HomeCultura + Notícias50º Festival de Inverno de Campos do Jordão – 13 a 19 de julho

50º Festival de Inverno de Campos do Jordão – 13 a 19 de julho

O 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua terceira semana, oferecendo, ao longo de todo o evento, cerca de 130 concertos, em sua maioria gratuitos. Reconhecido como o maior festival de música clássica da América Latina, o Festival celebra sua quinquagésima edição, apresentando uma programação diversificada, a partir de dois eixos temáticos: Clássico e Popular-Sinfônico.

A música de câmara é o destaque dessa semana, a começar pelos grupos do Festival, formados pelos bolsistas, sob a regência de maestros de renome internacional. A Camerata do Festival faz dois programas, um comandado por Neil Thomson e outro por Lavard Skou-Larsen, este último tendo como solista o consagrado pianista Arnaldo Cohen. Já o Grupo de Música Antiga do Festival também faz dois programas, sendo um regido por Luís Otávio Santos, com obras do período barroco, e outro por Ricardo Kanji, com participação do Coro Acadêmico da Osesp e de solistas convidados, apresentando a Missa de Santa Cecília, de José Maurício Nunes Garcia. Os grupos se apresentam no Auditório Claudio Santoro e na Sala São Paulo.

Os programas camerísticos com professores e alunos do Festival também são destaque, com concertos gratuitos diários ao longo da semana, tanto no Espaço Cultural Dr. Além, em Campos do Jordão, como na Sala do Coro (Sala São Paulo), na capital paulista. Apresentam-se também diversos grupos de câmara formados por músicos da Osesp, como o Quinteto Zephyros, o Sexteto São Paulo e o Camaleon Bassoons.

Na Sala São Paulo, vale a pena assistir a Classe de Metais, Sopros e Percussão, regido por Wagner Polistchuk, com participação do pianista Paulo Álvares, apresentando um programa de música contemporânea, com peças de John Cage, Marlos Nobre (que comemora 80 anos em 2019), e com a estreia brasileira de Couleurs de la Cité Céleste, de Olivier Messiaen, composição de alta complexidade, inspirada em cinco passagens do livro do Apocalipse.

No Palácio Boa Vista, no fim de semana, continua a programação de concertos gratuitos na Capela do Palácio e no palco externo. Na Capela, as atrações são o Duo Abdalla, formado pela jovem flautista, Júlia Abdalla, de apenas 11 anos de idade, e seu pai Thiago Abdalla, no violão; e a Camerata do GreCo, com o programa Antonio Gardano 450 Anos, em homenagem a um dos principais editores de música do século XVI. No palco externo, as atrações são as big bands tocando jazz e música popular, e ainda uma apresentação de chorinho com As Choronas. Já no sábado à noite, no palco interno, o destaque é o Quinteto Solist, com Nailor Proveta (sax alto e clarinete), Walmir Gil (trompete), Thiago Alves Jr. (contrabaixo), Edu Ribeiro (bateria) e Carlos Roberto (piano), tocando composições próprias.

A Jazz Sinfônica continua recebendo renomados artistas da nossa MPB, em concertos ao ar livre, na Praça do Capivari. O destaque dessa semana é o compositor, violonista e cantor Toquinho, que apresenta grandes sucessos de sua carreira. A orquestra faz ainda um concerto especial apresentando um panorama dos diversos ritmos brasileiros.

E na programação Toriba Musical, promovida pelo Hotel Toriba, o destaque é para apresentações de canto lírico, música romântica e standards norte-americanos.

CAMERATA DO FESTIVAL

14/07 (dom), 11h, Sala São Paulo. Gratuito.

Camerata do Festival, regida por Neil Thomson, diretor artístico e regente titular da Filarmônica de Goiás, em seu primeiro concerto nessa edição do Festival, recebe como solista o violoncelista brasileiro, radicado na Alemanha, Matias de Oliveira Pinto. O programa inclui a Abertura de A Flauta Mágica, KV 620, de Wolfgang Amadeus Mozart; o Concerto nº 1 para Violoncelo em Dó maior, de Joseph Haydn; e a Sinfonia nº 3 em Ré maior, D 200, de Franz Schubert.

