informações pelo telefone (11) 3339-8111 e pelo e-mail sisem@sp.gov.br.

Inscrições prorrogadas! mais de 300 vagas em Araçatuba e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 399 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Araçatuba. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Alto Alegre

Vagas: 14

O polo oferece os cursos: coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão, iniciação musical

Telefone: (18) 3657-1421

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Quintino Bocaiuva, 170, Centro – CEP: 16310-000

 

Polo Andradina

Vagas: 21

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: flauta transversal, trombone, trompete, viola, clarinete, tuba, violino, violoncelo, contrabaixo, percussão

Telefone: (18) 3722-4775

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 9h00 às 11h00 e das 13h30 às 19h00

Endereço do polo: Praça Eduardo Ramalho, s/nº, Centro – CEP: 16901-008

 

Polo Avanhandava

Vagas: 30

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: violoncelo, viola, violino, percussão, violão, coral juvenil

Telefone: (18) 3651-1797

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Rua Tibiriçá, 492, Centro – CEP: 16360-000

 

Polo Bento de Abreu

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão e violão

Telefone: (18) 3601-1241

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 14h30 às 18h30

Endereço do polo: Rua Vereador, 54, Centro – CEP: 16790-000

 

Polo Bilac

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: viola e violino

Telefone: (18) 3659-1198

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Dr. Raul de Melo Senra Filho, 607, Distr. Com. Ovídeo Martinelli – CEP: 16210-000

 

Polo Clementina

Vagas: 19

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, violoncelo, viola, violino, coral infantil

Telefone: (18) 3658-1106

Funcionamento do polo: segundas as quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Travessa Sergipe, 32, Centro – CEP: 16250-000

 

Polo General Salgado

Vagas: 15

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil

Telefone: (17) 9746-0085

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Irmãos Bonetto, 500, Centro – CEP: 15300-000

 

Polo Guaraçaí

Vagas: 23

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, clarinete, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, guitarra elétrica, percussão, saxofone, trombone, trompete, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, flauta transversal, guitarra elétrica, violão, coral infantil, percussão

Telefone: (18) 3705-7244

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Praça da Matriz, s/nº, Centro – CEP: 16980-000

 

Polo Guzolândia

Vagas: 15

O polo oferece os cursos: percussão e violão  

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão e violão

Telefone: (18) 99633-6407

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua José Candido de Moraes, s/nº, Três Marias – CEP: 15355-000

 

Polo Jales

Vagas: 13

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, trombone, eufônio, saxofone, violoncelo, viola

Telefone: (17) 3632-1435

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Treze, 2422, Centro – CEP: 15700-034

 

Polo Luiziânia

Vagas: 20

O polo oferece os cursos: coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: iniciação musical, percussão e violão

Telefone: (18) 3603-1358

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Avenida Antônio Duarte Azadinho, 29, Centro – CEP: 16340-000

 

Polo Nova Canaã Paulista

Vagas: 15

O polo oferece os cursos: viola caipira e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: viola caipira e violão

Telefone: (17) 3681-1227

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 14h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua 06, 272, Centro – CEP: 15773-000

 

Polo Piacatu

Vagas: 13

O polo oferece os cursos: percussão e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão e violão

Telefone: (18) 3693-1146

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Ângelo Fulini, 260, Centro – CEP: 16230-000

 

Polo Regional Araçatuba

Vagas: 64

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, bateria, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: saxofone, tuba, eufônio, trombone, flauta transversal, coral juvenil

Telefone: (18) 3621-2052

Funcionamento do polo: segundas as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Rua Anita Garibaldi, 75, Centro –  CEP: 16010-280

 

Polo Santa Fé do Sul

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: contrabaixo, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos:  viola, violão, violino

Telefone: (17) 3631-5089

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Um, 931, Centro – CEP: 15775-000

 

Polo Sud Mennucci

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: clarinete, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, eufônio, saxofone, coral juvenil

Telefone: (18) 3786-1214

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Augustinho Alegre Chich, 633, Centro – CEP:15360-000

 

Polo Valparaíso

Vagas: 32

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: flauta transversal, trombone, trompete, violão, contrabaixo, tuba, violoncelo, violino, percussão, coral juvenil, viola

Telefone: (18) 3401-4764

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Padre Mauro Eduardo, 410, Centro – CEP: 16880-000

 

Inscrições prorrogadas! mais de 300 vagas em Santos e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 302 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, no litoral sul de São Paulo. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

 

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Ilha Comprida

Vagas: 15                                  

O polo oferece os cursos: percussão, violão               

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão

Telefone: (13) 3842-1055                                     

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Sorocaba, 47, Sarnambi – CEP: 11925-000

 

Polo Itariri

Vagas: 16

O polo oferece os cursos: cavaco, violão     

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, violão   

Telefone: (11) 2615-4956                                     

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua do Comércio, 127, Centro – CEP:11760-000

 

Polo Miracatu

Vagas: 15                                  

O polo oferece os cursos: percussão, violão      

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: violão

Telefone: (13) 3847-1498                                     

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua 11 de Junho, 350, Centro – CEP: 11850-000

 

Polo Mongaguá

Vagas: 37                                  

O polo oferece os cursos: cavaco, contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, contrabaixo, percussão, viola, violino, violoncelo

Telefone: (13) 3448-9183                                     

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Caraguatatuba, 479, Agenor de Campos – CEP: 11730-000

 

Polo Pedro de Toledo

Vagas: 35

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão                    

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil , coral juvenil, percussão e violão

Telefone: (13) 3419-1546                                     

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Avenida Américo Nicolini, 456, Centro – CEP: 11790-000

 

Polo Peruíbe

Vagas: 18                                  

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, viola, violão, violoncelo

Telefone: (13) 3455-5596                 

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Jundiaí, 890, Peruíbe – CEP: 11750-000

 

Polo Regional Santos

Vagas: 51                                 

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, iniciação musical, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, iniciação musical, viola, violão, violino

Telefone: (11) 3219-1311                

Funcionamento do polo: terças às sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Praça dos Andradas, s/nº, Centro – CEP: 11010-100

 

Polo Registro

Vagas: 15                                  

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, viola           

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Av. Marginal Castelo Branco (ao lado da rodoviária), s/nº, Centro – CEP: 11900-000

 

Polo Santos – Zona Noroeste

Vagas: 50                                  

O polo oferece os cursos: clarinete, flauta transversal, percussão, saxofone, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, flauta transversal, percussão, violão

Telefone: (13) 3299-1663                 

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00    Endereço do polo: Av. Afonso Schimdt, s/nº – CEP: 11013-552

 

Polo São Vicente

Vagas: 15                                  

O polo oferece os cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, viola, violino

Telefone: (13) 3468-8636                 

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Tenente Durval de Amaral, 72, Catiapoã – CEP: 11310-050

 

Polo Sete Barras

Vagas: 31                                

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (13) 3358-1410                 

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, 230, Centro –

CEP: 11910-000

Inscrições prorrogadas! mais de 300 vagas em São José dos Campos e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 393 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de São José dos Campos. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

 

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Aparecida

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: contrabaixo, teclado/piano, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, teclado/piano, viola, violino, violoncelo

Telefone: (12) 3108-2106

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Itabaiana, 100, Itaguaçu – CEP: 12570-000

 

Polo Areias

Vagas: 22

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (12) 3107-1441

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Pref. Benedito de Oliveira Ramos, 246, Centro – CEP:12820-000

 

Polo Caçapava

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, violão

Telefone: (12) 3652-9222

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Dr. José de Moura Resende, 475, Vera Cruz – CEP: 12287-460

 

Polo Cachoeira Paulista

Vagas: 15

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, violão, violoncelo

Telefone: (12) 3101-4319

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Benedito Oliveira, s/nº, Vila Cacarro – CEP: 12630-000

 

Polo Campos do Jordão

Vagas: 16

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: eufônio, percussão, saxofone, trombone, viola, violino

Telefone: (12) 3664-5441

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 9h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: José Benedito Bicudo, 75, Vila Paulista – CEP: 12460-000

 

Polo Distrito de Moreira César

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, percussão, saxofone, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, percussão, saxofone, viola, violino, violoncelo

Telefone: (12) 3637-4476

Funcionamento do polo: segunda e quartas-feiras, das 14h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Doutor Gonzaga, s/nº, Moreira César – CEP: 12445-120

 

Polo FUNDACC – Caraguatatuba

Vagas: 34

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (12) 3887-2712

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Av. José da Costa Pinheiro Jr., 2161, Perequê Mirim – CEP: 11661-400

 

Polo Guaratinguetá

Vagas: 67

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, tecnologia musical, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, tecnologia musical, viola, violino, violoncelo

Telefone: (12) 3132-7828

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Neir Ortiz Pereira, 1021, São Benedito – CEP:12502-070

 

Polo Ilha Bela

Vagas: 46

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (12) 3895-8215

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 14h00 às 18h00

Endereço do polo: Rua Ernesto de Oliveira, 996, Barra Velha – CEP:11630-000

 

Polo Paraibuna

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão

Telefone: (12) 3974-0139

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Monsenhor Ernesto Almírio Arantes, 64, Centro – CEP: 12260-000

 

Polo Regional São José dos Campos

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: clarinete, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, flauta transversal, saxofone, teclado/piano, trompete, violão

Telefone: (12) 3941-6129

Funcionamento do polo: terças as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Olivo Gomes, 100, Santana – CEP: 12211-115

 

Polo Roseira

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão

Telefone: (12) 3646-2351

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00

Endereço do polo: R. Dom Epaminondas, 95, Centro – CEP: 12580-000

 

Polo São José dos Campos

Vagas: 20

O polo oferece os cursos: cavaco, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral juvenil, violão

Telefone: (12) 3966-3882

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 9h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Av. Adilson José da Cruz, 7581, Dom Pedro I – CEP: 12232-750

 

Polo São Luiz do Paraitinga

Vagas: 16

O polo oferece os cursos: clarinete, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, eufônio, percussão, tuba, violão

Telefone: (12) 99197-4404

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Coronel Domingues de Castro, 33, Centro – CEP:12140-000

 

Polo Ubatuba-Prefeitura

Vagas: 31

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

Telefone: (12) 3833-7237

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Anchieta, 38, Centro – CEP: 11680-000

Inscrições prorrogadas! mais de 400 vagas em Marília e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 479 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Marília. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Assis

Vagas: 40

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3321-6030

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Ivoneu Funari, 151, CDHU – CEP: 19813-371

 

Polo Cândido Mota

Vagas: 11

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, viola caipira, violão

Telefone: (18) 3341-6575

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Carmo Chadd, 982, Centro – CEP: 19880-000

 

Polo Echaporã

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (18) 3356-1608

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Maranhão, 570, Centro, CEP:19830-000

 

Polo Herculândia

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: coral juvenil, iniciação musical, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: iniciação musical, viola caipira, violão

Telefone: (14) 3486-1206

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Quinze de Novembro, 331, Centro – CEP: 17650-000

 

Polo Ibirarema

Vagas: 17

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: iniciação musical, viola caipira, violão

Telefone: (14) 3307-1516

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Prefeito Osório Costa Aranha, 21, Parque Henrique Generick – CEP: 19940-000

 

Polo Maracaí

Vagas: 22

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (18) 3371-9200

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua General Ataliba Leonel, 860, Centro – CEP:19840-000

 

Polo Ocauçu

Vagas: 26

O polo oferece os cursos: percussão, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, viola caipira, violão

Telefone: (14) 3475-1645

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua André Menegucci, 150, Centro – CEP: 17540-000

 

Polo Oriente

Vagas: 26

O polo oferece os cursos: cavaco, percussão e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, percussão e violão

Telefone: (14) 3456-1311

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Washington Luiz, 80, Centro – CEP: 17570-000

 

Polo Ourinhos

Vagas: 44

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

Telefone: (14) 3302-1813

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h30

Endereço do polo: Rua Treze de Maio, 300, Vila Perino – CEP: 19911-726

 

Polo Palmital

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: acordeon, clarinete, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: acordeon, coral juvenil, eufônio, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola caipira

Telefone: (18) 3351-3473

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Luis Piva, 83, Paraná – CEP: 19970-000

 

Polo Parapuã

Vagas: 21

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (18) 3582-3647

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Pernambuco, 722, Centro – CEP: 17730-000

 

Polo Promissão

Vagas: 20

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil e violão

Telefone: (14) 3541-1556

Funcionamento do polo: terças as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Francisco Gimenis, 1.044, Centro – CEP: 16370-000

 

Polo Quatá

Vagas: 15

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (18) 3366-1298

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua General Marcondes Salgado, 331, Centro – CEP: 19780-000

 

Polo Ribeirão do Sul

Vagas: 16

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, iniciação musical

Telefone: (14) 3379-1255

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Olívio Pasqualine, 135, Jardim Dona Carlota – CEP: 19930-000

 

Polo Sabino

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (14) 99791-7622

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Avenida Sete de Setembro, 966, Centro – CEP: 16440-000

 

Polo Salto Grande

Vagas: 32

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

Telefone: (14) 3378-1164

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Barão do Rio Branco, 436, Centro – CEP: 19920-000

 

Polo Santa Cruz do Rio Pardo

Vagas: 11

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, viola caipira, violão

Telefone: (14) 3372-6070

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Conselheiro Antônio Prado, 497, Centro – CEP: 18900-000

 

Polo Tupã

Vagas: 34

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, cavaco, clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, guitarra elétrica, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: baixo elétrico, cavaco, clarinete, contrabaixo, coral juvenil, flauta transversal, percussão, saxofone, trompete, viola caipira, viola, violino, violoncelo

Telefone: (14) 3404-3554

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida do Universitário, 145, Parque Ipiranga – CEP: 17607-220

 

Polo Vera Cruz

Vagas: 39

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (14) 3492-1897

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Paulista, 1509, Centro – CEP: 17560-000

Inscrições prorrogadas! mais de 600 vagas em Ribeirão Preto e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 643 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Ribeirão Preto. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo ACIF – Franca

Vagas: 13                     

O polo oferece os cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, oficina musicalização, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, tuba, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: oficina musicalização, percussão, tuba, viola caipira, violão, violoncelo

Telefone: (16) 3720-2633                               

Funcionamento do polo: de segunda as sextas-feiras, das 8h00 às 11h30 e das 13h30 às 18h30

Endereço do polo: Rua Adolfo de Assis, 1243, Centro – CEP: 14400-300

 

Polo Batatais

Vagas: 12                    

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, trombone, trompete, viola, violoncelo

Telefone: (16) 3761-3220                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Barão do Rio Branco, s/nº, Centro – CEP: 14300-000

 

Polo Bebedouro

Vagas: 37                     

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, viola, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3343-9402                             

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Júlio Briscese, 964, Residencial Pedro Maia – CEP:14711-584

 

Polo Cajuru

Vagas: 45                    

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, viola caipira, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, viola caipira, violão      

Telefone: (16) 3667-9960                              

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Sampaio Moreira, 420, Centro – CEP: 14240-000

 

Polo Cravinhos

Vagas: 17                     

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão

Telefone: (16) 3951-7533                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Cesário Motta, 907, Jardim Paulista – CEP: 14140-000

 

Polo Guará

Vagas: 88                                                                                                                                             

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (16) 3831-9879                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Deputado João de Faria, 150, Centro – CEP: 14580-000

 

Polo IORM – Ipuã

Vagas: 15                     

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

Telefone: (16) 3832-0137

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Castro Alves, 120, Centro – CEP: 14610-000

 

Polo IORM – Orlândia

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (16) 3726-5236                              

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 14h00 às 18h00

Endereço do polo: Rua 4, 605, Centro – CEP: 14620-000

 

Polo Jaborandi

Vagas: 19

O polo oferece os cursos: percussão e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão e violão

Telefone: (17) 3347-1574                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Inácio Máximo Diniz Junqueira, 527, Centro – CEP: 14775-000

 

Polo Jaboticabal

Vagas: 68

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, flauta transversal, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (16) 3202-9161                              

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Mizael de Campos, 202, Centro – CEP: 14870-110

 

Polo Miguelópolis

Vagas: 25

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão

Telefone: (16) 3835-1058                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua João Felisberto de Freitas, 322, Dom José de Matos – CEP: 14530-000

 

Polo Monte Alto

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão

Telefone: (16) 3244-4069                              

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Quinze de Maio, s/nº, Centro – CEP: 15910-000

 

Polo Monte Azul Paulista

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: contrabaixo, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3361-9500                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Newton Prado, 90, Centro – CEP: 14730-000

 

Polo Regional Ribeirão Preto

Vagas: 34

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, bateria, clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: baixo elétrico, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, guitarra elétrica, percussão, saxofone, trombone, tuba, violino

Telefone: (16) 3625-4361                               

Funcionamento do polo: terças as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Inácio Salomão, 424, Parque Industrial Tanquinho – CEP: 14075-730

 

Polo São Joaquim da Barra

Vagas: 52                     

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral infantil, percussão, violão

Telefone: (16) 3818-2067                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Rio de Janeiro, 930, Alto da Bela Vista – CEP: 14600-000

 

Polo São Simão

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: percussão, teclado/piano, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, teclado/piano, violão

Telefone: (16) 3984-9063                               

Funcionamento do polo: terças e quintas, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Mário Meirelles dos Santos, 220, Jardim Brasil – CEP: 14200-000

 

Polo Sertãozinho

Vagas: 34                     

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino

Telefone: (16) 3942-1598                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Voluntário Oto Gomes Martins, 1013, Soljumar – CEP: 14170-610

 

Polo Taquaritinga

Vagas: 46                     

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão e violão Telefone: (16) 3253-4595                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Domingos Morano, 261, Vila São Sebastião – CEP: 15900-000

 

Polo Viradouro

Vagas: 19                     

O polo oferece os cursos: percussão e violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão e violão

Telefone: (17) 3392-2626                              

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 14h00 às 17h00

Endereço do polo: Praça Francisco Braga, 74, Centro – CEP: 14740-000

Inscrições prorrogadas! mais de 600 vagas em São José do Rio Preto e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 618 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de São José do Rio Preto. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Altair

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (17) 3353-3876

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30            

Endereço do polo: Rua Antônio Pompeu, s/nº, Rural – CEP:15430-000

 

Polo Barretos

Vagas: 66                                  

O polo oferece os cursos: acordeon, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: acordeon, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola caipira, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3325-4641

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua 06, 963, Antigo Centro – CEP:14780-736

 

Polo Cosmorama                             

Vagas: 21                                  

O polo oferece os cursos: percussão, violão                                                                                         

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão                       

Telefone: (17) 99644-0301                                

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30    

Endereço do polo: Avenida Fernando Felício, s/nº, Centro – CEP: 15530-000

 

Polo Ibirá

Vagas: 19

O polo oferece os cursos: coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, iniciação musical, violão

Telefone: (17) 3551-1757                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Dr. Hugo Beolchi Júnior, 635, Termas de Ibirá – CEP: 15860-000

 

Polo Ipiguá

Vagas: 46

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (17) 3269-9000

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua João Antônio, s/nº, Centro – CEP: 15108-000

 

Polo José Bonifácio

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: clarinete, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, coral juvenil, flauta transversal

Telefone: (17) 3265-1355

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 16h30

Endereço do polo: Avenida Rui Barbosa, 951, Santa Terezinha – CEP: 15200-000

 

Polo Mirassol

Vagas: 27                                  

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo                       

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3253-2274                                

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30                        

Endereço do polo: Rua Frei Justino Giorgi, 2351, São Francisco – CEP: 15140-000

 

Polo Nova Granada                           

Vagas: 70

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3262-1504                                

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30             

Endereço do polo: Rua Martim Afonso, 954, Santa Regina – CEP: 15440-000

 

Polo Novo Horizonte                            

Vagas: 22                                   

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3353-3876                                

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30            

Endereço do polo: Rua Carvalho Leme, 534, Centro – CEP: 14960-000

 

Polo Onda Verde                          

Vagas: 11                                  

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, coral infantil, coral juvenil, guitarra elétrica, percussão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: baixo elétrico, coral infantil, guitarra elétrica

Telefone: (17) 3353-3876                                

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30            

Endereço do polo: Rua Augusto Borin, 2130, Jardim Alvorada – CEP: 15450-000

 

Polo Ouroeste

Vagas: 13

O polo oferece os cursos: percussão, violão                                

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão               

Telefone: (17) 99726-7928                                

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras,  das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30               

Endereço do polo: Rua Borba Gato, 1181, Centro – CEP:15685-000

 

Polo Palestina

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: percussão, violão                                

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão               

Telefone: (17) 3293-3191                                

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30               

Endereço do polo: Rua Antônio Prado, 1195, Centro – CEP: 15470-000

 

Polo Palmares Paulista                        

Vagas: 14

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão          

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (17) 3587-1213                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua XV de Novembro, s/nº, Centro – CEP: 15828-000

 

Polo Paulo de Faria

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (17) 3292-1706                               

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Zenha Ribeiro, 1190, Centro – CEP: 15490-000

 

Polo Regional São José do Rio Preto

Vagas: 51

O polo oferece os cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, clarinete, coral juvenil, eufônio, trombone, viola

Telefone: (17) 3203-2500                               

Funcionamento do polo: segundas as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00            

Endereço do polo: Escola Municipal de Ensino Supletivo “Prof. Ademir Dib” – Rua São Sebastião, s/nº – CEP: 15025-025

 

Polo Riolândia

Vagas: 19                                  

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, violão           

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, violão                     

Telefone: (17) 3353-3876                               

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30                        

Endereço do polo: Avenida Onze, 1300, Centro – CEP: 15495-000

 

Polo Severínia

Vagas: 30

O polo oferece os cursos: acordeon, cavaco, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: acordeon, cavaco, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (17) 3353-3876                                 

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30                       

Endereço do polo: Rua José Chiapezan, 168, Centro – CEP: 14735-000

 

Polo Tanabi

Vagas: 14                                   

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (17) 3272-4050

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30                       

Endereço do polo: Rua José Serafim, s/nº, Centro – CEP:15170-000

 

Polo Ubarana

Vagas: 40                                  

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, coral juvenil, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, teclado/piano

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: baixo elétrico, coral juvenil, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão

Telefone: (17) 3807-1155                                

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30                       

Endereço do polo: Avenida São Pedro, 766, Centro – CEP:15225-000

 

Polo Urupês

Vagas: 32

O polo oferece os cursos: baixo elétrico, coral juvenil, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, teclado/piano

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, teclado/piano

Telefone: (17)3552-1956                                

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30                       

Endereço do polo: Rua Francisco Moreira da Silva, 246, Jardim Itália – CEP: 15850-000

 

Polo Votuporanga

Vagas: 30

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, viola, violino, violoncelo

Telefone: (17) 3422-8895                                        

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Aparecido Felício de Castro, 227, Bairro Sonho Meu – CEP:15500-010

 

Inscrições prorrogadas! mais de 700 vagas em Jundiaí e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 719 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Jundiaí. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Aguaí

Vagas: 39

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, flauta transversal, saxofone, viola, violino

Telefone: (19) 3652-4093

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Avenida Olinda Silveira Cruz Braga, 200, Parque Interlagos –

CEP: 13860-000

 

Polo Águas de Lindoia – Prefeitura

Vagas: 65

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral infantil, iniciação musical, violão

Telefone: (19) 3824-3067

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Domingos Lazari, 255, Pimentéis – CEP:13940-000

 

Polo Bragança Paulista

Vagas: 69

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino

Telefone: (11) 4032-8697

Funcionamento do polo: segundas e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Alexandre Berbari, 101, Jardim São Lourenço – CEP: 12926-676

 

Polo Elias Fausto

Vagas: 33

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, viola, violão, violino

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, viola, violão, violino

Telefone: (19) 3821-7032

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua José Borges de Almeida, 90, Centro – CEP: 13350-000

 

Polo Espírito Santo do Pinhal

Vagas: 24

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, teclado/piano, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (19) 3651-2185

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Avenida Napoleão Colognesi, s/nº, Centro – CEP: 13990-000

 

Polo Estiva Gerbi

Vagas: 50

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, teclado/piano, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (19) 3868-9149

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Ângelo Zanco, 823, Centro – CEP: 13857-000

 

Polo Indaiatuba

Vagas: 61

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, percussão, saxofone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (19) 3825-2056

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Praça Dom Pedro II, s/nº, Centro – CEP: 13330-080

 

Polo Iracemápolis

Vagas: 67

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (19) 3456-1187

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Duque de Caxias, 145, Centro – CEP: 13495-000

 

Polo Monte Mor

Vagas: 57

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, saxofone, viola, violino

Telefone: (19) 3879-6041

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Doutor Carlos Campos, 141, Centro – CEP: 13190-000

 

