HomeAssessoria ReleasesAcademia de Ópera e Orquestra Jovem do Theatro São Pedro apresentam concerto online

Academia de Ópera e Orquestra Jovem do Theatro São Pedro apresentam concerto online

A programação do #TheatroSãoPedroEmCasa,  plataforma que reúne a programação online do Theatro São Pedro, instituição do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura, apresenta no domingo, dia 23, às 18h, um concerto inédito da Academia e da Orquestra Jovem do Theatro São Pedro, que será transmitido pelo canal de YouTube (https://www.youtube.com/channel/UC01o5iu-oc2oxFPchS9eKVA).  

Os grupos, que contaram com a regência virtual de Gabriel Rhein-Schirato, abrem o concerto com três peças de importantes óperas de Mozart: Don Giovanni, Cosi Fan Tutte e A Flauta Mágica. A seguir, os bolsistas apresentam Gran Concertato 14 voci, da ópera Viaggio a Reims, do compositor italiano Gioachino Rossini. Para encerrar a apresentação online, Let our garden grow, da ópera Candide, do compositor norte-americano Leonard Bernstein. 

A programação completa está disponível no site: http://theatrosaopedro.org.br/  

 

#TheatroSãoPedroEmCasa

 

ACADEMIA DE ÓPERA E ORQUESTRA JOVEM DO THEATRO SÃO PEDRO

Gabriel Rhein-Schirato, regência

WOLFGANG AMADEUS MOZART
Don Giovanni – La ci darem la mano
Cosi Fan Tutte – Alla bella Despinetta
A Flauta Mágica – Hm! Hm! Hm! Papagneo 

GIOACHINO ROSSINI
Viaggio a Reims – Gran Concertato 14 voci 

LEONARD BERNSTEIN
Candide – Let our garden grow 

YouTube Theatro São Pedro: https://www.youtube.com/channel/UC01o5iu-oc2oxFPchS9eKVA

Theatro São Pedro

O Theatro São Pedro completa 100 anos com uma das histórias mais ricas e surpreendentes da música nacional. Inaugurado em uma época de florescimento cultural, o teatro se insere tanto na tradição dos teatros de ópera criados na virada do século XIX para o XX quanto na proliferação de casas de espetáculo por bairros de São Paulo. Ele é o único remanescente dessa época em que a cultura estava espalhada pelas ruas da cidade, promovendo concertos, galas, vesperais, óperas e operetas. Nesses 100 anos, o Theatro São Pedro passou por diversas fases e reinvenções. Já foi cinema, teatro, e, sem corpos estáveis, recebia companhias itinerantes que montavam óperas e operetas. Entre idas e vindas, o teatro foi palco de resistência política e cultural, e recebeu grandes nomes da nossa música, como Eleazar de Carvalho, Isaac Karabtchevsky, Caio Pagano e Gilberto Tinetti, além de ter abrigado concertos da Osesp. Após passar por uma restauração, foi reaberto em 1998 com a montagem de La Cenerentola, de Gioachino Rossini. Gradativamente, a ópera passou a ocupar lugar de destaque na programação do São Pedro, e em 2010, com a criação da Orquestra do Theatro São Pedro, essa vocação foi reafirmada. Ao longo dos anos, suas temporadas líricas apostaram na diversidade, com títulos conhecidos do repertório tradicional, obras pouco executadas, além de óperas de compositores brasileiros, tornando o Theatro São Pedro uma referência na cena lírica do país. Agora, o Theatro São Pedro, instituição do Governo do Estado de São Paulo gerido pela Santa Marcelina Cultura, Organização Social parceira da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo inicia uma nova fase, respeitando sua própria história e atento aos novos desafios da arte, da cultura e da sociedade. 

Santa Marcelina Cultura

Eleita a melhor ONG de Cultura de 2019, além de ter entrado na lista das 100 Melhores ONGs do ano, a Santa Marcelina Cultura é uma associação sem fins lucrativos, qualificada como Organização Social de Cultura pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Criada em 2008, é responsável pela gestão do Guri na Capital e região Metropolitana de São Paulo e da Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (EMESP Tom Jobim). O objetivo da Santa Marcelina Cultura é desenvolver um ciclo completo de formação musical integrado a um projeto de inclusão sociocultural, promovendo a formação de pessoas para a vida e para a sociedade. Desde maio de 2017, a Santa Marcelina Cultura também gere o Theatro São Pedro, desenvolvendo um trabalho voltado a montagens operísticas profissionais de qualidade aliado à formação de jovens cantores e instrumentistas para a prática e o repertório operístico, além de se debruçar sobre a difusão da música sinfônica e de câmara com apresentações regulares no Theatro. Para acompanhar a programação artístico-pedagógica do Guri Capital e Grande São Paulo, da EMESP Tom Jobim e do Theatro São Pedro, baixe o aplicativo da Santa Marcelina Cultura. A plataforma está disponível para download gratuito nos sistemas operacionais Android, na Play Store, e iOS, na App Store. Para baixar o app, basta acessar a loja e digitar na busca “Santa Marcelina Cultura”.

Compartilhe!