19/07 (sex), 20h30, Auditório Claudio Santoro. Ingressos: R$ 50

20/07 (sáb), 16h30, Sala São Paulo. Igressos: R$ 20

A Camerata do Festival, regida pelo maestro e violinista brasileiro, radicado na Áustria, Lavard Skou-Larsen [regente da Deutsche Kammerakademie Neuss am Rhein, da Georgisches Kammerorchester Ingolstad, e professor do Mozarteum Salzburg], recebe o pianista brasileiro Arnaldo Cohen, radicado nos Estados Unidos, como solista convidado. O programa traz duas peças de Wolfgang Amadeus Mozart – O Rapto do Serralho, KV 384: Abertura e o Concerto nº 17 para Piano em Sol maior, KV 4 –, além da Sinfonia nº 5 em dó menor, Op.67, de Ludwig van Beethoven.

GRUPO DE MÚSICA ANTIGA DO FESTIVAL

13/07 (sáb), 20h30, Auditório Claudio Santoro. Ingressos: R$ 50.

O Grupo de Música Antiga do Festival, sob a regência do violinista Luís Otávio Santos, diretor artístico do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora e coordenador do Núcleo de Música Antiga da EMESP, apresenta um programa robusto de música barroca: o Concerto de Brandenburgo nº 1 em Fá maior, BWV 1046, de Johann Sebastian Bach; a Sinfonia em Dó maior, Wq.182:3, de Carl Philipp Emanuel Bach; e a Suíte em ré menor, TWV 55:d3, de Georg Philipp Telemann.

13/07 (sáb), 16h30, Sala São Paulo. Ingressos: R$ 20.

14/07 (dom), 16h30, Auditório Cláudio Santoro. Gratuito.

O Grupo de Música Antiga do Festival, comandado por Ricardo Kanji, flautista e regente especializado em música antiga, e tendo as participações do Coro Acadêmico da Osesp e dos solistas convidados Marília Vargas (soprano), Bruno Costa (contratenor), Jabez Lima (tenor) e Isaque Oliveira (barítono), apresenta a Missa de Santa Cecília, do Padre José Maurício Nunes Garcia, obra-prima sacra do período colonial brasileiro.

AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO

13/07 (sáb), 20h30. Ingressos: R$ 50.

Grupo de Música Antiga do Festival, com Luís Otávio Santos (regente). (informações sobre o programa acima)

 

14/07 (dom), 16h30. Gratuito.

Grupo de Música Antiga do Festival, com Ricardo Kanji (regente), Coro Acadêmico da Osesp, Marília Vargas (soprano), Bruno Costa (contratenor), Jabez Lima (tenor) e Isaque Oliveira (barítono). (informações sobre o programa acima)

 

19/07 (sex), 20h30. Ingressos: R$ 50

Camerata do Festival, com Lavard Skou-Larsen (regente) e  Arnaldo Cohen (piano). (informações sobre o programa acima)

 

SALA SÃO PAULO

13/07 (sáb), 16h30. Ingressos: R$ 20.

Grupo de Música Antiga do Festival, com Ricardo Kanji (regente), Coro Acadêmico da Osesp, Marília Vargas (soprano), Bruno Costa (contratenor), Jabez Lima (tenor) e Isaque Oliveira (barítono). (informações sobre o programa acima)

 

14/07 (dom), 11h. Gratuito.

Camerata do Festival com Neil Thomson (regente) e Matias Oliveira Pinto (violoncelo). (informações sobre o programa acima)

19/07 (sex), 20h30. Gratuito.

Classe de Metais, Sopros e Percussão, com Wagner Polistchuk (regente) e Paulo Álvares (piano). O repertório de música contemporânea inclui a Terceira Construção, de John Cage; Rhythmetron, de Marlos Nobre, compositor brasileiro que comemora seus 80 anos em 2019; e Couleurs de la Cité Céleste, de Olivier Messiaen, em estreia brasileira, peça de de alta complexidade inspirada em cinco passagens do livro do Apocalipse.

 

20/07 (sáb), 16h30. Igressos: R$ 20

Camerata do Festival, com Lavard Skou-Larsen (regente) e Arnaldo Cohen (piano). (informações sobre o programa acima)

 

PRAÇA DO CAPIVARI

13/07 (sáb), 11h. Gratuito

– Coro Infantil da Osesp, com Teruo Yoshida (regente) e Ariã Ai Yamanaka (piano). Programa: Pot-Pourri ‘Cantigas de Roda Brasileiras’ (Anônimo) [arranjo de Edmundo Villani-Côrtes]; O Alfabeto, de Wolfgang Amadeus Mozart; Que alegre passeio no verão, de Friedrich-Wilhelm Möller [arranjo de Hideo Kobayashi e tradução de Humberto E.Kawai]; e La Cucaracha (canção mexicana).