Polo Pedreira

Vagas: 17

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, flauta transversal, iniciação musical, trombone, viola, violino, violoncelo

Telefone: (19) 3893-4159

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 9h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua XV de Novembro, 595, Centro – CEP: 13920-000

 

Polo Piracaia

Vagas: 13

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil

Telefone: (11) 4036-7405

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Júlio Mesquita, 138, Centro – CEP: 12970-000

 

Polo Regional Jundiaí

Vagas: 28

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, oboé, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, eufônio, iniciação musical, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola

Telefone: (11) 4521-4607

Funcionamento do polo: segundas as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Barão de Jundiaí, 148, Centro – CEP: 13201-010

 

Polo Santa Bárbara D’Oeste

Vagas: 14

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, teclado/piano, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil, violão

Telefone: (19) 3454-4644

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Padre Arthur Sampaio, 76, Conjunto Habitacional Roberto –

CEP: 13450-000

 

Polo Santo Antônio de Posse

Vagas: 60

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, viola, violino, violoncelo

Telefone: (19) 3896-3963

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Santo Antônio, 951, Centro – CEP: 13830-000

 

Polo Santo Antônio do Jardim

Vagas: 16

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (19) 3654-1371

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Presidente Álvares Florence, 373, Centro – CEP: 13995-000

 

Polo Sumaré

Vagas: 50

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, eufônio, percussão, trombone, viola, violino, violoncelo

Telefone: (11) 3964-7181

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Eugênia Biacalana Duarte, 501, Jardim Primavera – CEP: 13173-050

 

Polo Vinhedo

Vagas: 25

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, viola, violino, violoncelo

Telefone: (19) 3876-1333

Funcionamento do polo: segundas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Monteiro de Barros, 101, Centro – CEP: 13280-000

Inscrições prorrogadas! mais de 700 vagas em Sorocaba e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 732 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Sorocaba. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Araçoiaba da Serra

Vagas: 67

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, trompete, viola, violoncelo

Telefone: (15) 3281-2366                                      

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Pedro Nolasco Vieira, 120, Centro – CEP: 18190-000

 

Polo Avaré

Vagas: 52                                  

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (14) 3733-5420                                      

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Ceará, 1507, Centro – CEP: 18703-000

 

Polo Botucatu

Vagas: 22

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, iniciação musical, teclado/piano, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, iniciação musical, viola, violino, violoncelo

Telefone: (14) 3815-4887                                      

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Benjamin Constant, 161, Vila Jahu – CEP: 18611-030

 

Polo Capela do Alto

Vagas: 33                                  

O polo oferece os cursos: clarinete, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompete

Telefone: (15) 3358-1410                                      

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Antônio Guilherme, 441, Centro – CEP: 18195-000

 

Polo Guareí

Vagas: 42                                  

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (15) 3258-1762                                      

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Antônio de Oliveira e Silva, 150, Centro – CEP: 18250-000

 

Polo Ibiúna

Vagas: 16                                 

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, coral juvenil

Telefone: (15) 3248-1743                                     

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Wilson do Carmo Falci, s/nº, Vila Falchi – CEP: 09350-270

 

Polo Itatinga

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: percussão e violão                         

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão e violão

Telefone: (14) 3848-2022                                     

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h15 às 17h15

Endereço do polo: Rua Dr. José Tieghi, 92, Centro – CEP: 18690-000

 

Polo Itú

Vagas: 25

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, viola, violino, violoncelo

Telefone: (11) 4025-0019                                    

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Praça Padre Miguel, 56, Centro – CEP:13300-169

 

Polo Mairinque

Vagas: 55

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

Telefone: (11) 4718-4326                                     

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Av. José Maria Whitaker, 471, Jardim Cruzeiro – CEP: 18120-000

 

Polo Piedade

Vagas: 62

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino, violoncelo

Telefone: (15) 3244-4579                                    

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: R. Lupércio da Silveira Baldy, 187, Vila S. João – CEP: 18170-000

 

Polo Pilar do Sul

Vagas: 52

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão                   As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

Telefone: (15) 3278-3676                                    

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Major Euzébio de Moraes Cunha, 297, Centro – CEP: 18185-000

 

Polo Regional Sorocaba

Vagas: 71

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, trombone, trompa, trompete, tuba, violoncelo

Telefone: (15) 3202-5003                                    

Funcionamento do polo: terças as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua João Francisco das Neves, 11, Vila Assis – CEP: 18025-430

 

Polo Salto

Vagas: 61

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, coral juvenil, percussão, violão

Telefone: (11) 4021-5299                                                          

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Praça Antônio Vieira Tavares, 36, Centro – CEP: 13320-000

 

Polo São Manuel

Vagas: 38

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, iniciaçao musical, percussao, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violino, violoncelo

Telefone: (14) 3841-4800                                                  

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Epitácio Pessoa, 1100, Centro – CEP: 18650-000

 

Polo São Miguel Arcanjo

Vagas: 27

O polo oferece os cursos: cavaco, coral juvenil, iniciação musical, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral juvenil, iniciação musical, percussão

Telefone: (15) 3279-4436                                                 

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Marechal Castelo Branco, 650, Centro – CEP: 18230-000

 

Polo São Roque

Vagas: 20

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: eufônio, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violino, violoncelo

Telefone: (11) 4784-3076                                                 

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30                         

Endereço do polo: Rua Araçaí, 250, Centro – CEP:18130-000

 

Polo Tietê

Vagas: 53

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (15) 3285-2937                                                  

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Padre Francisco Costa Araújo Mello, s/nº, Centro – CEP: 18530-000

Inscrições prorrogadas! mais de 800 vagas em Presidente Prudente e região

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – prorrogou as inscrições e oferece 854 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical, na região de Presidente Prudente. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 23 de fevereiro.

Para realizar a matrícula é necessário ter entre 6 e 18 anos incompletos e comparecer diretamente ao polo em que deseja estudar, acompanhado pelo responsável, com os documentos: certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia), comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento ou realizar testes seletivos. O início das aulas ocorre de acordo com a data de matrícula de cada aluno.

Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br/matriculas.

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas na região:

 

Polo Álvares Machado

Vagas: 48

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo.

Telefone: (18) 3273-4284

Funcionamento do polo: segundas e quintas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Vicente Dias Garcia, 185, Centro – CEP: 19160-000

 

Polo Caiabu

Vagas: 12

O polo oferece os cursos: acordeon, viola caipira

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: acordeon, viola caipira

Telefone: (18) 3223-1733

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Moacir Maragoni, s/nº, Centro – CEP: 19530-000

 

Polo Emilianópolis

Vagas: 18

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: violão e percussão

Telefone: (18) 3994-1160

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 16h00

Endereço do polo: Rua Idalina Maria Fiorese, 899, Centro – CEP: 19350-000

 

Polo Irapuru

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão

Telefone: (18) 3861-0302

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Adelino Parro Júnior, 281, Centro – CEP: 17880-000

 

Polo Junqueirópolis

Vagas: 37

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola caipira, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3842-2221

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h30 às 10h30 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Quinzinho da Cunha, s/nº, Centro – CEP: 17890-000

 

Polo Lar Francisco Franco – Rancharia

Vagas: 53

O polo oferece os cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, percussão, saxofone, trombone, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3265-1200

Funcionamento do polo: segundas e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Mário César de Camargo, 1345, Centro – CEP: 19600-000

 

Polo Martinópolis

Vagas: 69

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufonizo, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, coral infantil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola caipira, violão, violoncelo

Telefone: (18) 3275-2014

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua José Teodoro, 1, Centro – CEP: 19500-000

 

Polo Mirante do Paranapanema

Vagas: 41

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3991-2835

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Zil Brasil, 1112, Centro – CEP: 19260-000

 

Polo Nantes

Vagas: 36

O polo oferece os cursos: coral infantil, coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, violão

Telefone: (18) 3268-6211

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Silveira Martins, 253, Centro – CEP: 19645-000

 

Polo Osvaldo Cruz

Vagas: 40

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3528-0990

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 14h00 às 18h00

Endereço do polo: Rua Rodolfo Zaros, 122, Centro – CEP: 17700-000

 

Polo Ouro Verde

Vagas: 47

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, luthieria, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, flauta transversal, luthieria, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3872-1138

Funcionamento do polo: terças e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Rua Paraíba, 986, Centro – CEP: 17920-000

 

Polo Piquerobi

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: clarinete, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, eufônio, flauta transversal, trombone, trompete, tuba

Telefone: (18) 3276-1070

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 8h00 às 11h00

Endereço do polo: Rua Treze De Maio, 29 – CEP: 19410-000

 

Polo Pirapozinho

Vagas: 14

O polo oferece os cursos: cavaco, coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, iniciação musical

Telefone: (18) 3269-2287

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 9h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00

Endereço do polo: Rua Diogo Gimenez, 136, Jardim Morada do Sol – CEP: 19200-000

 

Polo Presidente Bernardes

Vagas: 17

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, flauta transversal, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3262-1512

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Pátio da Fepasa, s/nº, Centro – CEP: 19300-000

 

Polo Presidente Venceslau

Vagas: 35

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral juvenil, saxofone, trombone, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo(3)

Telefone: (18) 3271-8809

Funcionamento do polo: segundas e quartas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Carlos Platzeck, 597, Jardim Coroados – CEP: 19400-000

 

Polo Regente Feijó

Vagas: 19

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: coral infantil, percussão, trombone, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3279-4933

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras, das 13h30 às 18h

Endereço do polo: Avenida Clemente Pereira, 71, Centro – CEP: 19570-000

 

Polo Regional Presidente Prudente

Vagas: 46

O polo oferece os cursos: acordeon, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, oficina cajón, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, tuba, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: acordeon, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, oficina cajón, percussão, trombone, trompa, tuba, violoncelo

Telefone: (18) 3222-5558

Funcionamento do polo: segundas as sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Quintino Bocaiúva, 749, Vila Marcondes – CEP: 19030-000

 

Polo Rosana

Vagas: 89

O polo oferece os cursos: cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: cavaco, clarinete, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3284-4177

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 18h00

Endereço do polo: Rua Paraná, s/nº, Centro – CEP: 19274-000

 

Polo Sagres

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: coral juvenil, percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão

Telefone: (18) 3558-1260

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 14h00 às 18h00

Endereço do polo: Rua Armando Batista, 121, Centro – CEP: 17710-000

 

Polo Sandovalina

Vagas: 30

O polo oferece os cursos: clarinete, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, violão

Telefone: (18) 3277-1196

Funcionamento do polo: quartas e sextas-feiras, das 8h00 às 11h00 e das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Rua Rafael Flores Cruz, 637, Vila Nova – CEP: 19250-000

 

Polo Santo Expedito

Vagas: 10

O polo oferece os cursos: percussão, violão

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: percussão, violão

Telefone: (18) 3267-1224

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras, das 13h às 17h

Endereço do polo: Avenida Barão do Rio Branco, 321, Centro – CEP: 19190-000

 

Polo Tarabai

Vagas: 25

O polo oferece os cursos: contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, percussão, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: contrabaixo, coral infantil, viola, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3223-1733

Funcionamento do polo: terças e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Endereço do polo: Avenida Marechal Castelo Branco, 2811, Centro – CEP: 19210-000

 

Polo Teodoro Sampaio/Pontal do Paranapanema

Vagas: 40

O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3282-2000

Funcionamento do polo: quartas-feiras das 13h30 às 17h30 e sábados, das 8h00 às 12h00

Endereço do polo: Passeio Tulipa, 1, Vila Minas Gerais – CEP: 19280-000

 

Polo Tupi Paulista

Vagas: 4O polo oferece os cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violão, violino, violoncelo

As vagas disponíveis estão distribuídas nos cursos: clarinete, contrabaixo, coral infantil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, viola, violão, violino, violoncelo

Telefone: (18) 3851-1187

Funcionamento do polo: terças e quintas-feiras das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h30

Endereço do polo: Rua México, 63, Centro – CEP: 17930-000

 

Instituições da SEC têm programação especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, as instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo prepararam atividades especiais sobre o tema, com atividades gratuitas para todos os públicos, tais como rodas de conversa, oficinas, apresentações musicais, visitas temáticas em exposições e debates (mais…)

Itanhaém, Praia Grande e Bertioga recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música, dança e circo para a região da Baixada Santista.

Um solo de três palhaços (crédito: Divulgação)

No dia 13 de abril (sexta-feira), às 15h00, Itanhaém recebe o espetáculo “Apenas um Estímulo”, da Cia de Dança Alexandre Snoop, no Anfiteatro da Escola Municipal Noêmia Salles Padovan (Rua Dorival M. Silva, 124-216). Por meio da conexão entre a dança contemporânea e as danças urbanas, os artistas apresentam movimentos e situações que adentram o universo da dança e o âmbito social.

No dia 20 (sexta-feira), às 20h00, Praia Grande terá música com a banda de música nordestina “Xaxado Novo” no Teatro Municipal Serafim Gonzalez (Av. Costa e Silva, 1.600).

No dia 28 (sábado), às 15h00, Bertioga recebe o espetáculo circense “Um Solo de Três Palhaços”, com a Cia Tramp de Palhaços, na Rua Professor Geraldo Rodrigues Montemor, 295. Na história, três primos se reencontram após a morte do avô e, ao analisar objetos e histórias deixadas pelo velho palhaço, redescobrem suas raízes.

Limeira oferece 345 vagas em oficinas culturais gratuitas no segundo semestre

Entre 20 de junho e 31 de julho, a Secretaria de Cultura de Limeira está com inscrições abertas para oficinas e cursos voltados a crianças, jovens e adultos no segundo semestre. As atividades são realizadas pela prefeitura municipal  em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado, por meio de convênio. São 345 vagas em 19 atividades de diversas linguagens artísticas – veja abaixo quais são. As atividades estão abertas tanto a moradores de Limeira quanto de cidades vizinhas.

Essas oficinas levam em consideração a formação e a capacitação para o mercado de trabalho no setor cultural e estão de acordo com a demanda da população limeirense, com base na orientação passada pela Secretaria da Cultura do Estado quando foi feita a reestruturação administrativa do programa Oficinas Culturais, em 2017.  Os interessados devem se inscrever pessoalmente nos locais das atividades; menores de idade devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis.

OFICINAS CULTURAIS

LOCAL:  EMCEA –  Escola Municipal de Cultura e Artes “Maestro Mário Tintori”

Endereço: Rua da Boa Morte, 471 – Centro

Inscrições: Segunda a sexta – 10h00 às 19h00 / Sábados – 9h00 às 11h00

Informações: (19) 3441-5493

TEATRO: Vivência teatral para adolescentes (15 vagas)

Coordenação: Angélica Colombo

Período: 4/8 a 1/12 – sábados – 14h00 às 16h00

(exceto 18/8, 8 e 15/9 – 13/10 – 3 e 17/11 – não haverá aula)

Público-alvo: Interessados em artes cênicas, com idade entre 12 e 16 anos

Usando técnicas, jogos, dinâmicas e laboratórios de vivência, esta atividade possibilitará que participantes desenvolvam seu lado comunicativo/artístico, colaborando com a consciência corporal, vocal e cognitiva, com foco na voz individual para a criação de cenas em grupo.

BALÉ

Baby Class: O balé e seus encantos (20 vagas)

Coordenação: Fabiana Claudino

Período: 17/8 a 30/11 – sexta-feira – 15h00 às 17h00

(exceto 7/9, 12/10, 2 e 16/11 – não haverá aulas)

Público-alvo: Crianças de 4 a 6 anos

Com aulas lúdicas e de brincadeiras que valorizem os conceitos necessários do balé, as crianças entrarão em contato com alguns movimentos do balé clássico, onde serão abordados passos característicos com base na técnica.

Baby class lúdico (20 vagas):

Coordenação: Liége Vicente

Período: 27/8 a 12/11 – segunda-feira – 9h00 às 11h00

Público-alvo: Crianças de 4 a 6 anos

De forma lúdica e utilizando a psicomotricidade, a oficina introduzirá as crianças na arte da dança (balé), promovendo a exploração da criatividade e a expressão através do movimento. A metodologia enfatiza o desenvolvimento das habilidades motoras e da coordenação, atenção e musicalização.

CINEMA: Roteiro para cinema (20 vagas)

Coordenação: Nic Nilson

Período: 23/8 a 8/11 – quintas-feiras – 18h30 às 20h30

Público-alvo: Interessados na área, a partir de 14 anos

Introdução às diferentes ferramentas e elementos que constituem a dramaturgia e a narrativa, dando aos participantes a qualificação para desenvolverem seus próprios roteiros e estruturarem suas histórias.

MAQUIAGEM INFANTIL: Pintura facial artística infantil (20 vagas)

Coordenação: Elisabete Padovesi

Período: 26/9 a 24/10 – quartas-feiras – 14h00 às 16h00

Público-alvo: Interessados em aprender técnicas para maquiagem em crianças, para participações em eventos gerais, a partir dos 13 anos

Unindo a criatividade para o lazer e para a economia criativa, o aprendizado desta atividade poderá se tornar fonte de renda para pessoas interessadas em trabalhar em eventos infantis ou adultos, por meio da produção de máscaras pintadas no rosto ou desenhos pintados no corpo.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

FOTOGRAFIA: Iniciação à fotografia (20 vagas)

Coordenação: Kauê Braga

Período: 16 a 27/10 – terça a sexta – 18h30 às 20h30 e sábados – 14h00 às 16h00

Público-alvo: Iniciante na área, a partir de 16 anos

A atividade pretende incentivar os participantes a desenvolverem o olhar fotográfico, além de sensibilidade para espaços cotidianos da cidade de Limeira. Serão introduzidos conhecimentos e técnicas relacionadas à arte da fotografia, como conceitos de iluminação, composição, edição, entre outros.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

LOCAL: Teatro Vitória

Endereço: Praça Toledo Barros s/n – Centro

Obs: As inscrições para essa atividade serão feitas na EMCEA – Escola Municipal de Cultura e Artes “Maestro Mário Tintori”

Inscrições: Segunda a sexta – 10h00 às 19h00 / Sábados – 9h00 às 11h00

Informações: (19) 3441-5493

ILUMINAÇÃO CÊNICA: Luz, cena e ação (15 vagas)

Coordenação: Ricardo Turco Cenzi

Período: 25/9 a 30/10 – terças-feiras – 14h00 às 16h30

Público-alvo: Interessados em atuar em operações de iluminação em atividades de espaços fechados, bem como em eventos externos, a partir de 16 anos

O participante aprenderá noções básicas de iluminação cênica para palcos e terá contato com uma breve história da iluminação e com os equipamentos de luz presentes no teatro, além do palco e os diferentes tipos de refletores de iluminação.

Teatro Vitória, Limeira (Foto: Secretaria de Cultura de Limeira)

LOCAL: Casa da Cultura 1 – Parque Nossa Senhora das Dores

Endereço: Rua Renato Moretti, 222 – Parque Nossa Senhora das Dores

Inscrições: Segunda e Quarta –  10h00 às 12h00 e das 13h00 às 19h00 / Terça, Quinta e Sexta – 8h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00

Informações: (19) 3453-9009

ARTESANATO: Flautas, apitos e outros sons (15 vagas)

Coordenação: Marcos Lima

Período: 17/8 a 30/11 – sexta-feira – 17h00 às 19h00

(exceto 7/9, 12/10, 2 e 16/11 – não haverá aulas)

Público-alvo: Interessados, com 35 anos ou mais

Esta oficina busca reavivar a prática artesanal na confecção de flautas, apitos e outros instrumentos que emitam sons através do sopro, utilizando-se de materiais reaproveitados, baixo custo e de fácil manuseio.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

BALÉ: O despertar – baby class lúdico (20 vagas)

Coordenação: Liége Vicente

Período: 27/8 a 12/11 – segunda-feira – 15h00 às 17h00

Público-alvo: Crianças de 4 a 6 anos

De forma lúdica e utilizando a psicomotricidade, o curso pretende introduzir as crianças na arte da dança (balé), promovendo a exploração da criatividade e a expressão pelo movimento. A metodologia enfatiza o desenvolvimento das habilidades motoras e da coordenação, atenção e musicalização.

CANTO CORAL: Todos podem cantar (20 vagas)

Coordenação: Kauê Braga

Período: 22/10 a 3/12 – segundas-feiras – 18h30 às 20h30 (exceto 19/11 – não haverá aula)

Público-alvo: Interessados, a partir de 15 anos

Com aquecimentos, vocalizes, testes de percepção, técnicas vocais, o objetivo é contribuir para que os participantes descubram em si sua sensibilidade para o canto e trabalhem, de maneira didática, sua afinação, ficando, assim, mais seguros para soltar a voz.

LOCAL: Casa da Cultura 2  – Vista Alegre

Endereço: Rua Alberto Pelegrino, 37 – Vista Alegre

Inscrições: Segunda a Sexta-feira – 9h00 às 12h00 e 13h00 às 16h00

Informações: (19) 3442-8470

TEATRO: Teatralização a partir das crônicas de Luis Fernando Veríssimo (15 vagas)

Coordenação: Rodrigo Pelizari

Período: 4/8 a 24/11 – sábados – 9h00 às 11h00

(exceto 8, 15/9 – 13/10 – 3, 17/11 – não haverá aula)

Público-alvo: Interessados em artes cênicas, com idade entre 12 e 16 anos

O objetivo da oficina é desenvolver estudos e técnicas teatrais, através de jogos cênicos e de improvisação aplicados em textos de Luis Fernando Veríssimo, além de análise de texto, jogos dramáticos e prática teatral.

ARTESANATO: Customização em madeiras (15 vagas)

Coordenação: Helen Féola

Período: 23/8 a 8/11 – quintas-feiras – 16h30 às 18h30

Público-alvo: Interessados, com 35 anos ou mais

A atividade trabalhará a cultura e a tradição do artesanato, desenvolvendo com os participantes sua criatividade. Por meio de diferentes técnicas de pintura e customização em madeira, os participantes obterão um produto personalizado de possível comercialização, gerando uma nova alternativa de trabalho e fonte de renda.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

MAQUIAGEM INFANTIL: Pintura Facial Artística Infantil (20 vagas)

Coordenação: Elisabete Padovesi

Período: 25/09 a 23/10 – terças-feiras – 16h30 às 18h30

Público-alvo: Interessados em aprender técnicas para maquiagem em crianças, para participações em eventos gerais, a partir dos 13 anos

Unindo a criatividade para o lazer e a economia criativa, o aprendizado desta atividade poderá se tornar fonte de renda para pessoas interessadas em trabalhar em eventos infantis ou adultos, por meio da produção de máscaras pintadas no rosto ou desenhos pintados no corpo.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

LOCAL: Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) – Parque Residencial Abílio Pedro-Geada

Endereço: Avenida Prefeito Ari Levi Pereira, S/N

Parque Residencial Abílio Pedro / Geada
Inscrições: Segunda a sexta – 8h00 às 17h00

Informações: (19) 3441-5493

ARTESANATO: Patchapliquê com Pintura (15 vagas)

Coordenação: Elisabete Padovesi

Período: 28/8 a 13/11 – terças-feiras – 19h30 às 21h30

Público-alvo: Interessados, com 35 anos ou mais

Atividade destinada a pessoas interessadas em artesanato e customização de peças. Durante as aulas, os participantes aprenderão a interligar bordados com pintura e aplicar seu trabalho em diversos materiais, como guardanapos, bolsas, camisetas e outros.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

DANÇA: Samba Rock – Primeiros passos (20 vagas)

Coordenação: Zeca Johnes

Período: 25/9 a 13/11 – terças-feiras – 19h30 às 21h30

Público-alvo: Interessados, a partir de 15 anos

Oficina de Iniciação em samba rock voltada às bases essenciais da dança, como giros, condução, posicionamento e musicalidade, bem como a prática em duplas das técnicas estudadas.

LOCAL: Centro Infantil “Professora Aldelena Baraldi Fonseca Santos” – Jardim Lagoa Nova

Endereço: Avenida Doutor Antônio de Luna, 1451, Jardim Lagoa Nova

Inscrições: Atividade destinada para crianças dessa instituição

Informações: Tel.: (19) 3441-6057

BALÉ: Baby Class – Crescendo com o balé (20 vagas)

Coordenação: Aline Savazzi

Período: 20/8 a 12/11 – segundas-feiras – 14h00 às 16h00

Público-alvo: Atividade destinada a crianças dessa instituição, com idade entre 4 e 6 anos

Por meio do ensino do balé clássico, a atividade propõe, por intermédio de jogos, brincadeiras e atividades técnicas, novas descobertas e vivências que possam contribuir para o pleno desenvolvimento da criança.

