HomeAssessoria ReleasesCasa das Rosas completa 35 anos do seu tombamento como ícone arquitetônico e histórico de São Paulo

Casa das Rosas completa 35 anos do seu tombamento como ícone arquitetônico e histórico de São Paulo

Museu-casa literário é dedicado às interfaces e hibridizações entre poesia, música, literatura, artes plásticas e performance

No dia 22 de outubro de 1985 a Casa das Rosas completa 35 anos do seu tombamento pelo CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo. O espaço é considerado, portanto, um bem cultural de interesse histórico-arquitetônico, sendo um exemplar remanescente do período cafezista de São Paulo.

Integrando a Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, e gerenciada pela Poiesis, a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura é um dos marcos culturais da Avenida Paulista. Voltado à formação na área de literatura e à difusão da obra de autores muitas vezes deixados de lado pelo mercado, o museu tem oferecido atividades culturais, artísticas e educativas de forma gratuita e para diversos públicos. Cursos, oficinas de criação e crítica literária, ciclos de debates, apresentações literárias e musicais, peças de teatro e exposições são algumas das ações que fazem parte da programação.

Entre o ano de 2009 e o 1º trimestre de 2020, a Casa das Rosas atendeu um público de mais de 2,2 milhões de pessoas, realizou mais de 1.940 atividades e promoveu 52 exposições. Em 2018 e 2019 o espaço chegou a receber 380.810 e 485.187 pessoas, respectivamente. 

Entre as atrações mais marcantes da Casa das Rosas estão sua participação em todas as edições da Virada Cultural de São Paulo, o projeto Jardim Paradiso – exibição de filmes no belo jardim do museu –, os programas celebrativos do aniversário da Casa e os diversos grupos de saraus e poetry slams vindos de todos os cantos da metrópole, que atraíram amplos e diferentes públicos.

O museu Casa das Rosas está ambientado no casarão em estilo eclético projetado em 1928 por Ramos de Azevedo e construído nos anos 1930, que foi residência, até 1986, de herdeiros do célebre arquiteto paulistano.  

O casarão foi transformado em espaço cultural pelo Governo do Estado de São Paulo, sendo inaugurado como Casa das Rosas em 1991, quando a Av. Paulista já se destacava como polo não só econômico, como também político e cultural da cidade. A instituição foi reinaugurada como museu-casa literário designado como Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura em 2004, quando foi oficializada a doação de grande parte do acervo pessoal do Haroldo de Campos, poeta, ensaísta, tradutor literário e um dos criadores da poesia concreta.

Para enfrentar o momento de pandemia da Covid-19, o museu-casa literário adaptou a programação cultural e educativa, oferecendo diversas atividades por plataformas virtuais e redes sociais, informadas no hotsite http://poiesis.org.br/maiscultura/

Diante do anúncio feito em 9 de outubro pelo Governo e pela Prefeitura de São Paulo, de que a capital paulista chegou à fase verde de combate ao novo coronavírus, a Casa das Rosas retornou, em 14/10, com as visitas presenciais para as exposições Arteletra em Trânsito e Estrutura explodida – vidobra de Haroldo de Campos. A visitação é realizada de quarta a sábado, das 12h às 16h, com capacidade reduzida e as devidas medidas sanitárias. As visitas são liberadas apenas por meio do agendamento prévio do público interessado, que deve ser feito pelo site http://www.casadasrosas.org.br/

SERVIÇO

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447 | E-mail: contato@casadasrosas.org.br 

Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)

Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)

Acessibilidade: rampa de acesso, elevador e videoguia em libras.

Entrada gratuita

www.casadasrosas.org.br e http://poiesis.org.br/maiscultura/.

Visitas de quarta a sábado, das 12h às 16h;

Visitas apenas por agendamento via site do museu;

Casa das Rosas permitirá até 40 visitantes | 10 visitantes por hora. 

SOBRE A CASA DAS ROSAS 

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo. 

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Compartilhe!