– Coro Juvenil da Osesp, com Marcos Thadeu (regente), Roberto Sion (piano e arranjos), Itamar Collaço (contrabaixo), João Gabriel (violão), Valentina Facury (percussão), Lucas Moutinho (monitor/regente*) e Eduardo Pires (monitor/regente**). No programa, obras de compositores brasileiros: Isto é bom*, de Xisto Bahia; Róseas Flores d’Alvorada (modinha imperial)**; Folhas Secas, de Nelson Cavaquinho; O Gago, de Noel Rosa; Prenda minha (canção do folclore gaúcho brasileiro); O Xote das Meninas, de Luiz Gonzaga; Canções Praieiras, de Dorival Caymmi; Ah, se eu pudesse, de Roberto Menescal e Ronaldo Boscoli; Morro Velho, de Milton Nascimento; Beatriz, de Chico Buarque e Edu Lobo; e Pela luz dos olhos teus, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

13/07 (sáb), 13h45. Gratuito.

Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, com Daniel Guedes (regente) e Mario Ulloa (violão) interpretam Guilherme Tell: Abertura, de Gioacchino Rossini; Concerto de Aranjuez, de Joqauín Rodrigo; e Rapsódia Romena em Lá maior, Op.11 nº 1, de Georges Enescu.

 

13/07 (sáb), 16h30. Gratuito.

Jazz Sinfônica com Toquinho, sob a regência de Luís Gustavo Petri, apresenta conhecidas canções de autoria do violonista, cantor e compositor Toquinho e de suas parcerias com grandes compositores da MPB: Tarde em Itapuã, de Toquinho e Vinícius de Moraes [arranjo de Amilson Godoy]; Samba de Orly, de Toquinho [arranjo de Edson Alves]; Eu sei que vou te amar / E por falar em saudades, de Tom Jobim e Toquinho [arranjo de Amilson Godoy]; Regra Três, de Vinícius de Moraes e Toquinho [arranjo de Andre Mehmari]; O Caderno, de Toquinho [arranjo de Ruriá Duprat]; Aquarela, de Toquinho [arranjo de Amilson Godoy]; À minha Namorada, de Vinícius de Moraes e Carlos Lyra [arranjo de Fábio Prado]; e Herdeiros do Futuro, de Toquinho [arranjo de Abel Rocha].

14/07 (dom), 11h30. Gratuito.

Jazz Sinfônica com Fábio Prado (regente) apresenta o programa Ritmos Brasileiros, executando as peças Mucura (carimbó) [canção folclórica em arranjo de Fábio Prado]; Asa Branca, de Luiz Gonzaga (baião) [arranjo de Cyro Pereira]; Disparada, de Geraldo Vandré e Théo de Barros (sertanejo) [arranjo de Rodrigo Morte]; Merceditas, de Ramon Sixto Rios (chamamé) [arranjo de Fábio Prado]; O Xote das Meninas, de Luiz Gonzaga e Zé Dantas (xote) [arranjo de Rodrigo Morte]; Festa (maracatu), de Luiz Gonzaga [arranjo de Rodrigo Morte]; Brasileirinho, de Waldir Azevedo (choro) [arranjo de Rodrigo Morte]; As Pastorinhas, de João de Barro e Noel Rosa (marcha-rancho) [arranjo de Rodrigo Morte]; Vai passar, de Chico Buarque e Francis Hime (samba) [arranjo de Rodrigo Morte]; Chiquita Bacana, de Alberto Ribeiro e João de Barro (marcha) [arranjo de Rodrigo Morte]; e Vassourinhas, de Mathias da Rocha e Joana Baptista (frevo) [arranjo de Spok]

14/07 (dom), 13h30. Gratuito.

Orquestra Sinfônica do Projeto Guri, com Gesiel Vilarubia (regente) interpreta as peças Finlândia, Op.26, de Jean Sibelius; Sinfonia nº 8 em si menor, D 759 – Inacabada: 1º Movimento, de Franz Schubert; e Masquerade: Suíte, de Aram Khachaturian

14/07 (dom), 15h30. Gratuito.

Orquestra Experimental de Repertório, com Jamil Maluf (regente) interpreta as Bachianas Brasileiras nº 7, de Heitor Villa-Lobos; e duas peças de Johann Sebastian Bach: a Passacaglia e Fuga em dó menor, BWV 582 [orquestração de Ottorino Respighi] e Tocata e Fuga em ré menor, BWV 565 [orquestração de Leopold Stokowski].