LOCAL: EMEIEF “Professora Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi” –  Bairro Residencial Rubi

Endereço: Rua Sebastião Teixeira, 200, Bairro Residencial Rubi

Inscrições: 18/6 a 31/7 – segunda a sexta-feira – 10h00 às 17h00

(Exceto 19, 20, 23 e 24/7)

Informações: (19) 99793-4944

ARTESANATO: Arte na lata – Jóias Ecológicas (15 vagas)

Coordenação: Elisabete Padovezi

Período: 29/8 a 14/11 – quartas-feiras – 18h00 às 20h00

Público-alvo: Interessados na área de arte e customização de peças, com 35 anos ou mais

O curso ensinará a utilizar latas de alumínio na produção de peças de bijuteria, decoração de ambientes e de festas comemorativas. Os participantes poderão aplicar o aprendizado em colares, guirlandas, caixas de MDF, telas entre outros.

Esta atividade necessita de materiais de uso individual que serão solicitados no ato da inscrição.

BALÉ: Baby Class (20 vagas)

Coordenação: Matheus Lourenço

Período: 29/8 a 14/11 – quartas-feiras – 14h00 às 16h00

Público-Alvo: Atividade destinada a crianças dessa instituição com idade entre 4 e 6 anos

O objetivo é proporcionar uma iniciação ao balé clássico por meio de atividades lúdicas, sempre trazendo exercícios que beneficiem a autoestima, a elasticidade, a postura, o equilíbrio, a respiração e a disciplina, além de melhorar a coordenação motora.

LOCAL: Comunidade São Francisco de Assis – Bairro Rural dos Frades

Endereço: Rodovia Limeira / Arthur Nogueira, km 11, Bairro Rural dos Frades

Inscrições: Dias: 23/6 a 14/7 – sábados – 15h00 às 17h00

Local: Salão da Comunidade

Informações: (19) 3441-5493

CANTO CORAL: Todos Podem Cantar (20 vagas)

Coordenação: Kauê  Braga

Período: 30/10 a 11/12 – terças-feiras – 19h00 às 21h00

(exceto 20/11 – não haverá aula)

Público-alvo: Interessados, a partir de 15 anos

Por meio de aquecimentos, vocalizes, testes de percepção e técnicas vocais, a oficina irá contribuir para que os participantes descubram a sua sensibilidade para o canto e trabalhem, de maneira didática, a afinação.

Para mais detalhes sobre essas oficinas, acesse o site da prefeitura de Limeira: www.limeira.sp.gov.br.

Oficinas Culturais de Limeira – primeiro semestre (foto: Tatiana Alves)

Marília recebe apresentações do Projeto Guri em abril

No dia 21 de abril, os alunos do Projeto Guri participam da festa regional de cultura japonesa Japan Fest, no bairro Distrito Industrial (Rua Benedito Alves Delfino), em Marília.

As apresentações do Grupo de Percussão e do Coro de Ourinhos serão às 08h30 e às 15h00.

Projeto Guri (crédito: JC Curtis Fundacc)

Martinópolis e Regente Feijó recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará espetáculos de circo e música para a região de Presidente Prudente.

Xaxado Novo (Crédito: Guilherme Castoldi)

No sábado, dia 21 de abril, às 20h30, Martinópolis recebe o espetáculo circense “O Circo de Lampezão e Maria Botina”, em que um casal de palhaços conta a história de um amor sertanejo no circo, no Teatro de Arena Sérgio Rodrigues (Av. Pe. Jorge Summer, s/n°).

Já na sexta-feira, 27 de abril, Regente Feijó recebe a banda de música nordestina ‘Xaxado Novo”, que se apresenta no Teatro Ophélia Sozzi de Godoy (Rua José Gomes, s/nº), às 20h00. 

Mercadão de Ribeirão Preto comemora 25 anos de tombamento

Referência para toda a cidade, o Mercado Central de Ribeirão Preto – ou simplesmente Mercadão – comemora em 2018 aniversário de 25 anos de tombamento pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) como Patrimônio Histórico e declarada ponto turístico do município.  O tombamento ocorreu em 1993.

Inaugurado em 1900, foi destruído em 1942 por um incêndio provocado por curto-circuito e apenas em 1956 surgiu a proposta da construção de um novo prédio. A reinauguração foi em 28 de setembro de 1958 e o novo prédio do Mercado Municipal retomou impulso econômico mantendo-se firme até hoje.

Localizado no quadrilátero formado pelas ruas São Sebastião, José Bonifácio, Américo Brasiliense e Avenida Jerônimo Gonçalves, ali sempre se encontrou quase tudo: alimentos, bebidas, roupas, calçados, utensílios domésticos, cestarias, pedras, especiarias, temperos, artigos religiosos e de decoração, tecidos e até ferramentas. São cerca de 4 mil pessoas que circulam diariamente pelo local, dobrando no final de semana.

Conforme a revista Revide (edição 211, de 20/04/2018), especializada em assuntos da região, “o importante marco comercial do município ainda abastece muitas famílias de todas as classes sociais da cidade e da região”.

Um dos principais motivos de visitas turísticas ao local é a painel de Bassano Vaccarini, que está lá desde a reinauguração, há 60 anos. É um mural multicores que faz parte do grupo de obras do autor e destaca a geometria e a assimetria. Este, por si só, já vale a visita.

Mercado Municipal de Ribeirão Preto – Foto: Facebook

Miracatu recebe apresentação do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará dança para a região de Registro.

Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro (Crédito: Divulgação)

Miracatu recebe, na sexta-feira, dia 20 de abril, às 20h00, o balé contemporâneo “Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro”, montagem que propõe uma releitura corporal do processo étnico, social e pessoal que leva as pessoas negras a se reconhecerem como tal, no Auditório da Diretoria de Ensino (Av. Dona Evarista de Castro Ferreira, s/nº).

Mostra “Visibilidade para o Futebol Feminino” chega a Limeira

Em junho, o Museu do Futebol, instituição da Secretaria da Cultura do Estado, leva para Limeira a exposição itinerante “Visibilidade para o Futebol Feminino”. A mostra faz parte do projeto de mesmo nome, criado pelo museu em 2015, que uniu pesquisa, programação cultural, ações educativas e uma exposição temporária com o objetivo de ampliar a visibilidade da trajetória feminina no esporte mais popular do Brasil. A mostra ficará em cartaz no Museu Histórico e Pedagógico Major José Levy Sobrinho, instituição vinculada à Secretaria de Cultura do Município de Limeira.

Dentre os conteúdos abordados, a mostra conta que o futebol feminino foi relegado ao esquecimento, a ponto de haver o silêncio na mídia e o desconhecimento de que a prática da modalidade feminina chegou a ser proibida às mulheres por 39 anos, de 1941 a 1979, durante o Estado Novo. Além disso, leva à reflexão de que a modalidade, sem investimento por parte de clubes e federações e sem a memória afetiva da população, ficou relegada a uma prática para homens.

Hoje, o Museu se orgulha de possuir um vasto acervo sobre a modalidade, disponível para consulta na biblioteca em sua sede, no banco de dados online (http://dados.museudofutebol.org.br) e na exposição virtual de mesmo nome do projeto, na plataforma Google Arts&Culture.

A itinerância resulta de ação com o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância ligada à Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, para a difusão de acervos e ampliação do acesso à cultura.

A exposição é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, do IDBrasil Cultura, Educação e Esporte, Organização Social de Cultura gestora das atividades do Museu do Futebol, e conta com o apoio do SISEM-SP, CEME, Guerreiras Project, e apoio local do Museu Histórico e Pedagógico Major José Levy Sobrinho.

Mostra “Visibilidade para o Futebol Feminino” – Crédito: Acervo Silvia Regina de Oliveira

Mostra “Visibilidade para o Futebol Feminino”

Data:  de 04 de junho a 31 de julho

Local: Museu Histórico e Pedagógico Major José Levy Sobrinho – Rua Boa Morte 471, Centro – Limeira/SP

Horários: de segunda a sexta, das 9h00 às 12h00 e das 13h00 às 16h00, fecha aos sábados, domingos e feriados. 

Entrada: gratuita

Informações: (19) 3441-4805

Mostra itinerante do Museu da Língua Portuguesa chega a Santos

A exposição itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), está em Santos, onde ficará em cartaz até 6 de maio, no Museu do Café (Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico).  

Museu do Café (crédito: André Monteiro)

A itinerância leva conteúdos inéditos, que conversam com a museologia contemporânea e apresentam a língua portuguesa como patrimônio imaterial, viva e dinâmica, além de conteúdos já conhecidos pelo público.

A exposição gratuita ficará em cartaz de terça a sábado, das 9h00 às 18h00, e aos domingos, das 10h00 às 18h00. Depois de passar por Tatuí e Santos, a Estação da Língua Portuguesa viaja para Rio Claro, Taubaté, São Carlos e Bauru, cidades do estado de São Paulo que também receberão a mostra até dezembro de 2018.   

Municípios da Grande São Paulo recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará espetáculos de circo, teatro e música para a região da Grande São Paulo.

Circo de Objetos (Crédito: Divulgação)

Na sexta-feira, 13 de abril, São Caetano do Sul recebe às 19h30 a peça infantil “SOS uma autopeça“ no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Al. Conde de Porto Alegre, 840), que conta a história dos palhaços Heitor e Conforto durante uma viagem em que sofrem contratempos com seu carro e ficam presos no meio do nada. 

No dia 19, quinta-feira, Ribeirão Pires recebe às 20h00 a ópera “La Traviata”, no Anfiteatro Arquimedes Ribeiro (Rua Diamantino de Oliveira, s/nº), com a história do amor impossível vivido em Paris pela jovem Dama das Camélias. 

Mogi das Cruzes recebe no sábado, 21, o “Circo de Objetos”, no Teatro do Ceu das Artes (Av. Hélio Borenstein, 1386 – Vila Natal), às 11h00. Como num passe de mágica, escovas, vassouras, espanadores e outros objetos se transformam em personagens circenses, ganham alma e encantam o público.  

Na sexta-feira, 27, Mauá recebe às 20h00, no Teatro Municipal Anselmo Haraldt Walendy (Rua Gabriel Marques, 353), o espetáculo “Rebobinando”, que relembra objetos que não existem mais, como os videocassete e os gravadores de fita, por meio da dança, música, circo, humor e improviso.

Em Guarulhos, será encenado às 20h00 da sexta-feira, 27, o espetáculo de suspense psicológico “O Inevitável Tempo das Coisas”, que retrata a forte atração de dois desconhecidos a partir de um Déjà Vu, em eventos que desafiam a ideia de um tempo fixo, estático e imutável, no Teatro Padre Bento (Rua Francisco Foot, 3 – Gopoúva). A mesma peça estará em Mogi das Cruzes no dia seguinte, 28, também às 20h00, no Centro Cultural (Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360). 

Municípios da região Central do Estado recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará espetáculos de circo e teatro para a região Central do Estado.

Alegria Articulada (Crédito: Divulgação)

No dia 14 de abril, Matão recebe, às 15h00, na Casa da Cultura Prefeito Armando Bambozzi (Av. Sete de Setembro, 1.051), o teatro de marionetes “Alegria Articulada”, que diverte as crianças com seus bonecos e animais. 

Em Porto Ferreira, no sábado, 21, às 20h00, será apresentado o espetáculo de suspense psicológico “O Inevitável Tempo das Coisas”, que retrata a forte atração de dois desconhecidos a partir de um Déjà Vu, em eventos que desafiam a ideia de um tempo fixo, estático e imutável, no Anfiteatro Isaltino Casemiro (Av. Nicolau de Vergueiro Forjaz, s/nº – Pátio da Fepasa).

E no dia 28, Santa Rita do Passa Quatro recebe, às 20h00, na Praça Poeta Mário Mattoso, s/n°, o musical infantil “Em busca do Snark invisível”, que, inspirado em poema de Lewis Carroll, retrata a saga de uma tripulação que deseja derrotar uma criatura desconhecida, discorrendo sobre como vencer os medos.

Municípios da região de Bauru recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música, circo e teatro infantil para a região de Bauru.

Carolina Soares (Crédito: Divulgação)

No dia 15, em Lençóis Paulista, será apresentada a peça “Libel e o Palhacinho”, às 16h00, no Teatro Municipal Adélia Lorenzetti (Rua Cel. Álvaro Martins, 790). Considerada um clássico do gênero pela crítica, a montagem conta a aventura lúdica e emocionante do menino Libel e seu amigo Palhacinho em busca de entender os mais sinceros sentimentos da vida.

Já em Bariri, na quinta-feira, 19, às 20h00, a paulistana Carolina Soares, acompanhada por quatro músicos experientes, interpreta música popular brasileira de forma singular, num espetáculo dinâmico e atrativo, com arranjos elegantes e muito bem elaborados, no Clube da Melhor Idade (Rua Tiradentes, 325).

E na sexta-feira, dia 27, Lins recebe dois espetáculos infantis: às 14h00, “O Circo de Lampezão e Maria Botina” em que um casal de palhaços conta a história de um amor sertanejo no circo, na Casa da Cultura (Av. José da Conceição, 111) e às 15h00 em Dois Córregos, o teatro de marionetes “Alegria Articulada”, que diverte as crianças com seus bonecos e animais, no Centro Cultural Nilson Prado Telles (Avenida D. Pedro I nº 320). 

Municípios da região de Sorocaba recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará circo e teatro infantil e adulto para a região de Sorocaba.

 

Ôtovinu (Crédito: Divulgação)

Em Itapetininga, no domingo, 14 de abril, o palhaço Fusquinha apresenta “Ôtovinu”, um espetáculo infantil de variedades de circo sem lona e na rua, na EMEF Prof. Nazira Iared  (Rua Cristóvão Colombo, 204), às 15h00.

No domingo, 22, às 15h00, Cerquilho recebe a peça “Colegas no Teatro” no Teatro Municipal de Cerquilho (Rua Angelo Luvizotto, s/nº). O espetáculo é uma adaptação do filme “Colegas”, de Marcelo Galvão, que aborda a vida de pessoas com Down e o tema inclusão por meio da história de três amigos cinéfilos que fogem para buscar seus sonhos.   

Rafael Cortez, com o show “O Problema não é Você, Sou Eu”, estará em Taquarituba na sexta-feira, 27, às 20h00, no Teatro Municipal Prof. Edison da Cruz Salaki (Av. Coronel João Quintino,  01) e no dia 28, às 20h30, em Botucatu, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci (Praça Coronel Raphael de Moura Campos, 27). Cortez falará com humor sobre namoros, casamento, traição, sexo e temas relacionados.

Também no domingo, 28, às 19h30, Itaí recebe o teatro de marionetes “Alegria Articulada”, que diverte as crianças com seus bonecos e animais, na Câmara Municipal de Itaí (Rua Tapy De Almeida , 625 Florentino Dognani). 

Municípios de Marília recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará espetáculos de teatro e música para a região de Marília.

Ayrton Montarroyos (Crédito: Divulgação)

Paraguaçu Paulista recebe no domingo, dia 15, às 19h00, a montagem  “#República: Muito Além Q’Entre 4 Paredes”, no Anfiteatro do Centro Cultural (Av. Oriente, s/nº).  A peça é encenada dentro de uma grande estrutura de tubos de alumínio, representando as paredes de um apartamento onde moram quatro amigos, como em uma república de estudantes. Cansados de trabalhar para sustentar as contas da república, rompem com a lógica comum se inscrevendo num concurso de bandas.

No sábado, 28, às 20h00, o cantor “Ayrton Montarroyos” se apresenta em Tupã, no Espaço Cultural José Anselmo Filho (Praça da Bandeira, s/nº). Indicado ao Grammy Latino por “100 Anos de Herivelto Martins”, o artista foi vice-campeão do reality The Voice Brasil em 2015.

Em Palmital, dia 29 (domingo), às 19h00, no Anfiteatro do Centro Cultural (Av. Oriente, s/nº), o Grupo 59 de Teatro se apresenta com a peça infantil “Histórias de Alexandre”, baseada no livro de contos de Graciliano Ramos sobre um contador de causos do sertão nordestino.

Municípios de São José do Rio Preto recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música e teatro para a região de São José do Rio Preto.

Na sexta-feira, dia 13, Palmares Paulista recebe a banda de música nordestina ‘Xaxado Novo”, com show às 21h00 na Praça da Matriz.

Xaxado Novo (Crédito: Guilherme Castoldi)

Votuporanga recebe, no domingo, 15, às 17h00, a peça infantil baseada na obra de Jorge Amado “Gato Malhado e Andorinha Sinhá”, sobre o amor impossível entre um gato e uma andorinha, no Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo (Av. dos Bancários, 3.299).

Na sexta-feira, dia 20, às 15h00, o Grupo 59 de Teatro se apresenta em Palmeira D’ Oeste com a peça infantil “Histórias de Alexandre”, baseada no livro de contos de Graciliano Ramos sobre um contador de causos do sertão nordestino, no Centro Cultural Antonio Carlos Candil (Av. Adélia Biancarde Scarpin, 5318).

E no sábado, 21, Santa Fé do Sul recebe dois eventos no Complexo Turístico (Av. Paulo Nunes da Silva, s/nº): às 19h30, a peça infantil “SOS uma auto-peça”, que conta a história dos palhaços Heitor e Conforto durante uma viagem em que sofrem contratempos com seu carro e ficam presos no meio do nada e, às 21h00, apresentação do Quarteto Sentinela, formado por músicos de Alfenas (MG) e Mococa (SP), com clássicos da MPB e músicas autorais.

Gato Malhado e Andorinha Sinhá (Crédito: Divulgação)

Municípios do Vale do Paraíba recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música, dança, circo e teatro infantil para a região do  Vale do Paraíba.

Xaxado Novo (crédito: Guilherme Castoldi)

Guaratinguetá recebe no dia 14 de abril, às 11h00, o espetáculo de dança “Breaking de Repente”, na Praça Conselheiro Rodrigues Alves, no Centro. A apresentação retrata os gestos e as familiaridades da rotina cotidiana social nos grandes centros urbanos pelas danças urbanas, popping e locking.

Na terça-feira, 17 de abril, Pindamonhangaba recebe “SOS uma autopeça” no Teatro Galpão (Av. Nossa Senhora do Bom Sucesso, 2750 – Alto do Cardoso), às 19h00, com a história dos palhaços Heitor e Conforto, que sofrem contratempos com seu carro durante uma viagem e ficam presos no meio do nada.

No dia 20, às 10h30, Lorena recebe o espetáculo circense “O Circo de Lampezão e Maria Botina”, no Teatro São Joaquim (Rua Dom Bosco, 284 – Centro). Um casal de palhaços contará a história de um amor sertanejo no circo.

No sábado, 21 de abril, às 21h00, a banda de música nordestina ‘Xaxado Novo” se apresenta em Paraibuna, na Praça Monsenhor Ernesto Almírio Arantes.

Taubaté recebe na quinta-feira, 26 de abril, às 19h00, no Palco de Eventos (Rua Coronel Marcondes de Matos, s/n°), a ópera “La Traviata”, que conta a história do amor impossível vivido em Paris pela jovem Dama das Camélias.

No sábado, 28, Campos do Jordão recebe, às 20h00, na Concha Acústica (Praça São Benedito – Vila Capivari) a música de “Claudio Zoli”, cantor e compositor brasileiro, ex-vocalista da banda Brylho. No mesmo dia, a cantora de música popular brasileira “Carolina Soares” se apresenta em Caraguatatuba, no Teatro Maristela de Oliveira (Rua Santa Cruz, 396), às 21h00. 

Museu Casa de Portinari tem programação especial de férias para as crianças

No Museu Casa de Portinari, em Brodowski, a diversão vai até o dia 31 de janeiro com o projeto “Férias no Museu”. De terça-feira a domingo, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00, os visitantes poderão participar de brincadeiras que fizeram parte da infância e das obras de Candido Portinari. Para quem deseja vivenciar a experiência de um ateliê a céu aberto, o artista visual Manoel Pombinho estimulará o talento do público em uma oficina de pintura com a técnica de carimbo a partir de uma engenhoca criada pelo oficineiro usando uma antiga vitrola. A oficina é realizada diariamente das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h00.

Museu Casa de Portinari (crédito: André Luís Rezende)

Museu Casa de Portinari, em Brodowski, celebra o Dia das Crianças com atividade para toda a família

No dia 14 de outubro, sábado, o Museu promove o “É gostoso ser criança”, com brinquedos e brincadeiras relacionadas à produção plástica e poética de Portinari, que tem a infância como tema recorrente. Será às 9h00 e às 14h00. No mesmo dia e horários, os visitantes poderão aproveitar o “Família Legal”, com jogos da memória, de perguntas e respostas, quebra-cabeças e outras atividades para toda a família.

Museu da Diversidade Sexual inaugura mostra em São Paulo com artistas do Grande ABC

No dia 10 de outubro, terça-feira, o Museu da Diversidade Sexual, localizado no Metrô República, na capital, inaugura sua nova mostra: “Solidão”. A exposição traz obras de 17 artistas a respeito do tema, abordando, por exemplo, a solidão na era digital, em relacionamentos por meio de aplicativos. Os artistas Daniel Melim, natural de São Bernardo do Campo e Guilherme Gafi, de Santo André, irão expor suas obras no Museu. “Solidão” fica em cartaz até 13 de janeiro de 2018 no Museu, que fica no Metrô República (Rua do Arouche, 24, República – São Paulo-SP). A entrada é gratuita.

Museu do Café celebra 20 anos com atividades e degustações

Para comemorar os 20 anos de trajetória do Museu do Café, serão promovidas ações gratuitas e interativas pela cidade 11 de março (domingo) e, na própria instituição, no dia 12 (segunda-feira). Confira!

(mais…)

Museu do Café comemora Semana Nacional de Museus com bate-papo e visitas mediadas

Desde 1977, o Dia Internacional de Museus é celebrado em 18 de maio e o  IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) promove a Semana Nacional de Museus, que, neste ano, acontece de 14 a 20 de maio com o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.  O Museu do Café, em Santos,  é uma das instituições que comemora a data, com eventos diários e gratuitos entre os dias 15 e 20.

Museu do Café – Crédito: André Monteiro

No dia 15, haverá o bate-papo “Comunicação em Organizações Culturais: campanha institucional Museu do Café”, quando a analista de comunicação institucional Karina Frey aborda as funções do setor de comunicação e exemplos de sucesso. A seguir, a partir do dia 16, realizam-se as visitas especiais “Novas Perspectivas”, que incentivarão os participantes a direcionarem o olhar para um contexto específico, nas seguintes abordagens interdisciplinares:

  • Dia 16 – Visita Mediada de Arquitetura – Apresentação a ser ministrada pela coordenadora técnica do Museu, Marcela Rezek, sobre a arquitetura do edifício da antiga Bolsa Oficial de Café e os elementos artísticos que a compõe, com a contextualização do período histórico e social de sua construção;
  • Dia 17 – Visita Mediada de Artes Plásticas – A Profª Drª Marcia Rizzo apresenta as representações e processo de restauro das telas pintadas por Benedicto Calixto. A professora foi a responsável pela restauração dessas obras;
  • Dia 18 – Visita Mediada de Gastronomia  – A coordenadora do curso de gastronomia da Unimonte, Maria de Fátima Duarte contemplará a relação do café com a cozinha contemporânea e ideias de receitas;
  • Dia 19 – Visita Mediada de História – Um passeio mediado por um educador no Salão do Pregão enfatizará o contexto histórico e será transmitido ao vivo na página do Museu no Facebook.
  • Dia 20 – Visita Mediada de Fotografia – O fotógrafo Gino Pasquato apresentará a instituição e o seu acervo pela perspectiva do olhar fotográfico, analítico, selecionador e estético.

Para participar de todas as ações, que são gratuitas, é necessário enviar um e-mail para inscricao@museudocafe.org.br com o nome completo e descrição da atividade escolhida.

Museu do Café estende horário de funcionamento e oferece gratuidade no Dia Internacional da Mulher

Foto: Exposição “Vai um café? Cafeteiras e Modos de Preparo” / crédito Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

 

Com o objetivo de receber os turistas das mais variadas regiões do Brasil e de outras nacionalidades que passeiam por Santos devido a temporada de cruzeiros, o Museu do Café ampliará o seu funcionamento, abrindo também às segundas-feiras entre os dias 5 de março e 2 de abril. Além disso, no dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a instituição terá entrada gratuita para as mulheres.

