secretaria da cultura do estado de são paulo

Bibliotecas das Fábricas de Cultura terão programação especial em novembro

Publicado em 9 de novembro de 2017

Espaços terão contações de histórias, oficinas, bate-papos, mini-saraus e jogos em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Em novembro, as bibliotecas das Fábricas de Cultura da Secretaria da Cultura do Estado terão programação especial em homenagem ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro. Entre as atividades estão bate-papos com autoras e autores negros, oficinas, contações de histórias sobre a África, mini-saraus e jogos que abordam a cultura negra. Confira as atividades de cada unidade:

A Fábrica de Cultura Sapopemba terá encontro de leitores no dia 8, às 15h00, com a autora Elizandra Souza, no dia 21, às 10h00 e 15h00, sobre o tema “Pretos na Literatura” e no dia 23, às 15h00, com os alunos da EMEF Claudio Manoel da Costa. Contações de histórias acontecerão no dia 15, às 10h00, e no dia 29, às 15h00, com o tema “O Tambor Mágico da Rã”, e no dia 22, às 10h00, com o tema “O que há de África em nós”. A programação também terá leituras mediadas nos dias 11, às 15h00, com o tema “A Vida em Sociedade”, e no dia 18, às 15h00, com o tema “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes”. No dia 17 haverá oficina de confecção de bonecas abayomis, e no dia 24, apresentação do curta “Eu não sou seu negro” com bate-papo em seguida.

A Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes terá encontro de leitores nos dias 21, às 11h00, e no dia 22, às 16h00, com o tema “Dia da Consciência Negra”; no dia 21, às 16h00, haverá a intervenção artística “A Lenda do Tambor Africano”; nos dias 23, às 16h00, e 25, às 11h00, haverá o jogo “Caça-Palavras Africano”; e no dia 24, uma roda de conversa sobre o tema “Mães em Luta”.

A unidade de Itaim Paulista apresentará, nos dias 14 e 15, às 15h00, uma intervenção com obras de grafite do artista Jean-Michel Basquiat. Nos dias 14, às 11h00, e 22, às 15h00, acontece o encontro de leitores sobre o tema “Compositores do Black até o Pop”, nos dias 21 e 29, às 11h00, sobre o tema “Mulheres Negras na Dança”, no dia 28, às 15h00, o bate-papo será com o Mestre Pastinha, professor de capoeira, e no dia 30, o assunto será “O Mundo no Black Power de Tayó”. No dia 23, acontece a oficina de criação de turbantes e no dia 25 uma aula sobre como cuidar de cabelos crespos e cacheados.

A Fábrica de Cultura Parque Belém abordará o tema “A Música Negra: Outros Sons, Outras Terras” em novembro. Nos dias 21 e 29, às 15h00, acontecem contações de histórias sobre a vida do músico Cartola e no dia 22, às 10h00, sobre “O Rock de Rosetta”. O ícone Michael Jackson será tema de leitura mediada no dia 2, às 10h00, da intervenção artística “Thriller” no dia 21, às 10h00, e dos encontros de leitores nos dias 22 e 28, às 10h00. Nos dias 3, às 10h00, e no dia 16, às 15h00, acontece um bate-papo sobre o tema “Racismo na Música”. No dia 8, haverá encontro de leitores sobre Pixinguinha às 10h00 e encontro com a autora Karol Coelho às 14h00. Nos dias 17 e 30, às 10h00, a atividade de criação “Afrofuturismo” convidará o público a conhecer o movimento Afrofuturista, que aborda as condições afrodescendentes com base na ficção científica e no realismo fantástico, e a criar um texto ou desenho baseado no tema.

A unidade Vila Curuçá também terá programação especial em novembro, baseada no tema “Descendentes de Reis”. No dia 9, às 10h30, o espaço receberá a autora Elizandra Souza, integrante do Sarau das Pretas, para o encontro de leitores; nos dias 21, às 14h30, e 28, às 09h30, o encontro terá o tema “Lavagem Cerebral – Racismo é Burrice”.  No dia 10, às 10h30, haverá o jogo “O que foi que eles fizeram?”, atividade que tem como objetivo destacar homens e mulheres de origem africana e afrodescendentes que mudaram o rumo da história, e nos dias 15, às 15h00, e 30, às 10h30, o jogo “Consciência Negra nas Ruas”. Nos dias 14 e 29, às 11h00, acontece a contação de histórias “Anansi, o Velho Sábio”, sobre o personagem central das histórias africanas, e nos dias 21, às 11h00, e 29, às 16h00, “Obax”, sobre uma menina africana que viaja nas costas de seu elefante imaginário, enquanto cresce e ganha sabedoria. No dia 25, acontece o mini-sarau “Soul Eu?”, com representações artísticas que destacarão artistas negros que contribuíram para a música, a dança, o teatro, o cinema e outras expressões. No dia 28, às 15h00, o autor Gustavo Gomes participará de um encontro com o público para um bate-papo sobre o tema “Poesia e Consciência”.

FÁBRICAS DE CULTURA

Acessibilidade no local

Entrada gratuita

www.fabricasdecultura.sp.gov.br

Fábrica de Cultura de Vila Curuçá

(11) 2016-3316

Rua Pedra Dourada, 65 – Jardim Robru, São Paulo – SP

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Fábrica de Cultura de Itaim Paulista

(11) 2025-1991

Rua Estudantes da China, 500 – Itaim Paulista, São Paulo – SP

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes

(11) 2556-3624

Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 – Conj. Hab. Fazenda do Carmo, São Paulo – SP

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Fábrica de Cultura Parque Belém

(11) 2618-3447

Complexo do Parque Belém – Av. Celso Garcia, 2231 (Portaria 1) / Rua Nelson Cruz nº 140 (Portaria 2) – Belenzinho, São Paulo – SP

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00; sábados, domingos e feriados, das 9h00 às 17h00.

Fábrica de Cultura de Sapopemba

(11) 2012-5803

Rua Augustin Luberti, 300 – Fazenda da Juta, São Paulo – SP

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)

Compartilhe!