PALÁCIO BOA VISTA

13/07 (sáb), 11h, Palco Externo do Palácio do Governo. Gratuito.

20/07 (sáb), 11h, Palco Externo do Palácio do Governo. Gratuito.

Big Band da Jazz Sinfônica sob a regência de Fábio Prado apresenta as composições Olé, de Nelson Ayres; April in Paris, de Vernon Duke [arranjo de Dave Barduhn]; Basie straight ahead, de Sammy Nestico; It happens only everytime, de Thad Jones; Palpite Infeliz, de Noel Rosa [arranjo de Fernando Correa]; Quebrando o Coco, de Rodrigo Morte [adaptação de Junior Galante]; Choro de Gafieira, de Pixinguinha [arranjo de Edson Alves]; A Sereia voou, de Mozart Terra [adaptação de Fábio Prado]; La Fiesta, de Chick Corea [arranjo de Tony Klatka]; Estrepolia Elétrica, de Moraes Moreira [arranjo de Luiz Arruda Paes]; e Souvenir, de Benny Carter [arranjo de Erick Richards].

13/07 (sáb), 15h, Palco Externo do Palácio do Governo. Gratuito.

As Choronas, grupo formado por Maicira Trevisan (flauta), Ana Cláudia César (cavaquinho), Paola Picherzky (violão de 7 cordas) e Miriam Caoua (percussão) interpretam clássicos do Choro e do Samba, além de composições próprias: Tico Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu; Atlântico, de Ernesto Nazareth; Só vendo que beleza, Henricão e Rubens Campos; Choro de Domingo, de Maicira Trevisan; O Dono da Bola, de Armando Neves; Samba do Arnesto, de Adoniran Barbosa e Alocin; Sorridente, de Ruy Weber; Choronas em Sampa, de Ana Cláudia César; Vê se gostas, de Waldir de Azevedo; Pinheirada, de Armando Neves; e Trem das Onze, de Adoniran Barbosa.

13/07 (sáb), 17h, Capela do Palácio. Gratuito.

Camerata do GreCo, formada por Solange Ferreira (mezzo soprano), Cesar Villavicencio (flauta doce), Paula Callegari (flauta doce) e Fábio Cury (dulciana), apresenta o programa Antonio Gardano 450 Anos, celebrando o nascimento de um dos principais responsáveis pelas maiores edições de música do século XVI. No repertório: Missae variis concentibus ornatae, cum cantico Beatae Mariae, de Orlando di Lasso; Il Primo Libro di Madrigali, de Jacques Arcadelt; Canzone Villanesche, de Adrian Willaert; Canzoni Francese a 2, de Antonio Gardano; Capricci in Musica a tre Voci, de Vincenzo Ruffo; Musica Nova, de Adrian Willaert; e Motetos a quatro Vozes, de Cipriano de Rore.

13/07 (sáb), 21h, Noite no Palácio. Palco Interno do Palácio do Governo.

Ingressos: R$ 50 (coquetel incluso)

Quinteto Solist, com Nailor Proveta (sax alto e clarinete), Walmir Gil (trompete), Thiago Alves Jr. (contrabaixo), Edu Ribeiro (bateria) e Carlos Roberto (piano), interpreta composições próprias. No programa, Vovô Manuel, de Nailor Proveta; Samba pro MB, de Walmir Gil; Remembering Pastels, de Thiago Alves Jr.; Samba Jazz, de Carlos Roberto; Cebola no Frevo, de Edu Ribeiro; Aos Gordos, de Thiago Alves Jr.; Afro Partido, de Walmir Gil; Prelúdio Afro, de Carlos Roberto; Nivea, de Edu Ribeiro; e A Procura, de Nailor Proveta.

14/07 (dom), 11h, Capela do Palácio. Gratuito.

Duo Abdalla, formado pela jovem flautista, Júlia Abdalla, de apenas 11 anos de idade, e seu pai Thiago Abdalla, no violão, tem como proposta desenvolver um repertório que vai da música antiga à contemporânea, incluindo tanto a música popular como a erudita. Nesse programa, o grupo apresenta o Concerto em Fá maior: Siciliano, de Giuseppe Sammartini; Les Goûts-réunis, Concerto nº 8: I. Air, de François Couperin; Roundeau, de Elisabeth Jacquet de la Guerre; Sonata em Sol Menor, op.1 nº 2, HWV 360, de Georg Friedrich Händel; Historia del Tango: Café 1930, de Astor Piazzolla; Improvisações sobre Melodias tradicionais; e Cinco Miniaturas Brasileiras, de Edmundo Villani-Côrtes.