Na instituição, os visitantes poderão conhecer a exposição de longa duração “Café, patrimônio cultural do Brasil: ciência, história e arte”, que contextualiza as particularidades da produção e comércio do grão ao longo da história até os dias atuais, e também as mostras temporárias “Desconstruindo uma Epopeia” e “Vai um Café? Cafeteiras e Modos de Preparo”, nas quais o público compreenderá o processo de concepção por trás da obra “A epopeia dos Bandeirantes”, de Benedicto Calixto, e descobrirá diferentes métodos utilizados na extração da bebida.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Entre março e abril, o seu horário de funcionamento é de segunda a sábado das 9h00 às 17h00, e aos domingos entre 10h00 e 17h00. Os ingressos para visitação custam R$ 10, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h00 às 18h00, e aos domingos entre 10h00 e 18h00. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br

Museu do Café promove brincadeiras e atividades para as crianças nas férias

No Museu do Café, em Santos, de 3 a 28 de janeiro, as crianças poderão se divertir com a piscina de bolinhas, o pula-pula, as fantasias e os jogos educativos do “Espaço Café com Leite”, além de aprender sobre o dia a dia de uma fazenda de forma lúdica com o “Cafezalzinho”. Nos dias 6 e 13, às 15h00, crianças de cinco a dez anos poderão participar da oficina “Minibarista”. No dia 7, às 15h30, o público poderá assistir ao teatro de fantoches e participar do “Atelier Calixto”, às 10h30. Por fim, no dia 21, crianças a partir de cinco anos poderão participar do “Musicando com Café”.

Museu do Café tem programação especial de férias para as crianças

Até 28 de janeiro, as crianças que passarem pelo Museu do Café poderão se divertir no espaço “Café com Leite” que conta com piscina de bolinhas, pula-pula, fantasias e jogos educativos, além de atividades sobre o dia a dia de uma fazenda de café, no “Cafezalzinho”. No dia 13, às 15h00, crianças de cinco a dez anos poderão participar da oficina “Minibarista”, e no dia 21, os pequenos a partir de cinco anos poderão participar do “Musicando com Café”.

 

Museu Felícia Leirner oferece gratuidade para mulheres no Dia Internacional da Mulher

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o Museu Felícia Leirner (Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1880 – Campos do Jordão) terá entrada gratuita para as mulheres que visitarem a instituição. As visitantes poderão conhecer o conjunto de 85 obras de bronze, cimento branco e granito da artista polonesa Felícia Leirner que estão distribuídas sobre gramado ao ar livre, no jardim do espaço. O Museu está aberto de terça a domingo, das 9h00 às 18h00, com entrada a R$ 10,00 (meia entrada R$ 5,00).

 

Museu Felícia Leirner tem programação especial de férias para as crianças

Às quartas-feiras de janeiro, a “Oficina Ecológica – Bichos de Felícia” usará as obras da artista que dá nome ao Museu para inspirar o público na criação de desenhos. Quinta-feira é dia de “Jogos Cooperativos”, e os visitantes irão conhecer essa nova forma de brincar, substituindo “adversários” por “parceiros”. A ação “Sons do Corpo” é realizada às sextas-feiras e apresenta inusitadas possibilidades sonoras. Também às sextas, sempre às 16h30, o DJ Matt Sander apresenta um set especial, que mistura erudito e eletrônico.

 

No sábado, 13, serão oferecidas duas vivências: às 11h00, o músico instrumentista Daniel Moray irá fortalecer a qualidade de se relacionar com o outro, em “Diálogo e Presença”, por meio de jogos e dinâmicas inspirados no teatro clown. Às 14h00, a fotógrafa Juliana Scagliusi e a atriz e contadora de histórias Juliana Bazanelli, promoverão a “Vivência Sensorial Fotográfica”, em um ambiente onde os participantes poderão explorar e experimentar as sensações proporcionadas pela água e argila.

No domingo, 14, às 11h00, quatro histórias serão escolhidas pelo público e contadas em um espetáculo teatral. No sábado, 20, haverá oficina de Danças Circulares, às 11h00, e Oficina de Circo, às 14h00. No dia seguinte, 21, também às 11h00, o público confere a apresentação da Cia. Pachamama na peça “Como Pegar Uma Estrela?”.

Encerrando o mês, no sábado, 27, haverá aula de confecção de tintas naturais, às 11h00, e, às 14h00, uma oficina de biocosméticos. O primeiro Domingo Musical do ano será no dia 28, com apresentação do Trio Especiarias, que levará ao público versões de clássicos da música popular brasileira, às 11h00. A participação é gratuita.

Museu Felícia Leirner (crédito: Paulo Vilela)

Museu Felícia Leirner, de Campos do Jordão, tem atividades especiais para o Dia das Crianças

Em comemoração ao Dia das Crianças, o Museu Felícia Leirner promove, no dia 12 de outubro (quinta-feira), às 10h00, o “Família no Museu: Estação de Jogos Culturais”, uma série de jogos interativos com temas relacionados a cultura que possibilitam o aprendizado por meio da diversão. No mesmo dia, às 15h00, será apresentado o espetáculo infantil  “Cartomante de Papel”, peça infantil em que uma cartomante e um mago convidam as crianças para embarcar em uma aventura mágica, com contos, cantos e paisagens sonoras que compõem quatro diferentes histórias com mensagens dos elementos da natureza. (mais…)

Museu Índia Vanuíre tem programação especial de férias para as crianças

No dia 16 de janeiro, segunda-feira, os visitantes poderão produzir adornos indígenas e, no dia seguinte, 17, haverá aula de dança afro. Na quarta-feira, 18, serão ensinados penteados de cabelo, com dreads e tranças.

Para quem gosta de conhecer novos lugares, haverá passeio para a terra indígena Vanuíre na sexta-feira, 19. Encerrando a programação, na última semana serão realizadas duas oficinas, uma de grafite, na terça-feira, 23, e outra de adornos afro-brasileiros e amarração de turbantes, na quarta-feira, 24. No dia 25 haverá contação de história e confecção de fantoches. Na sexta-feira, 26, os visitantes conhecerão a fazenda Jacutinga, sede do Planeta Verde. Todas as oficinas são realizadas entre 9h00 e 11h00. A participação em todas as atividades é gratuita.

Museu Índia Vanuíre (crédito: Alisson de Oliveira Formenti)

Museu Índia Vanuíre terá programação especial em comemoração ao Dia das Crianças

Nos dias 14 e 15, sábado e domingo, das 9h00 às 16h00, o espaço terá oficinas culturais como forma de integrar as famílias e o Museu. (mais…)

Museu Índia Vanuíre: um evento diferente por dia na 16ª Semana de Museus

Com um evento diferente por dia, a 16ª. Semana de Museus do Museu Índia Vanuíre promete workshops, oficinas e palestras para todos os interesses. Todos os eventos ocorrem no próprio museu, em Tupã (Rua Coroados, nº 521, Centro).

Na terça-feira, dia 15, das 14h00 às 16h00, acontece um Workshop Sobre Mídias Sociais voltado ao idoso, visto que esse público tem cada vez mais acesso às redes sociais e ao celular. A ação será um momento para auxiliá-los em suas dúvidas e transmitir informações importantes para que consigam mais intimidade com seus celulares, tablets e computadores.

Na quarta-feira, dia 16, das 14h00 às 16h00, será a vez de uma Palestra Sobre Marketing Digital ministrada pelo empreendedor Lucas Hatano com foco no público indígena. O objetivo é mostrar como funciona o marketing digital nas multinacionais e como essas ações podem ser adaptadas e incorporadas nas comunidades indígenas.

Na quinta-feira, dia 17, das 19h00 às 20h00, haverá uma visita mediada ao museu para os feirantes e trabalhadores da região. A intenção é aproximar os participantes do museu, apresentando fatos, costumes e o modo de vida indígena e de colônias de imigrantes que ainda estão presentes nos dias de hoje, principalmente na alimentação.

No mesmo dia 17, das 20h00 às 21h00, haverá uma oficina de comida indígena, quando o mesmo grupo de feirantes e trabalhadores será convidado para participar de uma oficina de comida típica Kaingang. Na ação, conhecerão melhor os costumes dessa etnia e poderão compará-los com os seus próprios.

E, para encerrar a semana, das 14h00 às 16h00 do dia 18 (sexta-feira) ocorre uma palestra inclusiva com o palestrante Fábio Oliveira, que é cego e abordará a vida e a inclusão do público deficiente visual no mundo virtual a partir de sua própria experiência em rádio web.

Museu Índia Vanuíre 45º Semana do Índio – Crédito: Juliana Dias

Outros eventos do mês de maio

Oficinas para Famílias: das 9h00 às 16h00, aos sábados e domingos, com atividades lúdicas e reflexivas para a integração da família com o Museu. Neste mês, a atividade será a confecção de uma presilha de cabelo inspirada na colônia espanhola.

Aguçando as Memórias: das 14h00 às 15h30, nos dias 8 e 22. A programação é voltada à inclusão social e cultural de idoso e terá dois encontros: no dia 8 (terça-feira), uma roda de conversa e oficina sobre técnicas de bordados com a artesã e assistente social, Romilda Ferreira Dias Siqueira; no dia 22 (também terça-feira) os integrantes reproduzirão lembranças da infância em trabalho manual feito de retalhos, sobras de pano e linhas.

Museu e Cidadania:  evento de inclusão sociocultural, acontece no dia 16 (quarta-feira), das 15h00 às 16h30.  Com foco na comemoração do Dia das Mães para a comunidade das instituições sociais e terapêuticas da cidade, a atividade será a confecção de um artesanato em forma de flor a partir de materiais recicláveis.

O Olhar é o Sentir Pelas Mãos: ação conjunta com o Programa Vida Iluminada da Unimed, visa a inclusão de deficientes visuais. Em maio, será realizado um passeio para o Museu dos Tropeiros, com o objetivo de preservar a cultura das comitivas de tropeiros do município, além de retratar a história do grupo denominado “Chapéus Brancos” que, em 1964, organizou o primeiro rodeio na cidade de Tupã.

Cultura e Questões Indígenas em Foco: voltado para que as novas gerações reconheçam a contribuição dos diferentes grupos na formação do país, às 9h00 e às 14h00 do dia 25 (sexta-feira, será exibido o documentário “Primeiros Contatos”, da série “Índios no Brasil”.

Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang – de Geração em Geração: exposição bilíngue (kaingang e português) aberta ao público durante todo o mês, tem o intuito de promover a tradição, o processo e as técnicas de confecção da cerâmica Kaingang, valorizando o conhecimento e os fazeres dos indígenas mais velhos e sábios.

Museus de todo o estado podem realizar cadastro para receber auxílio técnico

Museus do estado de São Paulo que quiserem receber auxílio técnico podem se inscrever no Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP), ação que está sendo implantada pela Secretaria da Cultura do Estado em parceria com a organização social ACAM Portinari.

Instituições públicas e privadas que aderirem ao CEM-SP receberão visita técnica e, ao final do processo, será entregue um relatório técnico e um diagnóstico situacional com orientações para adequação às diretrizes museológicas previstas na legislação.

Podem se cadastrar os equipamentos culturais caracterizados como instituições permanentes, sem fins lucrativos, que preservem e divulguem acervos culturais materiais ou imateriais em espaços abertos ao público para finalidade de estudo, pesquisa, educação e fruição, contando com quadro de pessoal para seu funcionamento.

Para realizar o cadastro, as instituições devem preencher o formulário de inscrição disponível no site do SISEM-SP. Para mais informações, acesse: https://cem.sisemsp.org.br/.

Não perca o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão!

OSESP sob a regência de sua diretora musical e regente titular Marin Alsop (foto: Divulgação)

Tradição em julho, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 49ª edição em 2018 e é uma ótima opção cultural para as férias de inverno. Começou no dia 30 de junho e segue até o último domingo de julho, dia 29, oferecendo ao público uma intensa programação, com apresentações em palcos da cidade de Campos do Jordão (Auditório Claudio Santoro, Praça do Capivari, Capela do Palácio Boa Vista e Igreja de Santa Terezinha) e de São Paulo (Sala São Paulo).

Maior evento de música clássica da América Latina, o Festival oferece uma extensa programação de concertos para todos os gostos e plateias. Grandes obras do repertório sinfônico e camerístico, recitais solo e música coral estão entre as atrações imperdíveis do evento.

O 49º. Festival de Inverno de Campos traz ao público 90 concertos sinfônicos e de câmara, sendo 68 gratuitos, com a participação de prestigiados artistas nacionais e internacionais e, ainda, de grupos formados pelos bolsistas do festival que se apresentam com seus professores.  Ao todo, esta edição contará com 198 bolsistas originários de vários locais do Brasil e do mundo, selecionados dentre os inscritos.

Os ingressos gratuitos estarão disponíveis de acordo com o local do espetáculo e os pagos variam de R$ 10,00 a R$ 100,00.

Mais informações: http://www.festivalcamposdojordao.org.br/

Programação completa: http://www.festivalcamposdojordao.org.br/programacao/

Ingressos: http://www.festivalcamposdojordao.org.br/ingressos/

Artistas e professores da temporada: http://www.festivalcamposdojordao.org.br/artistas

 

 “Orquestra do Festival”, formada por bolsistas, com regente Sian Edwards em ensaio de 2015 (foto: Divulgação)

 

 

 

Não perca: ProAC tem 31 editais com inscrições abertas

O Programa de Ação Cultural – ProAC está com inscrições abertas para 31 editais nas áreas de Economia Criativa, Saraus Culturais, LGBT, Teatro, Dança, Música, Artes Cênicas, Festivais, Artes Visuais, Circo, Museus e Culturas Populares, Tradicionais, Indígenas e Negras. Os prêmios variam entre R$ 15 mil e R$ 180 mil. Além disso, no mínimo 50% dos selecionados serão de proponentes da Grande São Paulo, interior e litoral. Os editais com inscrições abertas estão disponíveis no site www.proac.sp.gov.br.

Sobre o ProAC Editais

Desde a sua criação, em 2006, o Programa de Ação Cultural (ProAC) já contemplou mais de 5.400 projetos, em 394 editais, nos mais diversos segmentos, como teatro, dança, artes cênicas, música, circo, festivais, artes visuais, museus e arquivos, cultura e cidadania, literatura, audiovisual e projetos multidisciplinares. O objetivo do ProAC Editais é fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do estado, apoiando financeiramente projetos artísticos.

Não perca! Projeto Guri abre vagas para cursos de música no dia 18 de junho

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – abre matrículas para cursos gratuitos de música. As inscrições serão realizadas de 18 a 29 de junho. Crianças e adolescentes de 6 a 18 anos podem se inscrever nos polos de ensino do interior e litoral de São Paulo. São mais de 30 opções de cursos de música gratuitos.

Para realizar a matrícula, os interessados devem comparecer ao polo em que desejam estudar, acompanhados dos responsáveis, portando RG ou certidão de nascimento e comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar referente ao primeiro semestre de 2018. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumentos ou realizar testes seletivos. As aulas começam de acordo com a data de inscrição de cada aluno**.

*Em alguns polos as matrículas podem ocorrer em datas diferentes.

**Consulte cursos, vagas disponíveis, data de início das aulas e horário de funcionamento diretamente com o polo de sua cidade. Para mais informações acesse www.projetoguri.org.br/matriculas/

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

Orindiúva recebe apresentação do Projeto Guri em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

No dia 12 de março, às 19h00, alunos de Percussão e Violão  do Polo Orindiúva do Projeto Guri realizam apresentação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher no Anfiteatro Municipal de Orindiúva (Av da Saudade,s/n). Os grupos farão uma apresentação com repertório em homenagem às mulheres do município.

 

Palestina recebe oficina de palhaços

De 21 de julho a 11 de agosto acontece em Palestina a “Oficina de Palhaçaria”, com aulas aos sábados, das 08h00 às 12h00, na Escola Municipal Valentim Alves (Avenida da Saudade, 1726, Centro). Aberta a participantes acima de 16 anos, a oficina será ministrada por Fernanda Missiaggia, atriz e produtora da Varanda Produções Teatrais e fundadora da Cia. O que será de nós?!. Seu objetivo é instigar os participantes a descobrirem o palhaço que já habita cada um, de modo prático e prazeroso.

Oficina de Palhaçaria – Palestina

Data:  de 21 de julho a 11 de agosto, aos sábados

Local: Escola Municipal Valentim Alves (Avenida da Saudade, 1726, Centro)

Horário:  das 8h00 às 12h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Paraibuna recebe espetáculo do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música para a região de São José dos Campos.

Xaxado Novo (Crédito: Guilherme Castoldi)

No dia 21, sábado, Paraibuna recebe a banda de música nordestina ‘Xaxado Novo”, com show às 21h00 na Praça Monsenhor Ernesto Almírio Arantes.

 

Patrimônio Histórico – Você sabia?

 O Centro Histórico de Santana de Parnaíba foi tombado pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo – em 1982. Ele é composto de casas originalmente construídas em taipa de pilão e pau-a-pique, em sua maioria do século XIX. O município se desenvolveu no século XVII, em decorrência das condições geográficas favoráveis às entradas e bandeiras, que utilizaram o local  como passagem para os sertões de Goiás e Mato Grosso.

Penápolis recebe curso gratuito sobre preservação de fotografias

Nos dias 21 e 22 de julho, das 10h00 às 17h00, Penápolis vai receber a oficina “Memórias Construídas Através da Fotografia”, no Museu Histórico e Pedagógico Memorialista Glaucia Maria de Castilho Muçouçah Brandão (Praça 9 de julho, 150).

O curso, indicado para técnicos de museus, professores, aposentados e jovens fotógrafos maiores de 16 anos, será ministrado por Ana Silvia Bloise e ensinará os princípios básicos para se organizar, preservar e divulgar um arquivo fotográfico pessoal, permitindo uma reflexão sobre a memória de pessoas e grupos, a cultura e o patrimônio local.  As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Oficina Memórias Construídas Através da Fotografia

Data: 21 e 22 de julho

Local: Museu Histórico e Pedagógico Memorialista Glaucia Maria de Castilho Muçouçah Brandão – Praça 9 de julho, 150 – Araçatuba

Horário: 10h00 às 17h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de Fotografia (Foto: Equipe BSP 2016)

Pereira Barreto recebe ciclo de estudos sobre cultura caipira

Pesquisadores, estudiosos e educadores estarão reunidos na cidade de Pereira Barreto para debater a cultura caipira com a população regional durante o Ciclo de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, que será realizado no dia 9 de junho (sábado), das 10h00 às 22h00, na Praça da Bandeira “Comendador Jorge Tanaka”.

Pela manhã, das 10h00 às 12h00, especialistas e interessados debaterão o tema “Imaginários de um Brasil Caipira” e, à tarde, das 14h00 às 17h00, “Resgate e Resguardo: o papel das Orquestras de Viola Caipira no Estado de São Paulo”. O encerramento do encontro será com o show “Moda de Rock”, às 21h00.

O encontro é totalmente gratuito. As inscrições vão até dia 8 de junho e devem ser feitas pelo formulário: https://bit.ly/2sobnpR

Serviço: Ciclo de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade

Data: 09 de junho

Horário: das 10h00 às 21h00

Local: Praça da Bandeira Comendador Jorge Tanaka – Pereira Barreto/SP

10h00às 17h00 | Debates

10h00 às 12h00 – “Imaginários de um Brasil Caipira”, com Mário de Andrade, Juliana Pérez, Tiago Gonçalves e mediação de Uassyr de Siqueira

14h00 às 17h00 – “Resgate e Resguardo: o papel das Orquestras de Viola Caipira no Estado de São Paulo”, com mediação de Saulo Alves

21h00 | Show – “Moda de Rock”, com Ricardo Vignini e Zé Helder

Pesquisa mostra hábitos culturais dos moradores do Grande ABC

Foto: Logo J.Leiva Cultura & Esporte

 

A consultoria J.Leiva Cultura & Esporte entrevistou 1.595 pessoas, com 12 anos ou mais, de sete cidades da Região do Grande ABC em busca de informações sobre os hábitos culturais e de lazer na região. Entre junho e julho de 2017, os entrevistados responderam a mais de 50 perguntas sobre diferentes aspectos da vida cultural, levadas a campo pelo Instituto Datafolha. Nas sete cidades pesquisadas – Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra – vivem cerca de 2,8 milhões de habitantes, aproximadamente 6% da população do estado de São Paulo.

O estudo “Cultura no Grande ABC”, realizado pela JLeiva Cultura & Esporte, pelo Ministério da Cultura e pela Secretaria de Estado da Cultura, foi viabilizado por meio das Leis Rouanet e ProAC ICMS. Teve o patrocínio da Braskem e do Instituto CCR e contou com o apoio do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e do Sesc-SP.

O lançamento da pesquisa será em 6 de março, no Sesc Santo André, onde os principais resultados do estudo serão divulgados em evento aberto ao público e gratuito.

 

 

Entre os resultados obtidos a partir do questionário baseado nos parâmetros do IBGE e do Critério Brasil, 30% dos entrevistados declararam espontaneamente preferir realizar atividades culturais no tempo livre, como ler, assistir a filmes e séries e ir ao cinema. Esse percentual representa cerca de 640 mil pessoas da região, considerando os dados do Censo de 2010. A pesquisa mostra também que o cinema é a atividade cultural mais realizada fora de casa e que, entre as cidades pesquisadas, São Caetano do Sul tem os maiores índices de acesso à cultura.  

 

Foto: Atividade realizada no Sesc Santo André – créditos: Guilherme Luiz de Carvalho

 

A pesquisa pergunta sobre o grau de conhecimento de 19 equipamentos culturais da região e os mais lembrados são Sesc Santo André (74%), Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo do Campo (65%), e Teatro Municipal de Santo André (60%).  

Na pergunta sobre os estilos de música mais ouvidos, o sertanejo ficou em primeiro lugar (50%), seguido pelo rock (27%) e pela MPB (25%). Entre os jovens, na faixa de 12 a 15 anos, o funk e o pop lideram, nessa ordem.  

 

 

Quando analisados a partir dos tradicionais recortes de escolaridade e renda, os dados revelam que a educação reduz a exclusão cultural e que a renda influencia o acesso a atividades culturais e de lazer. Outros dados relevantes da pesquisa serão divulgados durante o seu lançamento.

Este é o segundo levantamento realizado pela JLeiva Cultura & Esporte para conhecer melhor o comportamento, interesses e conhecimento cultural dos moradores da Região do ABC paulista.

“O objetivo é gerar informações capazes de alimentar o trabalho do poder público, pesquisadores, produtores e patrocinadores para desenvolver ações que levem em consideração as características, os desejos e as necessidades da população”,  afirma João Leiva, sócio-diretor da JLeiva Cultura & Esporte e idealizador do estudo.  

Programação de lançamento da pesquisa

 

Sesc Santo André – Terça-feira (06.03)  

Endereço: R. Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar, Santo André

Evento aberto ao público e gratuito

As inscrições deverão ser feitas no portal do Sesc Santo André a partir do dia 22 de fevereiro.

 

 

Pinacoteca de São Paulo inaugura exposição da sueca Hilma af Klint

A Pinacoteca de São Paulo, abre dia 03 de março “Hilma af Klint: Mundos Possíveis”, mostra individual da pintora sueca Hilma af Klint (1862-1944), cujo trabalho vem sendo reconhecido como pioneiro no campo da arte abstrata e que passou despercebido durante grande parte do século XX.

(mais…)

Piracicaba recebeu Encontro sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP)

No último dia 23 de fevereiro, o Museu Prudente de Moraes, em Piracicaba, sediou o Encontro Regional de Museus, do SISEM-SP. O diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP, Davidson Kaseker, esclareceu pontos sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP), principal assunto da reunião. Participaram representantes de Americana, Amparo, Campinas, Itapira, Limeira, Paulínia, Piracicaba, São João da Boa Vista e São Pedro. Confira mais detalhes sobre os próximos encontros do SISEM-SP: www.sisemsp.org.br

Piracicaba: exposição do Museu da Diversidade Sexual homenageia Frida Kahlo

Dando continuidade ao seu programa de itinerância, o Museu da Diversidade Sexual chega à cidade de Piracicaba com a exposição Todos Podem Ser Frida, coletânea de imagens de visitantes de outras edições da mostra caracterizados como Frida Kahlo, uma das principais pintoras do século XX. O ensaio fotográfico, produzido pela fotógrafa Camila Fontenele de Miranda, busca mostrar as conexões existentes entre arte, identidade de gênero e comportamento social. O Museu da Diversidade Sexual promove a itinerância de exposições com o objetivo de valorizar cada vez mais a diversidade sexual por meio da arte em diferentes espaços e para diferentes públicos. A exposição pode ser visitada de 29 a 31 de maio, no Museu Prudente de Moraes (Rua Santo Antonio, 641 – Centro), das 09h00 às 17h00.