14/07 (dom), 15h, Palco Externo do Palácio do Governo. Gratuito.

Big Band da Orquestra Jovem Tom Jobim, sob a regência de Josué dos Santos, apresenta, Us e Tiptoe, de Thad Jones; Waltz for Debby, de Bill Evans [arranjo de Don Sebesky]; Hay Burner, de Sammy Nestico; Hang gliding, de Maria Schneider; April Child, de Moacir Santos [arranjo de Vittor Santos]; Disparada, de Geraldo Vandré e Theo de Barros [arranjo de Branco]; Passo de Anjo, de Spok e João Lira [arranjo de Spok]; e Dindi, de Tom Jobim [arranjo de Nelson Faria].

 

 ESPAÇO CULTURAL DR. ALÉM

15/07 (seg), 18h30. Gratuito.

Professores e Bolsistas

Programa a ser anunciado

16/07 (ter), 18h30. Gratuito.

Trio Paranaense, com Luiz Guilherme Pozzi (piano), Winston Ramalho (violino) e Adriane Savytzky (violoncelo) apresenta a Sonata para Violino e Piano em Mi bemol maior, Op.18, de Richard Strauss; a Sonata para Violoncelo e Piano em sol menor, Op.19: Andante, de Sergei Rachmaninov; e o Trio com Piano nº 3 em dó menor, Op.101, de Johannes Brahms.

17/07 (quar), 18h30. Gratuito.

Sexteto São Paulo, formado pelos músicos da Osesp Claudia Nascimento (flauta), Ricardo Barbosa (oboé), Ovanir Buosi (clarinete), Luiz Garcia (trompa), Alexandre Silvério (fagote) e Olga Kopylova (piano), o grupo interpreta o Quinteto para Piano e Sopros em Mi bemol maior, KV 452, de Wolfgang Amadeus Mozart; Pequena Oferenda Musical, de Nino Rota; e Sexteto para Piano e Sopros, de Francis Poulenc.

18/07 (qui), 18h30. Gratuito.

Professores e Bolsistas

– Cármelo de los Santos (violino), Renato Bandel (viola), Celia Craig (oboé), Robert Plane (clarinete) e Sebastián Espinosa Nuñez (contrabaixo) interpretam o Quinteto em sol menor, Op. 39, de Prokofiev.

– Alunos da Classe de Regência, com Maria Júlia Segura (violino), Gabriel Mira (violino), Guilherme Perez (violino), Nádia Fonseca (violino), Peter Pas (viola), Anderson Vargas (viola), Lauro Lira (violoncelo), Raphael Leal (violoncelo), Gustavo Molina (contrabaixo), Claudia Nascimento (flauta), Thiago Sandoval (clarinete), Sandra Ribeiro (fagote) e Ariã Ai Yamanaka (piano), interpretam Appalachian Spring: Suíte, de Copland.

 19/09 (sex), 18h30. Gratuito.

Camaleon Bassoons, formado pelos fagotistas da Osesp Alexandre Silvério, Francisco Formiga, José Arion Liñarez, Mariana Bergenstein e Romeu Rabelo, apresenta as peças La Traviata: Prelúdio do Ato I, de Giuseppe Verdi [arranjo de A.Burford]; Sonatina para Quarteto de Fagotes, de Andrew List; Wonderful Town: Overture, de Leonard Bernstein [arranjo de Romeu Rabelo]; Seleção de George Gershwin [arranjo de Romeu Rabelo]; In a sentimental Mood, de Duke Ellington [arranjo de Alexandre Silvério]; Chorinho para ele, de Hermeto Paschoal [arranjo de Alexandre Silvério]; Four Brothers, de Woody Hemann [arranjo de Alexandre Silvério]; e Take Five, de Paul Desmond [arranjo de Alexandre Silvério].

SALA DO CORO (SALA SÃO PAULO)

15/07 (seg), 19h. Gratuito.

Professores e Bolsistas.