Obra de Frida Kahlo (Museu da Diversidade Sexual – Crédito: Divulgação)

Prêmio Governador do Estado para a Cultura abre votação popular em nove categorias

Os finalistas do Prêmio Governador do Estado para a Cultura de 2018 já foram anunciados e agora você pode escolher seus grupos, artistas e instituições favoritos até o dia 18 de março, domingo, no site www.premiogovernador.sp.gov.br. A lista e os perfis dos finalistas também estão disponíveis no portal. Os vencedores serão anunciados em cerimônia oficial, no Teatro Sérgio Cardoso, no dia 26 de março, às 19h30. (mais…)

Presidente Prudente recebeu Encontro sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP)

No último dia 20 de fevereiro, o Centro Cultural Matarazzo, em Presidente Prudente, sediou o Encontro Regional de Museus, do SISEM-SP. O diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP, Davidson Kaseker, esclareceu pontos sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP), principal assunto da reunião. Participaram representantes de Adamantina, Álvares Machado, Iepê, Junqueirópolis, Martinópolis, Parapuã, Pirapozinho, Presidente Epitácio, Regente Feijó e Rosana.

Confira mais detalhes sobre os próximos encontros do SISEM-SP: www.sisemsp.org.br

ProAC Editais apoiará projeto cultural de Bariri

“Gastronomia da Estrada de Terra”, foi contemplado no edital de economia criativa e receberá prêmio de R$ 30 mil. O projeto que propõe o mapeamento de negócios gastronômicos que ficam localizados em estradas de terra do interior paulista, com o objetivo de inventariar, organizar, catalogar e promover gratuitamente os locais pelas redes sociais, a fim de gerar um mapa para que o público consiga encontrá-los.

ProAC Editais contempla projetos de Pindamonhangaba, São José dos Campos e Piquete

O Governo do Estado de São Paulo vai apoiar três projetos culturais de grupos da região do Vale do Paraíba por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). No edital de Artes Visuais – Obras e Exposições, o projeto “Interioranidades”, de Pindamonhangaba, receberá R$ 50 mil para produzir e expor obras inéditas de arte contemporânea nas linguagens de cerâmica, pintura e gravura, além de realizar oficinas e encontros na cidade e região. (mais…)

ProAC Editais contempla projetos de Ribeirão Preto e Sertãozinho

O Governo do Estado de São Paulo vai apoiar três projetos culturais de grupos da região de Ribeirão Preto por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). “Minha Melhor Memória”, de Sertãozinho, foi contemplado no edital de Difusão de Acervos Museológicos e receberá R$ 75 mil. O projeto é uma ação voltada à divulgação e ampliação do Programa de História Oral, mantido pelo Museu da Cidade de Sertãozinho em parceria com o Centro Municipal de Memória. (mais…)

ProAC Editais contempla projetos de Santos e Itanhaém

O Governo do Estado de São Paulo vai apoiar dois projetos culturais de grupos da região da Baixada Santista por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). O edital de Difusão de Acervos Museológicos aprovou o projeto “Reformulação do folder Orla Cultural Museus”, de Santos, que receberá R$ 75 mil.  O objetivo é atualizar o conteúdo informativo e a parte visual do folder, que teve sua primeira edição publicada em 2012, além de incluir dez novas instituições por meio de fotografias, textos e coleções museológicas. (mais…)

ProAC Editais vai apoiar projetos de Tupã e Assis

O Governo do Estado de São Paulo vai apoiar três projetos culturais na região de Marília por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC).
De Tupã, “Hip Hop Interior – Seminário de Cultura Hip Hop do Centro Oeste Paulista”, foi contemplado no edital de apoio a projetos de hip hop, e deve realizar dois seminários regionais de cultura Hip Hop com atividades gratuitas. Já “Afrofest – Mês da Consciência Negra de Tupã e Região”, da ONG UMONT – União do Movimento Negro com Todos”, receberá apoio por meio do edital de proteção e promoção de culturas negras, e organizará atividades gratuitas durante o mês de novembro, com o propósito de celebrar, refletir e homenagear Zumbi dos Palmares. Também no edital de apoio a projetos de Hip Hop, o “Batalha do Velho Oeste – Ano 3”, de Assis, consiste em ação cultural direcionada a unidades periféricas do interior paulista a fim de proporcionar maior interação do público com o Hip Hop. Os três grupos receberão R$ 40 mil cada.

ProAC Municípios – Secretaria da Cultura do Estado destina R$ 3 milhões para editais municipais

ProAC Municípios selecionará projetos de cidades interessadas em abrir

seus próprios concursos para promoção da cultura local

A Secretaria da Cultura do Estado anunciou, no dia 5 de abril, o lançamento do ProAC Municípios, a mais nova iniciativa da pasta voltada ao fomento e difusão da cultura no estado de São Paulo.

Na nova modalidade, os municípios contemplados receberão repasses que variam de R$ 100 mil a R$ 300 mil, de acordo com o tamanho da cidade, para realizar seus próprios projetos culturais. Os projetos deverão, obrigatoriamente, estar previstos na legislação municipal, ter a forma de concursos/editais, oferecer contrapartidas mínimas e selecionar iniciativas de artistas ou agentes culturais locais que receberão premiações de até R$ 25 mil.

As prefeituras interessadas poderão inscrever seus projetos através do site http://www.proac.sp.gov.br, no período de 20 de abril a 20 de maio. O edital será disponibilizado em breve tanto no site do ProAC quanto no da Secretaria da Cultura –  http://www.cultura.sp.gov.br.

ProAC: Confira os editais com inscrições abertas

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo abriu inscrições para os editais de Literatura do Programa de Ação Cultural (ProAC). Serão contemplados 44 projetos destinados a Pessoas Físicas e 10 destinados a Pessoas Jurídicas. Os prêmios variam de R$ 20 mil a R$ 40 mil e, no mínimo, 50% dos selecionados serão proponentes da Grande São Paulo, interior e litoral. As inscrições vão até os dias 04 e 05 de julho.

As Pessoas Físicas podem enviar seus projetos para criação e publicação em Prosa (07 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada); Poesia (07 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada); Ilustração Infantil e/ou Juvenil (06 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada); Dramaturgia (10 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada) e História em Quadrinhos (14 projetos com prêmios de R$ 40 mil cada).   Já as Pessoas Jurídicas podem se inscrever no edital de Estímulo à Leitura em Bibliotecas Municipais e serão 10 projetos selecionados com prêmios de R$ 20 mil cada.

Além disso, entre junho e julho encerram-se as inscrições para vários outros editais do ProAC deste ano. Confira os editais com inscrições abertas:

Inscrições que se encerram em junho:

  • Culturas indígenas no Estado de São Paulo: até 29 de junho
  • Culturas Negras: até 07 de junho
  • Culturas Populares e Tradicionais: até 07 de junho
  • Difusão de acervos museológicos no Estado de São Paulo: até 29 de junho
  • Difusão e acesso a arquivos permanentes no Estado de São Paulo: até 29 de junho
  • Economia Criativa: até 11 de junho
  • Gestão e preservação em arquivos permanentes no Estado de São Paulo: até 29 de junho
  • Hip Hop: até 15 de junho
  • Manifestações Culturais com Temática LGBT: até 08 de junho
  • Preservação de acervos museológicos no Estado de São Paulo: até 29 de junho
  • Saraus Culturais: até 08 de junho

Inscrições que se encerram em julho:

  • Criação e publicação de história em quadrinhos: até 05 de julho
  • Criação e publicação de poesia: até 04 de julho
  • Criação e publicação de prosa: até 04 de julho
  • Criação e publicação de texto de dramaturgia: até 05 de julho
  • Criação e publicação infantil e/ou juvenil: até 04 de julho
  • Estímulo à leitura em bibliotecas municipais: até  05 de julho

As inscrições devem ser feitas pelo site www.proac.sp.gov.br, onde estão disponíveis também os editais completos.

Programa Mais Orgulho contempla 12 paradas LGBT

Foram 12 os contemplados na segunda edição do Chamamento Público do Programa + ORGULHO 2018, iniciativa da Secretaria da Cultura do Estado, por meio da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias (ACGE) e parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA). Os selecionados são associações, coletivos e grupos que organizam manifestações que envolvem atividades culturais e ações de visibilidade para a população LGBT, conhecidas como Paradas do Orgulho, no interior e litoral do estado.

Parada LGBT Campinas 2017 – Crédito Franco Reinaudo

Os 12 vencedores poderão realizar seus eventos ao longo de 2018 com o apoio das prefeituras locais, contando, assim, com um carro de som ou caminhão palco adaptado com aparelhos de sonorização para apresentações artísticas e um DJ ou atração cultural.

As datas das paradas já estão sendo agendadas e serão anunciadas a tempo de todos se prepararem. Veja a seguir  as contempladas.

Campinas: ASSOCIAÇÃO DA PARADA E APOIO LGBTT DE CAMPINAS

Catanduva: 11ª SEMANA DA DIVERSIDADE DE CATANDUVA E REGIÃO

Iguape: PRIMEIRA PARADA LGBT DO VALE DO  RIBEIRA

Itu: PARADA LGBTIQ

Mogi das Cruzes: Parada do Orgulho Gay

Olímpia – SP: Semana da Diversidade de Olímpia  e Marcha da Diversidade

Santos: I PARADA DO ORGULHO LGBT DE SANTOS – 2018

São João da Boa Vista: 10° Edição da Parada do Orgulho LGBT

São Joaquim da Barra: Semana da Diversidade e Cidadania LGBT

Serrana – ONG FLOWERS

Sertãozinho: Semana Cultural LGBT de Sertãozinho

Votorantim: Parada do Orgulho LGBT+ de Votorantim

Mais detalhes em http://omelhordaculturasp.com/editais-e-convocatorias/chamamento-orgulho-lgbt/

Programação de férias: museus e bibliotecas da SEC oferecem atrações para as crianças

Oficinas de robótica, apresentação de filmes, brincadeiras e espetáculos fazem parte das atividades

(mais…)

Programas da Secretaria da Cultura do Estado recebem inscrições de artistas para apresentações em 2018

Estão abertas as inscrições para artistas que queiram se apresentar em eventos culturais realizados pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e geridos pela Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA) em 2018. Até 31 de janeiro de 2018, bandas, cantores, peças teatrais e artistas circenses poderão enviar suas propostas artísticas para eventos como a Virada Cultural Paulista, o Circuito Cultural Paulista e o Festival Paulista de Circo. Há seleção também para apresentações no Teatro Sérgio Cardoso (capital paulista), no Teatro Estadual de Araras, na Semana Guiomar Novaes, no Litoral Encena, no Festival de Arte para Crianças e na Mostra de Viola e Ponteios.

 

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, em formulário disponível no site www.omelhordaculturasp.com. Para mais informações, acesse www.cultura.sp.gov.br.

 

Programas e museus do interior também participam da folia. Confira!

PARA CURTIR O CARNAVAL

 

O Bloco do Guri, formado pelos alunos do Projeto Guri percorrerá oito cidades do interior: Buri (dia 7, quarta-feira, 18h00; dia 9, sexta-feira, 09h00), Espírito Santo do Pinhal (dia 7, quarta-feira, 15h00), Palmital (dia 7, quarta-feira, 17h30), Jaú (dia 8, quinta-feira, 16h00), Presidente Prudente (dia 9, sexta-feira, 14h00), Registro (dia 10, sábado, 19h00) e São Miguel Arcanjo (dia 11, domingo, 16h00). Serão mais de 100 integrantes dos cursos de percussão, coral, violão e sopro que apresentarão marchinhas e músicas próprias nas praças das cidades.

Foto: Divulgação

 

O Museu Índia Vanuíre, em Tupã, promove o Museu Folia. No dia 7 (quarta-feira), os visitantes podem conferir o espetáculo de Danças Carnavalescas, com integrantes do Bloco Abanaê (19h30) e participar do “Museu Folia na Rua” (20h00), com marchinhas executadas pela  Orquestra Municipal Maestro Júlio de Castro. No dia 8 (quinta-feira), haverá contação de histórias de Carnaval e oficina de máscaras para crianças (09h00). Na sexta-feira, 9, a oficina “Samba no Pé” (09h00) vai ensinar passos em diversos ritmos do samba. Encerrando a programação, o “Baile da Inclusão” (13h00), vai reunir os grupos de projetos voltados para idosos e pessoas com deficiência, em uma tarde com marchinhas e a corte carnavalesca da cidade. As atividade são gratuitas.

 

Em Campos do Jordão, o Museu Felícia Leirner oferece nos dias 10 (sábado, 11h00) e 13 (terça-feira, 15h00) a oficina “Máscaras Carnavalescas: história e confecção”. No dia 12 (segunda-feira) a contação de história interativa “Pierrot, Colombina e Arlequim” (11h00) vai contar a história do triângulo amoroso por meio de caracterização de adereços e marchinhas. O percussionista Moringa Ray apresentará a história do Carnaval por meio de compositores como Marcha Rancho e Zé Pereira, nos dias 10 e 12 (sábado e segunda-feira, 15h00). Por fim, nos dias 11 (domingo, 15h00) e 13 (terça-feira, 11h00) o grupo Boneco Vivo vai apresentar o teatro de mamulengo “A Fabulosa Caravana do Seu Malaquias”. Os ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5,00 meia entrada). Aos domingos, a entrada é gratuita.

 

Quem estiver em Brodowski pode aproveitar a oficina gratuita de máscaras de Carnaval do Museu Casa de Portinari. A atividade será nos dias 11 e 13, domingo e terça-feira, às 10h00 e às 15h00.

 

SERVIÇOS

 

Museu H. P. Índia Vanuíre – Tupã

Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP

(14) 3491-2333

Funcionamento: de terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00

Ingresso voluntário

Acessibilidade no local

www.museuindiavanuire.org.br

 

Museu Felicia Leirner – Campos do Jordão

Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Campos do Jordão/SP

(12) 3662-6000

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 18h00

Estacionamento gratuito no local

Cidadãos jordanenses não pagam mediante apresentação de comprovante de residência

Entrada: inteira R$10,00 e meia R$5,00 (estudante e idoso) – gratuita aos domingos

Acessibilidade no local

www.museufelicialeirner.org.br

 

Museu Casa de Portinari – Brodowski

Praça Candido Portinari, 298 – Brodowski/SP

(16) 3664-4284

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 18h00

Entrada: ingresso voluntário

Acessibilidade no local

www.museucasadeportinari.org.br

Projeto Guri abre inscrições para o processo seletivo dos Grupos de Referência

O Projeto Guri está com inscrições abertas para os Grupos de Referência do interior e litoral do estado. Crianças e jovens de 8 a 21 anos podem se inscrever, de 18 de janeiro a 13 de fevereiro, pelo site www.projetoguri.org.br. A seleção é feita anualmente por meio de testes práticos e entrevistas coordenadas pelos profissionais da Amigos do Guri.

 

Os Guris em estágio mais avançado têm a oportunidade de integrar um dos 12 Grupos de Referência distribuídos pelo Estado. São orquestras, cameratas, bandas, coros, grupo de percussão, entre outras formações musicais que servem de modelo e incentivo para todos os alunos do Projeto Guri.

 

Presentes nas cidades de Araçatuba, Bauru, Franca, Itaberá, Jundiaí, Lorena, Ourinhos, Presidente Prudente, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto e Sorocaba, os Grupos de Referência ensaiam nos polos do Projeto Guri duas vezes por semana e são formados por alunos e alunas da região em que estão estabelecidos. O repertório abrange diferentes estilos musicais e épocas, do erudito ao popular.

Projeto Guri abre mais de 1000 vagas para o primeiro semestre de 2018 na região de Ribeirão Preto

O Projeto Guri está com 1035 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região. Inscrições até 15 de dezembro

(mais…)

Projeto Guri abre mais de 400 vagas para o primeiro semestre de 2018 no litoral

O Projeto Guri está com 445 vagas abertas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical no litoral de São Paulo. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 15 de dezembro (mais…)

Projeto Guri abre mais de 500 vagas para o primeiro semestre de 2018 na região de Marília

O Projeto Guri está com 588 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região. Inscrições até 15 de dezembro

(mais…)

Projeto Guri abre mais de 600 vagas para o primeiro semestre de 2018 na região de São José dos Campos

O Projeto Guri está com 696 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 15 de dezembro (mais…)

Projeto Guri abre mais de 700 vagas para o primeiro semestre de 2018 na região de Jundiaí

O Projeto Guri está com 734 vagas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 15 de dezembro (mais…)

Projeto Guri abre mais de 900 vagas para o primeiro semestre de 2018 na região de Sorocaba

O Projeto Guri está com 948 vagas abertas para os cursos de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região de Sorocaba. Novos alunos e alunas podem se inscrever até 15 de dezembro (mais…)

Projeto Guri homenageia Dia da Mulher com apresentações em Jundiaí e Santo Antônio de Posse

No Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, os municípios de Santo Antônio de Posse e Jundiaí recebem apresentações do Projeto Guri. Às 14h00, na Câmara Municipal de Santo Antônio de Posse (Praça Matriz), a Camerata de Cordas Friccionadas do Polo Santo Antônio de Posse realizará apresentação aberta ao público. Às 19h30, o Quinteto de Metais do Polo Regional Jundiaí se apresenta no Teatro Polytheama (R. Barão de Jundiaí, 463), com “Como é grande o meu amor por você” no repertório.

Atibaia também terá apresentação do Projeto Guri em março. No dia 28, em comemoração aos dez anos do Projeto Guri de Atibaia, o Grupo C de Violinos e Violas e a Camerata de Violões apresentam repertório que inclui “Bachianas”, de Villa Lobos, e “Trem Bala”, de Ana Vilela.

Projeto Guri na região de Bauru: formação musical para adultos e crianças

O Projeto Guri, programa de formação musical gratuito, também está presente na região de Bauru. O Polo Bauru (Rua Anhanguera, 5-60, Higienópolis), oferece cursos clarinete, contrabaixo acústico, coral infantil, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, trombone, trompa, tuba, viola, violino, violoncelo e saxofone. Lençóis Paulista (Rua Sete de Setembro, 934) conta com cursos de clarinete, contrabaixo acústico, coral juvenil, eufônio, flauta transversal, percussão, saxofone, trombone, trompete, viola, violino e violoncelo, assim como em Piratininga (Rua Custódio Faria de Moraes, 15), com cursos sequenciais de coral infantil, coral juvenil, iniciação musical, percussão e violão. Para mais informações, acesse www.projetoguri.org.br

Projeto Guri realiza apresentações com intercambistas em São José dos Campos

O Projeto Guri promove, em outubro, o Guri International Band, uma série de workshows com quatro intercambistas do MOVEMusicians and Organizers Volunteer Exchange. O Guri Internacional Band foi criado por Guilherme dos Santos, supervisor educacional de percussão, que passou seis meses na Noruega, em parceria com os intercambistas que estão no Brasil: o percussionista moçambicano, Calisto Rodrigues; o baixista e tecladista malawiano, John Mchiswe; e a trompetista norueguesa, Hannah Larsen.  Os jovens estrangeiros permanecerão 10 meses em São José dos Campos/SP, envolvidos em várias atividades musicais e sociais no Projeto Guri. (mais…)

Projeto Guri realiza apresentações em homenagem ao Dia das Crianças na região de Marília

Nos dias 10 e 11 de outubro, vários polos do Projeto Guri da região de Marília vão receber apresentações em homenagem ao Dia das Crianças. No polo Oriente, (Rua Washington Luiz, 80), a apresentação “Dia da criança é todo dia” será às 15h30, com cavaco, violão e percussão.

(mais…)

Projeto Guri reconhece Coro de Piracicaba como Grupo de Referência

O Coro de Piracicaba, com dez anos de existência, passa a se chamar Grupo de Referência de Piracicaba – Coro e abre 30 vagas (mais…)

Que tal receber o Viagem Literária em sua cidade? As inscrições estão abertas!

O programa Viagem Literária, iniciativa da Secretaria da Cultura do Estado que promove encontros com escritores consagrados e contadores de histórias em bibliotecas municipais e comunitárias do interior, litoral e Grande São Paulo, está com inscrições abertas até o dia 6 de maio. As prefeituras podem manifestar interesse e indicar uma biblioteca pública municipal para receber o programa por meio do formulário disponível em https://bit.ly/2JTJRbp.

Viagem Literária 2016 – Crédito:Lídia Engelberg

Lançado em 2008, o Viagem Literária já foi prestigiado por mais de 300 mil participantes, entre adultos, jovens e crianças. Em 2017, foram realizados 360 eventos em 90 cidades do interior e do litoral paulista, que contaram com público total de 40.762 pessoas e 36 escritores, entre eles Ignácio de Loyola Brandão, Luiz Ruffato, Márcia Tiburi, Alonso Alvarez, Daniela Arbex, Michel Laub entre outros.

Podem se inscrever as prefeituras de cidades que já participaram em edições anteriores, e também municípios que ainda não sediaram ações do programa.

Para participar do processo seletivo, as bibliotecas públicas municipais devem estar com seus dados cadastrais atualizados até o ano de 2017 no Bibliotecas Paulistas, disponível em http://www.bibliotecaspaulistas.sp.gov.br/ 

Os municípios selecionados serão comunicados formalmente pela Secretaria da Cultura do Estado, que solicitará a documentação necessária e ofício assinado pelo prefeito municipal.

Mais informações no site Viagem Literária .

Regente Feijó e Martinópolis recebem apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva dança e circo para a região em junho. Confira a programação:

No dia 10 (domingo), às 16h00, Regente Feijó recebe o grupo Cia Pompa Cômica que apresenta o espetáculo “Palhaços” no Teatro Ophélia Sozzi de Godoy (Rua José Gomes, s/nº). A trama se passa no intervalo de apresentação do palhaço Careta, que recebe em seu camarim a visita de um espectador, Benvindo, um vendedor de sapatos encantado com a performance.

Palhaços – Crédito: Divulgação

Já no dia 15 (sexta-feira), às 20h30, no Teatro Municipal João Silva (Rua José Coelho de Carvalho, 80 – Vila Alegrete), apresenta-se em Martinópolis o grupo de dança Núcleo Rodarte com o espetáculo de dança “Silêncio”, que trata de um casal cheio de fragilidades e incapaz de se comunicar.

Região de Campinas recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará música, dança, circo e teatro para cidades da região de Campinas.

Libel e o Palhacinho (crédito: Divulgação)

No dia 12 de abril (quinta-feira), às 15h00, Pirassununga recebe o espetáculo “Rebobinando”, que relembra objetos que não existem mais – como o videocassete e os gravadores de fita – por meio da dança, música, circo, humor e improviso, no Teatro Municipal Cacilda Becker (Rua Siqueira Campos, 1290). “Rebobinando” também poderá ser visto na sexta-feira, dia 13, em Aguaí, às 21h00, no Ceazinha (Av. Ana Milanes Vasconcelos s/nº – Parque Interlagos).

Ainda no dia 13, às 14h00, Limeira recebe o palhaço Fusquinha com “Ôtovinu”, um espetáculo infantil de variedades de circo sem lona e na rua, na Praça Toledo Barros.

No sábado, 14 de abril, apresenta-se em Americana o cantor e compositor “Guto Hueb”, no Teatro Municipal Lulu Benencase (Rua Gonçalves Dias, 696), às 20h00. Com seu violão, fortemente influenciado pela música mineira e acompanhado de uma superbanda, Guto apresenta clássicos do Clube da Esquina e de Milton Nascimento.

Também no dia 14, a sambista Graça Cunha se apresenta em Atibaia, cantando clássicos do samba, às 19h00, no Centro de Convenções Victor Brecheret (Alameda Lucas Nogueira Garcez, 511). Graça fez parte da banda do programa Altas Horas por mais de uma década.

Santa Cruz das Palmeiras recebe o teatro de marionetes “Alegria Articulada”, que diverte as crianças com seus bonecos e animais, no dia 15 (domingo), às 20h00 no Teatro Municipal Vereador Luiz Affonso Mendes (Av. Armando Penteado, s/nº).

No domingo, dia 22, a “Cia Dança Cubatão” apresenta-se às 16h00 em Nova Odessa, no Teatro Municipal Divair Moreira (Rua do Tamboril, 140), com a montagem intimista da coreógrafa Flávia Sá sobre a condição humana e a luta de todos para sobreviver, muitas vezes, aos próprios sentimentos e comportamentos.

Na sexta-feira, 27 de abril, Bragança Paulista recebe a ópera “La Traviata”, que conta a história do amor impossível vivido em Paris pela jovem Dama das Camélias, às 20h00, no NAPA – Núcleo de Apoio ao Professor e Aluno (Rua São Bento, s/n°).

Araras recebe, no dia 29, Rafael Cortez e o Risadaria com o show “O Problema não é Você, Sou Eu”, no Teatro Estadual de Araras (Av. Dona Renata, 401), às 20h00. Cortez fala com humor sobre namoros, casamento, traição, sexo e temas relacionados.

Santa Bárbara D´Oeste recebe, na quinta-feira, 26, às 19h30, a peça infantil “Libel e o Palhacinho”, no Teatro Municipal Manoel Lyra (Rua João XXIII, 61 – Centro). Considerada um clássico do gênero pela crítica, a montagem conta a aventura lúdica e emocionante do menino Libel e seu amigo Palhacinho em busca de entender os mais sinceros sentimentos da vida. 

Região de Presidente Prudente recebe apresentação do Projeto Guri em maio

A apresentação do Projeto Guri acontece na cidade de Ouro Verde, na quarta-feira, dia 9, às 19h30 (Av. São Paulo, 1250), e será comemorativa dos 20 anos do Projeto na cidade. No repertório, músicas como Trevo e Era uma Vez serão interpretadas pelo grupo de violão, percussão e coral; a cargo da orquestra do Guri, o repertório fica por conta de Last-Minute Latim, The Flintstones, Jhom Williams In Concert e Fantasia Sertaneja.

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

Região de Ribeirão Preto recebe apresentação do Projeto Guri em maio

A apresentação do Projeto Guri acontece em Santa Rosa do Viterbo, no domingo, dia 6, às 9h00 (Avenida José Dilermando Ribeiro, s/nº), quando um grupo de viola caipira e percussão fará a abertura do 32º Encontro de Folias de Reis.

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

Região de Ribeirão Preto recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista

Em abril, o Circuito Cultural Paulista – programa da Secretaria da Cultura do Estado que promove a realização de espetáculos em diversas linguagens artísticas em cidades do interior e litoral de São Paulo – levará espetáculos de circo e teatro para municípios da região de Ribeirão Preto.

O Inevitável Tempo das Coisas (Crédito: Divulgação)

No sábado, 14 de abril, às 18h00, Serrana recebe “O Circo de Lampezão e Maria Botina”, no Teatro São Joaquim (Rua Jovino Amadeu, s/nº – Bairro Chavans). Um casal de palhaços conta a história de um amor sertanejo no circo.

Na sexta-feira, dia 20, Monte Alto recebe a peça “O Inevitável Tempo das Coisas”, às 20h00, no Cine Teatro Prefeito Antônio Mazza (Av. 15 de Maio, s/nº). O espetáculo de suspense psicológico retrata a forte atração de dois desconhecidos a partir de um Déjà Vu, em eventos que desafiam a ideia de um tempo fixo, estático e imutável.

No domingo, 22, às 11h00, Santa Rosa de Viterbo recebe “SOS uma autopeça” no Anfiteatro Waldomiro Lima (Av. Professora Luiza Garcia Ribeiro, 504). A peça conta a história dos palhaços Heitor e Conforto durante uma viagem em que sofrem contratempos com seu carro e ficam presos no meio do nada.

E no sábado, 28, às 20h00, Sertãozinho recebe a peça “Canções para não Dizer” no Teatro Municipal (Rua Washington Luiz, 1.131), sobre as reflexões do arquivista Marcelo que, trancado num escritório à noite, inicia diálogo com um pombo que está no forro do teto do local. 

Região de Ribeirão Preto recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva música, teatro e circo para cidades da região em junho. Confira a programação:

Franca e Guaíra recebem a companhia de dança T.F.Style com a obra “Sob a Pele”, que apresenta uma reflexão das muitas percepções sentidas, profundamente, sob a pele. Será no dia 8 (sexta-feira), às 20h00, em Franca, no Anfiteatro Ivan Silva Cunha (Av. Francisco Quintanilha Ribeiro, 550) e no dia 9 (sábado), às 20h30, em Guaíra, na Casa da Cultura (Parque Maracá, s/n).

No dia 09 (sábado), Matão recebe a Cia Pé de Cana com o espetáculo “Circo de Doisdo”, às 15h00, na Casa de Cultura (Avenida Sete de Setembro, 1051 – Centro). O espetáculo conta a história de Capivara e Fiofó, dois palhaços que tocam seu pequenino circo a bordo de uma Kombi.

Porto Ferreira recebe, no dia 10 (domingo), às 15h00, na Praça Cornélio Procópio, o grupo “4Funk” e seu show no estilo intervenção, que mostra ao público um pouco do universo Funk e das Danças Urbanas com duas coreografias diferentes, uma batalha-show e três interações com o público com o melhor da música Funk.

4Funk – Crédito: Bigshine Pro

Santa Rosa do Viterbo recebe, no dia 14 (quinta-feira), às 14h00, na Escola Maurilio de Oliveira (Rua Efrem Testa, 39), a peça infantil “ Zig Zag Show”,  em que os artistas se movem no ritmo do folclore brasileiro e latino-americano, jogando com o humor, surpresa e emoção, e incentivando a plateia à criação de músicas.

A malabarista Carol Rigoletto apresenta-se na região com o espetáculo “Vida de Picadeiro” em que, de forma divertida e desenvolta, conta sua trajetória e esclarece mitos e verdades de ser uma mulher circense. Será em Sertãozinho, no dia 10 (domingo), às 20h00, na Praça André Franco Montoro (Rua Angelo Guidi, s/n) e em Monte Alto, no dia 17 (domingo), na Praça Central (Dr. Raul da Rocha Medeiros – s/n – Centro).

Vida de Picadeiro – Crédito: Denise Cruz

Em Brodowski, na sexta-feira, dia 15, às 15h00, na Escola Tempo Integral José da Silva Passos (Av. Irmãos Lascala, 200), a Cia Sítio do Jeca apresenta o espetáculo circense “E o palhaço o que é?” que, em uma linguagem divertida, descreve o que é o palhaço, sua origem e seus objetos de trabalho.

No sábado, 16, às 19h30, Santa Rita do Passa Quatro recebe no Centro Cultural Governador Mário Covas (Praça Prof. José Gonso, s/nº) a Cia Teatral Atos & Cenas com a “História do Boneco Pinóquio”, peça infantil sobre a clássica história do boneco que queria ser menino.

A Cia Druw, dirigida por Miriam Druwe, se apresenta com a montagem “Poetas da Cor”, sobre o universo das cores na expressão corporal, de forma lúdica e poética: em Ribeirão Preto, dia 19 (terça-feira), às 19h30, no Teatro Municipal (Praça Alto do São Bento s/n – Jardim Mosteiro) e, em São Carlos, no dia 21 (quinta-feira), às 19h30, no Teatro Municipal (Rua Sete de Setembro, 1735 – Centro).

Poetas da Cor – Crédito: Cláudio Roberto

Na sexta-feira, dia 22, às 21h00, Serrana recebe um dos principais violeiros da nova safra da música instrumental brasileira, Arnaldo Freitas, com o concerto “Os Olhos de Maria”, concebido em homenagem à sua filha, na Praça da Matriz.

A peça “Pequenas Certezas” será encenada no dia 23 (sábado), às 20h00, em São Simão, no Theatro Carlos Gomes (Rua Rodolfo Miranda, 277 – Centro) e, no dia 25 (domingo), em Batatais, no Teatro Municipal Fausto Bellini Degani (Praça Dona Carolina Zanetti Soriani, s/n – Centro), às 20h00. Mescla de humor e suspense, conta a história de uma mulher que decide viajar para a cidade natal do marido depois que ele desaparece misteriosamente.

“Juliana D’ Agostini” toca piano solo em Ibitinga, no dia 28, às 20h30, no Teatro Maria José Marotti (Rua Oscar de Carvalho, 51). Juliana é uma das mais importantes pianistas brasileira da atualidade e, em 2014, ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro, dentre outras importantes premiações.

Juliana D’Agostini – Crédito: Rodrigo Zulatto

Região de São José do Rio Preto recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva música e dança para cidades da região em junho.

A companhia de dança T.F.Style apresenta a obra “Sob a Pele” no dia 7 (quinta-feira) em Catanduva, às 20h00, na Estação Cultura (Rua Rio de Janeiro, 100), e, em Palmares Paulista, no dia 10 (domingo) às 16h00 (Praça da Matriz, s/nº). A montagem é uma reflexão das percepções sentidas, profundamente, sob a pele.

Santa Fé do Sul recebe “Bavini e Banda” no dia 8 (sexta-feira), às 20h00, no Palco da Concha Acústica (Praça Salles Filho). Bavini é filho do cantor Sérgio Reis e apresenta um show intimista com músicas de seu último CD e algumas regravações, como Sapato Velho do grupo Roupa Nova, Um Dia Um Adeus de Guilherme Arantes e Maria Maria de Milton Nascimento.

Bavini e Banda – Crédito: Divulgação

Um dos principais violeiros da nova safra da música instrumental brasileira, Arnaldo Freitas, apresenta o seu concerto “Os Olhos de Maria”, concebido em homenagem à sua filha, em Palmeira D’ Oeste, no dia 9 (sábado) às 20h00, no Centro Cultural Antonio Carlos Candil (Av. Adélia Biancarde Scarpin, 5318) e, no dia 10, em Ouroeste, às 21h00, na Praça Jardim Sarinha Veloso (Avenida dos Bandeirantes, Centro).

Arnaldo Freitas “Os Olhos de Maria” – Crédito: Marcio Felicio

Região de São José dos Campos recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

Em junho, o Circuito Cultural Paulista leva música e teatro adulto e infantil para várias cidades da região. Confira a programação:

A montagem teatral “Sobre Ratos e Homens” será apresentada em Guaratinguetá, no dia 16, às 17h00, no Espaço Educacional e Cultural VivArte (Rua Guaranis, 121) e, em Lorena, no dia 17, no Teatro São Joaquim (Rua Dom Bosco, 301-405 – Centro), contando a história de George e Lennie, funcionários de uma fazenda que sonham  juntar dinheiro e comprar um pedaço de terra onde possam viver.

Campos do Jordão recebe um dos principais violeiros da nova safra da música instrumental brasileira, Arnaldo Freitas, com o concerto “Os Olhos de Maria”, concebido em homenagem à sua filha: dia 23 (sábado), às 20h00, na  Concha Acústica (Praça São Benedito – Vila Capivari).

E, no dia 29, Paraibuna recebe, às 21h00, na Praça Manoel Antonio de Carvalho (Largo do Mercado), a banda de rock alternativo “Maglore”, grupo formado em meados de 2009 em Salvador (BA), e que também toca MPB.

Grupo Maglore – Crédito: Azevedo Lobo 

Região de São José dos Campos recebe apresentações do Projeto Guri em maio

As apresentações acontecem em Ilhabela, Lorena e Paraibuna.

Em Paraibuna e Ilhabela, serão duas apresentações de alunos do intercâmbio promovido pelo Projeto Guri: jovens do Malawi, Moçambique e Noruega, que participam do programa Move (Musicians and Organizers Volunteer Exchange), fazem show com a música de seus respectivos países e dão seu toque individual, mostrando gostos pessoais e sentimentos.  Acontece em Piracicaba, no dia 4 (sexta-feira), às 16h00 (Praça do Mercadão Municipal) e em Ilhabela, no dia 5, às 19h00 (Praça Coronel Julião de Moura Negrão).

Já em Lorena, na quinta-feira, dia 10, às 19h00 (Praça Santa Eulália s/n) apresenta-se a Orquestra e Grupo de Referência do Polo Lorena  em evento anual do município – O LorenVale.

 

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

Região recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva música e teatro adulto e infantil para várias cidades da região em junho. Confira a programação:

No dia 8 (sexta-feira), 19h00, Atibaia recebe a banda de rock alternativo “Maglore”, no Centro de Convenções Victor Brecheret (Alameda Lucas Nogueira Garcez, 511).

Também no dia 8 (sexta-feira), às 20h00, no Centro Cultural Newton Gomes de Sá (Av. Sete de Setembro – Vila Artur Sestini)  em Franco da Rocha, a CIA Balaio D’Arte apresenta o espetáculo infantil cênico-musical “O Mundo Imaginário”, voltado à  sensibilização do público para questões relacionadas à conservação do meio-ambiente. A mesma montagem também estará em Diadema, no dia 16 (sábado), 16h00, no Teatro Clara Hunes (Rua Graciosa, 300 – Centro).

Reynaldo Bessa & Banda se apresentam no dia 15 (sexta-feira) em Ribeirão Pires, às 20h00, na Praça Central da Vila do Doce (Rua Boa Vista s/n, Centro), com o show “A Poesia Não Salva, A Poesia Valsa”, em que são apresentadas canções dos seis discos já lançados pelo grupo, intercaladas por poemas de autoria do próprio Reynaldo.

No dia 10 (domingo), às 19h00, a Cia Druw, dirigida por Miriam Druwe, se apresenta em Vargem Grande Paulista, com o espetáculo de dança infantojuvenil “Girassol”, inspirado nas obras de Vicent Van Gogh, na Escola de Música Manoel Martins (Rua Prudente de Moraes, 685 – Centro).

No sábado, 13, a Cia Fubá apresenta-se em Guararema com a peça infantil “Poetinha” , às 19h00, na Estação Literária Profª Maria de Lourdes Évora Camargo (Rua 19 de Setembro, 233 – Centro). A montagem conta a história de um menino que, apaixonado por uma colega de escola, decide declarar-se por um poema de sua autoria mas não se sai bem, então se refugia no sótão de sua casa e descobre um diário de sua tia-avó.

Guarulhos recebe no dia 14 (quinta-feira), às 19h00, no Teatro Ponte Alta (Rua Pernambuco, 836) a peça “Sobre Ratos e Homens”, história de dois homens que trabalham em uma fazenda e sonham em juntar dinheiro para comprar um pedaço de terra onde possam viver. A peça será encenada também no dia 15 (sexta-feira), em Rio Grande da Serra, às 19h00, no Anfiteatro Primeira Dama Zulmira Jardim Teixeira (Av. Dom Pedro I s/nº).

Sobre Ratos e Homens – Crédito: Daniel Bianchini

São Caetano do Sul recebe a Banda Marília Gabriela no dia 29 (quinta-feira), às 20h00, no Parque Chico Mendes (Av. Fernando Simonsen, 566). A banda acaba de lançar seu novo disco e tour, intitulados “Agora Vai”. 

Região recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva circo, dança, música e teatro infantil a cidades da região em junho. Confira a programação:

No dia 7, Itaí recebe a peça infantil “O Lugar de Onde se Vê”, às 15h30, na Avenida Santo Antonio, 1120. É a história de Eva, uma menina que decidiu virar adulta antes do tempo e parar de brincar.

No sábado,dia  9, às 15h00, Lençóis Paulista recebe a malabarista Carol Rigoletto com o espetáculo “Vida de Picadeiro”, na Praça Silvio Capoani. De forma divertida e desenvolta, a artista conta sua trajetória e esclarece mitos e verdades de ser uma mulher circense.

Bauru recebe no dia 14 (quinta-feira), às 14h30, no Teatro Municipal Celina Lourdes Alves Neves (Av. Nações Unidas, 8-9) o espetáculo de dança “Quintal”, com concepção, coreografia, direção e interpretação de Daniela Rosa.

O grupo de teatro infantil Cia de Ouro Velho apresenta-se em Ibirarema na sexta-feira, dia 15, às 14h00, na Escola Municipal Professora Augusta Novaes Coronado (Rua Siqueira Resende, 190) e em Garça, na quinta-feira, dia 21, às 14h00, no Teatro Municipal Miguel Monico (Av. Paes de Barros, 520). O público poderá conferir a peça “O Lugar de Onde se Vê”, sobre a história da menina Eva, que decide virar adulta antes do tempo e parar de brincar.

O Lugar de Onde se Vê – Crédito: Jacob Bosch

Dois Córregos recebe, no dia 16 (sábado), às 20h00, a peça “Com Quem Fica o Coração”, tragicomédia que narra o assassinato de uma mulher reprimida, no Centro Cultural Nilson Prado Telles (Av. D. Pedro I nº 320 – Centro).

O grupo de dança Núcleo Rodarte anima os sábados de Paraguaçu Paulista, no dia 16, às 20h30 no Anfiteatro das Faculdades Gammon (Rua Prefeito Jaime Monteiro nº 791) e de Tupã, no dia 23, às 20h00, no Clube dos Comerciários (Rua Aimorés, 811 – Centro) com o espetáculo de dança “Silêncio”, que trata de um casal cheio de fragilidades e incapaz de se comunicar.

Bariri recebe às 20h00 do dia 22 (sexta-feira), no Clube da Melhor Idade (Rua Tiradentes, 325) a atriz e humorista “Marlei Cevada”, que interpreta Nina (a mesma de A Praça é Nossa) em um espetáculo que mistura humor, música e brincadeiras de palco. Marlei já participou do Risadaria, Nunca se Sábado e Humor da Caneca, de Jô Soares.

Silêncio – Crédito: Andrea Dias

Região recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva música, comédia e teatro adulto e infantil para cidades da região em junho. Confira a programação:

Ben Ludmer e seu stand-up de comédia e mágicas “Sem Cartola” estará, às 20h00, em Pirassununga no dia 9 (sábado), no Teatro Municipal Cacilda Becker (Rua Siqueira Campos, 1290) e em Nova Odessa no dia 10 (domingo), no Teatro Municipal Divair Moreira, Rua do Tamboril, 140). Ben mistura humor e ilusionismo em um show totalmente diferente do stand-up tradicional.

Os atores Carlos Meceni e Josué Torres se apresentam em Limeira, no dia 9 (sábado), 20h00, no Palacete Levy (Rua Boa Morte, nº 11 Centro) com a peça “Com Quem Fica o Coração”, tragicomédia que narra o assassinato de uma mulher reprimida.

Mogi Guaçu recebe no dia 10 (domingo), às 17h00, no Teatro Tupec – Centro Cultural de Mogi Guaçu (Av. dos Trabalhadores, nº 2651, Jardim Camargo) a peça “Palavras Corrompidas”, sobre um homem em crise que conduz o público em percurso permeado por situações e atmosferas que culminam em um banquete, onde a imaginação é o prato principal. 

Poetas da Cor – Crédito: Cláudio Roberto

A Cia Druw, dirigida por Miriam Druwe, se apresenta em Santa Bárbara D´Oeste com o espetáculo de dança infantojuvenil “Girassóis”,  no dia 9 (sábado), às 20h00, no Teatro Municipal Manoel Lyra (Rua João XXIII, 61 – Centro). A montagem é inspirada nas obras de Vicent Van Gogh.

A mesma Cia Druw se apresenta com o espetáculo “Poetas da Cor”em São José do Rio Pardo às 19h30, na Fábrica de Expressão (Rua Francisco Glicério, 64 – Centro) e no dia 28 (quinta-feira), em Rio Claro, às 14h00, no Teatro do Centro Cultural Roberto Palmari (R. Dois, 2880 – Vila Operaria). A montagem aborda o universo das cores na expressão corporal.

No dia 23 (sábado), Aguaí recebe o musical “Swing Samba Show”, às 21h00, na Praça Sr. Bom Jesus. A cantora Céllia Nascimento, acompanhada pelo violão de Kleber Ribeiro e a percussão de Jow, apresenta vasto repertório de música popular de alta qualidade, com obras do portfólio de Sandra de Sá, Tim Maia e Noel Rosa, dentre outros.  

Região recebe apresentações do Circuito Cultural Paulista em junho

O Circuito Cultural Paulista leva teatro, música e circo para cidades da região em junho. Confira a programação:

A malabarista Carol Rigoletto apresenta-se em Taquarituba no dia 16 (sábado), às 16h00, no Teatro Municipal Prof. Edison da Cruz Salaki (Av. Coronel João Quintino, 01), com o espetáculo “Vida de Picadeiro”. De forma divertida e desenvolta, a apresentação conta sua trajetória e esclarece mitos e verdades de ser uma mulher circense.

Vida de Picadeiro – Crédito: Denise Cruz

Votuporanga recebe, no dia 17 (domingo), a peça “Pequenas Certezas” que será encenada às 20h30 no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” ( Av. dos Bancários, 3299). A história é uma mescla de humor e suspense e fala de uma mulher que decide viajar para a cidade natal do marido depois que ele desaparece misteriosamente.

A atriz e humorista “Marlei Cevada”, apresenta um espetáculo que mistura humor, música e brincadeiras de palco em Itapetiningano dia 9 (sábado) no Centro Cultural Histórico Brazilio Ayres de Aguirre (Lago dos Amores s/n). Marlei já participou do Risadaria, Nunca se Sábado e Humor da Caneca, de Jô Soares. Já no dia 10, o município recebe o espetáculo circense “E o Palhaço o que é?”, que, em uma linguagem divertida, descreve o que é o palhaço, sua origem e seus objetos de trabalho, às 15h00, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. Maria Aparecida Silva Brisolla Franci (Estrada Municipal José Corrêia de Moraes, 266 – Bairro Chapadinha).

E o Palhaço o que é? – Crédito: Téia Camargo

Cerquilho recebe Reynaldo Bessa & Banda, no dia 23 (sábado), às 20h00, no Teatro Municipal (Rua Angêlo Luvizotto, s/nº), com o show “A Poesia Não Salva, A Poesia Valsa”, onde são apresentadas canções dos seis discos já lançados pelo grupo, intercaladas por poemas de autoria do próprio Reynaldo.

Daniela Rosa apresenta seu espetáculo de dança “Quintal” em Botucatu, no dia 8 (sexta-feira), às 20h00, no Teatro Municipal Camilo Fernandes Dinucci (Praça Coronel Raphael de Moura Campos, 27) e em Capela do Alto, no dia 9 (sábado), às 18h00, na Praça da Matriz. A montagem tem concepção, coreografia, direção e interpretação de Daniela Rosa.

Quintal – Crédito: Daniel Franco

Região recebe cursos gratuitos no segundo semestre

Quatro cidades da região de Campinas recebem cursos gratuitos neste segundo semestre. As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Americana recebe a oficina “O imaginário no desenho” entre os dias 16 e 20 de julho, das 13h00 às 16h00, na APAM – Associação de Promoção e Assistência de Americana (Rua Maranhão, 1437 – Praia Azul). Para maiores de 16 anos, o curso propõe o contato dos participantes com o desenho e a iIustração por meio das obras literárias “O Livro dos Seres Imaginários”, de Jorge Luis Borges, e “As Cidades Invisíveis”, de Ítalo Calvino. Será ministrado por Larissa dos Anjos, bacharel em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas.

Itobi recebe a oficina “Lúdico-lúdico: iniciação ao teatro através das máscaras sociais”, ministrada por Mariana de Menezes Guedes, professora de teatro para crianças e adolescentes no Colégio Cosmos. Em dois finais de semana de julho (21/22 e 28/29), das 14h00 às 18h00, o curso acontece no Núcleo Fermento e Sal – Desenvolvimento e Capacitação (Rua XV de Novembro, 641), para maiores de 16 anos.

De 28 de julho a 07 de setembro, sempre aos sábados das 9h30 às 12h30, Cosmópolis recebe a “Oficina de Sapateado”, no CEU – Centro Unificado de Artes e Esporte (Rua Benedito de Moraes Machado, 777 – Jd. Andorinhas). Para maiores de 16 anos, as aulas abordarão as técnicas de percussão corporal e sapateado americano de forma lúdica e divertida e serão ministradas por Janaína Fazzio, graduada em Comunicação em Artes do Corpo pela PUC São Paulo (SP).

No domingo, 29 de julho, das 09h00 às 18h30, acontece em Rio Claro a oficina “Gestão da arte-cultura: o caminho pela ação cooperativa”, no Casarão da Cultura (Avenida 3, 568 – Centro). Para maiores de 16 anos, a oficina abordará os diferentes processos de formação, produção e difusão pela ação cooperativa na realização de projetos coletivos e será ministrada por Hélvio Tamoio, que carrega no currículo a coordenação de oficinas culturais em vários estados e a formação de cineclubes.

Oficina O imaginário no desenho – Americana

Data: 16, 17, 18 e 20 de julho

Local: APAM – Associação de Promoção e Assistência de Americana – Rua Maranhão, 1437, Praia
Azul

Horário: 13h00 às 16h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina Lúdico-lúdico: iniciação ao teatro através das máscaras sociais – Itobi

Data: 21/22 e 28/29 de julho

Local: Núcleo Fermento e Sal – Desenvolvimento e Capacitação – Rua XV de Novembro, 641

Horário: das 14h00 às 18h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de sapateado – Cosmópolis

Data: 28/07 a 07/09

Local: CEU – Centro Unificado de Artes e Esporte – Rua Benedito de Moraes Machado, 777 – Jd. Andorinhas

Horário: das 9h30 às 12h30

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina Gestão da arte-cultura: o caminho pela ação cooperativa – Rio Claro

Data: 29 de julho

Local: Casarão da Cultura – Avenida 3, 568 – Centro

Horário: das 09h00 às 18h30

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Mostra de Teatro 2017 (Foto: Gabriel Campos)

Região recebe cursos gratuitos no segundo semestre

Cinco cidades da região de São José dos Campos recebem cursos gratuitos neste segundo semestre. As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Entre os dias 16 e 19 de julho, das 18h00 às 22h00, Aparecida recebe a oficina “Contando o Contado”, com a contadora de histórias Vanderléia Barboza apresentando técnicas, conceitos, competências e habilidades da contação de histórias, no Estação de Cultura (Rua Valério Francisco, s/nº). O curso tem 20 vagas e é indicado para artistas, educadores e interessados maiores de 18 anos.