Recital de Tuba por Filipe Queirós. Wagner Polistchuk (regente*), Wilson Dias (regente**), Olga Kopylova (piano), Ezequias Pereira (eufônio), Fábio Martins Borges (tuba), Fernando Chipoletti (trombone), Guilherme Brito (eufônio), Luana Maele (trombone baixo), Marcos Alex (trombone), Nicolas Herbert (eufônio), Renan Fortes (eufônio), Thiago Aguilar (tuba) e Wellington Carlos (trombone). No programa, Dances de J. Stevens; Winks and Jinks*, de J. Self; Soloetyd, de Blazhevich; Fantasia Sul América, de Santoro; e The Liberation of Sysiphus**, de J. Stevens.

16/07 (ter), 19h. Gratuito.

Quinteto Zephyros, formado por Claudia Nascimento (flauta), Arcádio Minczuk (oboé), Ovanir Buosi (clarinete), Luiz Garcia (trompa) e Fábio Cury (fagote), interpreta o Quinteto de Sopros em Fá maior, Op.68 nº 2, de Franz Danzi; o Quinteto para Sopros, de Brenno Blauth; e o Quinteto de Sopros, Op.43, de Carl Nielsen.

17/07 (qua), 19h. Gratuito.

Professores e Bolsistas.

Cristóbal Alarcón (flauta), Júlio Zabaleta (flauta), Lincoln Sena (flauta), Lucas Martins (flauta), Luciana Campanhã Pozato (flauta) e Tayná Trigo (flauta).

Programa a ser anunciado.

18/07 (qui), 19h. Gratuito.

Professores e Bolsistas

Programa a ser anunciado

19/07 (sex), 19h. Gratuito.

Professores e Bolsistas

– Alessandro Borgomanero (violino) interpreta a Fantasia Sul América, de Santoro;

– Luciana Campanhã Pozatto (flauta), Giovanni Martins (oboé), Natalia Castro (clarinete), Gustavo Prisco (fagote) e Isaque Elias (trompa) interpretam Pour mes petits Amis, Op. 14: Pastorale, de Pierné;

– Cristóbal Alarcón (flauta), Tayná Trigo (flauta), Cristiano de Souza (trompete), Camila Zanetti (violino), Guilherme Peres (violino), Yohanna Alves (viola), André Freire (violoncelo) e Vicent Delia (contrabaixo) interpretam Suite dans le Style ancien, Op.24, de D’Indy.

– Alessandro Borgomanero (violino), Thiago da Costa (violino), Renan Oliveira (violino), Ana Uribe Law (violino), Renato Bandel (viola), Julián Lerma (viola), Juan Rogers (violoncelo) e Pierre-Antoine Despatures (contrabaixo) interpretam Octeto de Cordas em Si bemol maior, de Bruch.

IGREJA DE SANTA TEREZINHA

 

19/07 (sex), 17h. Gratuito.

Coral Paulistano, sob a regência de Naomi Munakata, interpreta os Quatro Motetos sobre Temas Gregorianos, Op.10, de Maurice Duruflé; as Quatro Pequenas Orações de São Francisco de Assis, de Francis Poulenc; Abendlied, Op.69 nº 3, de Josef Rheinberger; Ave Maria, de Claudio Santoro; Salmo 43: “Richte mich, Gott”, Op.78 nº 2, de Felix Mendelssohn-Bartholdy; Canto de Paz (sobre texto de Carlos Augusto León), de Modesta Bor; Momento, de Alberto Ribeiro; Os Sinos, de Carlos Alberto Pinto Fonseca; e Mantiqueira, de Nelson Ayres [arranjo de Vicente Ribeiro].

TORIBA MUSICAL

Programação organizada pelo Hotel Toriba. Informações sobre ingressos: https://www.toriba.com.br/

13/07 (sáb)

16h30: Área Externa do Museu Felícia Leirner [Toriba Musical ao Pôr do Sol]

19h: Sala da Lareira do Hotel Toriba

Love Songs, Romantic Duets, com os cantores Guiomar Milan (soprano), Marco Bernardo (baixo cantante) e o pianista Antonio Luiz Barker. No programa, As time goes by, de Herman Hupfeld; Let’s call the whole thing off, de George e Ira Gershwin; Tenderly, de Jack Lawrence e Walter Gross; How insensitive, de Tom Jobim e Vicícius de Moraes (versão de Gene Lees); Tu sais je vais t’aimer, de Vinícius de Moraes (versão de Henri Salvador); Embraceable you, de George e Ira Gershwin (versão de Carlos Rennó); Change partners, de Irving Berlin; Ev’ry time we say goodbye, de Cole Porter; I’ve got a crush on you, de George e Ira Gershwin; My funny Valentine, de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II; Love me tender, de Elvis Presley; e Unforgettable, de Irving Gordon.