Em Cosmópolis, terá início a “Oficina de Sapateado” com Janaína Fazzio, diretora geral do Grupo Oficina da Dança de Botucatu, no dia 28 de julho, com término no dia 1º de setembro. As aulas acontecem no CEU Jd. Andorinhas (Rua Benedito de Moraes Machado, 777) aos sábados, das 9h30 às 12h30, e são indicadas para maiores de 16 anos. O curso vai ensinar técnicas de percussão corporal e sapateado americano de forma lúdica e divertida, desenvolvendo o raciocínio, a coordenação motora, a atenção, o equilíbrio, a concentração, a noção espacial, a criatividade e o prazer.

São Bento do Sapucaí terá a “Oficina de Graffiti – no Olho da Rua” no dia 7 de julho, das 9h00 às 18h00, na Quadra Municipal de Esportes (Rua Octavio Castagnacci, s/nº). Ministrado por Carolina Teixeira, formada em Ciências Sociais pela FFLCH/USP, o curso vai estabelecer um primeiro contato dos participantes com o universo do graffiti e apresentará um panorama da diversidade de linguagens dessa arte popular no Brasil. Em seguida, será confeccionado o Blackbook – livro tradicional na cultura do graffiti – dos participantes e, então, trabalhadas as noções básicas e as vertentes à mão livre e estêncil. A oficina tem 20 vagas e é indicada para maiores de 16 anos.

São Sebastião recebe a oficina de teatro “Método TCH: Treinamento para um corpo híbrido” nos dias 7 e 8 de julho, das 10h00 às 17h00, na Fundação Cultural (Av. Dr. Altino Arantes, 174). Ministrado pela atriz e diretora artística Fabiana Monsalú, o curso vai ensinar o método que envolve a expansão e a dilatação corporal para novas possibilidades em cena. A oficina tem 30 vagas e é indicada para artistas maiores de 16 anos.

Já em Monteiro Lobato ocorre a “Poetizarte: oficina de artes visuais”, de 9 a 13 de julho, na segunda-feira das 13h00 às 18h00 e de terça a sexta-feira das 13h00 às 17h00, no Clube Poliesportivo de Monteiro Lobato (Av. Braz Ribeiro Prince, 101). Com a contadora de histórias Diana Gerbelli, o curso vai criar um espaço de diálogo e reflexão entre os adolescentes, por meio de diferentes expressões artísticas como a música, a fotografia, os filmes e documentários, a poesia e a literatura, as artes visuais e as novas mídias, desenvolvendo o senso crítico e estético com interpretações e criações próprias. A oficina tem 20 vagas e é indicada para maiores de 16 anos.

Oficina Contando o Contado – Aparecida

Data: 16 a 19 de julho

Local: Estação de Cultura – Rua Valério Francisco, s/nº

Horário: 18h00 às 22h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de Sapateado – Cosmópolis

Data: 28 de julho a 1º de setembro, aos sábados

Local: CEU Jd. Andorinhas – Rua Benedito de Moraes Machado, 777

Horário: 9h30 às 12h30

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de Graffiti – no Olho da Rua – São Bento do Sapucaí
Data: 7 de julho
Local: Quadra Municipal de Esportes – Rua Octavio Castagnacci, s/nº
Horário: 9h00 às 18h00
Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina Método TCH: Treinamento para um corpo híbrido – São Sebastião

Data: 7 e 8 de julho
Local: Fundação Cultural – Av. Dr. Altino Arantes, 174
Horário: 10h00 às 17h00
Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina Poetizarte: oficina de artes visuais – Monteiro Lobato

Data: 9 a 13 de julho
Local:  Clube Poliesportivo de Monteiro Lobato – Av. Braz Ribeiro Prince, 101
Horário: segunda-feira das 13h00 às 18h00 e de terça a sexta-feira das 13h00 às 17h00
Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Mostra de Teatro 2017 – crédito Gabriel Campos

Região recebe cursos gratuitos no segundo semestre

Três cidades da região de Marília recebem cursos gratuitos neste segundo semestre. As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Timburi recebe a oficina “Fotografia digital com câmera” entre os dias 10 e 28 de julho, sempre às terças-feiras (18h00 às 21h00) e sábados (14h00 às 17h00) no Centro de Convenções e Secretarias Municipais (Rua 15 de novembro, 1012). O curso está aberto a maiores de 16 anos e visa ensinar a utilizar os principais comandos de uma câmera fotográfica digital. Será ministrado por Luciana Crepaldi, fotógrafa que possui obras nas coleções “Olor Visual” e “Arte e Naturaleza”, em Madri.

Às sextas-feiras e sábados, entre os dias 13 e 21 de julho, das 13h30 às 17h30, será ministrada em Itapuí a oficina “Arte e cidadania: sentidos e significados a partir da vivência com o graffiti”, na  Biblioteca Municipal Prof. Maria Pires (Rua Jorge Chamas, Centro). Aberta a interessados com idade acima de 16 anos, a oficina tem o  objetivo de aproximar os participantes da arte urbana, com vivências lúdicas de conhecimento da história e técnica do graffiti e é ministrada pelo arte educador Mut, integrante do Coletivo Xemalami.  

Aos sábados, entre 28 de julho e 15 de setembro, das 14h00 às 18h00, acontece em Tarumã a oficina de direção teatral “O estado de vigília, a construção da cena a partir da improvisação”, no Centro Integrado de Educação e Cultura (CIEC, Avenida Paranapanema, 1035 – Centro), que visa promover o estudo de uma encenação por meio de experimentos que contribuam com o aprofundamento do trabalho do ator. Para maiores de 16 anos, o curso será ministrado por Gonzalo Perez, artista chileno, criador da Cia Corpus, que atua na região de Marília com apresentações cênicas e atividades de formação artística.

Oficina “Fotografia digital com câmera” – Timburi

Data: de 10 a 28 de julho

Local: Centro de Convenções e Secretarias Municipais – Rua 15 de novembro, 1012

Horário: às terças-feiras (18h00 às 21h00) e sábados (14h00 às 17h00)

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Arte e cidadania: sentidos e significados a partir da vivência com o graffiti” – Itapuri

Data: de 13 a 21 de julho, às sextas-feiras e sábados

Local: Biblioteca Municipal Prof. Maria Pires – Rua Jorge Chamas, Centro

Horário: das 13h30 às 17h30

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de direção teatral “O estado de vigília, a construção da cena a partir da improvisação” – Tarumã

Data: 28 de julho a 15 de setembro, todos os sábados

Local: Centro Integrado de Educação e Cultura (CIEC), Avenida Paranapanema, 1035 – Centro

Horário: das 14h00 às 18h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Mostra de Teatro 2017 (Foto: Gabriel Campos)

Região recebe cursos gratuitos no segundo semestre

Sete cidades da região de Ribeirão Preto recebem cursos gratuitos neste segundo semestre. As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Borborema recebe, de 17 a 25 de julho, às terças e quartas-feiras, das 18h00 às 21h00, a oficina “Fotografia digital intermediária”, voltada a maiores de 16 anos, interessados em fotografia, que já possuam alguma experiência.  A oficina acontece na Secretaria Municipal de Educação (Rua Joaquim Martins Carvalho, 678) e será ministrada por Bruna Grassi, Mestre em Comunicação e Jornalismo, especialista em Teorias da Imagem.

Todos os sábados, das 14h00 às 18h00, de 21 de julho a 1º de setembro, Sertãozinho recebe a oficina “Processo de criação em audiovisual” no Museu da Cidade (Rua Expedicionário Nellis, 1500), ministrado por Cid Machado, mestre em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos. Para maiores de 16 anos, o curso visa desenvolver o senso crítico por meio da linguagem audiovisual, estimulando a sensibilidade artística e vocacional.

Todas as sextas-feiras, de 6 a 27 de julho, das 14h00 às 17h00, em Igarapava, acontece a oficina “Malabarismo para iniciantes”, na Casa da Cultura de Igarapava (Rua Padre Zeferino, s/nº), totalmente prática e aberta a iniciantes e praticantes acima de 16 anos. O curso será ministrado pela malabarista Thais Cola, fundadora e artista dos grupos As Inigualáveis Irmãs Cola e CabarElas.

Em Franca, de 17 a 26 de julho, das 19h00 às 22h00, às terças e quintas-feiras, acontece a oficina “Palhaço e seus ridículos”, na Casa da Cultura (Rua Oscar Brasilino Santos, 1531). Aberta a maiores de 16 anos, o curso propõe uma primeira vivência sobre os aspectos básicos do desenvolvimento do clown pessoal a partir dos “ridículos e estúpidos” de cada indivíduo, e será ministrado pela dupla Ademir Apparício, cofundador da “Cia Teatral Fantoccini” e patrono da Cadeira No 19 da “Academia Brasileira de Contadores de Histórias”, e Renan Eichel, cofundador do Grupo Teatral InSônia e também da Cia de Teatro Fantoccini.

Descalvado recebe a oficina “Improvisação para atores e não atores”, de 10 a 25 de julho, às terças, quartas e quintas-feiras, das 18h00 às 21h00, na FEPASA (Antigo Cine Teatro Estação – Avenida Dom Pedro ll, 100). Aberto a participantes acima de 16 anos, a oficina será ministrada pela atriz, contadora de histórias e arte-educadora Gaby Samyth, que incentivará os participantes a embarcarem em uma experiência lúdica e prazerosa com pitadas de conhecimento, por meio de jogos de improviso.

A “Oficina de danças urbanas” será ministrada em Gavião Peixoto, de 14 de julho a 18 de agosto, aos sábados das 14h30 às 17h30, no Núcleo Cultural e Biblioteca Professora Eulália Rosália de Arruda Cury (Espaço do Saber da Secretaria de Cultura – Alameda Silva, 497) e em São Simão, de 02 a 23 de julho, às segundas e quartas-feiras, das 19h00 às 22h00, na Biblioteca Municipal Miguel Nayme (Rua Bandeira Vilela, 559). Aberta a participantes acima de 16 anos, o curso visa introduzir diferentes técnicas de danças urbanas (hip-hop), despertando o imaginário dos participantes para a experiência criativa e será ministrado pelo dançarino Alexandre Snoop, diretor de sua própria companhia, a  Cia de Dança Alexandre Snoop, e arte educador na APAE de Ribeirão Preto.

Oficina “Fotografia digital intermediária” – Borborema

Data: 17 a 25 de julho, às terças-feiras e quintas-feiras

Local: na Secretaria Municipal de Educação – Rua Joaquim Martins Carvalho, 678 Piso Superior,  Centro

Horário: das 18h00 às 21h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

O participante deve levar equipamento fotográfico de qualquer suporte, como câmeras digitais, celulares, tablets para as aulas

Oficina “Processo de criação em audiovisual” – Sertãozinho

Data: 21 de julho a 1º de setembro

Local: Museu da Cidade – Rua Expedicionário Nellis, 1500, Centro

Horário: das 14h00 às 18h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Malabarismo para iniciantes” – Igarapava

Data: de 6 a 27 de julho, às sextas-feiras

Local: Casa da Cultura de Igarapava – Rua Padre Zeferino, s/nº, Centro

Horário: das 14h00 às 17h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Palhaço e seus ridículos” – Franca

Data: de 17 a 26 de julho, às terças e quintas-feiras

Local: Casa da Cultura – Rua Oscar Brasilino Santos, 1531, Centro

Horário: das 19h00 às 22h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Improvisação para atores e não atores” – Descalvado

Data: de 10 a 25 de julho, às terças, quartas e quintas-feiras

Local: FEPASA (Antigo Cine Teatro Estação) – Avenida Dom Pedro ll , 100, Centro

Horário: das 18h00 às 21h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Danças Urbanas” – Gavião Peixoto

Data: de 14 de julho a 18 de agosto, aos sábados

Local: Núcleo Cultural e Biblioteca Professora Eulália Rosália de Arruda Cury (Espaço do Saber da Secretaria de Cultura) – Alameda Silva, 497, Centro

Horário: das 14h30 às 17h30

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina “Danças Urbanas” – São Simão

Data: de 02 a 23 de julho, às segundas e quartas-feiras

Local: Biblioteca Municipal Miguel Nayme – Rua Bandeira Vilela, 559

Horário: das 19h00 às 22h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Oficina de Fotografia  (Foto: Equipe BSP 2016)

Região recebe cursos gratuitos no segundo semestre

Duas cidades da região de Sorocaba recebem cursos gratuitos neste segundo semestre. As inscrições devem ser feitas no local e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.

Alumínio recebe a oficina “Documentários com câmeras DSLR”, de 17 a 26 de julho, das 14h00 às 18h00, às terças e quintas-feiras, no Auditória da Escola Municipal de Música (Rua Albino Henrique Duarte, s/n). Aberto a participantes acima de 16 anos, o curso abordará as diversas etapas de produção, da escolha do equipamento à preparação dos arquivos para edição e montagem, e será ministrado por Lucas Gervilla, mestrando no Instituto de Artes da UNESP e ex-professor do curso de Produção Audiovisual na ETEC Jornalista Roberto Marinho.

Itu recebe a oficina de dança para adolescentes “Outros caminhos da dança”, de 16 a 18 de julho (segunda a quarta-feira), das 17h00 às 20h00, no SESI Itu (Rua José Bruni, 201 – São Luiz). Aberto a maiores de 16 anos, o curso será ministrado pela bailarina, coreógrafa e professora de dança Cora Laszlo, que trabalhará a dança contemporânea e a conscientização do movimento dos alunos a partir de tópicos corporais da Técnica Klauss Vianna.

Oficina “Documentários com câmeras DSLR” – Alumínio

Data: 17 a 26 de julho, às terças e quintas-feiras

Local: Auditória da Escola Municipal de Música – Rua Albino Henrique Duarte, s/nº
Horário: 14h00 às 18h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br

Não há necessidade de ter câmera DSRL

Oficina “Outros caminhos da dança” – Itu

Data: 16, 17 e 18 de julho, segunda a quarta-feira

Local: SESI Itu – Rua José Bruni, 201 – São Luiz

Horário: 17h00 às 20h00

Atividade gratuita – Vagas limitadas

Informações: atividades@oficinasculturais.org.br


Harmonia Grupo de Dança (Foto: Gabriel Campos)

São Bernardo do Campo recebe curso “A Arte de Criar Leitores”

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo leva a São Bernardo do Campo, no dia 5 de junho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato (Rua Dr Flaquer, 26) o curso “A arte de criar leitores: reflexões e dicas para uma mediação eficaz”, com a jornalista, escritora e palestrante Goimar Dantas.

Voltado para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o curso apresentará reflexões, exercícios e ações para aprimorar a mediação e a propagação do gosto pela leitura na comunidade. Serão abordados o papel do mediador de leitura no processo de formação do leitor, como se preparar para exercer esse papel, os primórdios das histórias orais, a literatura infantojuvenil, o panorama da literatura no Brasil atualmente, entre outros assuntos. Mais informações no site http://siseb.sp.gov.br

São Bernardo do Campo recebe mostra “Origem dos Nomes dos Municípios Paulistas”

Após passar por Santo André, o SISEM-SP leva a mostra gratuita e itinerante “Origem dos Nomes dos Municípios Paulistas” a São Bernardo do Campo. A abertura será no dia 12 de abril, às 19h00, na Pinacoteca de São Bernardo, e fica em cartaz até 12 de maio.

A exposição surgiu a partir do livro de mesmo nome escrito em 2004 pelo jornalista e artista plástico Enio Squeff, em coautoria com Helder Perri Ferreira, e explora seis temas principais: 1) o que é um município, como ele se forma e como se nomeia; 2) os topônimos: a grande influência das línguas indígenas; 3) a fé católica – os santos de devoção que viram nomes de cidades; 4) os personagens e as homenagens; 5) o nome dos municípios; 6) e “quem nasce aqui chama como?”.

A mostra conta com 70m², distribuídos em quatro contêineres/display, especialmente projetados para receber todo conteúdo expositivo. Um dos destaques é a tela touchscreen, na qual o público pode criar “cidades ideais” – decidindo se elas ficarão no campo ou na praia, qual será a base da economia, arquitetura, entre outras características. Além disso, conta com a versão digitalizada do livro de Squeff e Ferreira, com os 645 municípios paulistas catalogados com seus respectivos nomes.

São Carlos recebe apresentação do Projeto Guri em maio

São Carlos recebe na terça-feira, dia 22, às 19h30 (Teatro Municipal, Rua Sete de Setembro, 1735 – Centro), o Grupo de Referência Big Band São Carlos e os alunos intercambistas do programa Move (Musicians and Organizers Volunteer Exchange), que fazem show de dança com ritmos moçambicanos com a participação de idosos do Centro de Referência do Idoso Vera Lúcia Pilla.

Projeto Guri – Crédito: Divulgação

São José dos Campos recebe mostra do Museu do Futebol em outubro

A mostra “Visibilidade para o Futebol Feminino”, realizada pelo Museu do Futebol, chega a São José dos Campos no dia 10 de outubro, no Museu de Esportes (Rua Ana Gonçalves da Cunha, 340, Jardim Jussara – Estádio Martins Pereira – Portão 2). Com o objetivo de ampliar a visibilidade da trajetória feminina no esporte, a exposição é composta por nove placas que contam a história e as dificuldades enfrentadas pelo futebol feminino no Brasil.  Realizada em parceria com o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), a mostra fica em cartaz até o dia 15 de dezembro, com entrada gratuita. O Museu de Esportes funciona de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h00 e das 13h00 às 16h00.

São Paulo Companhia de Dança apresenta espetáculo em Ilhabela

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), retorna a Ilhabela no mês de janeiro, em clima de comemoração. Para celebrar seus dez anos, a Companhia se apresentará no Teatro de Vermelhos (Avenida Governador Mário Covas Júnior, 11.474), no dia 27 de janeiro, às 20h30.

 

O repertório da noite será o II Ato de O Lago dos Cisnes (2017), de Mario Galizzi a partir do original de 1895 de Lev Ivanov (1834-1901) e Melhor Único Dia (2018), criação de Henrique Rodovalho para a Companhia. Após o espetáculo, o público poderá dançar no palco com os bailarinos da SPCD, ao som da Orquestra Popular de Ilhabela.

 

Os ingressos estão disponíveis no site www.ingressorapido.com.br/venda/?id=4122#!/tickets e custam R$ 30 (inteira passarela – em pé) e R$ 120 (inteira para plateias 1, 2 e 3).

São Paulo Companhia de Dança apresenta espetáculos gratuitos em Santo André

Após comemorar dez anos de atuação, completos em janeiro, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD), sob direção de Inês Bogéa -, volta a Santo André para duas apresentações gratuitas nos dias 2 e 3 de março, às 20h00, no Teatro Municipal Antônio Houaiss (Rua Delfim Moreira, 4), com repertório formado por The Seasons (2014), de Édouard Lock, Instante (2017), de Lucas Lima, e Ngali… (2016), de Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro.

Além dos espetáculos noturnos, a SPCD apresenta ainda um Espetáculo Gratuito para Estudantes e Terceira Idade, no dia 2 de março, às 15h00, em que o público assistirá coreografias e participará de brincadeiras que mostram a dança em uma linguagem lúdica e divertida. Para participar é necessário realizar a inscrição pelo e-mail educativo@spcd.com.br

 

Foto: Apresentação da São Paulo Companhia de Dança (SPCD)

 

No dia 3 de março, às 10h00, acontece a Oficina de Balé Clássico, seguida pela Oficina Repertório em Movimento, às 11h30, ministradas por Milton Coatti, professor ensaiador da Companhia. Na oficina de Balé Clássico, os participantes terão a oportunidade de conhecer um panorama da técnica de balé clássico usada em uma companhia profissional. Já na oficina Repertório em Movimento, os alunos poderão vivenciar trechos de coreografias que compõem o repertório da SPCD. Todas as atividades são gratuitas.

São Paulo Companhia de Dança leva espetáculo de dança para Taubaté

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Taubaté, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) participa, no dia em 08 de maio, às 20h00, da 5ª Edição do Festival Internacional de Dança de Taubaté, no Teatro Metrópole (Rua Duque de Caxias, 312 – tel. 12 3624.8695) com os espetáculos Instante, de Lucas Lima e Fada do Amor, de Márcia Haydée.

São Paulo Companhia de Dança  – Lago dos Cisnes – Crédito: Fábio Furtado

São Paulo Companhia de Dança leva oficinas de dança para Cotia

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD) se uniu à Escola de Desenvolvimento Artístico (EDA) de Cotia para uma atividade educativa especial em comemoração ao Dia Internacional da Dança, que é lembrado em 29 de abril.  Serão duas Oficinas – uma de Balé Clássico e outra de Repertório em Movimento – para alunos de dança da região, com idade a partir de 13 anos. As oficinas acontecem no dia 5 de maio, na própria EDA (Av. São Camilo, 980, Centro Comercial Granjardim, tel 11 4617.3885): Oficina de Ballet Clássico das 13h00 às 14h15 e Oficina de Repertório e Movimento das 14h30 às 15h45. Uma experiência inovadora e única para os alunos da EDA!

São Paulo Companhia de Dança OSESP Lago dos Cisnes – Crédito: Fábio Furtado

São Paulo Companhia de Dança promove oficina de balé clássico em Barueri

No dia 21 de outubro, a São Paulo Companhia de Dança promove em Barueri a Oficina de Balé Clássico, com Beatriz Hack. Assistente de ensaio e bailarina da SPCD, Beatriz apresentará um panorama da técnica do balé clássico, utilizado pelas companhias profissionais. A atividade é gratuita e será no Teatro Municipal de Barueri (Rua Ministro Rafael de Barros Monteiro, 255), das 10h00 às 12h00. Serão 25 vagas e para participar, o interessado deve solicitar a ficha de inscrição pelo e-mail  festivais@barueri.sp.gov.br.  

São Paulo Companhia de Dança realiza apresentação inédita em Santos no mês de janeiro

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD) volta a Santos para duas apresentações nos dias 20 e 21 de janeiro, às 20h00 e às 17h30, respectivamente, no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida). O espetáculo é composto pela  estreia de “Melhor Único Dia” (2018), de Henrique Rodovalho, e “O Lago dos Cisnes – II Ato” (2017), de Mário Galizzi. Os ingressos custam R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 6 (credencial plena).

Segunda obra de Rodovalho a integrar o repertório da Companhia, “Melhor Único Dia” experimenta movimentos expandidos e continuados a partir da relação dos bailarinos, que permanecem o tempo todo em cena. “O Lago dos Cisnes – II Ato” (2017), de Mario Galizzi, completa o programa da noite. O segundo ato do icônico balé mostra o encontro do príncipe Siegfried e da princesa Odete na floresta. Da meia noite ao amanhecer, ela é a princesa da noite, uma criatura mágica e delicada, que o príncipe deseja amar e proteger. Durante o dia, a rainha dos cisnes: frágil, amedrontada e, ao mesmo tempo, corajosa e protetora do seu grupo.

São Paulo Companhia de Dança se apresenta “Fada do Amor” em Taubaté

No dia 11 de outubro, quarta-feira, às 20h00, a São Paulo Companhia de Dança apresenta a coreografia Fada do Amor (1993), de Márcia Haydée, no Teatro Metrópole (R. Duque de Caxias, 312). Nesta apresentação, o duo de dançarinos traduz a energia e o amor da fada pelo ser humano, marcado por sua entrega e delicadeza. O pas de deux integra Dr. Coppélius, O Mago de Márcia Haydée, uma releitura de Coppélia. A magia desta obra nos leva a perceber a leveza da bailarina que cruza a cena nos braços do bailarino. A entrada é gratuita e a classificação é livre.

São Paulo Companhia de Dança se apresenta na região. Veja agenda!

Em agosto e setembro, a São Paulo Companhia de Dança vai marcar presença nos municípios de Sorocaba e Salto.

No dia 16 de agosto (quinta-feira), o Polo Sorocaba do Projeto Guri (Rua João Francisco das Neves, 11, Vila Assis) recebe, às 13h30, a Oficina de Repertório em Movimento com Daphne Chequer.

Em setembro, a SPCD apresenta-se em Salto no dia 9 (domingo), às 20h00, com as obras “Petrichor”, de Thiago Bordin e “Instante”, de Lucas Lima, no Salto Fest Dance, evento que acontecerá no Centro Cultural Giuseppe Verdi (R. José Galvão, 104-146). “Petrichor” é uma composição das palavras gregas petros (que significa pedra) e ichor (o que flui através das veias dos deuses) e é o nome do cheiro do orvalho, que vem com a primeira chuva após um período de seca: a criação da obra teve como ponto de partida a música de Jóhan Jóhannsson e Wim Maetens. Já “Instante” teve como ponto de partida a música de Max Richter e, segundo o autor Lucas Lima, trata de “um instante para se encontrar e outro para se perder; um instante para decidir, para seguir, para voltar, para se arrepender”.