17/07 (qua), 19h, Sala da Lareira do Hotel Toriba.

Adriana Bernardes (soprano), Antonio Luiz Barker (piano) e participação especial de Benjamin Bernardes (violino). No programa, La Traviata: Sempre Libera, de Verdi; Rigoletto: Caro Nome, de Verdi; La Bohème: Quando m’en vo, de Puccini; Tosca: Vissi d’aarte, de Puccini; Carmen: Habanera, de Bizet; Gianni Schicchi: O mio babbino caro, de Puccini; Villanelle, de Eva Dell Acqua; Partita para Violino nº 3 em Mi maior, BWV 1006: Prelúdio, de J.S. Bach; A Viúva Alegre: Lippen schweigen, de Lehár; Acalanto da Rosa, de Santoro; Quem sabe?!, de Carlos Gomes; Concerto para uma voz, de Saint-Preux; Moto Perpetuo, Op. 11, de Paganini; e Ave Maria, de J.S. Bach/ Gounod.

19/07 (sex), 19h, Sala da Lareira do Hotel Toriba.

Mere Oliveira (mezzo soprano) e Antonio Luiz Barker (piano) interpretam Summertime, de Gershwin e Heyward; Carmen: Habanera, de Bizet, Meilhac e Halévy; Melodia Sentimental, de Villa-Lobos e Vasconcelos; Canção de Amor, de Villa-Lobos e Vasconcelos; Après un Rêve, de Fauré (texto anônimo); Les Chemins de l’Amour, de Poulenc e Anouilh; Non t’amo più!, de Tosti e Errico; A Vuchella, de Tosti e D’Annunzio; e The Sacred Tree, de Scott Joplin.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

http://www.festivaldeinverno.sp.gov.br/

SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO

Criado em 1970 pelos maestros Eleazar de Carvalho, Camargo Guarnieri e Souza Lima, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins foi inspirado no Festival de Tanglewood, nos EUA, e combina, com excelência, uma programação de música de concerto a um trabalho pedagógico amplo e qualificado.

Na sua 50ª edição, consolidou-se como o maior e mais importante festival de música clássica da América Latina, oferecendo aos bolsistas a vivência com importantes nomes da música nacional e internacional e, paralelamente, a uma programação cultural de qualidade – em grande parte gratuita –, que beneficia não somente a cidade de Campos do Jordão, mas todo o entorno, ampliando as oportunidades de acesso à música erudita.

Baixe o livro comemorativo do 50º Festival:

http://www.salasaopaulo.art.br/upload/2019-livretos/2019-fcj-50edicao-livro.pdf

NÚCLEO PEDAGÓGICO DO FESTIVAL

Concentrado na Sala São Paulo, o núcleo pedagógico recebe 201 bolsistas. Os jovens estudantes participarão de aulas e ensaios diários com mais de 50 professores brasileiros e estrangeiros, além de integrar os diversos grupos do Festival, apresentando-se na programação musical do evento ao longo de todo o mês de julho. 

Prêmio Eleazar de Carvalho contemplará o/a bolsista que mais se destacar nessa edição, concedendo a ele/a uma bolsa de US$ 1.400 mil (um mil e quatrocentos dólares) mensais para estudar por um período de até nove meses em uma instituição estrangeira de sua escolha, além de ter cobertas as despesas de translado entre o Brasil e o exterior. A Fundação Osesp poderá premiar outros bolsistas que se destacarem durante as atividades, a definir.

REALIZAÇÃO

O 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, realizado pela Fundação Osesp. Tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, coordenação artístico-pedagógica de Fábio Zanon; e conta com o patrocínio master da Sabesp, Pirelli, Grupo 3corações e Stella Artois; apoio Rede, Cacau Show, Localiza e Fritz Dobbert; e promoção da Folha de S.Paulo, Bandnews TV, Rádio e TV Cultura e 29 Horas.

AMIGOS DO FESTIVAL

Desde 2013, a Fundação Osesp conta com a colaboração de uma rede de estabelecimentos comerciais na cidade de Campos do Jordão, que contribui para a divulgação de informações sobre a programação de concertos. Esses estabelecimentos recebem um selo que os identificam como Amigos do Festival e mostram engajamento com um dos mais tradicionais projetos culturais da cidade.