Em 28 de janeiro de 2018, a São Paulo Companhia de Dança completou 10 anos, com trajetória marcada por 17 prêmios nacionais e internacionais. Depois de uma bem-sucedida turnê em países como Alemanha, Áustria, França e Luxemburgo, a Companhia voltou ao Brasil para temporada nacional no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, de 21 de junho a 8 de julho.

Oficina de Repertório em Movimento – Polo Sorocaba

Data: 16 de agosto

Local: Polo Sorocaba do Projeto Guri – Rua João Francisco das Neves, 11, Vila Assis

Horário: 13h30

Gratuito

Espetáculo – “Petrichor” e “Instante” – Salto Fest Dance – Salto

Data: 9 de setembro

Local: Centro Cultural Giuseppe Verdi – R. José Galvão, 104-146

Horário: 20h00

Gratuito

Não é necessário realizar inscrição

Espetáculo Petrichor (Foto: Rodolfo Dias Paes)

São Paulo Companhia de Dança se apresenta no Vale. Confira agenda!

Em agosto e setembro, a São Paulo Companhia de Dança vai marcar presença em Ilhabela e São José dos Campos, com apresentações e oficinas.

No dia 4 de agosto (sábado), às 20h00, estará no Centro Cultural Baía dos Vermelhos (Av. Governador Mário Covas Júnior, 11474-11986), em Ilhabela, para apresentação do espetáculo “Bernstein 100”, uma homenagem ao centenário do maestro Leonard Bernstein em que a SPCD se aventura pelo jazz dance e pelo house, com música ao vivo.

Em setembro, a Cia viaja para São José dos Campos para a “Oficina de Repertório em Movimento” com Daphne Chequer, no Polo São José dos Campos Regional do Projeto Guri (Avenida Olívio Gomes, 100), no dia 20 (quinta-feira), às 13h30.

Em 28 de janeiro de 2018, a São Paulo Companhia de Dança completou 10 anos, com trajetória marcada por 17 prêmios nacionais e internacionais. Depois de uma bem-sucedida turnê em países como Alemanha, Áustria, França e Luxemburgo, a Companhia voltou ao Brasil para temporada nacional no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, de 21 de junho a 8 de julho.

Espetáculo Bernstein 100 – São Paulo Companhia de Dança – Ilhabela

Data: 4 de agosto

Local: Centro Cultural Baía dos Vermelhos – Av. Governador Mário Covas Júnior, 11.474-11.986, Ilhabela (SP)

Horário: 20h00

Ingressos: R$ 60 (inteira) – R$30 (meia)

Oficina de Repertório em Movimento – São José dos Campos

Data: 20 de setembro

Local: Projeto Guri – Polo São José dos Campos Regional – Avenida Olívio Gomes, 100, São José dos Campos (SP)

Horário: 13h30

São Paulo Companhia de Dança (Foto: Wilian Aguiar)

 

São Paulo Companhia de Dança: oficinas em Piracicaba

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD) se uniu ao Projeto Guri para uma série de atividades educativas no Interior do Estado, e uma delas acontece em Piracicaba, no dia 21 de maio, no Polo do Projeto Guri (Avenida Doutor Paulo de Moraes, 1682). Professores e ensaiadores da SPCD ministrarão Oficinas de Dança aos alunos do Coral do Guri, proporcionando aos participantes experimentar a linguagem da dança e se apropriar dela para aperfeiçoar sua própria arte. Serão duas sessões, uma das 14h00 às 15h30 (para até 30 alunos regulares) e a outra das 16h00 às 17h30 (para até 30 alunos do Grupo de Referência). Uma experiência inovadora e única para os aprendizes do Guri!

São Paulo Companhia de Dança – Crédito: Divulgação

São Roque recebe apresentação do Projeto Guri no Dia Internacional da Mulher

No dia 7 de março, às 16h00, alunos do Polo São Roque do Projeto Guri realizam apresentação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher no Paço Municipal (Rua São Paulo, 966), em São Roque. A Orquestra homenageará as mulheres que trabalham na prefeitura da cidade com a música “Além do Arco-Íris”. A participação é gratuita.

SEC e Poiesis abrem inscrições para atividades culturais no interior e litoral

Prefeituras podem se cadastrar a partir de 28 de fevereiro (mais…)

Secretaria da Cultura do Estado cria projeto para municípios receberem produções internacionais

O secretário José Luiz Penna anunciou a criação de uma Film Commission, que visa colocar os municípios paulistas como vitrine para produções cinematográficas internacionais. As cidades interessadas em integrar a Film Commission deverão se inscrever em chamamento público e criar incentivos – que podem ser desde alimentação, hospedagem e transporte até recursos financeiros – para a produção. Acompanhe o site da Secretaria da Cultura do Estado – em breve serão divulgadas mais informações.

Secretaria da Cultura lança editais nas áreas de teatro, dança, música, artes cênicas e festivais

144 projetos serão selecionados em 14 concursos, com prêmios entre R$ 25 mil e R$ 160 mil cada; inscrições devem ser feitas pelo site www.proac.sp.gov.br

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo abriu inscrições para os primeiros editais do Programa de Ação Cultural (ProAC) de 2018. Serão contemplados 144 projetos de Pessoas Físicas e Jurídicas, em 14 concursos nas áreas de música, teatro, dança, artes cênicas e festivais. Os prêmios variam entre R$ 25 mil e R$ 160 mil cada. Além disso, no mínimo 50% dos selecionados serão de proponentes da Grande São Paulo, interior e litoral. As inscrições devem ser feitas pelo site www.proac.sp.gov.br. Os editais completos estão disponíveis no mesmo endereço.

Entre as novidades do calendário 2018, destacam-se os editais de apoio a Festivais de Música para Novos Talentos, Gravação de Álbum Inédito com Apresentação de Espetáculos de Música Alternativa ou Eletrônica e Fomento e Difusão de Bandas Marciais e Fanfarras, destinados a Pessoas Físicas, que serão lançados já neste primeiro bloco. Além destes, outros cinco concursos nas áreas de música, dança e teatro também oferecem oportunidades para Pessoas Físicas.

Teatro

O edital de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de Teatro é destinado a Pessoas Jurídicas e premiará 20 projetos em dois módulos: o módulo 1 selecionará 14 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada, enquanto o módulo 2 premiará seis projetos no valor de R$ 160 mil cada. Já o concurso voltado para Circulação de Espetáculo de Teatro, premiará 14 projetos de Pessoas Jurídicas, com prêmios de R$ 105 mil cada. Por fim, o concurso Jovens Artistas para Produção de Primeiras Obras de Espetáculo e Temporada de Teatro, destinado a Pessoas Físicas, selecionará 10 proponentes com idade entre 18 e 29 anos. Cada um receberá R$ 35 mil para a execução do projeto.

Dança

Na área da dança, serão 24 projetos selecionados. Destinados a Pessoas Jurídicas, os editais de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de Dança e  Circulação de Espetáculo de Dança irão contemplar oito projetos cada, com prêmios de 105 mil para cada um dos selecionados. Proponentes que sejam Pessoas Físicas poderão enviar seus projetos para o concurso de Jovens Artistas para Produção de Primeiras Obras de Espetáculos e Temporada de Dança. Os oito selecionados receberão R$ 35 mil cada.

Artes Cênicas

Voltados para Pessoas Jurídicas, os concursos de apoio à Produção de Espetáculo Inédito e Temporada de Artes Cênicas para o Público Infantil e/ou Juvenil e Circulação de Espetáculo de Artes Cênicas para o Público Infantil e/ou Juvenil irão contemplar 12 proponentes cada, com prêmios de R$ 85 mil.

Festivais

O edital de apoio a Festivais de Música para Novos Talentos visa a consolidação de artistas e/ou grupos musicais, que tenham no máximo cinco anos de carreira, nunca tenham lançado álbum físico (CD, LP, DVD) e que não possuam vínculos contratuais vigentes com gravadoras, selos ou agências que administram carreiras. Serão selecionados quatro projetos de Pessoas Físicas, que receberão R$ 150 mil cada para a realização dos festivais.

Música

Os editais da área de música serão todos voltados para Pessoas Físicas. O concurso de apoio à Gravação de Álbum Inédito com Apresentação de Espetáculos de Música Alternativa ou Eletrônica, selecionará 12 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada. Para este edital, podem participar artistas e/ou grupos que não possuam vínculos contratuais vigentes ou já tenham lançado álbum físico (CD, LP, DVD) com gravadoras, selos ou agências que administram carreiras. Os gêneros preferencialmente apoiados serão rock (incluindo indie, pop rock, heavy metal e punk rock), reggae, blues e música eletrônica (incluindo techno, house e dance music).

Já Fomento e Difusão de Bandas Marciais e Fanfarras irá premiar 10 projetos com R$ 40 mil cada. O concurso permite intercâmbio com outras bandas e fanfarras por meio de campeonatos ou eventos, além da atualização, preservação e manutenção dos instrumentos musicais, uniformes e demais aparatos utilizados.

Haverá outros três editais voltados à música: Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Popular, que irá premiar 12 projetos com R$ 80 mil cada; Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Popular Instrumental, que selecionará 10 projetos, com prêmios de R$ 80 mil cada; e, por fim, o edital de apoio à Gravação de Álbum Inédito e Apresentação de Espetáculos de Música Erudita, que premiará quatro proponentes com R$ 80 mil cada.

Confira o detalhamento e o período de inscrição de cada edital:

Teatro

  • Produção de espetáculo inédito e temporada de teatro

Pessoa Jurídica

20 projetos, sendo 14 com prêmios de R$ 85 mil (módulo 1) e 06 com prêmios de R$ 160 mil (módulo 2)

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

  • Circulação de espetáculo de teatro

Pessoa Jurídica

14 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

  • Jovens artistas para produção de primeiras obras de espetáculo e temporada de teatro

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 35 mil cada.

Destinado a jovens artistas com idade entre 18 e 29 anos.

Inscrições: de 27 de março a 10 de maio

Dança

  • Produção de espetáculo inédito e temporada de dança

Pessoa Jurídica

08 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

  • Circulação de espetáculo de dança

Pessoa Jurídica

08 projetos com prêmios de R$ 105 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

  • Jovens artistas para produção de primeiras obras de espetáculo e temporada de dança

Pessoa Física

08 projetos com prêmios de R$ 35 mil cada.

Inscrições: de 28 de março a 11 de maio

Artes Cênicas

  • Produção de espetáculo inédito e temporada de artes cênicas para o público infantil e/ou juvenil

Pessoa Jurídica

12 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

  • Circulação de espetáculo de artes cênicas para o público infantil e/ou juvenil

Pessoa Jurídica

12 projetos com prêmios de R$ 85 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

Festivais

  • Festivais de música para novos talentos

Pessoa Física

04 projetos com prêmios de R$ 150 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

Música

  • Gravação de álbum inédito com apresentação de espetáculos de música alternativa ou eletrônica no Estado de São Paulo

Pessoa Física

12 projetos com prêmios de R$ 25 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

  • Apoio a projetos de fomento e difusão de bandas marciais e fanfarras

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 40 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

  • Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música popular

Pessoa Física

12 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

  • Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música popular instrumental

Pessoa Física

10 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 15 de maio

  • Gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música erudita

Pessoa Física

04 projetos com prêmios de R$ 80 mil cada.

Inscrições: de 29 de março a 14 de maio

Sobre o ProAC Editais

Desde a sua criação, em 2006, o Programa de Ação Cultural (ProAC) já contemplou mais de 5.400 projetos, em 394 editais, nos mais diversos segmentos, como teatro, dança, artes cênicas, música, circo, festivais, artes visuais, museus e arquivos, cultura e cidadania, literatura, audiovisual e projetos multidisciplinares. O objetivo do ProAC Editais é fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do estado, apoiando financeiramente projetos artísticos.

Semana das Crianças: confira as atrações do Museu do Café

O Museu do Café promoverá na terça-feira, 10 de outubro, uma oficina de produção de cookie, a partir das 14h00. Durante a atividade, crianças maiores de dez anos irão aprender o passo a passo da receita e como harmonizá-la com café e leite. Na quinta-feira (12), as atrações começam às 14h00 com a oficina Minibarista, destinada aos pequenos de cinco a dez anos. (mais…)

SisEB leva a Itapetininga curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador”

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Itapetininga, no dia 6 de julho, das  9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Júlio Prestes de Albuquerque (R. Dr. Campos Salles, 175), o curso gratuito “Leitura literária: promoção e formação do mediador”, com a mestre em Teoria Literária e escritora Cléo Busatto.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o curso apresentará estratégias para mediadores de leitura sensibilizarem os leitores por meio da arte literária e ampliarem seus horizontes. O objetivo do curso é contribuir para a formação leitora literária do mediador para que ele intensifique a importância da literatura na vida das pessoas com as quais atua. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br

Curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador” – Itapetininga

Data: 6 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Dr. Júlio Prestes de Albuquerque – R. Dr. Campos Salles, 175

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

SisEB – Capacitações presenciais (ilustração: Michele Iacoca)

SisEB leva a Sorocaba curso sobre gestão orçamentária e financeira

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo  – SisEB – leva a Sorocaba, no dia 25 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Jorge Guilherme Senger (Rua Ministro Coqueijo Costa, 180, Alto da Boa Vista) o curso gratuito “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”, com Valdemir Pires, professor de Finanças Públicas e de Administração Financeira e Orçamentária Pública do curso de Administração Pública da Unesp-Araraquara.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o objetivo do curso é introduzir ao conhecimento prático do orçamento público como instrumento viabilizador das políticas públicas, de modo a facilitar a interação das áreas-fins, como Cultura, Educação e Saúde, com a área financeira. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br

Curso “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo” – Sorocaba

Data: 25 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Jorge Guilherme Senger (Rua Ministro Coqueijo Costa, 180 – Alto da Boa Vista)

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

SisEB leva curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador” a Franca

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Franca, no dia 4 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Américo Maciel de Castro Jr (Av. Champagnat, 1808), o curso gratuito “Leitura literária: promoção e formação do mediador”, com a mestre em teoria literária e escritora Cléo Busatto.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o curso
apresentará estratégias para mediadores de leitura sensibilizarem os leitores por meio da arte literária e ampliarem seus horizontes. O objetivo do curso é contribuir para a formação leitora literária do mediador para que ele intensifique a importância da literatura na vida das pessoas com as quais atua. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br

Curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador” – Franca

Data: 4 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Dr. Américo Maciel de Castro Jr – Av. Champagnat, 1808

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

 

SisEB – Capacitações presenciais (ilustração: Michele Iacoca)

SisEB leva curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador” a Rio Claro

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Rio Claro, no dia 5 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Maria Victória Alem Jorge  (R. Dois, 2880), o curso gratuito “Leitura literária: promoção e formação do mediador”, com a mestre em Teoria Literária e escritora Cléo Busatto.

Voltado para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o curso
apresenta estratégias para mediadores de leitura sensibilizarem o público  e contribuir para a formação leitora literária do mediador para que ele intensifique a importância da literatura na vida das pessoas com as quais atua. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br

Curso “Leitura literária: promoção e formação do mediador”

Data: 5 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Maria Victória Alem Jorge  – R. Dois, 2880

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br

SisEB – Capacitações presenciais (ilustração: Michele Iacoca)

SisEB leva curso sobre gestão orçamentária e financeira a Garça

 

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB – leva a Garça, no dia 17 de julho, das 9h00 às 16h00, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Rafael Paes de Barros (Av. Dr. Rafael Paes de Barros, 522), o curso gratuito “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”, com Valdemir Pires, professor de Finanças Públicas e de Administração Financeira e Orçamentária Pública do curso de Administração Pública da Unesp-Araraquara.

Voltado a profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura, o objetivo do curso é introduzir ao conhecimento prático do orçamento público como instrumento viabilizador das políticas públicas, de modo a facilitar a interação das áreas-fins, como Cultura, Educação e Saúde, com a área financeira. Mais informações e inscrições no site http://siseb.sp.gov.br

Oficina “Gestão orçamentária e financeira: legislação, classificações, sistema e processo”

Data: 17 de julho

Local: Biblioteca Pública Municipal Dr. Rafael Paes de Barros –  Av. Dr. Rafael Paes de Barros, 522

Horário: 09h00 às 16h00

Vagas limitadas – inscrições gratuitas

Informações: (11) 3155-5444 – http://siseb.sp.gov.br 

 

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de Bauru

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece em maio vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, mantendo assim vivo o seu objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em Lençóis Paulista o curso “Monitoramento e Avaliação de Ações de Bibliotecas” para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura. Será ministrado pelas especialistas Joana Zatz Mussi e Martina Rillo Otero, do Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social, no Espaço Cultural Cidade do Livro (Rua Pedro Natálio Lorenzetti, 286 – Centro), na quarta-feira, dia 23, das 9h00 às 16h00.

O curso visa uma avaliação qualitativa e quantitativa para o planejamento estratégico e o desenvolvimento cultural e social de uma biblioteca.

Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/

Ilustração: Michele Iacoca

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de Campinas

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece em maio vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, mantendo assim vivo o seu objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura. Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em Jundiaí o curso “Monitoramento e Avaliação de Ações de Bibliotecas” para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura.

Será ministrado pelas especialistas Joana Zatz Mussi e Martina Rillo Otero, do Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social, na  Biblioteca Pública Municipal Prof. Nelson Foot ( Av. Dr. Cavalcanti, 396 – Complexo Argos), na quinta-feira, dia 10, das 9h00 às 16h00. O curso visa uma avaliação qualitativa e quantitativa para o planejamento estratégico e o desenvolvimento cultural e social de uma biblioteca.

Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/ 

Ilustração: Michele Iacoca

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de Marília

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece em maio vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, mantendo assim vivo o seu objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em Marília o curso “Monitoramento e Avaliação de Ações de Bibliotecas” para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura. Será ministrado pelas especialistas Joana Zatz Mussi e Martina Rillo Otero, do Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social, na Biblioteca Pública Municipal João Mesquita Valença (Av. Rua São Luis, 1295 – Centro), na terça-feira, dia 22 de maio, das 9h00 às 16h00. O curso visa uma avaliação qualitativa e quantitativa para o planejamento estratégico e o desenvolvimento cultural e social de uma biblioteca. Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/.

Ilustração: Michele Iacoca

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de Registro

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece, em maio, vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, com o objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em Iguape a oficina “Fab Lab: como fazer livros artesanais” para escritores independentes, profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura. Será um laboratório de aprendizado compartilhado sobre a publicação de livros em pequena escala e baixo custo, ministrado pelos especialistas Albino Ribas (criador do projeto Livro Alternativo), Célia Regina Ignatios de Andrade (escritora, poeta e membro da Academia Itanhaense de Letras) e Maraléia Menezes de Lima (bibliotecária, especializada em educação à distância e psicopedagogia institucional).  na Biblioteca Pública Municipal (Rua Major Moutinho, 200 – Beira do Valo), no sábado, dia 26, das 14h00 às 17h00.

Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/

 

Ilustração: Michele Iacoca

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de Ribeirão Preto

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece em maio vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, mantendo assim vivo o seu objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em Sertãozinho o curso “Monitoramento e Avaliação de Ações de Bibliotecas” para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura. Será ministrado pelas especialistas Joana Zatz Mussi e Martina Rillo Otero, do Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social. O curso visa uma avaliação qualitativa e quantitativa para o planejamento estratégico e o desenvolvimento cultural e social de uma biblioteca. Na  Biblioteca Pública Municipal Dr. Antônio Furlan Júnior (Rua Sebastião Sampaio, 1489 – Centro), na quinta-feira, dia 24, das 9h00 às 16h00. Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/

Ilustração: Michele Iacoca

SISEB leva cursos presenciais de capacitação para a região de São José dos Campos

O SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) oferece, em maio, vários cursos de capacitação para todo o interior e litoral do estado, com o objetivo de estimular e apoiar as bibliotecas públicas do estado  na democratização da informação, do livro e da leitura.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, acontece em São José dos Campos o curso “A arte de criar leitores: reflexões e dicas para uma mediação eficaz” para profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura. Será ministrado pela jornalista, roteirista, escritora e palestrante Goimar Dantas, finalista do Prêmio Jabuti em 2011,  na Biblioteca Pública Municipal Cassiano Ricardo (Rua XV de novembro, 99 – Centro), na terça-feira, dia 15, das 9h00 às 16h00. O curso visa reflexões, exercícios e ações para aprimorar a mediação e a propagação do gosto da comunidade pela leitura.

Mais informações pelo email siseb@spleituras.org ou site http://siseb.sp.gov.br/agenda/

Ilustração: Michele Iacoca

SisEB promove oficina gratuita de livros artesanais em Birigui

No dia 21 de março, das 9h00 às 16h00, profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura e escritores independentes de Birigui poderão participar da oficina gratuita “Como fazer livros artesanais”, com Albino Ribas, Célia Andrade e Maraléia Menezes, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Nilo Peçanha (Av. Gov. Pedro de Toledo, 73). As inscrições devem ser realizadas pelo site do SisEB (http://siseb.sp.gov.br/). As vagas são limitadas.

A oficina será um laboratório de aprendizado para a publicação de livros em pequena escala e baixo custo e tem como objetivo de promover a produção literária da comunidade. Serão apresentados conceitos editoriais e gráficos básicos e auxílio no processo de produção do livro artesanal. A oficina também contribuirá para a criação de um Fab Lab (laboratório de fabricação), um espaço de criatividade, aprendizado, compartilhamento do conhecimento e produção literária dos autores locais.

SisEB promove oficina gratuita de livros artesanais em Presidente Prudente

No dia 20 de março, das 9h00 às 16h00, profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura e escritores independentes de Presidente Prudente poderão participar da oficina gratuita “Como fazer livros artesanais”, com Albino Ribas, Célia Andrade e Maraléia Menezes, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César (R. Quintino Bocaiúva, 749). As inscrições devem ser realizadas pelo site do SisEB (http://siseb.sp.gov.br/). As vagas são limitadas.

A oficina será um laboratório de aprendizado para a publicação de livros em pequena escala e baixo custo e tem como objetivo de promover a produção literária da comunidade. Serão apresentados conceitos editoriais e gráficos básicos e auxílio no processo de produção do livro artesanal. A oficina também contribuirá para a criação de um Fab Lab (laboratório de fabricação), um espaço de criatividade, aprendizado, compartilhamento do conhecimento e produção literária dos autores locais.

SisEB promove oficina gratuita de livros artesanais em Santos

No dia 27 de março, das 9h00 às 16h00, profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura e escritores independentes de Santos poderão participar da oficina gratuita “Como fazer livros artesanais”, com Albino Ribas, Célia Andrade e Maraléia Menezes, na Biblioteca Pública Municipal de Artes Cândido Portinari (Av. Rangel Pestana, 150 – Vila Matias). As inscrições devem ser realizadas pelo site do SisEB (http://siseb.sp.gov.br/). As vagas são limitadas.

 

Foto: Encontro SisEB – crédito: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

 

A oficina será um laboratório de aprendizado para a publicação de livros em pequena escala e baixo custo e tem como objetivo de promover a produção literária da comunidade. Serão apresentados conceitos editoriais e gráficos básicos e auxílio no processo de produção do livro artesanal. A oficina também contribuirá para a criação de um Fab Lab (laboratório de fabricação), um espaço de criatividade, aprendizado, compartilhamento do conhecimento e produção literária dos autores locais.

SisEB promove oficina gratuita de livros artesanais em Votuporanga

No dia 22 de março, das 9h00 às 16h00, profissionais de bibliotecas, salas de leituras e programas de incentivo à leitura e escritores independentes de Votuporanga poderão participar da oficina gratuita “Como fazer livros artesanais”, com Albino Ribas, Célia Andrade e Maraléia Menezes, na Biblioteca Pública Municipal Castro Alves (Av. Francisco Ramalho de Mendonça, 3112). As inscrições devem ser realizadas pelo site do SisEB (http://siseb.sp.gov.br/). As vagas são limitadas.

A oficina será um laboratório de aprendizado para a publicação de livros em pequena escala e baixo custo e tem como objetivo de promover a produção literária da comunidade. Serão apresentados conceitos editoriais e gráficos básicos e auxílio no processo de produção do livro artesanal. A oficina também contribuirá para a criação de um Fab Lab (laboratório de fabricação), um espaço de criatividade, aprendizado, compartilhamento do conhecimento e produção literária dos autores locais.