SERVIÇO

50º Festival de Inverno de Campos do Jordão

Data: de 29 de junho a 28 de julho 

Ingressos: início das vendas online em 14 de junho. Nos pontos de vendas em Campos do Jordão, a partir de 21 de junho.

Concertos em Campos do Jordão – festivalcamposdojordao.byinti.com

Concertos em São Paulo – festivalsaopaulo.byinti.com

Os concertos na Praça do Capivari, na Igreja de Santa Terezinha, na  Palácio do Governo (Palco Externo e Capela), no Espaço Cultural Dr. Além (Campos do Jordão) e na Sala do Coro (Sala São Paulo) são gratuitos.

Os concertos pagos em Campos do Jordão  têm ingressos à venda pela internet ou nas bilheterias do Auditório e da Praça do Capivari, com valores que variam de $ 50 a R$ 100 (sujeita à taxa de conveniência dependendo do local de aquisição).

Os concertos pagos na Sala São Paulo têm ingressos à venda pela internet e ou nos totens localizados no piso térreo da Sala São Paulo, com valores que variam de R$ 20 a R$ 80 (sujeita à taxa de conveniência dependendo do local de aquisição).

Benefício de meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, jovens (15 a 29 anos)pertencentes a famílias de baixa renda, pessoas com deficiência, professores, diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores e titulares da rede pública estadual e municipal de ensino, mediante identificação no ato da compra e no dia da apresentação.

 

Confira abaixo como adquirir ingressos de acordo com o local da apresentação:

AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO 

Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880, Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.2334

Vendas: Bilheterias do Auditório Claudio Santoro – apenas em dias de concerto, a partir de duas horas e meia antes do início da apresentação e Praça do Capivari – diariamente das 10h às 18h, e pela internet.

Quando gratuitos: Retirada de ingressos a partir de duas horas antes da apresentação, na bilheteria do Auditório, limitada a dois ingressos por pessoa e à capacidade do local (814 lugares).

ESPAÇO CULTURAL DR ALÉM

Avenida Dr. Januário Miraglia, 1.582. Abernéssia – Campos do Jordão – SP

Gratuito. Distribuição de ingressos no local a partir de uma hora antes da apresentação, limitada à capacidade do local (186 lugares).

IGREJA DE SANTA TEREZINHA

Rua Tadeu Rangel Pestana, 662, Abernéssia – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1740

Gratuito. Entrada livre, limitada à capacidade do local (200 lugares).

PALÁCIO DO GOVERNO – CAPELA 

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Gratuito. Distribuição de ingressos no local a partir de uma hora antes da apresentação, limitada à capacidade do local (120 lugares).

PALÁCIO DO GOVERNO – PALCO EXTERNO

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Gratuito. Entrada livre.

PALÁCIO DO GOVERNO – PALCO INTERNO

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Vendas: Bilheterias do Auditório Claudio Santoro – apenas em dias de concerto, a partir de duas horas e meia antes do início da apresentação e Praça do Capivari – diariamente das 10h às 18h, e pela internet.

PRAÇA DO CAPIVARI

Praça São Benedito – Vila Capivari – Campos do Jordão – SP

Gratuito. Ao ar livre.

MUSEU FELÍCIA LEIRNER – ÁREA EXTERNA

Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880, Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP

Programação organizada pelo Hotel Toriba. Informações sobre ingressos: https://www.toriba.com.br/

HOTEL TORIBA – SALA DA LAREIRA

Avenida Ernesto Diederichsen, 2962 – Campos do Jordão – SP
Programação organizada pelo Hotel Toriba. Informações sobre ingressos: https://www.toriba.com.br/

 

SALA SÃO PAULO – SALA DE CONCERTOS

Praça Júlio Prestes, 16, Campos Eliseos – São Paulo – SP, T 11 3367.9500

Vendas online, nos totens localizados no piso térreo da Sala São Paulo e Bilheteria no dia da apresentação, desde duas horas e meia antes do início do concerto.

Concertos gratuitos: retirada de ingressos a partir de duas horas e meia antes da apresentação, na bilheteria do estacionamento, limitada a dois ingressos por pessoa e à capacidade do local (1484 lugares).

SALA SÃO PAULO – SALA DO CORO

Praça Júlio Prestes, 16 – 2º andar, Campos Eliseos – São Paulo – SP, T 11 3367.9500

Gratuito. Retirada de ingressos a partir de uma hora antes da apresentação e limitada à capacidade do local (150 lugares).

Compartilhe!